História A espada da união. - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Deadpool, Homem-Aranha, Os Vingadores (The Avengers), Thor
Personagens Anthony "Tony" Stark, Clint Barton, Dr. Bruce Banner (Hulk), Fandral, Frigga, Heimdall, Jane Foster, Lady Sif, Loki, Maria Hill, Natasha Romanoff, Nick Fury, Odin, Personagens Originais, Peter Parker, Steve Rogers, Thor, Tia May, Venom, Visão, Wade Willson (Deadpool)
Tags Abuso, Cavaleiro Fatasma, Jason, Lemon, Motoqueiro Fantasma, Thorki, Vampires
Visualizações 63
Palavras 1.109
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Crossover, Festa, Hentai, Lemon, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 12 - "Quinto Filho".


Fanfic / Fanfiction A espada da união. - Capítulo 12 - "Quinto Filho".

- Mas do que raios vocês estão falar? - gritaram Steve, Bruce, Natasha e Clint chateados. Mas antes de alguém pode falar um barulho alto, e estranho soou pela Torre.

- Senhor Stark e senhor Thor, três pessoas de Asgard estão na Torre. - informou J.A.R.V.I.S.

- Bem, obrigada pelo jantar, eu vou me retirar. - disse Loki indo em direção ao elevador. "Antes que dê treta."

- Eu te acompanho. - disse Goro correndo para alcançar o Loki.

~o~

Sif esperava no grande pátio do topo da Torre junto com Frandral e Volstagg.

- O tempo aqui não é sincronizado com o nosso reino, está escuro ainda. - disse Sif olhando para o céu.

- Deve de ser madrugada. - disse Frandral.

- Será que eles têm comida aqui? - disse Volstagg colocado as mãos na barriga.

- Eu disse para você comer uma quarta rodada, mas tenta não acabar com a despensa deles. - disse Sif com uma expressão séria.

Depois de alguns minutos de espera, a primeira pessoa a aparecer foi um Thor muito feliz por ver os seus amigos.

- Amigos, como vão? - perguntou Thor e depois apareceram os outros.

- Não nós vai apresentar a sua comitiva, Thor? - perguntou Natasha.

- Claro. Este aqui é Frandral o melhor espadachim é da guarda especial do palácio. Esse é Volstagg também é da guarda especial mas cuidado ele come muito. E essa é a Lady Sif também da guarda especial e a única mulher guerreira de toda Asgard. 

- É um imenso prazer conhecê-los, Thor fala muito de todos. Sou noiva dele, futura rainha de Asgard. - disse ela sorrindo para todos.(N/A: Thor e Jane não namoraram só são amigos.)

- Oh, Thor não nos disse nada. Parabéns... - disse Stark espantado e Thor abaixo a cabeça.

- Bem... parabéns mas o que viram aqui fazer? - questionou Steve com o seu filho em seus braços adormecido.

- O pai de Todos sabe que Loki está aqui e, querem que ele volte para Asgard para ser condenado e preso numa cela mesmo segura. - informou Frandral.

Natasha disse que precisava falar com Thor a sós, então foram para uma sala de reuniões em outro andar cedido por Steve, outros convidados foram para o andar da cozinha para prepararem algo para os convidados comerem.

Natasha sentou-se num sofá em frente à grande TV e convidou o Thor a fazer o mesmo, mostrou a gravação em que Loki acordava a meio da noite. Natasha percebeu o quanto Thor ficou desconfortável, depois de assistirem o vídeo a ruiva começou a falar:

- Eu vou direto ao ponto, Thor. Aconteceu alguma coisa em Asgard para que Loki ficará assim, tão melancólico?

Thor se ergueu, indo em direção a janela com o rosto pálido, depois de alguns segundos de silêncio que parecia ser horas para Natasha foram quebrados.

- Talvez seja Thanos. O que se passou entre ele e Loki nunca foram reveladas. - respondeu Thor nervoso, sendo observado pela ruiva atentamente.

- Porque ele tentou se matar? Thor, obviamente houve algum problema antes de Thanos.

- É assunto de Asgard, Lady Romanoff. - disse Thor irritado.

- Você sabe que não espalharemos os segredos de Asgard, será só entre nós, os Vingadores. - disse ela vendo Thor hesitar.

- Nós tivemos um problema, sim. Loki é um assassino: matou dez dos nossos melhores guerreiros, portanto deve voltar para cumprir a sua sentença.

- C-como? - disse Natasha incrédula se engasgando com a própria saliva.

- E ele fez isso sem usar a sua magia! Por isso é um grande prejuízo vocês tratarem de libertarem as pulseiras. Ele é demais perigoso......

- Por que não nós disse isso antes?

- Já disse, é um assunto de Asgard e não...

- JÁ CHEGA, THOR! Para de deixar de lados os fatos! Queres que uma injustiça seja feita e que a vida de um inocente seja condenada?

- Eu sou um guerreiro e devo de obedecer às ordens que o meu rei impõe.

- Loki é seu irmão, mesmo que não seja de sangue, ele não significa nada para você? Thor, ele não estava seguro! Ele tentou se matar e, pelo que entendi matou dez guerreiros por uma razão muito forte. Eles... abusaram dele?

- Se tivessem encostado um dedo nele, eu mesmo os mataria! - disse Thor ergueu o rosto em fúria.

- O que fizeram com ele? Qual foi o motivo dos assassinatos? - questionou mais uma vez Natasha.

Thor voltou a se sentar no sofá, colocou as duas mãos sobre o rosto, com uma grande dúvida se falava ou não, mas talvez podia tirar um peso de cima.

- Loki era ou ainda é noivo: era um jovem guerreiro, filho de um dos generais que eram membro da nobreza que vivia no castelo eu acho, não sei o seu nome verdadeiro sempre era chamado de "Quinto Filho".

- E onde ele está agora? 

- Não sabemos. Ele fugiu após os assassinatos.

- Ele tem a ver com isso? Com a morte dos dez guerreiros?

- Sim. Foram eles...! - disse Thor batendo com força no braço do sofá. - Aconteceu enquanto eu tinha sido banido de Asgard, o "Quinto Filho" estava no treino e, esse dez guerreiros feriram-lo gravemente e ainda por cima de propósito, ficou inconsciente durante três meses. Quando Loki soube o que aconteceu, esperou que o "Quinto Filho" se recuperar, depois disso Loki pendurou um a um nos pilhares da sala do trono, com as gargantas e barrigas abertas e, as cabeças cortadas ao meio mostrado os seus cérebros. Foi um escândalo, logo soubemos que o "Quinto Filho" fugiu por insistência de Loki e depois foi o ocorrido da sua morte para o abismo.

Pela primeira vez, Natasha sentiu que as suas palavras lhe faltavam, olhava pasma para o deus do trovão a sua frente.

- Seu pai sabia, não sabia? O rei sabia o que eles tinham feito? E Loki será condenado pelo que fez? E os dez guerreiros não seriam punidos?

- Não punimos por acidente nos treinamentos. Esse tipo de gente não tem direitos em Asgard, sobretudo se não for da nobreza.

- Mas você disse que ele era da nobreza, filho de um general...

- Ele era, mas depois da morte do general, ele passou a ser um simples guerreiro, ele estava sem proteção alguma.

- Por que não o protegeu? - disse ela e a sua voz saiu mais frágil do que queria.

- Não podemos ter contacto com pessoas assim.

Natasha agradecer por Thor ter contado alguma coisa e eles saíram da sala para ir ter com os outros. 


Notas Finais


Odiaram?
Gostaram?
Alguma dúvida?
Por favor comentem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...