História A escolha - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Gregg Sulkin, Ian Somerhalder, Kylie Jenner
Personagens Personagens Originais
Tags Gregg Sulkin, Ian Somerhalder, Kylie Jenner
Exibições 5
Palavras 641
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Foi um deslize


Fanfic / Fanfiction A escolha - Capítulo 2 - Foi um deslize

Acordei sozinha em vários sentidos.

Me levantei e fui para o banheiro, me despi e enchi a banheira.

-Aonde eu enfiei essa merda? -Comecei a procurar meu celular que tocava loucamente. -Hm, alô?

-Bom dia, querida.

-Oi. -Tentei parecer animada.

-Aonde esteve na noite passada?

-Ah, lembra que eu falei que a Alyce viria para cá, então, ela chegou ontem e saímos. -Me sentei na beira da cama.

-Se divertiram?

-Sim, foi legal. -Dei de ombros. -Quando vai chegar?

-Cheguei hoje pela manhã.

-Sério? -Falei animada.

-Sim, quer sair mais tarde?

-Claro. -Sorri.

-Então até depois querida, vou jogar tênis, beijo.

-Bom jogo meu bem.

Sorri animada, a eu estava morrendo de saudades.

-Merda! -Gritei ao lembrar do que eu tinha feito na noite passada.

(...)

-Oi. -Aly entrou sorridente.

-Oi. -Revirei os olhos.

-O que aconteceu? -Ela se sentou ao meu lado.

-Eu beijei o Liam, e adivinha, o Ian chegou hoje de manhã. -Ela me abraçou.

-Acho que você deve contar.

-A gente vai sair daqui a pouco. -Encarei a janela.

-Então vamos, você tem que se arrumar.

-Eu não sei como vou conseguir olhar para ele. -Meu celular tocou algumas vezes, era o Ian. -Oi.

-Querida, mudança de planos, nós vamos a um jantar do clube, tudo bem pra você?

-Claro.

-Você está estranha... aconteceu alguma coisa? -Pude notar sua preocupação e isso me fez querer chorar.

-Depois conversamos sobre isso meu bem.

-Tá bom, te amo. -Ele desligou sem esperar a resposta.

-Ai droga. -Choraminguei.

-Vai dar tudo certo, Bela.

-Assim eu espero. -Comecei a procurar por algo para vestir.

 

-Você está linda. -Ian sorriu e abriu a porta do carro.

-Obrigada. -Sorri e o beijei.

Me acomodei no banco de passageiro e logo partimos.

-Sobre o que queria falar? -Ele acariciou a minha coxa.

-Depois do jantar, meu bem. -Sorri para ele e o mesmo retribuiu.

(...)

O jantar havia sido ótimo, e bom, Ian parecia feliz por estar ali comigo.

-E então? -Ele sorria.

-Ontemeubeijeialguém.

-Que? -Ele parou no meio do estacionamento e me encarou.

-Eu sei, foi um erro, mas aconteceu. -Comecei a chorar.

-Entra no carro. -Ele continuou andando.

-O que? -Fiquei confusa.

-Em casa a gente conversa.

(...)

-Eu não estou sendo o suficiente pra você? -Ele me encarou.

-Está, mas acho que eu não estou sendo o suficiente pra você. -Comecei a soluçar o que complicava muito a minha fala.

-Acho que melhor darmos um tempo, não vamos terminar, só pra você esfriar a cabeça e decidir o que realmente quer. -Ele me abraçou. -Deve ser porque você não teve relações com outras pessoas.

-Mas Ian, eu quero ficar com você. -O encarei.

-Mas você vai continuar comigo, só quero que saiba se é isso que você realmente quer. -Ele acariciou meu cabelo.

-Tá bom. -Beijei sua bochecha. -Vou ir embora.

-Quer posar aqui? Ou você não vai no almoço amanhã? -Ele se sentou no sofá de couro.

-A é né, eu vou. -Sorri fraco. -Eu devo estar horrível. -Ri.

-Não, você continua linda.

-Para. -Sorri e me sentei ao seu lado.

-Se quiser tomar banho...

-Aham, mas só vou dormir aqui se eu puder dormir com você. -Ele riu. -Não, não desse jeito, eu só quero deitar e ficar com você.

-Tá certo. -Ele me observava.

 

-Oi. -Sussurrei ao me deitar do lado dele.

-Tudo bem? -Ele me puxou para os seus braços.

Balancei a cabeça positivamente.

-Me desculpa? -Me sentei de frente para ele.

-Foi apenas um beijo? -Pude ver a decepção que eu havia causado.

-Sim, eu não mentiria pra você.

-Posso pensar no seu caso.

-Eu te amo. -Sorri fraco.

(...)

Segunda-feira

-Isabela? -Liam.

-Liam. -Sorri.

-Como vai? -Ele se aproximou.

-Muito bem, e com licença, eu tenho que trabalhar. -O empurrei e saí do elevador.

-Quer almoçar comigo? -Ele sorria.

-Não, e fique longe de mim. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...