História A Fera e a Fera - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Comedia, Drama, Romance
Visualizações 11
Palavras 468
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yuri
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Explicando esse capítulo:
É um capítulo especial de dia das crianças, gente. Eu sei que foi meio atrasado porque já é dia 13/10 , e esse dia especial foi ontem, então... xD
O capítulo mostra um pouco mais sobre a infância de dois personagens da FanFic. Eu sei que ficou meio pequeno, mas foi pra mostrar a vocês um pouco mais dos personagens. Enfim, espero que gostem.

Capítulo 19 - Crianças


Fanfic / Fanfiction A Fera e a Fera - Capítulo 19 - Crianças

~  FLASHBACK ON ~      

POV ADOLF WEBER

Sentei na areia da praia, com meus cabelos molhados. Eu estava acompanhado do Erick, meu amigo. Nós construímos um castelo de areia que deu trabalho, e muito, por sinal.

— Calaio, Adolfi. Ficou muitão bom! — Erick falou.

— Ficou mesmo! — Falei, impressionado.

Mesmo com pouca idade, conseguimos montar um castelo de areia da hora! O Erick manda muito bem nesse tipo de coisa.

 Me levantei, e sem querer, acabei chutando o castelo de areia. Notei que uma parte do castelo de areia foi totalmente destruída. Olhei para o castelo com uma cara de preocupação, e em seguida para o Erick.

— CALAIO ADOLFI! TOMAR NO CU! OLHA O QUE VOCÊ FEZ! — Erick se exaltou ao perceber que o nosso castelo estava faltando uma parte.

— Nossa, desculpa, Erick! Foi sem querer! — Falei, me desculpando.

Pelo que pareceu, o Erick não aceitou minhas desculpas. Ele pegou uma pázinha de plástico e bateu na minha cabeça com ela. Não tive tempo nem de me afastar, só consegui sentir aquela pázinha batendo na minha cabecinha. Botei a mão na cabeça, bravo, e falei: “Ai!”.

— POLA, ADOLFI! — Ele bateu na minha cabeça com aquela pá de brinquedo e ainda ficou bravo, falando palavrão.

— POR QUE VOCÊ FEZ ISSO, ERICK? — Ainda estava com as mãos na cabeça, e aproveitando o momento de dor, comecei a chorar.

— BUÁÁAÁÁÁÁÁAÁ! ERICK!!!  — Chorei, gritando o nome dele.

Ao ouvir meu choro, meus pais vieram correndo até mim. Me perguntaram o que tinha acontecido, e eu falei que o Erick tinha me batido com uma pázinha de areia, de plástico. Eles falaram pro Erick pedir desculpa, e ele pediu, aparentemente arrependido. Eu aceitei as desculpas, e comecei a entender melhor ele. O Erick é muito exaltado, mas mesmo assim... Gosto dele, é o meu melhor amigo.

                                                                          POV FARES ZAYAN

Me joguei na lama, junto com os porquinhos que lá estavam. Fiquei deitado na lama, olhando para o céu e pensando na vida na roça, que era muito difícil... Meu maior sonho era ir pra cidade, tomar um tal de creme gelado, acho que o nome é sorvete... Minha tia estava tentando me tirar daqui da roça, me levar pra casa dela para eu freqüentar uma escola decente. Quando eu morava em outro lugar, meio parecido com uma roça, eu tinha que ir de canoa para a escola... Não quero mais passar por isso.

Me levantei e observei os porcos, eles pareciam felizes. Todo sujos de lama e fazendo oinc oinc. Odiava ouvir o barulho deles quando eram abatidos, eles faziam uma espécie de “nhéeeeeeeeeein”.

Parei de observar os porcos e fui para minha casinha, onde havia várias roupas estendidas num varal. Minha mãe ia fazer espiga de "mío" com manteiga e um bolo de fubá, mal podia esperar pra encher a pança.

                      ~ FLASHBACK OFF~


Notas Finais


Espero que tenham gostado, pessoal.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...