História A Filha de Dean Winchester - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supernatural
Exibições 34
Palavras 2.161
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - 5



Meu pai girou a maçaneta devagar e eu entrei e disse
-sentiram a minha falta titio sammy e vovo bobby?-eu gritei e eles olharam pra mim surpresos e felizes-
Katy ainda bem que vc acordou - sam e Bobby disseram ao mesmo tempo, eles foram até mim e me abraçaram me mostraram meu mais novo quarto e eu quase surtei,ele tinha meu violão, meus cds ,meu closet cortinas etc...
E então gostou - perguntou dean
Eu amei pai- eu disse e o abracei com força ele ficou sem palavras ,mas retribuio o Abraço. Eu decidir tomar um banho, tudo era diferente agora ,as vezes nunca pensei que chamaria alguém de pai ,tio e até vô ,eu me apeguei muito rápido a eles gosto muito deles e não quero que nada aconteça a eles,agora vou vestir minhas roupas e comer a torta que o castiel trouxe para mim.
Vesti uma camisa xadrez,uma jaqueta de couro,calça jeans rasgada e um all star preto(que eu amo!!!!!),desci as escadas e todos estavam me esperando para comer
Algo.
Castiel cadê minha torta?-perguntei indo até ele-
Aqui esta katy - ele disse e eu peguei a torta - já que eu estava morta de fome-
Não vai nem dividir com seu pai? - dean me olhou com cara de cachorro abandonado-
Aqui esta meu velho - eu disse com um sorriso na cara enquanto sam se segurava pra não rir-
Obrigada, baixinha - ele disse-
Eu não sou baixinha,vcs e que são grandes demais - eu disse-
Vai comer bravinha- disse sam-
Vai ler alce - eu disse e Bobby e Dean caíram na gargalhada -
Calem a boca - sam disse emburrado- e eu e o pessoal Rimos ainda mais-
Ficamos nos divertindo até tarde da noite com gargalhadas e histórias divertidas,sam tem o apelido de alce,dean de esquilo,castiel de gato e eu
De baixinha e bravinha eu até que gostei desses apelidos rimos muito deles,até que alguém bate a porta .


Tock! Tock! Tock!


Quem é ?- sam pergunta-
Sou eu rosa - essa tal rosa respondeu-
Pegamos as armas e escondemos atrás das costas ,sam foi até a porta e abriu, ela correu até mim me abraçou e disse - sua louca nunca mais me deixe preocupada com vc - essa tal rosa me abraçou -
Eu te conheço? - eu perguntei surpresa não conhecia essa garota,mas acho que posso confiar nela ela me olhou com um olhar surpreso suspirou -
Vc por acaso perdeu a memória sou eu a rosa sua amiga -ela disse e eu entendi a história, liguei os pontos acho que foi ela que me visitou no hospital,mas quem será esse henry que o meu pai falou,tem alguma coisa nessa história e eu vou descobrir-
Alguém poderia me explicar oq tá acontecendo? - eu perguntei -
Depois de terem me contado que eu perdi a memória e não me lembrava de rosa, decidi subir pra falar com ela e fazer algumas perguntas.
Senta aqui eu a chamei e nos sentamos e conversamos sobre várias coisas, rosa e super legal a gente se entende,por um minuto tudo ficou em silêncio e eu decidi quebralo
Rosa,posso te fazer uma pergunta - eu pergunto-
Claro,que pergunta ?-ela diz-
Quando eu tava no hospital tinha vários balões, presentes,chocolates,eu perguntei pro meu pai quem deixou lá ,ele disse que nos precisamos conversar ele me perguntou quem era henry e eu não sabia vc pode me dizer quem é? -eu perguntei confusa-
Olha katy o henry e meu irmão mais velho ,antes de vc entrar em coma vcs eram amigos acho que talvez algo mais - ela disse com olhar malicioso-
Como assim algo mais?-eu disse cruzando os braços-
Quando vc tava arrumando suas malas pra vir pra cá eu deixei vc e henry sozinhos conversando aí eu iria te dizer pra não esquecer nada,mas ai eu vi vc e henry se beijando e eu não queria interromper então desci e depois de um tempo eu e ele fomos embora - ela disse com um olhar malicioso-
Eu corei na hora fiquei igual a um pimentão
E oq aconteceu depois do coma?-eu perguntei -
Eu fiquei te visitando toda semana para ver o seu estado, henry parou de te visitar depois de seis meses ele ficou muito depressivo com o seu estado e achou q vc não iria acordar, depois de um mês ele achou uma namorada eu odeio ela então eu só vejo henry as vezes agora - ela disse um pouco triste-
Ei não fica assim,que tal se eu perguntar pro bobby se vc pode dormir aqui hj? -eu disse com um sorriso-
Pode ser,tá pensando no que eu tô pensando?-ela perguntou-
Noite de festa!-nos dissemos em uníssono muito felizes-
Eu fui até o bobby e ele deixou nos chamarmos poucas amigas depois de eu aprender a fazer a cara do sam e insistir muito,fui até a cozinha peguei algumas guloseimas para nossa pequena festa e encomendei umas pizzas e peguei o refrigerante levei até o quarto e eu e rosa arrumamos tudo para a festa,sam , Dean e castiel foram atrás de um cara chamado croley ,então estava perfeito para nos divertimos enquanto bobby lê,mas ele disse sem garotos.


[...]


Nos arrumamos e Após um tempo as meninas chegaram era a Kim e a violet elas eram nossas melhores amigas ,quando nos fomos chamar as meninas a rosa teve a brilhante idéia de chamar os meninos,e eles entravam pela janela.grande plano se o meu pai descobrir eu tô ferrada, após um tempo os meninos chegaram e entraram pela janela do meu quarto, a rosa chamou o Pedro,noah,Andrew, chandler e henry para a festa ,Pedro e Kim namoravam, rosa ficava com o Noah ,Chandler gostava da violet ,mas eles não admitiam vamos jogar verdade ou consequência - disse rosa com um olhar malicioso-
Ela vio que o Andrew não para de olhar pra mim juntamente com henry,
Vamos girar a garrafa -fala rosa girando a garrafa dentro do círculo-
Caio no chandler
Verdade ou desafio?-Ela perguntou-
Desafio - chandler disse-
Eu te desafio a ficar com a violet 15 minutos no paraíso - ela disse e os dois foram com o olhar malicioso-
Rosa gira de novo a garrafa, caio em mim
Verdade ou desafio katy?-ela perguntou-
Desafio - eu disse já pensando no que ela tava tramando-
Eu te desafio a beijar o ambre - ela disse e eu e Andrew coramos-
Andrew veio até mim e nos beijamos de forma selvagem, até a maldita falta de ar aparecer, henry quase nos matou só com o olhar, nos continuamos a brincadeira e depois começamos a beber...


[...]


Na manhã seguinte eu acordo com dor de cabeça e eu tô de roupa íntima com o Andrew me abraçando na cama, pera oq aconteceu aí meu deus meu pai vai me matar, cadê todo mundo, a rosa me paga, meu deus que horas são, quando olho pro relógio escuto um barulho da escada deve ser o meu pai agora ferrou de vez
Andrew acorda- eu disse o acordando-
Bom dia linda - ele disse e eu corei-
Vamos logo eu escutei um barulho se for meu pai a gente tá ferrado - eu disse vestindo uma roupa e dando uma pra ele-
Katy, abre a porta?-eu escuto alguém gritando-
Já vou - eu disse desesperada-
Se esconde debaixo da cama rápido -eu disse para Andrew - ele se escondeu-
Me arrumei e abri a porta era só o sam
Algum problema alce - eu disse-
Não só que eu e Dean chegamos tarde ontem e não queríamos te acordar,pois ouvimos uns barulhos do seu quarto vc ta bem - ele perguntou desconfiado-
Sim eu tô bem-eu disse-
deve ser a mola da cama eu vou dar uma olhada - ele fala-
Nossa tô ferrada alguém me da uma pá e enterra a minha cabeça.
Quando ele olhou de baixo da cama achou o Andrew sem camisa-
Agora ferrou de vez.
Katy será que vc pode me explicar oq ta acontecendo aqui vc sabe que se o dean descobrir ele vai ficar uma fera -ele disse sussurrando para que dean não o ouvisse-
Eu sei me ajuda e depois a gente conversa - eu disse e sam nos ajudou-
Antes de Andrew ir embora nós,nos beijamos e nos despedimos.
Agora ferrou de vez se o alce contar pro esquilo eu tô ferrada.
Alce eu posso explicar - eu disse e fechei a porta
Katy winchester oq vc estava fazendo enquanto eu e Dean estavamos fora? - ele arqueou a sobrancelha e cruzou os braços -
Eu expliquei tudo para o alce e ele entendeu o meu lado da história ele é o melhor tio do mundo
Katy eu vou guardar segredo,mas não fassa isso aqui poderia ter sido o dean a entrar pela aquela porta -sam disse-
Ok,alce eu vou me comportar - eu disse brincando-
Ele saio do meu quarto e foi lá pra baixo ler um livro,eu arrumei meu quarto e fui me olhar no espelho percebi o quanto eu mudei acho que foi o coma ,eu acho que já devo ter feito uns 16 anos a uns meses atrás pq um mes depois da mudança seria meu aniversario de quinze entao ,decidi mudar o visual, pintei o cabelo de azul e como ele estava muito grande eu o cortei na minha cintura e escovei sai do quarto com uma camiseta regata, blusa xadrez ,jaqueta de couro e um all star vermelho.
Oi gente - eu disse e todos olharam para mim-
Cabelo legal - sam disse-
Também cortou né ?- pergunta dean-
Sim eu decidi mudar um pouco o estilo e cortar as pontas - eu disse sentando no sofa-
Olá,Rapazes- xxx disse-
E quem é essa baixinha? - ele perguntou-
Quem é vc ?- eu perguntei apontando uma arma pra ele-
Eu sou crowley rei do inferno e vc é?-ele me preguntou-
Ela não tem obrigação de te responder crowley - meu pai disse,vai rolar treta,
Calma esquilo - ele disse -
Como vc sabe o apelido dele? - eu perguntei-
Pq foi ele que deu - disse sam grosso-
Calma alce precisamos conversar, mas antes tire as crianças da sala- crowley disse calmamente -
Primeiro eu não sou criança, segundo eu fico onde eu quiser pq sam e Dean não tem segredos cmg-eu disse autoritária-
Eu sou o rei do inferno vc me respeita - ele disse-
E eu sou uma winchester - eu disse -
Eu disse e ele olhou para dean com um olhar surpreso,e antes dele responder meu pai o interronpe
Longa história,agora vamos ao que interessa - meu pai disse-
Sua filha né esquilo,mas eu não preciso de informações sobre ela agora,eu tenho uma lista de inimigos e quero que vcs vão fazer o trabalho de vcs e em troca eu fecho o acordo - ele disse andando pela sala-
Sim ela é minha filha,e vamos aceitar o acordo,mas se alguma coisa der errado eu te mato- meu pai disse -
Gente alguém me da a pipoca e o refrigerante pra ver essa briga.
Ok ,se precisarem de mim liguem eu vou estar no inferno,tchal rapazes e garota dos cabelos azuis - ele disse-
É katy -eu disse e ele desapareceu-
Odeio quando eles desaparecem do nada.
Apos um tempo de silencio eu o resolvi quebrar
Posso ir na caçada?-eu perguntei-
Nao-eles disseram em unissono-
Katy e muito perigoso e vc ainda nao ta pronta talvez depois que vc se recuperar-ele disse e eu assenti-


Katy winchester p.o.v off


Sam wincherster p.o.v on


Eu e dean saimos para fazer um acordo com o croley ,enquanto katy e bobby ficavam na cabana,apos o tentar fazer um acordo com o crowley e ele nao aceitar,eu e dean voltamos pra casa bem tarde dean foi dormir e eu escultei um barulho vindo do quarto de katy,fui ate a porta e escultei a mola da cama rangendo,se for oq eu to pensando a katy deve tar com um garoto,amanha a gente coversa melhor eu vou querer ouvir uma explica çao dela,se o dean descobrir a katy ta ferrada,(oq eu vou parar de viadagem),pq amanha eu coverso com ela...
Eu descobrir que a katy fez um tipo de festa com os amigos,bebeu e se divertio ate o amanhecer com um "garoto" esse moleque ta ferrado se fizer a minha sobrinha sofrer,eu mato ele depois do dean,vou guardar o segredo dela,eu desci as escadas e fui comer alguma coisa,apos um tempo a katy apareceu descendo as escadas,mas ela ta diferente ela pintou o cabelo de azul e cortou ele ela se sentou no sofa e logo depois croley apareceu conheceu a katy e nos deu uma lista negra de seus inimigos e disse que feixaria o acordo se nos fizecimos o nosso trabalho,dean aceitou e decidimos começar a pegar as coisas,katy pedio para ir ,mas ela ainda tem que se recuperar do coma entao eu e dean negamos e decidimos começar a caçada.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...