História A filha da deusa da lua - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saga Crepúsculo
Personagens Alice Cullen, Bella Swan, Carlisle Cullen, Charlie Swan, Edward Cullen, Emmett Cullen, Esme Cullen, Irina Denali, Jacob Black, Jasper Hale, Mike Newton, Rosalie Hale, Tânya Denali
Exibições 36
Palavras 815
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Hentai, Magia
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 16 - Capítulo 16


- O que  esta Carman  faz aqui ? - Sorcha sibilou  com o olhar cravado em Kate 
- Do que me chamou ? - Kate perguntou levantando-se lentamente  com  seu olhar  preso na figura de Sorcha .  
Mesmo que Kate não conhecesse a nossa religião  e nossos deuses ela pôde muito bem  captar o tom de ofensa na voz de Sorcha  .
Carman é a deusa da magia negra. Era bruxa destrutiva passeava com seus três filhos do mal: Dub ("escuridão" em irlandês), Dother ("mal") e Dain ("violência"), destruindo qualquer coisa ou qualquer um em seu caminho.
Nosso povo não gostava  , de se quer citar seu nome , então não conseguia entender por que Sorcha havia no só usado este nome  como também o repetia várias vezes .
Eu podia reconhecer  a postura agressiva de Sorcha  ,  embora grande parte do tempo  Sorcha  parecesse inofensiva  quando esta  entrava em uma briga   ela se transformava numa coisinha  feroz quase impossível  de ser detida . 
- Oh ! A  pequena lady do  norte não sabe - Sorcha exclamou  ,  um sorriso  irônico se formando enquanto seus olhos cinzas  pareciam aço - Está  aqui para terminar  o que sua maldita irmã  Dain  não conseguiu ? -  Sorcha  continuava com suas provocações  , vi Kate dar um passo em direção  a ela e me levantei sobressaltada  .
- Sorcha ! - exclamei o  que deu em você para agir desta maneira ? - perguntei  me pondo um pouco entre as duas 
- Estou tentando  proteger você desta Carman  , não consegue ver que está tentando manipulá-la- Sorcha sibilou,  ainda não desviando  o olhar da figura pequena e também agressiva Kate. 
- Exijo , que pare de chamar a mim e minha irmã desta maneira  ! - Kate exclamou ultrajada,  suas mãos fechadas em punhos ao lado de seu corpo 
-Exige? E quem é  você para me exigir  algo , pequena Carman ? - provocou Sorcha  .
Com um pequeno grito irado Kate se lançou contra Sorcha e no momento  seguinte ambas estavam se estapeando e puxando os cabelos uma da outra , elas giravam    ao redor do quarto prensando e encurralando uma a outra a cada giro , enquanto esbarravam nas pequenas prateleiras  do quarto derrubando pequenos vidros de ervas entre mais algumas coisas .
Vi Sorcha,  morder o braço de Kate e fiz  uma careta ,  eu já tinha recebido uma mordida daquela e tinha me doído horrores e havia ficado inchada e vermelha por dias . Quando vi Kate tentar retribuir  o "presente "  enquanto  Sorcha tentava chuta - la resolvi interferir   , me aproximei  das duas tentando puxar  Kate do alcance de Sorcha   mas kate se agarrou a Sorcha  com mais força.  
- Parem com isso ! - gritei  tentando separa - las  , pior que acabei entrando na confusão  de gritos e braços,  Kate gritando algo sobre maldita pagã , Sorcha também xingando Kate de Carman  e eu entre elas tentando separa - las gritando para que parassem .
Não sei bem quem me acertou  , mais fui atiginda  por um tapa que me desequilibrou , cai no chão no mesmo instante  em que a porta foi aberta violentamente  . Todas nós paralisamos  ao encarar  quem havia aberto a porta. 
Edward estava ali parado ,  encarando - me  no chão com uma expressão   indecifrável  e em seguida  encarou Sorcha e Kate que estavam paralisadas uma agarrada aos cabelos  da outra  .
- Eu posso saber o que diabos está acontecendo  aqui ? E por que minha esposa esta no chão?  -       rosnou , vagarosa  e ameaçadoramente   pude escutar  as duas engolindo em seco em quanto o encarava .
 - Estou esperando  uma resposta - sibilou 

- Marido- chamei timidamente  , minha voz no passavam de um sussurro,  ele me encarou seus olhos suavizando apenas um pouco 
- foi apenas .... apenas  um mal entendido -  falei sobre seu olhar atento  
- Um mal entendido  ? - perguntou  agora encarando  as duas,  que já haviam se soltado,  elas assentiram freneticamente
   - Eu espero  não presenciar tais maus entendidos novamente  , por que eu não vou hesitar em castigar  vocês se encontrar minha esposa caída novamente  -   ameaçou,  entrando no quarto , sua figura imponente e ameaçadora fez até mesmo eu  encolher  os ombros  .
 -Agora saiam daqui ! -  Esbravejou  
e as  duas correram como se suas túnicas estivessem em chamas ,   reprimir  um pequeno  sorriso  quando  vi as duas  praticamente  se abraçarem  para não se encostarem em Edward . 
E o próprio Edward sorriu me encarando  
- minha pequena esposa encrenqueira -  falou sorrindo enquanto   me recolhia do chão erguendo - me do chão 
enlacei meus braços em seu pescoço enquanto ele nos guiava para a cama  . 
Mesmo com toda essa tensão com Tanya,  minha vida não poderia estar melhor . Pensei enquanto observava  o verde e brilhantes olhos de meu marido . 


Notas Finais


O que acharam ?
Comentem 😍😘😘😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...