História A Espada e a Rosa - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Angélica Vale, Jaime Camil
Personagens Angélica Vale, Jaime Camil, Personagens Originais
Tags Angélicavale, Jaimecamil, Valecamil
Exibições 54
Palavras 2.713
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa Leitura 😘✌

Capítulo 7 - Capítulo 6


Fanfic / Fanfiction A Espada e a Rosa - Capítulo 7 - Capítulo 6

• Jaime •

- Vamos tentar dormir um pouquinho amor.
.
- Não vou conseguir Jaime.
.
- Não vai acontecer nada minha vida, vem vamos apagar a lareira e recolher essas coisas e vamos pra cama.
.
- Tabom amor - peguei tudo enquanto o Jaime apagava a lareira, desligamos as luzes e subimos para o quarto.
.
- Quer tomar um banho ?.
.
- Sim - tirei a camisa do Jaime que eu estava e caminhei para o banheiro coloquei a banheira pra encher e alguns sais.
.
- Tirei minha roupa e segui para o banheiro a banheira terminava de encher, entrei e segurei na mão da Angie pra ela entrar que ficou entre minhas pernas comecei a molhar o busto dela com tranquilidade, precisávamos apenas daquela calmaria no momento pois não sabíamos o que podia acontecer daqui pra frente, terminamos o banho e saímos.
.
- Vesti apenas uma calcinha e minha camisola e passei meus cremes, Jaime colocou só a cueca box, nos deitamos e ele colocou um braço debaixo da minha cabeca e outro em minha cintura segurei sua mão.
.
- Pode dormir quando acordar ainda estarei aqui meu amor - beijei a lateral da sua cabeça.
.
- Eu te amo.
.
- Eu amo mais - ela fechou os olhos e fiquei velando o sono dela ate onde consegui pois logo me entreguei ao sono também devido ao cansaço e correria do dia.

• Angelica •

- Acordei e Jaime parece que ia entrar dentro de mim de tão abraçado que estava, tentei me mexer mais era quase impossível, o rosto dele estava em meu pescoço eu sentia o ar quente, tirei um dos braços dele em volta de mim e o mesmo acordou.
.
- Tentando fugir sra Camil - apertei mais ela contra mim.
.
- Não só tentando levantar mesmo, amor se ta me apertando.
.
- Não eu estou apenas te dando segurança pois dos meus braços ninguém te tira e nem te faz mal - fiquei por cima dela beijando já seu pescoço.
.
- Meu super herói, mais é serio tenho que levantar e ir pro escritório e ver como vai ser daqui pra frente.
.
- Você não vai ir pra lá ta louca ?.
.
- Eu vou sim Jaime.
.
- Me joguei para o lado suspirando.
.
- Tira essa cara de emburradinho apesar de ficar lindo não vai me convencer.
.
- Eu vou tomar banho.
.
- Amor.
.
- Ela disse tão manhosa com aquela voz de bebê, olhei e ela estava sentada com o cabelo desarrumado linda e com um biquinho - Isso é golpe baixo Angélica se sabe que não consigo resistir.
.
- Comecei a rir com jeito dele - Sabe o que é? Preciso de um banho.
.
- Precisa é? - fui me aproximando dela e segurei em sua mão puxando pra mim, coloquei a mão na nuca dela e iniciei um beijo suspendi do chão e fomos indo para o banheiro, nos despimos e entramos no box, virei ela de costa pra mim e comecei a beijar o pescoço dela dando leves chupadas, desci para suas costas fazendo o mesmo processo, segurei seus seios apertando e logo descendo a mão para sua intimidade a fazendo arfar, sem demora introduzi meu membro nela começando minhas estocadas nós dois gemiamos e atingimos nosso ápice rápido e juntos ela virou de frente pra mim e então começamos a tomar nosso banho nada como fazer amor assim que acorda para passar o dia bem.

• Jaime •

- Saímos do banho e Angie foi para o closet - vai mesmo ir ?.
.
- Sai do closet segurando um vestido preto e meus saltos - O que acha ?.
.
- Acho que sim.
.
- Nunca fui de me acorvardar e não vai ser agora que isso vai acontecer principalmente quando o amor da minha vida ta em risco.
.
- Mais toma cuidado por favor.
.
- Pode deixar meu amor e se bem me lembro sou melhor que você - provoquei.
.
- Isso não é verdade Angelica eu sou muito bom no que faço nem vem.
.
- Sorri enquanto me vestia - To brincando meu amor mais sou melhor sim.
.
- Eu sei no que você é melhor - sorri malicioso.
.
- Peguei meu secador e liguei na tomada - No que sou melhor ?.
.
- Não imagina ?.
.
- Olhei pra ele que tava com um sorriso de canto - Nisso ai com certeza sou a melhor.
.
- Vou me arrumar se não te ataco aqui de novo - passei por ela e bati em sua bunda.
.
- Sequei meu cabelo e fiz uma leve maquiagem peguei minha bolsa e encontrei o Jaime lá embaixo.
.
- Angélica do céu precisamos arrumar essa bagunça.
.
- Mais agora tenho que ir, tomo café no caminho, eu te amo - beijei ele e sai.
.
- Eu te amo mais - vi ela sair pela porta e olhei em volta vendo da onde começaria a limpar Aquela bagunça, peguei alguns sacos pretos e comecei a arrumar as coisas e jogar fora os lixos.

• Angélica •

- Cheguei no escritório e dei bom Dia para as meninas - A Ros já chegou ?.
.
- Ela não veio hoje Angélica.
.
- Estranhei porque a Ros nunca faltou sem avisar - Liga pra ela e passa a ligação para a minha sala.
.
- Tabom Angélica é pra já.
.
- Obrigado - fui pra minha sala e me sentei esperando a ligação.
.
- Angélica ninguém atende no número dela está indo para caixa postal.
.
- Obrigado Amélia.
.
- Algo mais ?.
.
- Não só isso mesmo por enquanto.
.
- Qualquer coisa estou em minha mesa.
.
- Okay - mandei mensagem para a Ros e tentei ligar por meu celular mais só dava caixa postal, desisti e fui resolver algumas coisas o tempo passou tão rápido que já era hora do almoço e tinha uma mensagem do Jaime sorri antes mesmo de abrir.

" Limpei nossa bagunça está parecendo nossa casa novamente ta sem alguns itens mais ta limpa".

" Que homem eficiente eu tenho acho que agradecerei ele mais tarde".

" Para com isso acho que não sera legal eu ficar excitado no escritório".

" Parei mais a noite você não escapa, vou almoçar".

" Eu vou ir trabalhar mesmo o Gus faltou hoje e não consigo falar com ele ai tenho serviço a mais".

" Gus é seu assistente certo ?".

" Sim porque ?".

" Ros também faltou e não consigo falar com ela também está dando caixa postal".
.
- Resolvi ligar pra Angie que logo me atendeu.

# Amor é muito estranho isso.
# Acha que o Isac tem algo a ver?.
# Não sei Jaime talvez sim.
# E como faremos para falar com eles.
# Vem para o meu escritório e resolveremos aproveita e trás comida estou com fome.
# Tabom eu já vou meu amor.
# Ate já - desligamos.

• Jaime •

- Tentei varias vezes mais falar com o Gus mais só ia pra caixa postal comprei comida e fui para o escritório da Angie que me aguardava no saguão.
.
- Dei um selinho nele - Vem vamos subir.
.
- Conseguiu falar com a Ros?.
.
- Não já tentei inúmeras vezes e nada - entramos no elevador.
.
- Se realmente for Isaac acha que ele vai entrar em contato ?.
.
- Bom ele quer você morto então eu acho que sim.
.
- Esse cara não pode simplesmente resolver as coisas de outro jeito ?.
.
- Esse é o estilo Isaac meu amor - chegamos ao escritório e saímos do elevador e fomos direto para minha sala comemos e logo começamos a procurar pistas, tentamos rastrear o número deles, olhamos as câmeras da cidade, reconhecimento facial e não tinha absolutamente nada.
.
- Mais que droga.
.
- Não é a toa que o Isaac é conhecido como Mago não deixa rastros nenhum.
.
- E agora ?.
.
- Sabe onde o Gus mora ?.
.
- Sim.
.
- Então vamos a casa dele e da Ros ver se tem algo pelo menos nem que seja um fio de cabelo.
.
- Vai alertar a equipe ?.
.
- Não Isaac saberia e pode fazer algo pior então vamos continuar assim.
.
- Okay então meu amor - saímos do prédio e fomos para casa do Gus investigar, olhamos cômodo por cômodo na casa da Ros a mesma coisa mais advinha o que achamos ? Isso mesmo nada nem uma pista se quer.
.
- Não sei o que fazer mais Jaime.
.
- Vamos dar um jeito meu amor.
.
- Perai o que é isso ? - avistei um papel embaixo do sofá, me abaixei pegando o mesmo mas mãos, tinha uma rosa desenhada e no verso havia um número olhei para o Jaime e mostrei o tal papel.
.
- Meu amor vamos ligar.
.
- Ta mais precisamos ir pra algum escritório pra poder rastrear o número Jaime.
.
- Vamos para o meu não podemos alarmar as meninas do seu escritório afinal todas trabalham para ele.
.
- Okay então vamos - fomos para o escritório e peguei meu celular para fazer a ligação.
.
- Só ligar meu amor ta tudo pronto.
.
- Tudo bem - respirei fundo e disquei o número, chamou duas vezes e atenderam.

# Senhorita Hartman ou devo dizer Camil, achei que demoraria mais.
# Isaac o ...
# Com calma primeiro fala para o seu marido que não precisa rastrear a ligação pois logo saberão onde estou.
# O que quer ?.
# Seu querido esposo.
# Isaac faça o que quiser comigo pois foi eu que menti e falei para ele fugir, solta o Gus e a Ros pois ele não tem nada a ver com essa confusão.
# Aaaaah o amor é tão lindo fico admirado.
# Me diz onde está, não primeiro coloca a Ros e o Gus para falar com a gente.
# Okay.
# Ouvi eles gritando e me subiu um desespero e raiva tão grande - Isaac não faz nada com eles por favor eu imploro.
# HAHAHA já foi mais corajosa senhora Hartman.
# Que se dane a coragem quero saber onde você está seu maldito.# Estou na cidade dos jogos das apostas, cassinos.
# Las Vegas?.
# Isso mesmo minha querida, quero vocês em 24 horas aqui ou os dois companheiros de vocês estarão mortos.
# Onde nos encontramos?.
# Bellagio hotel amanhã às 16:00 sem atrasos ou já sabem.
.
- Ele desligou sem mais nem menos - Meu amor e se não conseguimos chegar lá esse horário?.
.
- Vamos fazer o possível minha vida agora vamos para casa e arrumar nossas bolsas e arrumar uma passagem.
.
- Okay minha vida - ele beijou minha testa e fomos para casa.
.

• Angélica •

- Nós dois estávamos tensos mais sabe quando nenhum quer passar isso e fingir que ta tudo bem ? Então estamos assim ainda bem que conseguimos um vôo sem Ros e Gus ficamos meio que de mãos atadas geralmente quando temos missão vamos de jatinho e ambos pilotam para nós dois, Jaime fez um esquema e conseguimos passar com duas pistolas é o suficiente.
.
- Vem é o nosso vôo - me levantei e peguei a bolsa dela e estendi a mão.
.
- Soltei um longo suspiro e segurei na mão dele e começamos a caminhar ao portão de embarque, nos sentamos em nossas respectivas poltronas e apertamos os cintos passei meu braço por entre o do Jaime e segurei novamente sua mão.
.
- Beijei a lateral da cabeça dela - Vai ficar tudo bem e vamos voltar os 4 vivos.
.
- É o que eu mais quero meu amor.
.
- Ela deitou no meu ombro e seguimos o vôo, passamos a grande parte do mesmo acordado, também quem conseguiria dormir diante de tanta tensão.
.
- Anunciaram que íamos pousar e chegamos a grande Las Vegas pegamos nossas malas era 14:55 já temos que correr para não nos atrasar e sair tudo do jeito que planejamos, pedimos um taxi e fomos direto para o Hotel, tava um trânsito afinal é Las Vegas, quanto mais o tempo passava mais meu coração apertava, por fim chegamos e reservamos um quarto deixamos as malas e olhei o horário 15:40, pelo menos já estamos aqui.


• Jaime •

- E agora onde vamos encontrar ele, o Hotel é enorme.
.
- Eu sei meu amor, vamos esperar no cassino - assim que terminei de falar meu celular tocou.

# Alô?.
# Olha meu casal favorito chegou cedo ne?!.
# Onde te encontramos.
# No Cassino do hotel.
# OK.
# Se eu fosse vocês já ia descendo vai que aconteça algo no meio do caminho e atrase vocês ne, não queremos que isso aconteça.
.
- Ele e essa mania de desligar.
.
- O que ele disse ?.
.
- Que é pra encontrar no Cassino e falou que era pra nós ir descendo porque pode acontecer alguma coisa e atrasar nós.
.
- Então vamos de escada.
.
- Vamos - pegamos nossas pistolas carregamos e saímos do quarto e fomos descendo de escada.
.
- Segurava firme na mão dela enquanto desciamos a escada que parece que não acabava mais, levamos 15 minutos só pra chegar no Hall.
.
- Espera - puxei a mão do Jaime.
.
- O que foi ?.
.
- Quero que saiba que independente de tudo eu te amo e que você foi a melhor coisa que me aconteceu na vida.
.
- Eu te amo também - segurei o rosto dela e nos beijamos rápido e fomos para o cassino.
.
- Já era 16:00 e o Isaac ainda não tinha aparecido já estava agoniada quanto mais os segundos avançavam parecia que um nó se formava em minha garganta, Jaime começou a andar de um lado para o outro, olhei e vi Isaac vindo com Ros e Gus de mãos dadas, ele tinha em seu rosto um sorriso assustador como se nada tivesse acontecendo fixei meu olhar nele e Jaime fez o mesmo se posicionando ao meu lado segurando em minha mão.

• Isaac •

- Que lindo meu casal favorito unido.
.
- Sem ironias Isaac.
.
- O que seu pai diria sera hein Angeliquita ?.
.
- Fui pra cima dele mais Jaime me segurou - Só meu pai podia me chamar assim seu cretino.
.
- Não quero dar vexame aqui então se controla.
.
- Tabom vamos nos acalmar estamos aqui como você queria o que mais quer?.
.
- Vamos devagar Senhor Camil, primeiro sairemos daqui e iremos pra um lugar mais reservado.
.
- Tudo bem - respirei fundo e Ros e Gus não falavam nada apenas nos olhava meio aflitos.
.
- Me sigam e sejam discretos acredito que saibam fazer isso já que são espiões - sorri.
.
- Vai Logo Isaac - ele começou a andar e seguimos ele chegamos do lado de fora tinha três carros pretos e abriram as portas de todos eles.
.
- Angélica e Ros vão em um carro, Gus vai comigo e Jaime sozinho.
.
- Me recuso ir sem Jaime.
.
- Vou melhorar então, já que Angeliquita gosta de desafios vai comigo então e Jaime sozinho e Ros e Gus juntos é isso ou já resolvo tudo agora - levantei a camisa mostrando a arma.
.
- Angie meu amor daqui a pouco nos encontramos não vamos complicar mais - me aproximei sussurrei que a amava beijei a testa dela e entrei em um dos carros e todos fizeram a mesma coisa, a mais relutante foi minha pequena ela só é pequena mais é brava eu até poderia rir se o momento não fosse tão complicado e tenso.


Notas Finais


Obrigado por ler e acompanhar 😉


- Danih Thelles


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...