História A Filha de Dean Winchester - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supernatural
Visualizações 37
Palavras 2.211
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 21 - 21


Antes...

Castiel- Eu concerteza tenho que me afastar de todas as coisas humanas por um tempo...

Agora...

Katy Winchester p.o.v on

Eu ainda estava naquela montanha e ainda estava sentindo as palavras que eu disse para o castiel.

Acho que peguei pesado demais com ele, mas tudo que eu disse era verdade , mas pq eu to sentindo culpa?

Eu não sei oq tá acontecendo comigo, está tudo tão rápido, será que eu devo perdoar o castiel? Eu não sei se devo essa culpa está me matando.

Sinto os ventos das montanhas batendo nos meus cabelos, e os jogando para trás, não sinto dor e remorso pelas coisas que fiz , mas uma duvida que não sai da minha cabeça é que eu não sei se eu quero me sentir culpada eu se eu sou culpada.

Depois de todas as coisas que aconteceram comigo eu não sei de nada, eu não sinto nada eu não sou nada.

Eu virei uma pessoa fria e calculista eu não tenho sentimentos , e ainda afasto as únicas pessoas que ainda se importam comigo.

Será que eu ainda tenho algum sentimento?

Eu não sei oq fazer, eu não sei pra onde ir, eu não sei como respirar ou existir, eu não sei como vai ser daqui pra frente.

Será que eu peço desculpas pro cass?

Mas que palavras eu vou dizer, como eu vou fazer ele perdoar as minhas palavras?

Quer saber eu vou atrás dele, e me desculpar agora.

Me levantei da montanha, limpei minha calça e decidi me teletransportar para a cabana do Bobby.

Antes disso acontecer eu começei a sentir uma tontura, mas isso não vai me parar, continuei andando ate que senti uma dor de cabeça muito forte.

E não era uma dor de cabeça qualquer,ela se passou para todo o meu corpo todo, meu corpo está brilhando uma luz azulada em todas as veias.

Meu corpo está morrendo será?

Não devo parar eu preciso de ajuda, com muito esforço eu me teletransportei para a casa do Bobby.

Eu apareci perto da porta estava chovendo e eu não estava sentindo a presença do castiel.

Merda, merda, merda.

Abri a porta com muito esforço.

Quando a abrir eu caí no chão ,e acabei vendo sangue era do meu nariz.

Eu tava tendo uma hemorragia no nariz, após perceber a hemorragia no nariz minha boca ficou com um gosto metálico e eu vomitei bastante sangue enquanto caia sangue do meu nariz.

Mesmo caída no chão , eu levantei a minha cabeça, procurando por alguém e eu só senti a presença do Dean.

Ele estava no andar de cima, aposto que tá dormindo ou escutando música, preciso chamar a atenção dele.

A dor ficou mais forte.

Katy- DEAN SOCORRO.

Katy- AHHHHH

Estava doendo mais do que tudo, eu to perdendo muito sangue, mas eu não posso parar.

A luz nas minhas veias ficaram mais brilhantes.

Eu estava sentindo tanta dor que explodi todas as janelas da casa.

Vários cacos de vidro voaram pra minha direção, e me cortaram ,mas eu não senti de tanta dor que eu estava sentindo no meu corpo.

Esses cacos de vidro deve ter chamado a atenção do Dean.

Eu comecei a ficar tonta novamente e minha visão turva e aí eu vi os pés do Dean na escada, ele estava correndo com algo nas mãos eu não consegui identificar, por causa da visão turva.

E ele parecia está me chamando ou falando algo e eu não escutava por causa da minha dor.

Ele me pegou em seus braços e me levou pro meu antigo quarto no andar de cima é me colocou na cama.

Eu estava me contorcendo e gritando de dor, aquilo era real.

Eu estava perdendo muito sangue pela boca e nariz.

Minha vista estava escurecendo e eu só conseguia ver tudo embaçado.

Até que antes de mim desmaiar eu consegui ver claramente o Dean.

Katy- eu ,não sei oq tá acontecendo, mas chama o castiel ,o Crowley, qualquer coisa, mas me ajuda.-eu disse com muita dificuldade -

Katy- eu não sei se posso aguentar por muito tempo, mas...

Dean- vc não vai morrer eu não vou deixar

Katy- cala a boca seu idiota, e deixa eu terminar, eu não sei oq tem do outro lado , mas uma coisa eu vou te dizer vc tem que me enterrar e jurar que ninguém vai tentar me ressuscitar

Dean- eu não posso fazer isso

Katy- Dean , pai eu to te pedindo jura?

Dean- okay, filha eu juro.

Katy- agora, cuida do Sammy e do cass pra mim eles vão precisar de ajuda e vc é quem vai ajuda-los com tudo.

Também da uma chance pro Crowley, ele é muito mal compreendido, e ele não é tão mal ele só foi abandonado pela mãe.

Dean- katy vc não vai morrer.

Katy- cala essa boca seu idiota, olha pra mim, deixa eu curtir esses últimos momentos, olha pelo lado bom

Dean- e tem lado bom na sua morte?

Katy- não tem lado bom, fala pro cass que eu sinto muito e pro sammy, Bobby e pro Fergus e me desculpe por te causar problemas.

Dean- não katy

Katy- me desculpa pai , mas a vida é assim, nos temos que aceitar a morte como uma amiga, tchal esquilo eu vou sentir a sua falta.-eu disse e depois tudo ficou escuro-

Dizem que quando se está perto da morte vc para de sentir dor, agonia e vê toda a sua vida passar diante dos seus olhos.

Será que eu vou morrer assim?

Parece que sim.

Eu sou katy smich Winchester e acho que eu vou dar de cara com a morte que ironia.

Senti meu corpo frio, meu coração parou de bater,eu parei de sentir dor, essa era a minha morte.

Só me deixei ser levada, mas mesmo que a morte me leve eu nunca vou parar de lutar.

Tudo ficou branco, e eu apareci em um local diferente, parecia ser uma floresta e a minha frente tinha uma ponte .

Katy- onde eu estou?aqui é o céu?

Xxx- sinto muito em lhe enformar,mas vc está no meu mundo.

Katy- quem é vc?

Xxx- eu sou a morte

Katy- morte?

Morte- é vc morreu, e agora eu vim buscar vc pessoalmente.

Katy- nossa que legal, vc veio me buscar pessoalmente, que tal a gente ser amigo?

Morte- ahm?

Katy- ue amigos.

Morte- desculpa, mas vc quer ser a minha amiga? Geralmente vc deveria está correndo de mim, ou falando que não está morta, pq vc não reage assim.

Katy- sim eu quero ser sua amiga algum problema? Sabe morte , do que adianta eu correr , ou não aceitar que eu morri, eu morri e pronto eu só tenho que aceitar.

Morte- eu sou a morte eu não tenho amigos, mas você é a primeira pessoa que foi comprienciva que esteve aqui entre milhares de pessoas, então agora vc será minha amiga.

Katy- legal, mas eu tenho uma proposta pra te fazer.

Morte- que tipo de proposta?

Katy- não quero que vc deixe o meu pai ou a minha família, amigos me ressucitarem.

Morte- mas que interessante, o certo seria pra vc deixar eles te ressuscitarem, mas eu vou fazer isso.

Katy- legal obrigado morte.

Morte- então vamos -disse estendendo o braço para mim o acompanhar.

Katy- vamos- eu segurei em seu braço e nos atravessamos a ponte e a cada passo tudo ficava mais branco.

Dean Winchester p.o.v on

Eu voltei do meu banho e fui para o meu quarto , coloquei uma roupa e decidi dormir, coloquei os fones de ouvidos e dormi.

[...]

Após algumas horas eu pensei ter escutado um barulho e tirei o fone ,depois disso todos os vidros da casa do Bobby explodirão.

Eu cortei as minhas mãos ,mas nãome importei, será que é o sam ou a katy? Tenho que ver oq tá acontecendo.

Peguei a minha arma de baixo do travesseiro e decidi descer pro andar de baixo correndo.

E a cena que eu vi no andar de baixo foi chocante.

Tinha sangue por toda a sala e a katy tava caída no chão toda molhada, vomitando sangue,e tinha sangue caindo pelo seu nariz.

Dean- mas que merda ta acontecendo aqui

Dean- katy , oq aconteceu?

Dean- katy vc tá me escutando?

Droga ela não está me escutando, as veias dela estavam brilhando da cor azul e brilhavam cada vez mais, ela parecia sentir muita dor.

Eu a carreguei em meus braços e a levei para o seu antigo quarto,o sam ainda não chegou, eu preciso de ajuda.

O castiel já foi embora, e ela está gritando e se contorcendo de dor.

Katy- eu ,não sei oq tá acontecendo, mas chama o castiel ,o Crowley, qualquer coisa, mas me ajuda.-ela disse com muita dificuldade -

Katy- eu não sei se posso aguentar por muito tempo, mas...

Dean- vc não vai morrer eu não vou deixar

Katy- cala a boca seu idiota, e deixa eu terminar, eu não sei oq tem do outro lado , mas uma coisa eu vou te dizer vc tem que me enterrar e jurar que ninguém vai tentar me ressuscitar

Dean- eu não posso fazer isso

Katy- Dean , pai eu to te pedindo jura?

Dean- okay, filha eu juro.

Katy- agora, cuida do Sammy e do cass pra mim eles vão precisar de ajuda e vc é quem vai ajuda-los com tudo.

Também da uma chance pro Crowley, ele é muito mal compreendido, e ele não é tão mal ele só foi abandonado pela mãe.

Dean- katy vc não vai morrer.

Katy- cala essa boca seu idiota, olha pra mim, deixa eu curtir esses últimos momentos, olha pelo lado bom

Dean- e tem lado bom na sua morte?

Katy- não tem lado bom, fala pro cass que eu sinto muito e pro sammy, Bobby e pro Fergus e me desculpe por te causar problemas.

Dean- não katy

Katy- me desculpa pai , mas a vida é assim, nos temos que aceitar a morte como uma amiga, tchal esquilo eu vou sentir a sua falta.

E ela fechou os olhos e não os abriu mais.

Eu , eu não posso deixar ela morrer, não pode acabar assim.

Ela é a minha filha eu não posso deixar ela morrer assim, eu a amo e nunca vou desistir dela eu não posso.

Dean- castiel

Dean- CASTIEL

Dean- castiel a katy tá morrendo, cara me ajuda se vc não vier ela vai morrer.

Dean- porra castiel me ajuda, minha filha tá morrendo cara.

Nada do castiel, aquele puto não quer nos ajudar.

Dean- Crowley

Dean- CROWLEY, a katy tá morrendo, me ajuda ou ela.

Merda ela tá gelada,

Dean- castiel, eu não sei se vcs brigaram ou não ,mas se vc recusar a ajudar a minha filha, nunca mais venha me pedir alguma coisa.

Procurei o meu celular, pra ligar pro sam e pedir a ajuda dele.

Ligação on

S- alô aqui é o sam , não estou disponível no momento,por favor deixe o seu recado

D- sam aqui é o dean a katy precisa de ajuda cara ela ta morrendo vem pra ca agora.

Ligação off

Por que ninguém responde ou atende, ela tá com o pulso muito fraco, ela vai morrer assim.

Dean- katy aguenta filha.

Eu fui verificar o pulso dela denovo e eu não senti.

Dean- nao katy vc não pode morrer eu não vou deixar.

Eu peguei em seu rosto e não senti a sua respiração.

Dean- não -eu disse com lágrimas

Dean- não, vc não pode morrer filha sem eu nem saber oq aconteceu.

Dean- vc não pode morrer , pq eu sou seu pai e vc é minha filha.

Dean- vc não pode morrer pq eu acabei de descobrir vc.

Eu me ajoelhei ao lado da cama e começei a cantar hey dude.

Dean- eu vou fazer a sua vontade minha filha eu vou cuidar do Sammy,do cass e talvez do Crowley.

Eu peguei o corpo dela e enrrolei em um lençou branco, desci até o andar de baixo segurando o corpo dela.

Peguei uma pá e começei a cavar perto de uma árvore, eu cavei e cavei até os cortes que tinha nas minhas mãos sangrarem, porém continuei cavando.

Cavar, cavar e cavar.

Era tudo que eu conseguia agora, e estava chovendo muito forte, mas continuei

E quando finalmente acabei eu peguei um caixão e coloquei o corpo da katy cuidadosamente lá dentro.

Dean- adeus katy- e dei um beijo na testa dela-

E fechei o caixão de madeira, coloquei o caixão dentro do buraco que eu cavei e começei a tampar o buraco aos poucos.

Fiz uma cruz de madeira e peguei algumas flores e puis no túmulo da katy.

Fui para dentro da casa do Bobby , peguei algumas garrafas de wiski e me sentei de baixo da árvore e começei a beber e a chorar.

Eu a perdi, eu não acredito que eu a perdi.

Eu a conheço a tao pouco tempo, mas mesmo assim a perdi.

Eu sou o pior pai do mundo.

Eu não protegi a minha pequena a minha bravinha e agora ela se foi.

Eu amava ela, eu tinha confiança nela e agora ela se foi.

Eu sempre estarei com vc minha bravinha.

To be continue...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...