História A feia que virou bela - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Alan Ferreira (EDGE), Aruan Felix, Bianca Tatto Marques (BIBI), Cauê "BaixaMemoria" Bueno, Christian Figueiredo, Felipe "Febatista" Batista, Felipe Z. "Felps", Flavia Sayuri, Gabriel "MrPoladoful", Guilherme Damiani, Gustavo Stockler (Nomegusta), Igor Cavalari (Igão Underground), Júlio Cocielo, Kéfera Buchmann, Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti, Lucas Lira (Invento na Hora), Lukas Marques & Daniel Mologni (Você Sabia?), Mauro Nakada, Murilo Cervi (Muca Muriçoca), Patricia "Pathy" dos Reis, Pedro Afonso "RezendeEvil" Posso, Rafael "CellBit" Lange, Rafael "Guaxinim" Montes, TazerCraft
Personagens Alan Ferreira, Aruan Felix, BIBI Tatto, Cauê Bueno, Christian Figueiredo, Daniel Mologni, Felipe "Febatista" Batista, Felps, Flavia Sayuri, Gabriel Tenório Dantas, Guilherme Damiani, Gustavo Stockler, Igor Cavalari, Júlio Cocielo, Kéfera Buchmann, Lucas "LubaTV", Lucas Lira, Lucas Olioti, Lukas Marques, Mauro Nakada, Mike, Muca Muriçoca, Pac, Patricia "Pathy" dos Reis, Pedro Afonso Rezende Posso, Personagens Originais, Rafael "CellBit" Lange, Rafael "Guaxinim" Montes
Tags Alan, Amigos, Amor, Cellbit, Colegial, Escolar, Felps, Festa, Julio, Luba, Lukas, Magia, Mistério, Mortes, Outra Realidade, Policia, Rafael, Romance, Sayuri, T3ddy, Terror, Traição
Exibições 254
Palavras 1.647
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá marshmallows.

Só pra avisar todos vão aparecer.

E hoje eu vou começar com a:

Liese ( Rock_the_Bell )
Laura Estrela ( Quezia000 )

Bjs meus mores. 😚😘😙😚😘

Capítulo 17 - Segredo?


Fanfic / Fanfiction A feia que virou bela - Capítulo 17 - Segredo?

                 Capítulo anterior

          Fui para o banheiro tomar um banho...

                          Agora

    Sai do banheiro e fui ate a cozinha, la estava Rafael e Júlio, limpando a cozinha, e Lucas entrou no banheiro pra tomar banho, a cozinha estava limpa, muito limpa mesmo, ri e fui até Rafael e Júlio.

- Olá repasses - falei com um sorriso no rosto.

- Olá princesa - Rafael falou passando pano no chão.

- Olá lindona - Júlio falou linpando o balcão.

- Obrigado por limparem a cozinha - eu falei.

- Não foi nada mas agora eu vou tomar um banho - Rafael falou guardando a rodo.

- Tá bom mas depois limpa o banheiro também - eu falei sorrindo.

- Você é bem mandona - Júlio falou ainda cheio de farinha.

- Claro que não - falei tirando a farinha do seu cabelo.

- Obrigado princesa - Júlio falou e agarrou minha cintura.

- Júlio não -falei e comecei a rir.

- Te amo - Júlio falou beijando minha bochecha.

- Também te amo seu idiota - falei.

- Ou da pra para com isso ai - Lukas disse enrolado em uma toalha.

- E da pra você se trocar - eu falei e ele rio.

         Sai do abraço de Julio e peguei uma a bolacha Oreo no meu armário, sentei no sofá e fiquei assistindo TV, ate que escuto Rafael cantar, me viro e vejo ele com a toalha enrolada na cabeça e com outra toalha no corpo, comecei a rir daquela cena.

- E ai meninas estou bonita? - Rafael falou fazendo uma pose.

- Claro que tá miga, mas do que eu não - Júlio falou fazendo uma pose também.

- Isso é muito gay - eu falei e continuei comendo a bolacha.

1 MÊS DEPOIS

     Já tinha passado um mês, os encontros foram maravilhosos, Lukas me levou em restaurantes e parques de diversão, Julio me levou em baladas e também restaurantes, Rafael ficou em casa com migo, ele pedio a semana enteira comidas, comida japonesa, pizza e etc.

       Estou na casa de Rafael, os meninos querem que eu escolha um deles, mas todos eles foram incríveis, eu não sei o que fazer, eles estão me enchendo o saco. E amanhã tem escola ainda por cima.

- Sam você tem que escolher - Lukas disse cruzando os braços.

- Você Prometeu Sam - Júlio disse.

- Sam e só falar qual que você escolher - Rafael disse bravo.

- CALEM A BOCA - eu disse pegando minha bolsa.

- Aonde você vai - Rafael disse.

- VOU IR EMBORA, TCHAU - falei e batendo a porta com muita força.

        Fui até o elevador e entrei dentro dele, respirei fundo, então o elevador desceu, mas parou no segundo andar, entrou uma menina com cabelo negro com mexas azuis, branca como a neve e olhos verdes azulados, fiquei olhando ela, ela parecia uma amiga minha antiga, ela olhou pra mim e deu um sorriso muito grande.

- Sam que saudade - A menina disse me abraçando.

- Liese... Anneliesse Shakespeare, Não acredito MIGAAAAAA AAAAAAAAAAAAAAH - eu disse a abraçando muito forte.

- Eu tava indo te visitar mas eu te encontrei - ela disse dando pulinhos.

- Que bom te encontrar - eu falei e o elevador abrio.

- Vamos pra sua casa? - Liese disse saindo do elevador.

- Claro, mas você tá levando seus remédios? - eu perguntei.

- Claro, estão todos aqui na minha bolsa - ela me respondeu.

- Então vamos loquinha - eu falei e saímos do prédio.

           Liese tem um problema de TPB ( Transtorno de Personalidade Borderline. Num dia está de um jeito e no outro de outro jeito. É meio agressiva, e é bipolar. Mas ela toma os remédios e vai aos médicos sempre. E quando uma pessoa a irrita demais ou ao seu a amigos, não sabe o que dá nela, pois ela mete porrada nessa pessoa. Pode até chegar a matar, mas depois sentindo um tremendo remorso).

            Ela é minha amiga des que eu tinha 11 anos de idade, eu tinha 11 e ela 13, ela é 2 anos mais velhas do que eu. Nos éramos como irmãs, quer dizer somos como irmãs ainda. Ela sempre gostou de um menino da escola, o nome dele é Guaxinim, ela até começou a namorar com ele quando ela tinha 14 anos, não sei a se ela namora ainda com ele, pode ser que não.

              Nos separamos porque ela foi fazer um curso no Estados Unidos, fiquei muito triste, mas ela sempre me mandava mensagens, mas agente perdeu contato, mas o importante e que estamos juntas denovo.

            Fomos andando até minha casa, ficamos conversando do que aconteceu com agente durante esses 2 anos separadas, quando chegamos em casa fomos direto para o meu quarto, tirei meu tênis e sentei na cama, ela fez a mesma coisa.

- E então amiga, tá namorando? - eu perguntei.

- Sim, to namorando ainda com o Guaxinim - ela disse e eu ri.

- Sério nossa e muito tempo - falei e deitei na cama.

- Tá agora me responde você, tá namorando? - ela disse e eu revirei os olhos.

- Não, mas tem 3 idiotas gostando de mim, e estão disputando por mim - eu falei e ela sai da cama e deu vários pulinhos.

- NOSSA QUE LEGAL QUE FODA - ela disse e eu ri - mas me fala como você ficou tão bonita, você mudou muito.

- Uma amiga me ajudou - eu disse e ela Revirou os olhos - o que foi?

- Você me trocou - ela disse e se sentou na cama.

- A para com isso, até aparece que você não fez amigos - eu disse e abracei ela.

- E verdade eu fiz amigos - ela disse e eu ri.

- Então aonde tá o Guaxinim? - eu perguntei.

- Ele tá lá em casa, deixei ele lá - ela respondeu.

- Tadinho não devia ter deixado ele lá - eu falei fazendo cara de triste.

- Eu me mudei para quele apartamento - ela disse.

- La mora o Rafael, um dos meninos que gosta de mim - Eu disse.

       Nos ficamos conversando muito, conversamos sobre coisas até bobas, ela disse que vai estudar o último ano na minha escola, eu falei pra ela dormi na minha casa, mas ela disse que não podia deixar o Guaxinim lá sozinho, então quando deu umas 19:20, ela foi embora, me despedi dela e depois subi para o meu quarto.

       Amanhã teria aula então arrumei minha roupa que eu iria amanhã, e depois tomei um banho, escovei os deres e coloquei um pijama, deitei na minha cama.

          Amanhã eu veria Liese denovo, e eu acho que Guaxinim também, e  Rafael, Lukas, Júlio, Ana e Sayuri, meus amigos estariam lá. A diretora falou Ates das férias que chegaria alunos novos.

           Me cobri com a coberta e coloquei o meu celular para despertar, então fechei os e logo dormi.

           Acordei e olhei meu celular, eram 03:00, estranhei eu acordar essa hora, levantei e fui no banheiro, fiz xixi e depois me olhei no espelho, eu respirei fundo, eu vi que estava com aquela aparência, de quando eu estava na festa e as portas do banheiro começarão a bater ( cap 14 ).
 
            Sai do banheiro e fui ate meu quarto, eu vi alguma luz brilhar dentro do meu guarda-roupa roupa, então eu abri o guarda-roupa e vi meu martelo, peguei ele na mão e meus olhos brilharam, de tão bonito que era aquele martelo, sai do meu quarto e desci as escadas, tinha várias armas no balcão, me assustei, mas peguei uma arma, ouvi a campainha tocar, então abri a porta e apontei a arma pra pessoa.

        Era uma menina de cabelos castanhos com franja, e na franja tinha uma mecha roxa, os olhos dela eram castanhos, ela parecia ser uma rockeira. Ela colocou os braços pra cima em forma de redução.

- Ei, não precisa me matar - a menina disse.

- O que você quer? Aonde eu estou? Quem é você? - eu fiz várias perguntas.

- Primeiro eu vim aqui pra te ajudar, segundo você está em Land of dead, e terceiro sou Laura Estrela - ela disse e eu abaixei a arma.

- Como assim eu estou em Land of dead, esse nome está tatuado no meu pulso - eu falei mostrando a minha tatuagem.

- Sam fica calma, deixa eu entra pra eu te ajudar - ela disse eu me assustei.

- Como você sabe meu nome? - eu perguntei seria.

- Todos te conhecem você é a chave de Land of dead - ela disse e eu arregalei os olhos.

- Que chave? Como assim? - eu disse confusa.

- Você é a chave Sam, só você pode decifrar o segredo - ela disse sorrindo.

- Que segredo? - eu falei.

- Algo que você ainda vai descobrir, precisamos de você - ela disse sorrindo muito.

- Só me responde que segredo é esse? - eu disse muito confusa.

- Confia em mim você vai descobrir isso depois - ela disse estendendo a mão pra mim.

- ... é... é... tá bom vou confiar em você... - eu disse e e dei a mão pra ela.

- Tá agora vamos entrar... ai meu Deus entra logo - ela disse me empurrado pra dentro.

- O que que foi? - eu disse.

- Você precisa volta pra outra realidade AGORA - ela disse e escutamos barulhos na porta.

- Tá mais como eu faço isso? - eu disse olhando para os lados.

- Faz o que você fez quando saio daqui pela primeira vez - ela disse e pegou uma arma.

- Tá bom... - eu disse e respirei fundo.

- ...

- Land of death - eu disse e então fechei os olhos.

          


Notas Finais


Olá marshmallows.

Então eu não vou fazer uma ordem pra cada um aparecer, eu só vou tendo idéia é vou escrevendo, e vou colocando vcs.

Bjs marshmallows 😘😙😚😍😙😘😚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...