História A escolha de um amor - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias 50 Tons de Cinza
Tags Drama, Romance
Visualizações 57
Palavras 1.063
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 12 - Demissão


Fábio veste uma toalha e desce, Amanda está sentada no sofá esperando, quando ela o vê da um beijo nele.

AMANDA- como está a coluna amor?

FÁBIO- bem melhor!

ele fala pensando na noite que passou com maya ontem.

AMANDA- que bom..porque eu tava pensando...quer dizer eu e sua mãe..estamos pensando em fazer um jantar hoje a noite!

FÁBIO- ah...um jantar?....olha eu acho que eu vou estar surpe ocupado essa semana! 

AMANDA- você é empresário..tem pessoas que trabalhem por voce!

FÁBIO- Amanda as coisas não são assim!

Maya sai de baixo da cama e veste suas roupas, ela arruma seu cabelo e pega sua bolsa, ela bota o seus sapatos na mão e vai andando bem devagar. ela tenta escutar a conversa.

AMANDA- então que tal nos aproveitamos que estamos sozinhos e sabe...banheira, bebida, eu so nua pra você!

FABIO- Amanda não vai da...eu to cheio de coisa pra fazer...você marca com minha mãe outro dia pro almoço!

AMANDA- affs ta bom!...mais eu vou fazer seu café.

Maya está atrás da parede de cima quando sem querer bate seu pe em uma mesa de vidro fazendo barulho.

AMANDA- oque foi isso? você ouviu?

FÁBIO- ah...eu não ouvi nada ..você deve estar escutando coisa onde não tem .

AMANDA- ta min chamando de doida é? claro que eu ouvi um barulho! eu vou lá em cima!

FÁBIO- naooo!....quer dizer nos podemos ficar aqui e fazermos o café juntos!

AMANDA- é impressão minha ou você ta nervoso?

FÁBIO- vou ficar se você não fizer meu café logo!

Amanda olha pra ele com uma cara de que não engolio a discupa que ele deu, mais logo volta a fazer o café de novo. Maya desce bem devagar,  ele ve ela descendo e da um sinal para ela o espera no corredor de baixo, maya abre abre porta e sai.

FABIO- amor o Carlos está min chamando,entao eu já volto ok

AMANDA- ok mais nao demora!

fabio sai e fecha a porta, ele desce de elevador e ver maya parada encostada no carro.

FÁBIO- maya min perdoa por isso!

MAYA- tudo bem mais...fabio isso não vai dar certo!

FÁBIO- como assim não vai dar certo?

MAYA- toda vez que ficamos junto acontece alguma coisa de ruim!

FÁBIO- isso não é verdade!

MAYA-é a realidade! 

Fábio puxa seu braço e a beija!

MAYA- Fábio eu...

FÁBIO- por favor não desista de nós!

MAYA- mais...

FÁBIO- por favor...

MAYA- eu preciso ir....táxi!!

ela entra dentro do carro e vai embora, chegando em casa, ela ve sua mãe conversando com um menino bem bonito. ela coloca seu casaco atrás da porta e vai até a cozinha.

MAYA- mãe cheguei!

MELISSA- filha que bom que chegou!! venha conhecer uma pessoa!...filha esse é o antoni.

MAYA- oi! prazer!

ANTONI- olá maya o prazer é todo meu!

MELISSA- fikha o antoni e professor de dança e ele veio oferecer um trabalho pra você na academia de dança dele.

MAYA- nossa serio?

ANTONI- sim..claro se você aceitar!

MAYA- claro que eu aceito..o meu trabalho  atual não é tão bom...tirando algum dos meus amigo de banda.

ANTONI-entendo...hoje em dia ta bem difícil.

MELISSA- então ótimo! hoje ela já começa?

ANTONI- sim! hoje as noite.

Maya levanta e acompanha antoni até a porta.

MAYA- mais uma vez obrigada!

ANTONI- vai ser ótimo trabalhar com você maya!

ele se despede melissa, e vai em bora. 

MELISSA- Belo garoto...você não acha filha?

MAYA- é bonitinho!

MELISSA- filha (bonitinho) é um feio arrumadinho...e eu até achei que ele estava ansioso pra trabalhar com você!

MAYA- dona melissa oque a senhora está ensinoando? 

MELISSA- nada...eu so acho que você trabalhando com ela vai trazer grande vantagem.

MAYA- affs mãe não começa!

MELISSA- filha você sabe que seu relacionamento com aquele professor não vai dar certo!

MAYA- eu sei mãe...

Maya sobe para o seu quarto,  e lembra do boque de flores de Fábio que ela colocou atrás da porta. ela se deita na cama, pega sua caixa de musica e põem seus fones. Ingrid melhora da febre que ela tava e decide ir visitar maya, mais antes ela passa na lanchonete, ela vê digo parado escolhendo alguma coisa, ela pega a sua bolsa e coloca na frente de seu rosto para que ele não a veja, eles estão perto um do outro quando digo a reconhece.

DIGO- Ingrid?

Ingrid fala em pensamento.

(droga!)

INGRID- digo?....oi!

DIGO- oi! quanto tempo né!

INGRID- sim...por onde andou?

DIGO- rsrsrs estou na mesma faculdade que você!

INGRID- sério? eu nunca te vi por lá.

(mentira!) Ingrid sempre passava por perto dele mais sempre fingia que não o via.

DIGO- então como vão as coisa?

INGRID- bem...e com você?

DIGO- ótimas...até tempos atrás a gente não ter mais se falado né. ...oque aconteceu?

INGRID- nada eu so achei que não divia entra no relacionamento de você com kayllane!

DIGO- mais eu nunca namorei com kayllane!

INGRID- oque? 

DIGO- espera! sério que todos esses anos você pensou que eu estava namorando com ela?

INGRID- ah...não...claro que não!

DIGO- Ingrid fala a verdade!

INGRID- ta...eu achei sim...por isso parei de falar com você!

DIGO- impresionante!

INGRID- nao fica bravo com migo...

DIGO- claro que eu estou zangado! mais eu te perdoou. 

INGRID- sério?

DIGO- seee....você aceitar sair comigo hoje!

INGRID- como você quiser! rsrsrs

DIGO- rsrsrs ok então te pego as 7h.

INGRID- combinado!

Maya se levanta da cama e se arruma, ela pega um táxi e vai até o trabalho dela fala com o gerente.

DANIEL- oi maya!

MAYA- oi Daniel! e aí como vai as coisas?

DANIEL- bem...mais o patrão ta zangado com você!

MAYA- isso é oque vamos ver!

-até que fim chegou dona maya! mais é muito irresponsável!

MAYA- preciso falar com o senhor!

-adiante vá limpar o banheiro agora!

MAYA- eu min demito!

-oque disse!!

MAYA- eu acho que o senhor ouviu muito bem!

-mais quem decide isso é eu!!

MAYA- mais eu ja min decidi!

-não se atreva a sair daqui!

MAYA- você não manda em min!

-ingrata! vagabunda!

MAYA- o senhor toma vergonha na sua cara! quem é você pra falar assim comigo! seu velho gordo!

o velho se aproxima de Maya e da um tapa em sua cara! os amigos de Maya ficam parados sem reação, quando maya vai pra cima do velho pra bater nele.

MAYA- seu velho gordo! você não presta!

Maya começa a puxa a barba do velho barbudo, quando Felipe segura ela, Breno e Daniel seguram o velho! maya continua a briga com o velho quando ela pega um copo de cerveja e derrama em cima dele, todos ficam rindo, quando o velho pega o cabo de vassoura pra bater em maya.

-sai do meu bar agora!

MAYA- agora eu saio se eu quiser!

- ah sua...

o velho corre para bater em maya, ela corre subindo nas mesas, os amigos dela não alguentam a risada.

MAYA- velho barbudo!

-volta aqui sua osada!

MAYA- meninos eu entro em contato!

BRENO- tchal maya!

DANIEL- tchal minha flor!

FELIPE- sorte pra você maya!

Maya sai correndo do bar.


CONTINUA...





Notas Finais


espero que tenham gostado desse capítulo rsrsrs😊😃😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...