História A Escolha • Jikook • ( revisando ) - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Lemon, Namjin, Vhope, Yaoi
Visualizações 143
Palavras 3.025
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olaaaa meu amores. Tô postando aqui porque eu to com muita criatividade esses dias, e tô postando mesmo ^-^
Um avisinho, esse é o primeiro Lemon que escrevo na vida, então se tiver ruim Sorry.

Boa leitura meu amores ♡♡

Ps:esse é o capítulo ta curto.

Eu do futuro: O teu cú que tá curto. TÁ É GRANDE DE MAIS. CHEGA DE CAPÍTULOS GRANDE TÁCYLA, PELO AMOR DE PARK JIMIN...

Sorry, me exaltei...

Boa leitura revisada.

Capítulo 10 - Love


Fanfic / Fanfiction A Escolha • Jikook • ( revisando ) - Capítulo 10 - Love


Acordei com uma dor de cabeça terrível. Olha que nem bebi para estar de ressaca. Olhei para meu lado e vi meu celular vibrar, provavelmente mensagem. Mal acordei e já tem pessoas me enchendo? Ou, para falar a verdade, a pessoa me enchendo.

Estiquei meu braço e peguei meu celular e o desbloquei. Havia três mensagens em meu celular e como previsto, todas eram de Taehyung.

~Você alterou o nome de Taehyung~

Bixinha que amo♡

Jimin?

Você vai pra escola hoje?

Conserteza não, né? 

Ele havia mandado essa mensagem as sete horas da manhã, e agora são dez horas.

Eu 

Não, não vou hoje kkkkk

Bixinha que amo♡ 

Não me diga kkkkk.

Do nada, meu celular vibra novamente. Era uma mensagem do Hyung.

Hoseokão 

Eae Jimin ainda está de pé o lance de nos saímos hoje a tarde?

Putz, tinha até me esquecido disso

Eu

Claro, que horas?

Hoseokão

Pode ser umas duas da tarde?

Eu 

Pode, vou falar com Taehyung e você fala pro Kookie.

Ainda bem que passei o número do Kookie pra ele ontem.

 E a gente pode ir naquele parque de diversões novo que fica perto do centro.

Hoseokão

Ok. Te vejo lá.

Eu

Você vai com o Kookie?

Hoseokão

Sim, vou pedir para ele passar aqui para irmos juntos.

Eu 

Beleza. Até logo.

Estava pronto para falar com Taehyung, quando minha mãe apareceu na porta.

- Oi filho. - Ela sorriu e fechou a porta. - Então, agora você pode me explica o que aconteceu ontem?

- Sim Omma, mas já vou avisando que a história é longa. - Ela balançou a cabeça e se aproximou sentado do meu lado da cama.

Comecei a contar o que tinha rolado ontem, e ela ouvia tudo atentamente.

Quando terminei de contar, ela ainda me olhava. Perguntei se ela tinha entendido e ela acenou para mim.

- Que confusão Jimin. Nunca pensei que Hoseok-ssi fosse homossexual. Foi, realmente, uma surpresa.

- É, nem me fale. - Disse cruzando os braços e olhando para ela.

- Ainda bem que você tinha um amigo pra te ajuda nessa confusão toda.

- Sim. Jungkook me ajudou muito com isso. - Dei um sorriso ao lembra dele, um sorriso que fez minha mãe olhar e começar a sorrir imensamente.

- Jimin, você está gostando desse garoto, não é? - Olhei para ela assustado e indignado.

- O que? Você pirou? Mãe, Kookie é só meu amigo e você sabe que não gosto de homens. - Ela me olhou ainda mais sorridente e eu sabia que ia vir merda por aí.

- Até já deu um apelido fofo pra ele. -Coloquei minhas mãos em meu rosto o tampado. - Jiminie, eu te conheço você. Você só da esse tipo de sorriso quando fala de alguém que gosta muito ou até apaixonado. - Ela deu um risinho irritante.

- Aigoo, eu mereço. - Bufei. - Já disse que não sou gay e ele é só meu amigo.

- Ai Jimin, com a questão de você ser gay ou não isso não importa. Até porquê eu não tenho nenhum preconceito com isso e você sabe. - Ela cruzou os braços. Só faltava fazer biquinho. - E eu sei que você está sentindo algo a mais por esse tal Jungkook.

 Eu não mereço isso, não mesmo.

- Para de pinoia. - Ela riu mais ainda. - Hoje vou sair para ir ao parque, está bem?

- Sim filho, agora eu vou ter que descer. Estou atrasada para o trabalho. -* Sim, minha mãe trabalha, apesar de não parecer.* - Infelizmente, essa pausa na empresa não durou muito como eu esperava, mas enfim. E não se esqueça que não vou para de tenta te convencer sobre aquele assunto.

- Sério isso mãe? Meu Deus, que cisma. - Ela saiu do meu quarto dando risada e acenado para mim.

O que deu naquela mulher para ela ter esse tipo de cisma?Minha mãe nunca fala dessas coisas comigo, principalmente sobre minha sexualidade.

Mas, isso não precisa ser discutido, sou homem e isso não vai mudar.

Não podia negar que sentia sim algo por Jungkook, mas não passa de uma mera amizade, não algo a mais.

Só que, as vezes, o fato de eu querer ele sempre por perto me faz questionar.

Afinal, o que a de errado em ser gay? Aish do que eu to falando? Eu não curto essas coisas. Ou será que sim?... Ai eu to confuso de mais pra pensar nesse assunto agora.

Coloquei minhas mãos em meu rosto e esfregei levemente. Não queria mais pensar nisso, então lembrei que tinha que fala com Taehyung sobre ir hoje a tarde no parque. Peguei meu celular em cima da cama e comecei a digitar.

Eu 

Tae, a gente vai para o parque que inalguro perto do centro, quer ir junto?

Bixinha que amo♡

Depende. Quem vai?

Eu ia fala para ele que Hoseok iria também, mas pensei direito.

Se eu falar, provavelmente, ele não ia querer ir. E esse passeio era para resolver essa treta entre eles. Pelo menos, a maior parte dele. Eu queria mais que tudo ver Hope e Tae juntos e essa pode ser a oportunidade, não posso estragar nada.

Eu

Vamos só eu e o Kookie. 

Sorry viado...

Bixinha que amo♡

Tá, se é assim, eu vou.

AE PORRA

Eu

Ok, então eu passo na sua casa uma e meia para encontrarmos Kookie as duas, Tabom?

Bixinha que amo♡

Tabom. Te vejo as duas.

Estava tudo indo bem por enquanto, só espero que ele não tenha nenhum piti quando ver Hope lá.

Levatei da cama e fui para meu banheiro. Estava querendo tomar um banho, mas deixei para mais tarde antes de sair. Então fiz apenas minhas higienes. Resolvi descer para comer algo já que nem café da manhã eu tomei ainda.

Chegando na cozinha, esquentei algumas panquecas que sobraram do café. Minha mãe sempre deixa algumas para trás. E também fiz um café. Terminei de comer e lavei tudo. Não havia nada para fazer então decidi assitir TV até que desse a hora de eu sair. Coloquei em uma canal qualquer e comecei a assitir.

...

Eram uma e meia da tarde e eu subi para meu quarto. Fui para meu banheiro e tomei um banho rápido. Logo sai e fui me vestir, coloquei uma camisa fina branca de mangás cumpridas, uma calça jeans rasgada e um all star preto e branco. Pensei em colocar uma touca, mas estava com meus cabelos molhados. Desci para sala e já eram uma e vinte. Resolvi ir agora mesmo na casa de Taehyung.

Fechei a casa e sai.

Caminhei alguns segundos e já estava na casa dele. Bati duas vezes na porta. Ele respondeu gritando para esperar na porta que ele já estava saindo. Não demorou muito para ele aparecer. Ele estava muito bonito; usava uma calça jeans azul, um tênis branco, uma blusa listrada e por cima uma jaqueta e uma touca vermelha. Ele estava estiloso, mas porque será? Tudo bem, ele pode se arrumar bem sim, só que ele nunca fazia isso sem nenhum motivo.

- Esta estiloso para impressionar quem? - Taehyung olhou para mim com desprezo e saiu para fora.

- Não estou querendo impressionar ninguém, Jimin.

- Tabom, sei. - Nós dois rimos e começamos a caminhar.

Fomos em silêncio para o parque, só trocando algumas palavras.

Quando chegamos, eu não encontrava Jungkook em nenhum lugar e nem Hope. Andamos mais alguns minutos e encontramos os dois.

Taehyung, no exato momento em que viu Hoseok, paralisou. Eles foram chegando mais perto da gente. Quando estavam bem perto, Taehyung começou a se afastar, o impedi segurando em seu pulso.

- Aonde pensa que vai?

- Você não tinha me dito que mais alguém viria. - Franzi o a testa irritado. *Eu já estava começando a ficar puto com essa frescura de Taehyung.* Olhei para Hope e ele estava encarando o chão e Kookie estava desconfortável com a tensã. Então resolvi falar merda mesmo.

- É, não avisei mesmo. Porquê sabia que você ia dar uma de troxa e sai correndo de novo. - Taehyung abaixou a cabeça.

- Vocês então aqui pra se entenderem cacete, e não para brigaram. Então vocês dois vão para um canto e vão conversar, ok? Não quero saber se um tá bravinho com o outro. Vocês vão se entender e acabar com essa merda logo, entenderam? - Meu olhar e semblante eram sérios. Taehyung percebendo isso e voltou para seu lugar. Acenou com a cabeça afirmando. Soltei seu pulso e apontei para um canto isolado e seguro para eles ficarem. Ele entendeu o recado e começou a caminhar para o lugar. Fiz o mesmo com Hoseok e ele saiu.

Bufei depois que eles saíram, foi mais fácil do que eu pensei. Jungkook me olhava assutado e com a mão direita em cima do peito. Soltei um riso com a sua postura.

- Nossa em, senhor Park Jimin. Até eu fique assustado.

- Desculpa. É só que eu não aguento mais essa merda. Tinha que dar um jeito logo nisso.

- Entendi. Você fez o certo. Confesso que se não fosse você, eu teria feito o mesmo. - Jungkook começou a olhar para os lados e passou a mão em sua nuca. Do nada ele sorriu. - Para quebra essa tensão, que tal a gente compra algodão-doce?

- Claro!! Eu amo algodão-doce. -Jungkook sorriu e imediatamente segurou em minha mão e me puxou para a barraquinha de algodão-doce...

Pov Jimin off

Pov Taehyung On

Não acredito que Jimin me fez fazer isso!! 

Eu até queria conversa com ele e resolve as coisas, só que não era agora.

Segui até o lugar aonde Jimin tinha me indicado e sentei em uma arquibancada de pedra que parecia estar lá por algum tempo. Não demorou muito e Hope tinha chegado. Sentou do meu lado e me olhou por alguns segundos. Ficamos em silêncio. Até que ele começou a falar.

- Olha Taehyung, me desculpa por tudo que eu já te fiz passar, por ontem e por anos também. - Ele ficou me olhando a espera de respostas, só não veio nenhuma. E o pior que não era por pirra, era porque eu não sabia o que falar mesmo. - Você não vai falar nada?

- Eu não sei o que dizer.

- Eu sei que te fiz sofrer bastante por vários anos. Se eu soubesse que você gostava de mim, tenha certeza de que eu não faria isso. Eu também ja sofri por amor e eu não quero que você sofra mais. - Hope me dizia tudo aquilo e eu o ouvia atentamente.

- Se eu tivesse falado pra você tudo que eu sentia antes, talvez não estariamos nessa situação. - Suspirei. - Como eu sou idiota. - Coloquei minhas duas mãos em meu rosto e bufei. Hope se aproximou de mim e colocou uma de suas mãos na minha coxa e a outra, tirou minhas mãos de meu rosto. Meu corpo estremeceu com o deu toque. Ele estava muito perto de mim.

- Você não é idiota Taehyung. Nunca. Fui eu que sempre fui um idiota. - Suspirou e olhou para mim com um meio sorriso. - Mas, posso consertar isso...- Ele se aproximava mais ainda do meu rosto. Estávamos praticamente colados, eu sentia sua respiração e ele a minha. Até que nossos lábios finalmente estavam colados. O beijo estava calmo e delicado. Ele pediu passagem com a língua e eu cedi. O beijo estava mais feroz e desejado. Suas mãos que estavam em minha coxa, agora estava na minha cintura a apertando e me puxando para mais próximo dele. Paramos por falta de ar. Só que eu não queria para, aquilo estava tão bom que não podia. Então quando recuperamos o fôlego, voltei a beija-lo. Com um movimento rápido, Hope me colocou em seu colo. O beijo estava mais intenso, mais não podíamos passar disso já que estávamos em público. Terminei o beijo dando um selinhos estralados e depois sentando entre suas pernas. Ele segurou minha cintura e me abraçou apoiando seu rosto em meu ombro. Eu estava muito feliz, acabei de dar uns amassos muito bons no menino que gosto a muito tempo. Estava quase vomitando arco-íris( que exagero ^-^).

- Você sabe mesmo consertar as coisas Hyung. - Falei dando um riso envergonhado.

- Que nada, nem comecei ainda. - Hope disse com um olhar malicioso e mordendo seus lábios. - Que tal terminamos isso em? - Ele disse beijando meu pescoço me fazendo afar.

- Ai Hope, aqui não. - Disse o olhando. Ele riu e olhou para mim.

- Lógico baby, vamos para um lugar melhor.

- Tabom, mas primeiro vamos falar com Jimin Hyung para ele não ficar preocupado.

- Okay. - Levantei do seu colo e saímos a procura de Jimin. Estávamos de mãos dadas. E eu via algumas piranhas da escola que gostavam de Hoseok olhar com raiva e inveja. Olhei para elas e mandei um beijinho que fez elas ficarem com mais raiva e eu mais feliz. Hoseok só ria de tudo. Era um bobo alegre ou melhor, meu bobo alegre.

Caminhamos mais um pouco e achamos Jimin e Jungkook na fila da montanha russa. Pelo o que parecia, Jungkook estava tentando convencer Jimin de que o brinquedo era seguro, mas Jimin ainda estava com medo. Não era de se espera.

- Não adianta Jungkook. Jimin tem o maior medo dessas coisas. - Em um instante, os dois viraram para trás e Jimin olhou diretamente para nossas mãos.

- Puta merda!! Finalmente em, seus porras. - Jimin disse alto que fez algumas pessoas olharem para nois.

- Jimin!! - Jungkook o chamou.

- Que foi? Só estou feliz pelos meus amiguinhos finalmente terem se entendido.

- Tá, eu sei que você está feliz e eu também estou, mas não precisa avisar pra meio mundo. - Jungkook colou sua mão no rosto e bufou. Eu e Hope só riamos da discussão dos dois. Agora que eu percebi que eles fazem um casal muito bonitinhos. Eu super apoio.

- A gente só veio dizer que estamos indo embora. Vamos ir para um lugar melhor. - Hope disse a Jimin com uma cara de malicioso e depois olhou pra mim que me fez corar. Jimin olhou para nós dois e acenou com a cabeça e apontou.

- Há entendi o recado. Seus safados. -Jimin disse rindo que me fez corar mais ainda. - Mas olha, cuidado em. Hope vai devagar, não machuca muito e usa camisinha. - Olhei para ele assutado. Como ele pode falar essas coisas e ainda em público??

Jungkook ria descontroladamente e Hoseok estava envergonhado também.

- O que gente? Tem que usa, se não emgravida.

- Só que eu não tenho útero imbecil, isso não é possivel. - Falei para ele rindo também.

- Nunca se sabe.

- Tá tabom Jimin, adeus. - Acenamos para eles que fizeram o mesmo.

Fomos caminhando para fora daquele parque, eu não fazia ideia da onde que iríamos. Fomos caminhando de mãos dadas até chegamos na casa de Hope. Devia ter imaginado que seria aqui já que Hope era emancipado e morava sozinho, esse seria o melhor lugar mesmo.

Entramos na sua casa e eu estava nervoso. Eu não era virgem, infelizmente tinha perdido minha virgindade com um cafagente. * Não me culpe, eu estava bêbado.*

Só que dessa vez, eu estaria fazendo com o homem que gostava e aquilo me deixava nervoso. Não sei como, mas ele percebeu que eu estava nervoso, então começou a me acalmar me dando alguns beijos no pescoço. O que funcionou.

- Se acalme Taehyung, tudo que sentirá hoje vai ser prazer e muito, muito amor. - Ele dizia com a voz rouca em meu ouvido. Virei para ele e o beijei. O beijo era calmo, mas passou a ser feroz. Hope me colou em seu colo e me levou até seu quarto sem interromper o nosso beijo. Hope sentou na sua cama e eu ainda estava em seu colo.

Comecei a beija seu pescoço e dar alguns chupões e mordidas. O deixaria todo marcado. Ele pegou a barra da minha camisa e começou a tirar. Vendo sua dificuldade, resolvi ajudar e tirei minha camisa. Ainda bem que facilitei e deixei minha jaqueta e touca no sofá da sala. Ele ficou olhando meu corpo enquanto eu tirava minha camisa o que me deixou um pouco envergonhado, mas logo voltei a o beijar para disfarçar a vergonha. Ele estava com a mão em minha cintura que, com um passe rápido, desceu para minha bunda a apertando e me fazendo afar. Eu sentia seu membro ereto entre minha bunda. Então, para provocar, comecei a rebolar o fazendo gemer entre os beijos. Ele me tirou do seu colo e tirou sua blusa. Fiquei o observando e vendo seu abdômen definido. Mordi meus lábios. Em seguida, ele tirou sua calça e mandou eu tirar a minha também. Logo que tirei e ele me agarrou e me deito na cama. Hope fui dessendo até meu abdômen e tirou minha box deixando a mostra meu membro eréto. Ele olhou para mim e voltou a me beijando e ao mesmo tempo tirava a minha e sua box também. Hope parou de me beijar e me posicionou, eu estava espero aquilo dês do começo.

Num movimento calmo, ele me prenetrou. Aquilo doía um pouco ainda, mesmo eu não sendo mais virgem. Eu fiz uma careta de dor e ele percebeu. Então se aproximou de mim e me deu beijos calmos e apaixonados me deixando ainda mais com desejo daquele homem. Hope começou as estocadas. Elas eram lenta e profundas. Depois de eu gemer e pedir para acelerar, suas estocadas aumentaram e eram fortes. Aquele lugar estava repleto de prazer. Os únicos sons que se ouviam eram nossos gemidos.

Logo eu cheguei em meu ápice e ele também. Hope saiu de dentro de mim e deito ao meu lado, me abraçando.

Estávamos suando e cansados, mas nada arrependidos. Olhei para ele que estava com a respiração rápida que nem a minha e lhe dei um beijo, só que dessa, vez com calma.

- Taehyung?

- Hm?

- Você quer namorar comigo?

- É claro. - Dei um forte abraço nele e deitei em seu ombro.

Em alguns minutos, nos dois adormecemos.

Esse foi o melhor dia da minha vida, eu estava feliz e com o homem que eu amava.

Continua...


Notas Finais


Foi isso gente, desculpa se tiver algum erro.
Obrigada de verdade, amo vocês.


Beijocas na bunda♡♡♡♡♡


Sério isso eu do passado? Beijocas na bunda? Fala sério.

PS: VIM DO FUTURO PARA DIZER-LHE QUE TÚ ÉS UMA OTÁRIA.

Eu sei que esse lemon não teve muita coisa boa e nem preliminares. É que eu era nova nisso e eu nunca tinha escrito um lemon. Me perdoem...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...