História A Farmer, a madwoman, a detective and a biologist - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Batman, Once Upon a Time
Tags Harlivy, Swanqueen
Exibições 20
Palavras 517
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Intersexualidade (G!P)
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Harley Frances Quinzel Swan


Estava mais uma vez no arkham asylum, o morceguinho me pegou após eu e o pudinzinho roubar um banco, mas aquele filho da mãe fugiu e me deixou aqui sozinha. Ahhhh que raiva!!! A Pamela jamais faria isso comigo, essa é a verdade. 

Pamela... me pergunto como ela está. Ah quem é Pamela? É a fodástica Hera Venosa!!! *fogos de artifícios* Posso te contar um segredo? Olha, não pode contar para ninguém, se o pudinzinho souber, ele vai endoidar e matará todo mundo!! 

Eu e a Hera, a gente já se beijamos! Ai Ai, lembro como se fosse ontem. 

FlashBack On 

Estava sentada na beira de um prédio de Gotham, estava triste, todos tinham me abandonado, Coringa tinha se enfiado em algum buraco e não me contou, Hera simplesmente evaporou, não tinha vontade de fazer nada, nem mesmo a ideia de bater em alguns bobões me animava. 

Aperto mais forte meu taco de beisebol ao ouvir passos atrás de mim, mas ao sentir aquele perfume de flores, relaxo meu aperto imediatamente já expondo um enorme sorriso maior mesmo que do próprio Coringa. 

_ O que faz aqui minha pequena? - Pergunta Hera acariciando meus cabelos. 

_ Todos me abandonaram, até mesmo você. - Digo fazendo beicinho. 

_ Jamais te abandonaria meu amor. - Retruca se sentando do meu lado fazendo com que uma folha enorme aparece nos nossos pés para impedir que caíssemos. 

_ E por que sumiu? - Pergunto ainda com o beicinho. 

_ Ora pequena, também tenho meus problemas. - Suspiro um pouco triste pelo modo que ela disse, Hera sempre foi carinhosa comigo ao contrário do Sr.C - Desculpa Love, eu estou estressada, descobrir que ainda tenho parentes por aí, eu que sempre estive sozinha. 

_ Você tem a mim. - A empurro de leve com meu ombro sorrindo. 

_ Sim, eu tenho você. - Comenta rindo descontraída. 

Sorrio manhosa quando ela começa a acariciar meus cabelos, solto um rorono baixo fechando os olhos. 

_ Me pergunto como ele tem coragem de erguer a mão contra uma criatura tão bela como você. - Diz ela baixo como se dissesse apenas pra si mesma, mas mesmo assim ergo a cabeça para olha-la. 

_ Pam... - Arregalo os olhos quando ela gruda nossos lábios os deixando parado no inicio. 

Movo os meus devagar, ela deixa ditar a velocidade do beijo, depois de tanto tempo eu finalmente me sinto amada por alguém, e não, a outra pessoa não era o Sr.C. 

FlashBack Off 

Sorrio mordendo o lábio ao lembrar, mordo mais forte de ansiedade quando ouço um barulho de explosão, em seguida tiros para todo lado, me viro para a porta da minha cela (estava de costas para a mesma) e vejo um guarda aparecer. 

_ Vamos, o senhor Coringa nos espera. - Diz ele friamente. 

Assinto correndo atrás dele, logo sou colocada dentro de um carro a caminho do prédio que pertencia ao pudinzinho. Ao chegar na cobertura, sorrio animada ao ver meu louquinho de pedra parado no centro da sala de braços abertos, corro até ele saltitando de felicidade e me jogo em seus braços.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...