História A filha da sabedoria - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mitologia Grega
Exibições 4
Palavras 768
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Capítulo 8 - 7- O anel e sei quem e a minha mãe


Chegando lá entendi o "Não ligue para os olhares". Todos olhavam para mim. E diziam algo como: "Ela pode ser nossa irmã,uma filha de Afrodite. Ela e muito linda. Nessa nossa mãe caprichou até de mais" , "Ela deve ser uma filha de um dos grandes, pois ninguém derruba dois ciclopes sozinho" , "Ela pode ser filha de Ares, o deus da guerra, para ser tão forte" , teve um que disse: "Já pensou se ela for filha de Atenas, ela será a única." Essa pessoa recebeu a seguinte resposta-claro que não de mim,nem mesmo mentalmente: "Você e burro ou o quê? Claro que ela não e filha de Atenas. Esqueceu que a mesma prometeu ficar virgem para não deixar as batalhas." , "Mas se ela fosse...?".
Eu e Mily fomos pegar as nossas comidas, ela me explica, que eu devo dar parte da munha comida para o deus quê é meu pai.
Eu fui lá joguei e disse em pensamento:"Aceite essa comida mãe. Bem pelo menos isso eu sei sobre você. Que você e mulher."
A história de Atenas ser a minha mãe não me saia da minha cabeça. Então resolvi perguntar a Mily. Cochichei em seu ouvido:
-Mily?
-Oi,Cah?!
- Aonde eu me sentaria se fosse filha de Atena?
Ela que comia parou. 
-Por que a pergunta?
-Eu não sei! Só ouvi alguém comentar ,e fiquei curiosa! 
-Bem... Se fosse o caso de você ser a filha de Atena... e por ela ser a deus da justiça,deusa-sabedoria, capacidade de reflexão, poder mental, amante da beleza e da perfeição. "Filha"ou a propria Prudência digerida, mas também guerreira alta e terrivel com a lança. E por ser a Filha preferida de Zeus. Você ficaria com os filhos dos três poderosos do Olímpo.
-Calma, no caso, filhos de Zeus,Hades e Poseidon?
-Eles mesmos.
-Mas eu nem os conheço!
-Pelo menos um já.
-Quem? 
-Jonathan, oras! Quem poderia ser? 
-Jonathan?! Você deve de estar brincando né?- ela nega com cabeça-Mas...então ele e filho de quem? 
-De Zeus!-perdi a fome.
-Licença, a todos.-disse me levantando. 
-O que foi Cah? Tudo bem?-diz Mily segurando o meu braço quando levanto.
-Sim. Está tudo bem-disse olhando para fora do refeitório.
Puxei o meu braço,andei para fora do refeitório. Caminhei até um chalé que estava apagado. Eu andava de um lado para o outro tentando pensar, raciocinar melhor. Mas nada vinha. Quando desisti cai de joelhos na frente do chalé.
-Me ajuda mãe. Mostre que você se importa comigo.-comecei a chorar. 
Toda a minha vida era unica mentira, a minha mãe morta está viva, meu pai que disse que nunca mentiria para mim mentiu. A minha melhor amiga... pelo menos isso era verdade Mily ainda era minha melhor amiga,mas mentiu para mim.
-Está tudo bem-disse uma voz masculina colocando a mão no meu ombro.
Simplesmente,eu só assinto.
-Não e o que parece. 
- A vida sempre faz às coisas parecerem o que não são.
-Já ouvi isso.
Me levantei limpando os joelhos. 
-Eu estou bem.-disse ainda de costas para quem quer que seja.
-Tem certeza?
-Tenho -disse me virando.
Meeeeu Deus, ele era super bonito. 
-Prazer Henrique.- ele disse me estendendo a mão.
-Prazer Henrique,eu sou...
-Carol, está tudo bem? 
-Era Jonathan com um outro rapaz. 
-Sim,claro porque não estaria?
-O que você está fazendo aqui Henrique? -pergunta Jonathan .
-Eu estava indo para o meu chalé quando vi ela aqui chorando, e quis saber se estava tudo bem! 
-Licença- eu disse caminhando saindo de lá. Mas eles me seguiam. -O que vocês querem eu posso saber? -disse um pouco brava. 
-Aonde você conseguiu esse anel.-pergunta Henrique.
-Anel?- olho pros meus dedos da mão direta, e lá se encontrava um anel, virei a Palma da mão para cima, e tirei o anel. Estava escrito "um presente, do nosso agradável encontro. Hades" . Coloquei o anel de volta ao meu dedo - Não sei. Mas acabei de saber quem me deu- e quem havia me trazido de volta a vida. Como eu não havia percebido.-Obrigado- sussurrei. 
-O que?-perguntou o que eu ainda não sabia o nome.
-Nada não.- menti.
-Você já desconfia de quem pode ser sua mãe?-pergunta Henrique.
-Não.
- Com certeza deve de ser outra filha de Afrodite.
-Calem a boca Henrique.
-Vem calar. -os três começaram a discutir. 
-PAREM VOCÊS PARECEM TRÊS CRIANÇAS. TOMEM PELO MENOS CONSCIÊNCIA DE QUE VOCÊS SÃO FILHOS DE DEUSES. 
Eles olharam para mim, depois para uma área acima da minha cabeça.
Quando eu olhei eram vários desenhos diferentes, com o último, que era uma coruja, doze. De repente uma forte dor na cabeça me ataca e eu desmaio.


Notas Finais


comentem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...