História A Família Uchiha - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Itachi Uchiha, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Amor, Colegial, Incesto, Itasaku, Naruto
Visualizações 172
Palavras 1.442
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


GENTE LAMENT A DEMORA
MAS AQUI ESTÁ OUTRO^^

Capítulo 14 - Ajuda em matemática e outras coisas mais.


Fanfic / Fanfiction A Família Uchiha - Capítulo 14 - Ajuda em matemática e outras coisas mais.

Sakura

Como tudo estava as mil maravilhas, Itachi e eu, own só de lembrar dele meu coração pula de tão feliz que fico, estávamos juntos á uma semana e ele era tão fofo comigo, o único pesar de tudo é que tínhamos que manter discrição, hoje era mais um dia de aula, eu prestava a atenção nas aulas e ao mesmo tempo falava com Hinata uma nova amiga, ela era bem tímida e gostava de um garoto do segundo ano chamado Naruto um tapado muito louco na minha opnião.

-Sakura... –começou Hinata com seu jeito tímido.

-oi. –a olhei sorrindo doce, adorava essa garota tão fofinha.

-q-que marcas são essas no seu pescoço? –perguntou tão corada que parecia que seu rosto ia queima, na hora arregalei os olhos, mas disfarcei.

-é é... hum alergia. –disse puxando as golas cobrindo meu pescoço. –eu tô com alergia á um perfume novo. –sorri amarelo e ela acreditou, mas continuava corada.

-ah, devia passar uma pomada. –disse ela juntando os dedinhos. –desculpa me intrometer.

-tudo bem, obrigada por avisar. –sorri meio envergonha .... Itachi eu te pego.

Pensei tentando conter minha vergonha, ontem Itachi e eu estávamos no beijando em seu quarto e já como não podíamos transar, porque tinha empregados na casa, ele resolveu ficar dando chupões fortes em meu pescoço e olha no que deu.

Na hora do intervalo eu fui para o mesmo lugar de sempre Hinata às vezes me fazia companhia e às vezes ficava com Naruto, eu estava comendo iogurte e um sanduiche delicioso que Itachi fez pra mim.

-oi Sakura. –Gaara apareceu sentando ao meu lado.

-oi. –falei com a boca meio cheia e sorri sem graça.

-o que é isso? –apontou pro meu pescoço e eu engoli tudo de uma vez.

-alergia. –falei tentando ser o mais convicente possível.

-hum... nossa achei que fosse outra coisa. –disse com um olhar estranho. –ah, sabe queria que você saísse comigo amanhã, já que é numa sexta... – o interrompi limpando os restos de iogurte com um guardanapo.

-eu gostaria de dizer que sim, mas não posso. –disse com pesar e ele me olhou meio incrédulo.

-v-você gosta de outra pessoa né? –sentia tristeza na sua voz.

-gosto. –fui sincera e ele levantou.

-cara de sorte, bom nos vemos por aí. –disse e saiu com as mãos no bolso e cabeça baixa.

Nossa deu até pena, mas não podia ficar fazendo isso ele gostava de mim, mas eu amava o Itachi e por falar nele, Itachi apareceu e sentou do meu lado, ele dobrou as mangas da camisa e ficou sorrindo pra mim.

-o que deu nele? –perguntou calmo.

-ele me chamou pra sair e eu disse que gostava de outro. –falei terminando de comer.

-bom, não sou muito amigo do Gaara, mas não queria vê-lo assim. –o olhei triste e ele passou o indicador no meu nariz e eu sorri de leve. –fica assim não, uma hora ou outra ele tinha que saber que seu coração pertencia á um cara mais bonito, mais forte. –falava com uma voz engraçada me fazendo rir.

-idiota. –lhe dei um tapinha no ombro. –adorei seu sanduiche.

-é, eu faço o melhor sanduiche do mundo. –sorriu e veio até mim e me deu um beijo a testa e o sino tocou. –vamos te levo até sua sala.

Nos levantamos e ele me acompanhou até minha sala, fiquei meio incomodada porque algumas garotas ficavam babando por Itachi e mesmo ele não dando atenção aquilo me irritou pena não porder beijá-lo pra dizer, que ele tinha namorada. Assim que ele foi para a sua turma eu me sentei em minha cadeira e fiquei prestando atenção nas aulas, menos em uma... matemática.

 

Itachi

Era tarde e Sasuke, foi passar o dia com sua namorada, fui a academia e quando voltei pra casa andei em direção ao quarto e vi Sakura em seu quarto sentada de costas pra mim com alguns livros e folhas espalhados no chão, sorri e fui até ela tirando meus fones de ouvi.

-uhrsh. –esbravejou ela.

-problemas minha flo? –me sentei atrás dela e beijei seu pescoço

-tenho prova de matemática na segunda, mas não tô conseguindo resolver essas equações. –dizia irritada, sorri e lhei dei um beijo perto da orelha.

-já volto. –sai de seu quarto e corri para o meu tomei um banho lavando me por completo, troquei de roupa, peguei um livro de matemática e fui até Sakura que continuava no mesmo lugar. –o que você não entende? –perguntei tirando meus óculos de leitura.

-funções e trigonometriria. –falou se atrapalhando.

-trigonometria. –a corrigi sorrindo.

-é isso aí.

Abri o livro e, comecei a ajuda-la Sakura, apesar de alguns erros estava entendendo a matéria, ela era uma garota muito inteligente, me sentia um professor dando aulas á uma aluna inteligente e... sexy, caramba ela tinha que está usando essa saia curta? Suas pernas lindas estavam a mostra.

-Itachi? –mme chamou atenção mordendo a caneta.

-oi. –voltei minha atenção á ela.

-acertei. –me mostrou a equação e eu olhava atento.

-essa é minha garota. –respondi feliz ao vê-la acertando tudo. –sabe matemática não é difícil. –falei e ela revirou os olhos.

-não é difícil pra você, cabeçudo. –disse mostrando a língua e eu me joguei em cima dela lhe fazendo cócegas.

-não..... –sorria e gargalhava. –para! –tentava não rir, mas era impossível.

Então ela me puxou para um beijo, e na hora eu parei as cócegas e passei os braços ao redor de sua cintura, o beijo era tão intenso que mesmo quando o ar faltava eu só queria mais e mais. Parei o beijo e ela me olhou confusa , sai de cima dela e corri pro quarto abri minha gaveta na cômoda e peguei um preservativo voltei e vi Sakura de pé, a peguei no colo a deitei na cama fui até a porta para trancá-la e voltei a me deitar sobre ela.

-Itachi. –gemia leve enquanto eu mordiascava seu pescoço tirando suas roupas.

-diz que me quer Sakura. –rosnava tirando o fecho do seu sutiã e beijando seus seios.

-e-eu te ... eu te quero. –ela arfava baixo, enquanto eu lambia seus mamilos docemente. –tira  roupa Itachi. –pediu manhosa e eu sai de cima dela pra me despira, ela tirou a sua calcinha ficando totalmente nua.

-awn Sakura. –mordi os lábios ao ver sua vagina, já estava duro e ao vê-la daquele jeito nua e me querendo quase explodi, coloquei o preservativo e antes de penetrá-la a masturbei com meus dedos a fazendo tapar a boca pra conter os gemidos.

-hmmmmh. –me olhava com luxuria e eu não aguentei separei mais suas pernas, me colocando entre elas e a penetrei.

-ooohhh. –mordi seu ombro de leve pra não gemer alto.

Me mexia com cuidado, Sakura e eu só havíamos feito sexo uma vez, e mesmo que não fosse ainda faria com cuidado, jamais machucaria minha princesinha, sua mão livre puxava meu cabelos que as vezes doíam , mas eu nem me importava, ela era tão apertada e quente ficaria fazendo amor com ela pra sempre se pudesse.

-se toque, linda. –pedi com dificuldade.

a sua mãos livre saiu dos meus cabelos e foi até sua vagina e ela ficou estimulando seu clitóris, ela fechou os olhos e ficou mordendo a própria mão para que ninguém nos ouvisse, apertava seus seios enquanto a penetrava.

-ahhh. –um gemido escapou de seus lábios e senti sua vagina apertar mais meu pau, logo ela gozou.

-já estou indo amor. –cruzei suas pernas em meus quadris e movimentei um pouco mais rápido e gozei derrubando meus corpo ao lado dela.

-você é sempre... –começava recuperando o ar. –tão gentil.

-porque eu te amo. –disse em meio a ofegos a encarando, ela sorriu e me abraçou forte.

A maçaneta do quarto começou a se mover e Sakura e eu encaramos a porta espantados.

-quem é? –perguntou Sakura puxando o lençol pro corpo.

-sou eu Sasuke. –disse e ficamos aliviados, me levantei e vesti minhas calças enquanto ia até a porta. Sasuke me olhou surpreso e eu apenas dei de ombros.

-eu tô com fome vamos pedir comida. –disse fazendo cara de criança mimada.

-ah, pirralho. –contive a raiva e Sakura apenas riu. –ok, daqui a pouco eu peço comida no restaurante, mas alguma coisa? –o olhei impaciente.

-sim, posso usar seu vídeo game? –sorriu largamente e bati a porta na sua cara. –EU NEM QUERIA MESMO. –gritou e deve ter chutado a porta.

-viado. –disse baixo e me joguei na cama ficando deitado sob o corpo de Sakura, ela fazia carinho na minha cabeça e eu sorria... ah, como eu a amava, será que ela ficará brava quando descobrir?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...