História A família Bubbline! - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hora de Aventura
Personagens Brad, Cake, Finn, Fionna, Lord Monocromicórnio "Lormo", Marceline, Personagens Originais, Princesa Caroço, Princesa De Fogo, Princesa Jujuba, Príncipe de Fogo, Rainha Gelada
Tags Bonnie, Bubbline, Família, Jujuba, Marceline
Exibições 20
Palavras 514
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Comédia, Escolar, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 13 - Morte é horrível


>Pov's Marina on < 

 - Mãe...me conta logo! Eu sei que você está escondendo alguma coisa da gente! - Anne gritou.

 - E-Eu... - Lágrimas escorriam pelas bochechas rosadas de Bonnie.

 "Crash!" Um barulho veio da cozinha, Bonnie foi olhar.

 - Aaaah! - Ela começou a gritar. 

- Mãe! - Eu e Anne fomos correndo ver o que tinha acontecido.

 Era uma figura alta, com chapéu e roupas negras, com um sorriso assustador. Ela estava com uma corda, uma corda amarrada em suas mãos, com três pequenas crianças envolvidas pelos pescoços na outra ponta da corda...eram Gummy, Luke e Carol... 

-M-Meus filhos...devolva me-meus filhos... - Bonnie estava assustada.

 - Eu não vou devolver nada que não é seu! Essas crianças são minhas bem antes de você casar! Aliás, sou Friza...uma pessoa que Marceline Abadeer fez um acordo a muito tempo atrás... - Ele disse, rindo. 

- Q-Que tipo de...acordo? - Mamãe perguntou. 

 - Um acordo de...em troca do final da guerra, seus futuros filhos serão meus! O que quer dizer que essas coisinhas aí também vem comigo! - Ele falou, apontando pra mim e Anne.

 - Não! Marci nunca faria isso! - Ela parou na nossa frente..

 - Marceline era apenas uma criança idiota, não sabia o que estava fazendo! - Ele disse. 

 - Marci não é idiota! - Eu peguei uma faca de cozinha e fui pra cima do vulto, que desviou e enfiou a faca em mim. 

 >Pov's Anne on <

 - Marina!! - Mamãe gritava.

 - Maninha...não! Se você vai, eu vou também! - Caminhei até o vulto e pedi que me matasse.

 - Anne...aqueles desenhos e anotações, eram da Marci. - Bonnie se virou pra não ver minha morte. 

 - Obrigada por tudo... - Falei. 

 - Mamãe...- Ele rela em mim e eu caio pra trás. 

 >Pov's narradora on <

 - Agora você, mamãe! - O vulto disse. Bonnie andou pra trás muito assustada, queria viver, mas...sem a Marci ja era horrível...agora não dava nem pra imaginar sem seus filhos.

 - N-Não... - Ela falou, chorando. 

 - Sim, Bonnibel! - Ele andou pra luz, mostrando seu rosto. 

- Vo-Você... - Bonnie estava muito triste por quem era. 

 - Sim... - Era simplesmente, finn. 

 - Docinho, você sempre foi minha...mas aquela Marceline te roubou de mim...agora você vai sofrer! - Ele falou, rindo e com lágrimas nos olhos.

 - Nããão! - Bonnie se agachou. 

- Jujuba...te amo! - Ele se aproximou. 

 - Eu não! - Disse ela. - Mas poderia ser sua amiga se não tivesse matado meus filhos! - Completou.

 As bochechas de Finn ficaram vermelhas, começou a chorar. 

 - Hei! Cai na real, moleque! Por que matou eles? - A rosada perguntou, se levantando. 

 - E-Eu não...n-não sei... - O garoto estava chorando muito. 

- Tem algo que possa fazer, e eu te perdoô! - Bonnibel resolveu dar uma chance a ele. 

 - O que?! - Finn perguntou.

 - Existe uma pedra que dizem ressuscitar os mortos, ela fica na caverna dos oráculos. Pegue-a e eu finjo que nada disso aconteceu! - Finn afirmou com a cabeça e foi.             


Notas Finais


Se tiver curto, desculpe!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...