História A escrava - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nino
Visualizações 164
Palavras 1.013
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ecchi, Harem, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá meus amores só estou postando hoje mais um capítulo por que não tem nada para fazer em casa mas espero que tenha gostado desse Capítulo Desculpe os erros ortográficos beijos layra bye bye

Capítulo 23 - Encontrei?


         

Mari on

Já tinham se passado uma semana desde que eu estou preso aqui, e até agora ele só me alimentaram com pão e água, só estou vivendo disso realmente é muito ruim ,eles nem me deixaram eu tomar um banho ,estou fedendo era horrível o cheiro, realmente eu estava pagando um preço muito alto.

Será que Adrien está se preocupando em me procurar ,eu já estou pensando que ele já desistiu de mim, e já encontrou outra mulher eu só estava me intrigando demais .,minha curiosidade era imensa.

Mari off

Adrien on

Ajuda do Nathaniel, e Nathaniel começamos a procurar por todas as cidades mais próximas de Paris, nós procuramos por todas as cidades, menos a de chartres então nós fomos para chartres, e eu também tinha me lembrado que Nathaniel disse, que perto da casa dele tinha várias casas abandonadas ,Então já era uma pista de que a Marinete poderia estar em uma delas.

Adrien: é muita casa abandonada Nathaniel, como vamos conseguir achar Marinete por todas as casas-digo Botando os dedos da minha cabeça, e balança no meu cabelo levemente ,e ao mesmo tempo soltando um suspiro.

Nat: calma Adrien , tudo vai dar certo  eu vou começar pela esquerda e você começa pela direita ,e se você não conseguir achar vamos reverter as posições você vai para esquerda ,eu vou para direita-diz ele tentando me reanimar ,e ao mesmo tempo por me dando dicas.

Adrien: tá bom Está tudo bem vamos procurar logo-digo eu saindo de perto dele ,e tentando achar a Marinete nossas casas que estavam abandonadas.

Mari on

A  porta foi aberta e vejp o que era o rei e a Chloé ,o que me fez eu sentir frio na espinha ,porque eu não sabia o que que a gente poderia fazer comigo.

Chloé: olha ela é pobre morta de fome-Diz ela rindo e ao mesmo tempo cuspindo na minha cara ,e ao mesmo tempo gostando do que ela tinha feito, dando sorriso cínico para mim.

Mari: posso ser a morta de fome ,mas pelo menos eu não tento me esfregar no adrien, tentando fazer ele gostar de mim-digo eu rebatendo ,e ao mesmo tempo se formou um sorriso no meu rosto, porque eu gostei do que eu tinha falado ela merecia tudo isso.

Autora: toma Chloé bem feitor, aí Marinete Arrasou, mulher amo você .

Chloé se aproximou de mim tentando me bater ,ou até mesmo tentando me matar devido o ódio que ela sentia por mim ,com certeza eu ia fazer isso mais o rei segurou ela para mesma não bater.

Rei: calma minha filha quando eu matar o Adrien ,você pode fazer com ela o que você bem quiser-diz ele segurando ela e ao mesmo tempo sorrindo para minha cara, como se eu fosse culpada por tudo que tinha acontecido.

Chloé: verdade papai, eu não preciso ficar me gastando com ela-Diz ao mesmo tempo se afastando do pai , e ficou me observando com ódio e nojo de mim.

Rei: bom Marinete, Você ainda está só Viva por causa que se eu te matar se agora mesmo ,Adrien pararia de buscar você ,e assim eu não poderia matar ele, quero que ele fique mais longe do seu reino para eu matar  ele para que nenhuma uma pessoa interferi.

Depois do Rei ter falado isso eu começo ouvir barulho de pessoa gritando , o meu nome a  voz me parecia familiar ,eu acho que era do Adrien ,era o adrien que estava me gritando?,.

Mari : ESTOU AQUI ADRIEN, SOCORRO ,SOCORRO-digo eu gritando por socorro minhas lágrimas tinham caído a cada palavra que sair da minha boca, eu finalmente iria ser liberta.

Mari off

Adrien on

Eu e Nathaniel começamos a procurar Marinete ,só que a gente não tinha achado então resolvemos procurar juntos, até nós aproximamos de uma casa que estava bastante abandonada ,com aranhas no telhado e percebemos que tinha uma luz bem fraca na casa, então achamos que a Marinete poderia estar lá então começamos a andar em direção àquela casa ,eu comecei a gritar o nome da Marinete ,para ver se ela poderia falar alguma coisa para a gente poder achá-la.

Adrien: MARINETE ONDE VOCÊ ESTÁ ?SOU EU ADRIEN-digo eu gritando esperando ter alguma resposta.

Até que ouço uma voz muito fraca parecida com da Marinete ,então começo me aproximar mais da casa ,então eu vejo uma cena que eu nunca queria ver na minha vida, a Marinete estava enroscada toda machucada e com várias feridas em seu rosto ,o rei e a Chloé  estavam lá rindo da mesma.

Subiu imensa raiva sobre mim o que me dominou ,eu queria pular lá e matar ele na mesma hora, só que Nathaniel me pediu.

Nat: Adrien não faço nada, nós temos que arrumar algum plano não podemos chegar assim de uma hora para outra senão iremos estragar tudo, e ele pode fazer a Marinette de refém e ao mesmo tempo ela pode morrer.

Adrien: desculpe mas a minha cabeça está muito quente ,e também estou com muito ódio ,eu quero matar aquele rei eu quero cortar aquela cabeça Dele, esquarteja o corpo dele todos jogar para os animais, para os mesmos comerem -digo eu falando com uma voz com raiva.

Nat: Eu sei disso eu também quero fazer isso ,mas precisamos nos acalmar não podemos fazer qualquer coisa com a cabeça quente.

Adrian off

Nat on

Eu sei muito bem como a adrein deve estar se sentindo, Eu também estou com muita raiva daquele Rei , mas sei muito bem que quem irá ter esse gosto esse prazer de matar ele será o Adrien ,pois sei que essa guerra não é minha mas sim do Adrien.

É isso que nós fizemos, eu e Adrien tinha bolado um plano e o plano estava muito bom ,eu achei que estava perfeito, Adrien tinha uma  boa mente para qualquer tipo de plano .

Com certeza isso se deve por causa que a Adrien tinha uma fama de que todas suas batalhas eles sempre venciam ,devido pelo motivo de passar horas treinando ele e muito forte, eu realmente eu admirava muito como amigo.

Após ter bolado o plano, já estava tudo em seu devido lugar, eu já estava na minha posição, e ele também na sua ,agora só iremos avançar.




Notas Finais


Espero que tenha gostado desse Capítulo beijo layra e desculpe os erros ortográficos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...