História A Elite de Konoha - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Baki, Chouji Akimichi, Deidara, Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hizashi Hyuuga, Ino Yamanaka, Inochi Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kakashi Hatake, Kankuro, Karin, Kiba Inuzuka, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shion, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Tags Gaino, Naruhina, Naruto, Nejiten, Sasusaku
Exibições 10
Palavras 2.126
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Mutilação
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hey Guys!!
Como vão? Aqui está o segundo capítulo da história. Os primeiros capítulos serão +/- como a apresentação dos personagens, para vocês verem como eles agem e etc. Então eles não serão tãoo grandes, okay? Bem, obrigada por lerem e espero que gostem :3

Capítulo 2 - Capítulo 2 — Boas Garotas


Fanfic / Fanfiction A Elite de Konoha - Capítulo 2 - Capítulo 2 — Boas Garotas

"Ela disse pra mim, esqueça o que pensava. Pois meninas boas, são meninas más que não foram pegas."
5 seconds of summer.

                         ~//~

SAKURA

   Tenten me levou à diretoria e disse que eu poderia encontrar ela no intervalo caso não tivessemos nenhuma aula juntas. Apesar de, eu ter simpatizado com Tenten e de estar muito grata por ela ter me ajudado, ainda estava receosa quanto à ela. Ela me parece o tipo de garota extrovertida e desinibida que está sempre arrumando confusão, e ainda por cima gosta disso. Não estou julgando ela, mas é que agora mais do que nunca eu tinha que ficar na linha, caso contrário...

— Olá, você deve ser a Srta. Haruno. Não? 

   De repente, uma voz me tirou de meus devaneios. Uma mulher, alguns centímetros mais alta que eu, e cabelos curtos, estava à minha frente sorrindo. Sorri para ela também.

— Sim, sou eu. Estava procurando a Direto...

— Diretora Tsunade. — Disse ela e interrompendo. — Eu imaginei, a Diretora está...  Bem, ela está ocupada. Venha comigo e eu te darei seu horário. Ah, e meu nome é Shizune.

   Eu segui Shizune e assim que recebi meu horário e o número do meu armário, estava pronta para sair dali, se não fosse fato de eu não saber como chegar a minha sala. Minha próxima aula era de Biológia, com o professor Orochimaru, sala 7. E eu não fazia a mínima idéia de como chegar lá. Perguntei para Shizune se ela poderia me levar, mas ela disse que estava ocupada, e que encontraria algum aluno para ir comigo. Suspirei, odiava depender de outras pessoas para fazer alguma coisa, enquanto esperava Shizune voltar com o tal aluno, comecei a imaginar como seria estudar naquela escola, esse é apenas um dos meus defeitos, imaginar como as coisas vão ser para depois quebrar a cara. Shizune apareceu depois de alguns minutos, com alguém atrás dela.

— Essa é a Sakura, por favor, acompanhe ela até a sala 7. Ah, e outra coisa, seja gentil.

   Fui em direção a Shizune para falar com ela e com o aluno, mas quando vi quem era a pessoas atrás dela meu corpo paralizou. Sasuke, estava olhando para Shizune de um jeito que dizia : Por que está me obrigando a fazer isso? Quando me viu, revirou os olhos e suspirou. Suspirei também, de um jeito mais audível que o dele.

— Não precisa, eu dou um jeito de chegar lá. Sozinha.

   Saí da sala passando por eles sem olha-los,mas batendo , propositalmente, no ombro de Sasuke. Segui pelo corredor vazio o mais rápido que pude, virei a primeira direita que vi, e estava começando a pensar seriamente em ir embora. Talvez eu pudesse começar de novo amanhã.
No que eu estou pensando ? Cabular no 1° dia? Não . Definitivamente. Entrar na linha não será tão fácil. Eu estava andando no meio do corredor, cogitando virar à esquerda, quando ouvi uma voz atrás de mim.

— Pensei que estivesse procurando a sala 7. — Disse ele, a ironia na voz era evidente. — Mas pelo caminho que está seguindo, eu poderia dizer que você iria cabular. Não é isso que esta indo fazer, não é ?

   Me virei para ele e cruzei os braços, dava pra ver que ele adorou me pegar desprevinida. Fechei a cara, tentando disfarçar minha confusão, o caminho em que eu estava levava para a saída ? Eu estava tão perdida assim ?

— E eu pensei que você tivesse mais o que fazer. Mas pela pergunta que você está fazendo eu poderia dizer que você está cuidando demais de minha vida, não é ?
  
   Se ele se irritou com o meu comentário, não demonstrou isso, na verdade, o fato de eu estar brava parecia diverti-lo.

— Nossa, você tem um gênio forte, não é ? Bem, isso não importa. Agora, você pode vir comigo e chegar na sua sala na hora. Ou, pode ficar andando por aí e quem sabe nem chegar lá. Você que sabe.

   Dito isso, ele me deu as costas e saiu andando, deixando bem claro que aquela era minha última chance. Muito relutante, eu o segui, deixando uma distância razoável entre nós dois, e tentando ignorar o sorriso vitorioso em seu rosto. Continuamos a maior parte do caminho em silêncio, até que Sasuke o quebrou.

— O fato de você ter tombado em mim aquela hora... Foi um acidente ou você estava descontando o incidente de hoje mais cedo ?

— Estava descontando.

   Disse, sem nenhum pingo de arrependimento, ele teria me dado uma resposta, mas já havíamos chegado a minha sala. E sem nem dizer obrigado, entrei na sala, dando uma desculpa qualquer para o professor e sentando na primeira carteira livre que vi.

                       ~//~

   As aulas passaram em um piscar de olhos, não sei se foi pelo fato de eu não estar prestando atenção, ou pelo fato de que eu odiava quando o sinal batia e tinha que mudar de sala novamente. Cheguei atrasada em todas as aulas. Em minha última aula antes do intervalo encontrei Tenten, ela estava tão interresada na aula quanto eu, então passamos ela falando sobre esportes. Na verdade, ela falava sobre esportes, eu não entendia nada sobre o assunto, então, me sujeitei a apenas ouvir o que ela dizia.

   Quando o sinal bateu, indicando o intervalo, levantei seguindo Tenten, que estava falando sobre me apresentar a alguém. Quando senti alguém me cutucar, virei para trás e olhei a pessoas que havia me cutucado. A garota atrás de mim me olhava com um certo desgosto, seu cabelo loiro estava preso em um rabo de cavalo alto, deixando a franja de lado cobrir um pouco dos olhos, usava uma saia de cintura alta vermelha, uma blusa preta e branca listrada, e por cima uma jaqueta preta.Ela me olhava como se estivesse me analizando, ou tentando me ler.

— Algum problema ? — Disse para ela com indiferença.— Nenhum ? Ótimo, estou indo embora.

— Não ouse me dar as costas. — Disse ela, quase gritando.— É óbvio que eu tenho um problema. Você.

   Por alguns segundos eu fique confusa, sobre o que ela estava falando? Quem ela era? E quem ela acha que é para falar assim comigo?

— Em primeiro lugar, eu nem te conheço. Em segundo, quem você acha que é ?

— Quem você acha que é ? — Disse ela ignorando minha pergunta. — Mal chegou e já está dando em cima dos garotos ?

— O que ? Eu não dei em cima de niguém, como você disse eu acabei de chegar, e mesmo que eu estivesse, isso não é da sua conta.

— Não tente disfarçar. Eu vi você se  esfregando no Sasuke. E ainda por cima na frente da Shizune! Mas eu vou te dar um aviso, ele é meu. E se você chegar perto dele... Eu.acabo.com.você.

   Assim que acabou com sua ameaça sem sentido, a loira saiu sem me dar chance de resposta. Me deixando parada e confusa no corredor, tentando entender como ela teria confundido o fato de eu ter trombado nele com um flerte. Por fim, desiste de tentar entendê-la e voltei a caminhar em direção ao refeitório, assim que cheguei lá avistei Tenten, sentada ao lado de uma menina com cabelo preto azulado e olhos perolados, assim que me viu gritou meu nome.

TENTEN

    Estava sentada ao lado de Hinata e devorando um sanduíche que havia acabado de comprar, quando avistei Sakura, ela estava parada provavelmente procurando por mim. Gritei seu nome no mesmo instante em que ela pareceu me achar, veio em mim direção e sentou no banco a minha frente. Abrindo a boca para dizer algo mas eu a interrompi, faria as perguntas primeiro.

— Onde você estava ?! Num segundo está atrás de mim, no outro você some! E quando achei que você estivesse perdida, vejo você conversando com a Yamanaka, por que você estava falando com a Yamanaka ??

   Falei tudo muito rápido de um jeito afobado, quando terminei estava sem ar e estava prestes a falar de novo se Sakura não tivesse  levantado a mão pedindo silêncio.

— Calma. — Disse ela, e pude perceber a raiva na voz dela. — Yamanaka ? Esse é o nome dela ? Bem, ela estava me ameaçando.

— AMEAÇANDO ?!? — Disse, um pouco mais alto do que pretendia. — Como assim ? Fisicamente?

— Não. Ela só me disse para ficar longe do Sasuke, e me acusou de dar em cima dele.

— Dar em cima dele ? Isso aconteceu ? Por que da última vez que eu vi, ele estava te jogando no chão...

— Ele não me Jogou no chão. Ele trombou em mim. Na verdade, a ameaça que aquela garota não teve pé nem cabeça.

— Aquela vaca.

   Eu não estava supresa, Ino gostava do Sasuke desde... Bem, desde sempre. Pelo menos desde que se conheciam, e elas se conheciam a muito tempo. E apesar de que houve um tempo em que elas foram amigas, hoje em dia, não conseguia imaginar uma conversa com a loira, em que não tivesse vontade de estapear a mesma. Com o tempo a pequena queda de Ino pelo Sasuke acabou virando uma louca obsessão, ao ponto de ela considerar qualquer garota que chegasse a 2 metros dele ameça, chegaram ao ponto de brigar por isso. Eu nunca entendi a paixão de Ino, Sasuke não era o tipo de garoto para namorar, ele era do tipo pega-e-joga-fora. E quanto mais ele demonstrasse desinteresse, mais Ino insistia, e esse ano ela parecia mais determinada do que nunca a fazer Sasuke cair de amores por ela, e se livrar de qualquer um que entrasse em seu caminho.

— Eu já volto.

   Disse me levantando para jogar no lixo o resto de meu refrigerante, mas antes de chegar ao meu destino vi Sasuke e Neji Hyuuga se aproximando. E sem querer - querendo - acabou ouvindo o que Neji dizia.

— É sério. Aquela menina parece estar realmente te perseguindo, e se jogando em você.

— Ah, cala a boca Hyuuga. Ela não passa de uma idiota.

— Qual é, Sasuke. Vai dizer que você não acha ela gostosa ? Onde mais você vai encontrar uma garota que se joga assim aos seus pés ?

— Sei lá, talvez em algum lugar onde meninas não tenham o cabelo rosa.

   Parei onde eu estava, no começo achei que eles estivessem falando da Ino, mas não. Estavam falando da Sakura. Por algum motivo isso me deixou com raiva, algo dentro de mim explodiu e de repente eu já não estava mais controlando meus atos. Meu corpo se movia sozinho, eu andei em direção a onde e meninos estavam e trobei propositalmente no que estava a minha frente. Com a força do impacto derrubei o resto de refrigerante do meu copo neles, ou eu esperava isso, mas como havia apenas um pouco de bebida no copo , molhei apenas um. Neji. Meu plano de sujar os dois, falhou.

— Qual seu problema ?!? — Exclamou Neji. — Você é louca, Mitsashi ?

— Meu Deus, me perdoe foi um acidente. — Disse irônicamente, olhei para o Sasuke que estava segurando uma risada e alternando o olhar entre mim e o Hyuuga. — Vocês deveriam olhar por onde andam.

   Após dizer isso, fui em direção ao lixo, joguei meu copo lá e voltei para minha mesa onde encontrei uma Sakura incrédula e uma Hinata parecendo um tomate.

— O que foi ? — disse cinicamente.

— Qual seu problema ?! — disse Sakura histérica.

— Estranho, acabaram de me perguntar isso.

  Sakura estava prestes a responder quando Hinata interropeu.

— Se acalme Sakura. — Disse Hinata, sua cor estava voltando ao normal e ela não estava gaguejando, isso quer dizer que ela e Sakura fizeram amizade. — Se acalme e se acustume. Mais fácil perguntar " por que " ela fez isso.

— Por que você fez isso ? — disse Sakura, mais séria que o normal.

— Eles estavam falando de você. Então considere isso um favor.

— Não tinha que fazer aquilo por mim. Eu já disse que não ...

— Não quer confusão, eu sei. Mas fui eu quem fez aquilo, não precisa se preocupar com sua pose de boa moça. Afinal, você só deixa de ser uma se eles te virem fazendo algo errado.

     De repente o som estridente do sinal batendo interrompeu a conversa das duas, e uma confusão de gente indo pra lá e pra cá começou a se formar.

— Vamos, se não você vai se atrasar.


Notas Finais


Heyyy
Espero que tenham gostado. Deixem suas opiniões nos comentário. Vocês tem preferência por algum casal ?
Nós próximos capítulos as coisas ficaram mais quentes.

Roupa da Ino:
http://sospink.weebly.com/uploads/1/3/2/6/13262792/2198226_orig.png


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...