História A Dream Inside of Me - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Gravidez Masculina, Hobi, Hope, Hoseok, Jhope, Mpreg, Tae, Taehyung, Taeseok, Taetae, Uva, Vhope
Visualizações 175
Palavras 1.436
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Yooo
Tudo bom?
Espero que gostem do capitulo s2
~kissus

Capítulo 4 - 0.3-Mentira


            Kim Taehyung


Hoseok não ficou parado na porta por muito tempo mas eu consegui observar cada pedacinho seu.Seu cabelo parecia não ter sido penteado por uns dois ou três dias,sua camisa social amassada e com dois botões abertos davam a ele uma aparencia de quem foi correndo do Japão até ali.A boca entreaberta fazia um otimo conjunto com o olhar intenso no qual me perdi totalmente quando fui agarrado pela cintura,quase derrubando o celular.Hoseok grudou nossas testas e ficou me encarando por alguns segundos,eu não tinha reação,mal estava acreditando que ele estava mesmo ali.Logo começou a me beijar como se estivesse faminto de mim,e talvez estivesse mesmo.Lá no fundo minha consciencia gritava para que eu parasse e o empurrasse,mas eu senti tanta falta dele,do seu beijo que nem conseguia pensar em nada.

-Ho-Seok-Tentei reclamar no meio do beijo mas consegui apenas soltar seu nome baixinho.

Me empurrou até a bancada da sala,me colocando em cima da mesma e ficando entre minhas pernas,seguindo com beijos e mordiscadas a meu pescoço,coisas que fizeram meu corpo arrepiar inteiro.Suas mãos passeando em meu corpo era mais que o necessario para fazer meu corpo responder de forma desesperada,enficando os dedos nos fios da sua nuca e o puxando para mais contato.

A pergunta era:Como eu ia fugir daquela tentação toda?

E a resposta era:Lembrando que não sabia se sexo faria algum mal ao bebê.A saúde do meu filho era a única coisa que me impediria de jogar tudo para o ar e transar com Hoseok ali na sala mesmo.

-Para,p-para...-Pedi empurrando Hoseok,que ainda continuou me agarrando por alguns segundos mas parou quando percebeu que eu não estava brincando.Me encarou,mordendo o labio e respirou fundo.

-Eu senti sua falta.

Esperei ele terminar a frase e meti um tapa em sua bochecha esquerda.

-Quem pensa que é para voltar assim e achar que está tudo bem?

Ele pareceu um pouco desnorteado,com seus olhos estudando cada ponto do meu rosto mas voltou a si rapidamente.Colocou as mãos em minhas coxas,fazendo um carinho e baixou a cabeça para me responder quase sussurrando:

-E-eu voltei porque meu lugar é ao seu lado.

-Descobriu isso tarde demais,não?

-Não acho,foram dois meses longos para mim.-Apertou um pouco minha coxa e voltou a me encarar.-Eu não me importo mais com a promoção ou sei lá...o Namjoon pode ligar para me demitir agora e eu não vou dar a minima.Percebi que só preciso de uma coisa na minha vida,e ela está aqui na minha frente.

-Hum...-Resmunguei enquanto abotoava sua camisa.-Quem te falou que eu estava aqui?

-Ninguém,eu te rastreei.

-Você o quê?!

-Eu te amo,Tae.

-Hum.-Sorri involuntariamente e arrumei seu cabelo,desfazendo a vista que eu tanto amava.-Pronto.Agora vai embora.

-Hã?

-É.Eu preciso fazer meu almoço,estou com fome.Vai.

Hoseok afastou-se com uma expressão mais que confusa e cruzou os braços.

-Eu estou aqui dizendo que te amo e você me manda embora?-Berrou,usando a voz grossa.Aquele tom de voz não era bom,Hoseok estava planejando me tirar do sério.Era obvio.

-Você foi embora uma vez,é só repetir.

Pulei da bancada me ajeitando e sendo seguido pelos olhos de Hoseok.Ele olhou ao redor e encostou na parede.

-Você vai voltar para casa comigo.

-Eu vou ficar aqui.

-Ok.-Levantou,andando até a porta.-Vou buscar minha mala no carro.

-O quê?Eu vou ficar aqui,você não.

-Então você também não.

-Vou sim!Hoseok!

Berrei e bati o pé mas não adiantou nada,ele foi até o carro e pegou a mala.Mas Kim Taehyung é esperto,ok?Tranquei a porta antes que ele pudesse entrar.

Não demorou muito e Hoseok estava batendo na porta.

-Taehyung abre isso.

-Vai para casa,Hoseok.

-Minha casa é onde você estiver!-Bateu de novo.-Eu não vou sair daqui até você abrir.

Dei ombros e fui para a cozinha.Ele vai cansar.-Pensei.


[...]


[22:21]


-Jimin!Ele não quer ir embora...o que eu faço?

-Então abre para ele,Tae-Jimin murmurou.-Se ele ficar doente vai por a culpa em você.

-Aaaish!!

Desliguei o celular e encarei a porta.Por que ele não ia embora?O carro estava bem ali,era só ir.

-Hoseok.-Falei baixinho.

-Tae?Vai abrir?!-Gritou abafado atraves da porta.

-Vou.Mas não se anime,é só enquanto a chuva não passa.

Esperei alguns segundos,arrumei meu cabelo e ajeitei a roupa.Não era por ele,eu só estava muito desarrumado mesmo.

Abri a porta.Hoseok sorriu largo para mim e eu quase perdi a pose e sorri tambem,mas com esforço consegui me segurar.Ele pegou sua mala e entrou,estava todo molhado e eu estava lutando para não achar(mas já estava achando) aquilo bem sexy.

-Onde coloco minha mala?

-Ai mesmo,assim que parar de chover você sai.-Cruzei meus braços.

-Espero que chova por toda a eternidade.

-Sonha,querido.

Ele riu balançando a cabeça e se agachou na mala,abrindo-a e tirando uma roupa.Uma bermuda cinza e uma camiseta branca com um desenho de um unicornio que eu lembrava muito bem de ter comprado para ele em uma lojinha de estrada.Foi um dia engraçado aquele,estavamos indo para a casa de praia de uma tia dele,ela estava completando 100 anos.Era nossa primeira semana de casamento e nós dois estavamos muito felizes e muito loucos tambem.Hoseok dirigia o carro cuidadosamente enquanto tentava me beijar,não deu muito certo mas foi fofo de sua parte,e depois de muito tempo tentando ele resolveu parar o carro para a gente poder se pegar direito.O resultado foi:Rasguei a camisa que ele estava.Rimos muito e depois ficamos desesperados procurando por uma loja,ele não podia chegar sem roupa na festa.

-Ow!Taehyung!-Estalou os dedos em minha frente.-O que foi?Por que está sorrindo assim?

-Não estou sorrindo.-Fiz um bico para disfarçar.

-Estava sim.-Disse tirando sua roupa molhada e vestindo a camisa de unicórnio.

-Essa camisa de unicórnio idiota.

-Ah-Hoseok ficou olhando o próprio peito,onde o desenho ficava e sorriu.-Eu lembro do dia que compramos.

-Foi divertido.

-Divertido?-Levantou uma sombrancelha.-Você rasgou ela,estava com pressa.

-Aish,cala a boca.

Sentei em um sofá quando o vi tirar a calça e fiquei encarando o outro,não queria olhar o Hoseok,era tentação demais para mim.Analisei o estofado do sofá,tinha uns furinhos engraçados,talvz eu devesse colocar uma capa bonita e trocar as almofadas.Notei umas sacolas ali em cima e não lembrava o que era.

-E então-Sentou no sofá vestindo um casaco,e eu devia ter feito o mesmo pois estava frio.-Não acha que devemos conversar?

-Não.

-Devemos sim,você está chateado comigo.

-Chateado?Chateado?!Ah,vai se catar.

-Calma,eu já...hum?O que é isso?-Mexeu nas sacolas e tirou um sapatinho de bebê.Quase vooei nele quando corri para pegar aquelas coisas e jogá-las em um canto.

-Não é meu!É do Jimin!

-Do Jimin?-Perguntou quase rindo.

-É,ele...está gravido.

-O quê?Eu não sabia.-Sorriu pegando uma almofada.-Quantos meses?

-N-Não sei.

-Não sabe?Taehyung vocês são melhores amigos.

-Eu esqueci,sei lá!Para de falar nisso.Não quero falar disso.

Fui para a cozinha,precisava comer,e fugir do assunto Bebê.

-Hum...é por causa do nosso bebê?


Ignorei e continuei andando,Hoseok me seguiu,me observando.Abri a geladeira e peguei a manteiga light e o leite desnatado,depois fui até o armário para  peguar a torrada e enfim me sentar para comer.

-Desde quando você come essas coisas?-Perguntou sentando a minha frente.

-Desde que eng...engordei,desde que engordei ué.

-É,está mais cheinho mesmo.

-Está me chamando de gordo?

-Não,não...está até mais bonito.

-Então eu era feio?

-Tae,para.

Revirei os olhos e continuei comendo.Ele pegou uma maça e comeu enquanto me olhava.Eu estava pensando no que Jimin e Jungkook iam dizer,insistir para que eu contasse sobre a gravidez mas eu não queria,apesar de ter cogitado isso por alguns segundos.Claro que algum momento eu teria que contar,mas não estava sabendo como fazer,não dava para chegar e falar do nada.

-Quer parar?!

-O que eu fiz?-Mordeu a maçã sorrindo.Esse desgraçado sabia muito bem o que estava fazendo.

-Para de me olhar assim,droga.

-Por que?

-Porque eu estou comendo.

-Só por isso?

-Sim.

-Mentira.

-Ah,cala a boca.-Levantei e comecei a guardar as coisas.

-Taehyung...você não me engana.

Senti suas mãos em minha cintura quando me esticava para guardar a torrada.

-Hoseok,não.

-Não?-Indagou rindo e passou a ponta do nariz pelo meu pescoço.-Senti falta do seu cheiro.

-Pro-blema seu.

-Gaguejou.

-Não gaguejei.

-Gaguejou sim.-Sorriu vitorioso e mordeu minha orelha.O toque me fez arfar baixo,eu não ia resistir por muito tempo,Hoseok precisava ir embora.

-Se você não parar,eu vou gritar.

-Vai sim,mas não vai ser de dor.

-Filho da p-Uma batida na porta me interrompeu.O Hoseok me soltou provavelmente pelo susto,porque se trm uma coisa que esse homem era,seria Medo,medo de tudo.

-Tae!Taehyung!

-É o Jimin!-Gritei ao reconhecer a voz na porta e corri até lá.Seria menos mal ter alguem por perto e me afastar do Hoseok.Jimin entrou junto com Jungkook,cumprimentando a mim e à Hoseok com um abraço em cada um.

-Você contou?-Jimin sussurrou para mim quando me abraçou.

-Ahm...não.

Hoseok e Jungkook se abraçaram,apesar da diferença de idade eles eram muito amigos e era disso que eu tinha medo.Hoseok podis abrir aquela boca a qualquer momento.

-Aconteceu algo?-Jimin perguntou dando um sorriso de lado.

-Por bem pouco,não.Ele-

-Parabéns,Kookie!-Jung gritou.

Ah não.

-O quê?Por que?-Jungkook sorriu meio sem graça,estava confuso,claro.

-Pelo bebê.O Jimin não está esperando um bebê?

-Eu?-Jimin colocou as mãos na barriga e olhou para mim.-Eu?!

-O Jimin nem tem útero.-Disse Jungkook,se jogando no sofá.

-Mas o Tae falou...

Esse momento...seria engraçado se eu não fosse alvo de três olhares confusos.Jungkook e Jimin entenderiam logo o porque da minha mentira mas e o Hoseok?O que eu ia falar?

-Kim Taehyung.

-Hum?

-Por que mentiu?


Notas Finais


Gente,mentir é muito feio u.u


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...