História A estranha vida de um garoto qualquer. - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Diário, Drama, Etc, Fanfic, Lucas, Romance, Surpresa, Yaoi, Yuri
Exibições 4
Palavras 555
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Bishoujo, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Luta, Shoujo (Romântico), Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá, meu nome é Lucas hoje vou contar uma parte do meu dia. Não esperem muita coisa, pois esse é o meu diário e minha vida não tem coisas emocionantes, então vamos lá!

Capítulo 2 - 01/12/2016



Olá, hoje é dia primeiro de Dezembro, faltam cinco dias para o meu aniversário. Hoje acordei meio feliz. Não sei o motivo, mas acho que foi porque estava ouvindo coldplay.

Enfim, hoje meu pai me acordou cedo dizendo que eu estava atrasado. Ainda era 06:03 da manhã. Normalmente eu acordo umas 06:40 mas hoje não foi assim. Voltei pra cama e umas 06:30 levantei novamente.

Depois que me arrumei fui direto pra escola. No caminho encontrei uma amiga que não a considero tanto amiga assim. Enfim, ela falou pra nós irmos na casa da melhor amiga dela, e por educação eu fui. Eu tenho certeza que ela não gosta de mim, pois esses dias quando estava indo embora eu a vi com o pessoal (amigos), então decidi chegar pra falar com eles. A primeira coisa que ela falou foi "Tá fazendo o que aqui Lucas?". Eu não respondi.

Enfim, continuando nós fomos até a casa da amiga dela e de lá nos fomos pra escola. Ouvindo BTS só pra constar.

Quando chegamos os portões ainda não haviam se abrido, e quando abriu nós fomos pra sala. Quando chegamos já estava tendo prova de ciências. Acho que fui bem. 

Ao chegar o intervalo eu como sempre fiquei sozinho encostado na parede passando a caneta entre os dedos. Depois de uns cinco minutos eu entrei na sala e comecei a socar o quadro (como sempre faço). Uma garota chamou e falou "Lucas as pessoas gostam de ver coisas normais.", e eu respondi "As vezes ser diferente é legal.". Depois de minhas mãos começarem a doer eu voltei pra fora da sala e fiquei encostado ao lado da porta. 

Aquela garota que eu disse que eu achava que estava com raiva de mim veio falar comigo. 

-Oi!- disse a garota.

-Oi, achava que estava com raiva de mim.- afirmei.

-Não! Não estou com raiva de você. Tá tudo bem? Por que você acha isso?-

-Tá mais ou menos. Ue, você estava fingindo que não existo. E não estava falando comigo.-

-Mas eu estou... Por que não vai ficar com eles?- perguntou apontando pra aquela menina que eu disse que eu acho que não gosta de mim.

-Porque eu acho que ela não gosta de mim.-

-Mas não é so ela que ta lá.-

-Mas eu não gosto de ficar em ambientes que tem pessoas que não gostam de mim.

-Vamo lá, ainda não falei com eles.-

Ela agarrou meu braço e me puxou até lá. Ao chegar ela deu oi pra todos. E eu também. A garota estava dançando "run" da BTS. Parecia macumba. (Sem querer ofender ninguém)

Nós ficamos conversando até que a garota que eu achava estar com raiva de mim perguntou qual a cor do "kamegame-ha" do Goku. Eu ri dela e ela voltou pros amigos dela, rindo.

Na hora da saída eu voltei pra casa com a S e com o amigo dela. No caminho. Nós passamos na casa dela bebemos água, conversamos um pouco e fomos embora. 

No caminho esse garoto perguntou se eu me casasse com ela um dia eu deixaria ela ficar com outra garota. Eu falei que se eu estiver no meio delas sim, mas se não estiver não, eu não ia querer divórcio, a não ser que ela realmente não me quisesse mais. Ele riu.

E agora que cheguei em casa, troquei de roupa e vim escrever. Enfim, por enquanto esse foi o meu dia.





Notas Finais


Oi, essa foi umq pequena parte resumida do meu dia, esqueci de falar que quando o intervalo acabou eu fui pro quadro bater minha cabeça.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...