História A Filha de Dean Winchester - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supernatural
Exibições 25
Palavras 1.653
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 6 - 6



crowley p.o.v on

eu tinha encontrado os rapazes a algum tempo e senti algo forte,senti que aquela garota tinha algo poderoso dentro de si algo que eu poderia usar futuramente,a filha do esquilo vai seguir o negocio da familia e isso nao vai ser bom  pros negocios,alem disso ela e algo muito poderoso senti seus poderes,mas algo me bloqueava para mim saber oq ela era so sei que provavelmente o castiel ja deve ter descobrido que a alma dela e pura e se for corrompida pode causar um grande estrago,acho que vou me divertir com ela,ela parece ser cabeça dura igual ao pai,mas acho que posso ganhar a confiança dela e depois a utilizar para meus futuros planos como rei do inferno,ando ultimamente entediado,mas com os rapazes cuidando dos meus inimigos nada poderar impedir,nem mesmo katy winchester.

croley p.o.v off

Castiel p.o.v on


katy tem um dom um poder,ela é pura,desde a última vez venho sentindo esse poder aumentando,crowley já deve ter percebido esse poder e pode usar contra nós eu preciso saber oq a katy é,não sei pois havia algum feitiço muito poderoso me bloqueando vou ter que verificar a alma de katy,era oq eu temia,era vai sentir muita dor não posso fazer isso com ela,mas se eu não fizer crowley pode descobrir antes de mim e usar isso para o mal,eu sei que a katy e esperta e perspicaz,sei que ver a alma dela vai ser difícil se ela for que nem o dean,mas tenho que tentar,se crowley ou qualquer outra pessoa descobrir,que ela pode ser algo poderoso pode querer mata - lá ou usa lá tenho que impedir.


Antes de mim terminar meus pensamentos escutei um chamado de katy e eu não poderia ir no momento estou ocupado no céu,mas algo me forçou a aparecer.


Oi katy - apareci em cima do telhado-
Oi cass ,oq vc esta fazendo aqui?-ela perguntou-
Eu recebi seu chamado e vim até aqui-eu disse-
Mas eu não te chamei - ela disse -
Mais é claro - eu disse-
Oq é claro castiel - ela disse um pouco triste parece que ela estava chorando-
Parece que eu e vc estamos conectados,algum tipo de conselho deve ter me escolhido para ser seu anjo da guarda e cuidar de vc - eu disse um pouco feliz por ser o anjo da guarda da katy-
Legal,mas sem ser rude,mas se eu não te chamei oq aconteceu? - ela perguntou -
Os anjos da guarda podem sentir o sentimento de quem estão protegendo e então ,como vc estava triste eu apareci - eu disse-
Ela fico parada olhando pro nada parecia que ela tava guardando um segredo,eu tenho que descobrir oq e esse segredo tenho que protegelá mantela pura.
Oq aconteceu katy?-eu  perguntei -
Castiel eu acho que tô tendo pesadelos e eles estão acontecendo,eu estou vendo gente morta e tendo algumas alucinações eu não sei oq fazer - ela disse chorando-
Olha katy se acalma,eh tenho que te contar algo - eu disse-
Oq foi castiel - ela disse limpando as lágrimas e deitando no meu colo-
Eu fiquei meio desconfortável,mais deixei ela lá
Katy vc tem dons,poderes e premonições,tudo isso começa aos 16 anos de idade,eu suspeito que vc possa ser bem mais poderosa que até o próprio Lúcifer ,mas não sei oq vc é ,tem algo bloqueando os meus poderes eu só poderia saber se visse dentro  da sua alma,e só posso fazer isso com seu consentimento e o do Dean-eu disse e ela me olhou-
E quando vc descobriu - katy perguntou-
Quando eu te conheci melhor senti algo muito poderoso dentro de vc - eu disse -
Eu poderia aprender a usar esse poder?-ela perguntou -
Sim,mas porque vc iria querer aprender? - eu perguntei confuso-
Eu gostaria de ajudar nas caçadas e ajudar as pessoas,matar monstros o negocio da familia - ela disse parecendo o dean-
Mas para isso antes temos que descobrir oq vc é - eu disse-
Vc tem razão castiel,eu vou começar a pesquisar sobre isso e quando meu pai voltar da caçada vc faz isso ok - ela disse me deu um beijo na bochecha eu fiquei um pouco corado,mas desapareci.


Castiel p.o.v off


Katy winchester p.o.v on


O alce e o esquilo foram caçar castiel deve estar no céu e Bobby fica me vigiando,mas como estou entediada decido sair pra fora da cabana do Bobby decido pegar a minha besta,com flechas.


Adoro ela eu tinha ela escondida,peguei várias facas de tamanhos diferentes,algumas armas e munições,e decidi começar a treinar do lado de fora. achei uma árvore e montei um alvo com a faca me afastei para bem longe e comecei a treinar.primeiro com a arma depois com as flechas e por último as facas ,treinar com as facas me fazia jogar todas as minhas forças em acertar uma árvore me sentia melhor,em paz,menos irritada. Fiquei atirando facas na árvore  todas as facas só acertavam o centro da árvore,me desafiei peguei uma moeda lancei para o alto e a minha faça havia pegado bem no meio da moeda em um corte perfeito,fiquei impressionada,até que me sento de baixo da árvore para descansar estava cansada,fiquei cinco minutos descansando até que escuto passos atrás de mim,descido esperar a pessoa se aproximar para pegar ela desprevenida,peguei na mão que tocou o meu ombro e joguei o cara para o outro lado,apontei a faca
Quem é vc?-eu perguntei -
Sou eu Andrew eu vim atrás vc - ele disse e eu o soltei e deitei na grama com ele-
Me desculpa - eu disse corada-
Tá tudo bem,eu fui atrás vc e perguntei pra um senhor se vc estava-
Eu tenho vontade de enfiar a cabeça na terra e ficar lá pra sempre,se bobby desconfiar de alguma coisa eu vou ter que mudar de planeta, pq ele vai contar pro meu pai.
A gente tá ferrado,se o bobby contar pro meu pai eu e vc vamos estar mortos - eu disse-
Calma,princesa vamos dar um jeito - ele disse -
Então oq vc queria conversar? -eu perguntei-
Ele me levantou pegou uma venda e pois em mim
É uma surpresa,não vale espiar -ele disse-
Logo depois a gente andou um pouco e sentamos em um tipo de toalha,ele tirou a minha venda e eu olhei muito surpresa
Espero que goste,a rosa me ajudou a planejar - ele disse-
Isso é a cara da rosa - eu disse rindo-
fizemos um piquenique juntos e no fundo da cesta avia duas caixas eu abri a grande e comecei a rir
Oq foi - disse Andrew-
Eu puxei ele é mostrei a caixa cheia de  camisinhas,a gente não se aguentava de tanto rir,lá havia um bilhete e nele estava escrito .aproveitem.
Andrew me puxou pela cintura e me beijou de forma selvagem,nos iriamos ficar lá para sempre se não fosse a maldita falta de ar,
Peguei o outro presente era uma caixa pequena e dentro dela havia um anel
Katy winchester vc aceita namorar cmg?-ele havia se ajoelhado e me pedio em namoro-
Mas é claro que sim seu bobo - eu disse e nós nos beijamos-
Aquele Beijo começou a evoluir em algo,mais interessante,ele me beijava devagar,mas com desejo, nos dois queríamos aquilo então,nos fizemos e ficamos exaustos nos chegamos ao nosso limite,deitamos lado a lado,eu coloquei a minha cabeça em seu peito o abraçando e ele também me abraçou - Ficamos ali deitados no chão cobertos pelo cobertor.
Passamos o dia juntos nós nos divertimos muito,estava escurecendo então Andrew decide me levar pra casa,começou uma chuva forte e grossa.
Peguei tá com vc - eu disse pegando o Andrew e sai correndo-
Eu vou te pegar winchester - ele disse e veio em disparada-
Eu escorreguei e cai de bunda na lama
Andrew morreu de tanto rir.
E nisso que dá ficar pegando os outros - ele disse rindo-
Aí! - eu disse fingindo-
Quer ajuda?-ele disse estendendo sua mao-
Peguei a mão dele e joguei ele na lama morri de tanto rir-
Sua chata - ele disse-
uma chata que vc não vive sem - eu disse e me levantei-
Não vai me ajudar a levantar? - ele perguntou-
nao caio no truque que eu inventei - eu disse-
Então vou ter que me vingar - ele disse e me pegou no colo até a entrada da cabana-
Ele me desceu me pois no chão.emtramos na cabana discretamente para que bobby não nos visse ao entrarmos,entrei devagar com Andrew e quando nos iriamos subir as escadas.
katy onde vc estava e oq estava fazendo com um garoto?-Bobby disse-
Nos estavamos na floresta algum problema - eu disse-
Katy vc sabe as regras,na próxima vez eu vou contar pro dean,mas vc só passa dessa vez pq eu tô de bom humor - Bobby disse-
Ok bobby.obrigada-eu disse e nos subimos-
Tomamos banho e Bobby teve uma conversa com o Andrew,bobby gostou do andrew,mas ainda estou desconfiada de que ele conte para o meu pai ai sim eu vou ficar com medo,fui para o meu quarto e descidi dormir um pouco,
Eu fui acordada por bobby que me olhava preoculpado,eu tive um pesadelo horrivel,esses pesadelos estavam com mais frequencia eu nunca havia contado deles pra alguem ,mais so que isso estava começando a me assustar,tenho que pensar vou ate a janela do quarto a abro e sento no telhado estou muito triste ando tendo esses sonhos e visoes tabem acho que estou vendo gente morta,quando eu falei isso castiel apareceu,
Quase morri do coraçao,mas eu sabia que poderia falar pra ele.
Ele me disse que eu sou algum tipo de feiticera ou monstro ceila oq,mas ele disse que eu era "pura".mal ele sabia oq aconteceu a tarde com andrew,mas isso nao importa ,oq importa e quando meu pai vai voltar da caçada ,e como eu vou admitir sobre o meu namoro com o andrew e sonre oq o cass falou eu to ferrada mesmo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...