História A escolha - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bottom!namjoon, Top!yoongi
Exibições 25
Palavras 1.102
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu devo desculpas pela demora, houve alguns problemas, eu mudei algumas coisas da fanfic, arrumei alguns erros de ortografia que achei mas provavelmente sobraram uns e outros.

Espero que gostem.

Capítulo 5 - Quinto


Yoongi corria contra o vento forte, avistava o hospital ao longe, parecia que quanto mais se aproximava mais distante ficava, algo que somente sua cabeça via.

Estava desesperado, por dentro seu coração parecia não querer mais funcionar, estava tudo nublado em sua mente, parecia que algo estava fora do lugar.

Não demorou muito para que subisse correndo pelas escadas passando pela porta de vidro, ouviu a recepcionista o chamar mas apenas a ignorou. Correu ate o quarto vendo Namjoon sentado na cama o encarando de forma assustada.


Não era um sonho.


Pelo menos esperava que não fosse.


Seu medo agora era que ele não lembrasse de si, que tivesse o apagado de suas memorias, esperava que o pior tivesse acontecido.


E realmente aconteceu.


- Se lembra de mim? - perguntou baixo se aproximando do mais novo que o analisava dos pés a cabeça.


- Por que meu coração esta batendo tão forte? - tocou seu próprio peito estranhando as reações de seu corpo, parecia que sua mente não lembrava do homem a frente mas de certa forma seu coração se lembrava ate demais.


- Eu....eu senti tanto a sua falta - sem demorar muito o abraçou com todas as forças, não ligou se estava com a roupa encharcada ou se mais tarde fosse pegar uma gripe, tudo o que importava era que tinha seu menino em seus braços novamente, vivo e bem.


- Se....se afaste por favor - pediu baixo, seu corpo tremia e uma vontade avassaladora de chorar o invadia a cada vez que ouvia a voz do outro.


- Você precisa lembrar de mim , por favor - não faça isso comigo - foi então que Yoongi finalmente se permitiu chorar, chorar pela dor que sentia e também pela felicidade de ver o outro a sua frente, chorou pelas noites em claro e chorou mais ainda pelo fato de talvez o outro não lembrar de si.


Namjoon via imagens passando pela sua mente, apenas pequenos flashbacks de momentos bons que passara com o Min, seu sorriso era algo que chamava sua atenção, os olhos prenetantes, a voz suave que embalava seu coração.


Mas não se lembrou de nada.


Nem mesmo do seu nome.


O Min chorava como uma criança indefesa, não tinha mais forças para falar ou para se lamentar, foi quando os médicos entraram e pediram para que saísse, precisavam repetir os mesmos exames que faziam todos os dias, não havia explicação para o caso de Namjoon.


Ele não poderia ter acordado tão rápido.


Na verdade, nem mesmo vivo deveria estar.


Yoongi encontrou Seokjin no corredor do hospital, havia sido chamado também já que seu nome estava contido na ficha de Namjoon como um dos responsáveis pelo paciente.

Apenas se abraçaram em silêncio chorando um pela dor do outro.


- ele não se lembra de mim Seok , nem mesmo meu nome - soluçou apertando o corpo do amigo afundando seu rosto na camiseta branca do mais velho.

Doía demais, doía saber que mesmo acordado ainda tinha perdido seu menino. Talvez para sempre.


- ele sofreu um acidente grave Yoongi, é normal que isso aconteça, ele vai se lembrar, eu prometo.


- sério?


- sério.


Yoongi se deixou ter esperanças mais uma vez mesmo que isso significasse ter que sofrer tudo o que sofreu antes.


Mas valeria a pena se todo esse esforço fosse dedicado a seu menino.









[...]







Yoongi descansava em uma ala do hospital, estava realmente abalado com a situação e tudo o que mais precisava era de uma boa cama e uma considerável noite de sono. Seokjin estava ao seu lado sentado a uma cadeira observando o mais novo. Sabia o quanto aquela situação ainda não tinha acabado e que logo começaria a chorar de novo relembrando tudo o que havia passado.

Yoongi sonhava com Namjoon quase todo dia mas , dessa vez , apenas estava sonhando com um futuro onde tudo acabava bem, sua mente estava calma mesmo que seu corpo estivesse totalmente acabado.


Do outro lado do hospital, Namjoon não conseguia tirar a imagem de Yoongi de sua cabeça, o modo como ficara abalado ao gelo chorar era inexplicável, mal o conhecia como poderia ter causado tantos sentimentos em si? Não sabia responder.

Ocupou sua mente apenas com a duvida que tinha sobre como diabos havia parado ali naquela cama com duas costelas fraturadas e uma perna lesionada. Sentia que estava deixando passar algo mas não sabia exatamente o que era. Só queria que alguém pudesse responder suas perguntas mas tinha medo de saber as respostas.


Queria ainda mais saber o porquê de ter ficado tão abalado emocionalmente ao ficar no mesmo ambiente de uma pessoa que nem conhecia, sabia que aquele homem tinha uma relação consigo, só não sabia dizer se era uma amizade ou algo mais, a aliança em seu anelar dizia algo bem diferente das idéias que passavam em sua mente.


Estava cansado de toda aquela situação, preferia nunca ter acordado.


Deitou sua cabeça no travesseiro prestes a dormir, sem perceber , a imagem de Yoongi passou por sua mente o dando certa paz para que enfim pudesse descançar.



Duas semanas depois.....

 

Namjoon estava visivelmente confuso, os médicos disseram que estava ali por conta de um acidente de carro mas que não tinham mais detalhes e que apenas o homem que viu a duas semanas atras poderia o responder. Mas nunca mais o tinha visto novamente, apenas um outro rapaz que se identificou como Kim Seokjin foi quem lhe explicou detalhadamente o motivo real por estar ali.

Já tinha suas respostas mas o que mais queria era ver aquele homem outra vez, compreendeu então que o que sentia era saudade e que realmente nutria um sentimento carinhoso pelo outro que nem ao menos conhecia , pelo menos achava que não conhecia.


Depois que pedira varias vezes a Seokjin, que era como o chamava, conseguiu com que visse Yoongi pela segunda vez desde que acordou.


Era estranho o fato de estar nervoso, queria que o mesmo aparecesse logo.


Já era meio-dia , tinha perdido quase todas as suas esperanças de ve-lo de novo quando ouviu a porta ser aberta devagar e dali surgir um rapaz belo de cabelos loiros, olhos profundos com um semblante sereno e ao mesmo tempo inseguro. 


Namjoon suspirou, seu coração traia a si mesmo igual a sua cabeça, por um lado apenas queria enxe.lo de perguntas sobre a suposta vida que tinham juntos e , por outro lado , desejava conhece-lo melhor, bom , provavelmente já o conhecia mas não se lembrava.

Queria ao menos saber quem era o homem do qual sempre estava presente em seus sonhos segurando sua mão e implorando para que pudesse acordar.

Queria entender como conseguia amar alguém sem ao menos saber seu nome.


Respirou fundo mais uma vez ao ouvir os passos de Min Yoongi em sua direção.



Era hora de enfrenta-lo cara a cara.


Notas Finais


Espero que esse capítulo tenha agradado vocês.

Ate a próxima.

:3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...