História A Filha de Dean Winchester - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supernatural
Exibições 26
Palavras 2.194
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 7 - 7



Dean winchester p.o.v on

Eu e sam iriamos atras dos demonios da lista do crowley para selar nosso acordo ,e fazer com que crowley se aliace a nos,o que seria um pouco dificil ja que eu nao confio nele,ele acha que pode falar com a minha filha ele ta muito enganado,ela e a minha princesa niguem toca nela,o sammy fica falando toda hora pra mim deixar ela namorar,mas ela so tem 16 anos ainda é uma criança ela so vai namorar com trinta e se eu deixar ,mas continuando vamos investigar o caso e voltar para a cabana.
Em algum lugar em Idaho...

Dean,olha isso-sam disse me mostrando o computador-
Esse foi um caso de um demonio que nos exorcisamos-sam afirmou-
O que o crowley quer com um demonio exorcisado?-eu perguntei-
Eu nao sei dean,mas sei que as vitimas tem o mesmo perfil ate mesmo as mesmas feridas-sam disse-
Se crowley quer pegar esse demonio que nos exorcisamos deve ter um motivo,acho que nao devemos confiar nele-eu disse para sam-
Ok,dean vamos investigar e ficar de olho ok?-ele me perguntou-
Ok sammy-eu disse almentando o volume da musica-
[...]
Fomos dormir,ate que escutamos no radio um chamado,uma mulher disse o local e a hora da morte,fomos ate o local mostramos os distintivos do FBI.
as vezes,quando nos mostramos os nossos distintivos eu pergunto se hoje é o dia-falo para sam-
Quando sam iria respoder uma mao pega em nossos ombros,nos viramos devagar e um homem veio nos cumprimentar.
Olá,agentes se lembram de mim?-ele perguntou-
Sim detetive...?-sam perguntou-
Sou eu o detetive Siffin,parece que ainda estamos com o caso em aberto-ele disse-
Sim,mas vamos descobrir quem fez isso-eu disse-
Eu e sam fomos investigar a cena do crime e a vitima.
Dean olha isso-sam me mostrou-
Enxofre?-perguntei e ele afirmou com a cabeça-
Fomos embora e fomos procurar o jeffrey o cara que o demonio possuio a alguns anos atras,se for oq eu to pensando ele pode estar possuido ou em perigo,apos nos torturamos ele e deixarmos ele no hospital ele deve estar traumatizado.
Eu e sam localizamos ele e bolamos um plano,quando ele sair do pet shop vamos chamar a atençao dele para o beco,eu vou por a faca no pescoço e sam vai jogar a agua benta nele.
Ele saio do pet shop.sam fez um barulho com a boca chamando sua atenção ele veio ate nos com uma cadela mancando devagar ate nos ele entrou no beco olhou pros lados e o pegamos de surpresa.
Sam jogou agua benta nele e eu puis a faca no pescoço ele nao quimou.
Desculpa so pra garantir-eu disse-
Ta tudo bem com voce-sam perguntou-
Sim,eu estou bem,mas vcs assustaram a minha cadela-jeffrey disse-
Desculpa,sera que a gente pode conversar-eu disse-
Sim,claro me sigam-jeffrey disse e nos o seguimos-
Nos fomos andando ate a casa dele,que era muito estranha e suja,entramos e nos sentamos.
Jeffrey nos temos que te contar uma coisa-sam disse-
O demonio que nos exorcisamos voltou-eu disse-
O que como assim vcs nao tinhao o exorcizado e mandado ele para o inferno-ele disse gritando-
Se acalma ok,nos vamos te proteger-sam disse-
Se ele voltou eu ja sei quem vai ser a proxima vitima-ele disse-
Como assim voce sabe? -eu perguntei-
Quando ele tava na minha cabeça ele tinha uma lista de garotas-ele disse tocando a cabeça-
Entao ele tem um padrao que nem o serial killer?-sam perguntou-
Ele disse que era o trabalho dele-jeffrey disse-
Eu e sam escutamos o jeffrey e nos separamos,sam foi atras da proxima vitima e eu fiquei com jeffrei para que nada lhe acontecesse,nos conversamos sobre oq aconteceu a quatro anos atras e ele disse que o demonio tinha um esconderijo pq ele nao disse antes,eu fiquei furioso,mas ele disse que tinha medo,tem alguma coisa nessa historia que nao ta me cheirando bem,eu avisei para o sam que iria ate o tal armazem e que nos encontrariamos lá,chegamos ao galpao.
Olha jeffrey vc fica atras de mim ok-eu mandei-
Ok dean-ele disse e eu virei-
Quando eu iria abrir o galpao levei uma pancada na nuca,fiquei tonto mas nao desmaiei,levei uma mais forte e acabei apagando a ultima coisa que eu falei foi


Sam...


Dean winchester p.o.v off


Sam winchestar p.o.v on


Eu fui atras da proxima vitima,enquanto o Dean ficou com o jeffrey eu ainda nao sei como o demonio voltou,mas estou com mal precentimento,fui ate a biblioteca seguindo a vitima fiquei de olho em qualquer movimento suspeito,fingi ler livros ate o meu celular tocar.
Alô,tio é vc?-katy dizia no telefone-
Sim ,sou eu algum problema?-eu perguntei-
E que ja se passou um tempo e que vcs estao caçando e eu iria perguntar se vc precisa de ajuda?-ela perguntou-
Sim katy aproveitando vc poderia pesquisar sobre demonios que voltaram depois do exorcismo-eu perguntei-
Sim claro-ela disse nervosa-
Katy vc ta bem?-perguntei preoculpado-
E que meu pai ainda nao me ligou hoje no horario que a gente  combinou e ele nao ta atendendo o telefone-ela disse triste-
Katy  o dean se preoculpa com vc,deve ter acontecido alguma coisa seria pra ele nao ligar pra vc-eu disse-
Ok obrigada tio alce,vc sempre sabe oq falar-ela disse feliz-
De nada katy se cuida vio-eu disse e desliguei-
O dean havia me ligado antes avisando que iria ate um galpao e disse que daqui meia hora a gente iria se encontrar,mas pq ele nao ligou pra katy e pq ele nao ta atendendo o telefone,eu vou ate esse galpao,mas eu nao sei onde fica eu preciso de ajuda para acha-lo,nao me resta escolha eu vou pedir ajuda para o castiel.sai para fora em um local isolado.


Castiel,vc esta ai?-eu disse sem resposta-
É o dean ele sumio e eu nao sei onde ele esta-eu disse-
Eu escutei um bater de asas atra de mim era o castiel.
Oq vc quer que eu faça sam?-ele disse-
Eu e dean estamos em um caso e o dean foi para um galpao na cidade,mas eu nao sei onde ele esta sera que vc poderia me ajudar a localiza-lo?-eu perguntei-
Claro sam,eu vou atras dele-ele disse-
Obrigado-eu disse e ele desapareceu.
Apos alguns segundos ele apareceu.
Eu sei onde ele esta vou te levar ate ele,mas nao poderei entrar no local pois esta com proteçao contra anjos-castiel disse-
Antes de responder ele colocou os dedos na minha cabeça,e nos estavamos em um local completamente diferente,era um galpao enorme e sujo.
Obrigado castiel-eu disse-
Claro sam disponha,mas depois da caçada presciso conversar com urgencia com vcs ok?-ele me perguntou-
Ok catiel depois da caçada a gente conversa-eu disse-
Ouvi um bater de asas e o castiel foi embora,mas oq sera tao importante para ele querer conversa comigo e com dean deve ser coisa seria.
Me aproximei do galpao,e logo encontrei com o impala,e peguei sal,agua benta e algumas armas,quando ia me aproximando do galpao vi sangue no chao e sinais de luta,parece que o dean esteve aqui,me aproximei da porta devagar e a abri com cuidado,vi dean amarrado por cordas em uma cadeira inconciente.
Dean!-gritei mas ele nao acordou-
Sam...-ele acordou e estava tentando dizer alguma coisa.
Oq foi de...-antes de mim conpletar a fraze levei duas pancadas na cabeça de algum tipo de ferro,eu nao tive tempo de reagir pois levei outra pancada e senti meus olhos pesarem minha cabeça latejar eu nao sabia oq fazer,meu corpo nao obdescia aos meus comandos e logo cai no chao inconciente.


Sam w. P.o.v off


Dean w. P.o.v on


Parece que eu fui enganado,eu acordei atordoado nao sabia oq fazer,senti meus pulsos doerem e eu estava amarrado na cadeira dentro do galpao,aquele filho da mae me paga,quando eu sair daqui eu vou matar ele,tentei soltar os meus pulsos mais nada adiantava,quando derre pente escuto um barulho do lado de fora.
Parece que a donzela acordou-jeffey disse-
E parece que o psicopata tb -eu o provoquei-
Sabe dean depois desses quatro anos,eu percebi que nao era o demonio que prescisava de mim,era eu que precisava dele esse tempo todo-ele disse-
Franzi o chenho e começei a rir.
Do que vc esta rindo?-ele disse-
Esse seu papo de presciso do demonio,ate parece que vc se apaixonou por ele-eu o provoquei ainda mais-
Vai rindo dean,pq a sua hora e a do seu irmao vao chegar ,e assim que eu conseguir chamar a atençao do demonio novamente eu vou matar mais e vou ver vc e seu irmao mortos em um caixao-ele disse-
Entao esse era o seu objetivo,atrair o demonio para ser possuido de novo,e tb o meu irmao nem eu vamos morrer-eu disse-
E quem diz o contrario?-ele perguntou-
Eu,pq assim que eu me soltar dessas cordas eu juro que eu vou te matar e matar aquele demonio-eu disse-
É oq vamos ver-ele me disse me dando um soco na cara.
É so isso que sabe fazer -eu disse cospindo sangue pra longe-
Vamos dizer que eu vou repetir todos os meus ferimentos em vc e no seu irmao so com o triplo de força,e vou fazer com que vcs implorem pelas suas vidas-ele disse-
É o que vamos ver -eu disse-
E tb antes de te bater so queria avisar que eu vou continuar matando a lista de mulheres que o crowley fez pacto e que tb vou matar todas as outras que fizeram o mesmo pacto.-ele disse sorrio-
Ele começou uma seçao de tortura comigo me bateu,socou,chutou e esfaqueou chegou a um momento em que eu nao aguentava mais a dor e acabei desmaiando.
Acordei com sam me chamando mas,eu nao conseguia falar nada eu queria avisar a ele sobre o jeffey,mas a unica coisa que eu consegui dizer foi sam,e entao o jeffrey bateu na cabeça dele tres vezes,ate sam desmaiar,eu acabei desmaiando tb por um tempo ate que acordei,sam esta ainda inconciente entao eu tinha que bolar algum plano.
Sam-sussurrei ele estava de costas pra mim amarrado na cadeira-
Dean,oq ouve-ele perguntou-
Nao da pra explicar agora,mas pra resumir jeffey fez isso com a gente para ser possuido de novo e ele quer matar as vitimas que fizeram pactos com o crowley-eu disse-
Ok,depois vc me explica,agora vc tem algum plano?-sam perguntou-
Nao e vc?-eu perguntei-
Eu me lembro de ter colocado um canivete no meu bolso,se vc conseguir alcançar e cortar as cordas estamos livres-sam disse tentando se mexer-
Eu me mexi muito para pegar o canivete que estava no bolso de sam,mas consegui.
Peguei-eu disse-
Ta agora e so soltar as cordas-sam disse-
Fiquei tentando cortar as cordas,mas jeffey apareceu de novo so que com a sua cadela,acho que ele vai invocar o demonio,pelos intrumentos e sangue de animal morto,esse cara e nojento,eu consegui cortar as minhas cordas,mas fingi que ainda estava amarrado,dei o canivete para sam e eu fiz um olhar para que ele entende-se o meu plano,eu daria o sinal e nos pegariamos nossas armas e matariamos o jeffey e o demonio depois de invocado.
Uma hora se passou e ele,para completar o ritual so prescisa matar a cadela e por o sangue dela em um tipo de pote e ascender o fosforo,o demonio apareceu e eles começaram a conversar,nao ouvia a coversa,mas eu logo daria o sinal,esperei um momento de descuido dos dois e fiz o sinal para sam,fizemos tudo de acordo com o plano,matamos o jeffrei e exorcisamos o demonio permanentemente para o inferno.
Como me achou?-perguntei-
O castiel me ajudou a achar este local e ir atras de vc-ele disse-
E cade ele?-perguntei-
Ele nao podia entrar por causa de simbolos angelicais,mas ele disse que depois da caçada ele queria falr com a gente sobre um assunto importante-sam disse-
E vc sabe que assunto seria esse?-perguntei-
Nao,so sei que vamos arrumar tudo por aqui,voltar pra cabana do bobby e falar com o castiel-sam disse e eu assenti-
Arrumamos tudo por la,limpamos a cena do crime e fomos embora,eu liguei para a katy,nos conversamos e ela ficou preoculpada comigo e eu com ela,nos conversamos e ela disse que tinha um assunto serio pra falar comigo,so nao espero que o tempo que eu fiquei fora tenha acontecido alguma coisa,bobby tb me ligou ele tava estranho,eu acho que o bobby e a katy estao me escondendo alguma coisa e eu vou descobrir oq é.


Dean w. P.o.v off


Katy w. P.o.v on


Eu liguei mais cedo para o meu pai,e ele nao tava atendendo e ele disse que iria me ligar,começei a ficar nervosa e liguei para o meu querido tio alce,nos conversamos e ele me reconfortou,depois de algumas horas meu pai me ligou,finalmente,nos conversamos e eu disse que tinha um assunto serio para falar com ele,eu e andrew decidimos assumir o namoro,mas para isso acontecer tinha que ter o concentimento do senhor winchester,meu tio alce ja apoia e o meu vovô bobby ja gostou do andrew,entao so falta falar com o castiel e o meu pai,andrew é caçador assim como os meus amigos entao nao precisamos esconder nada um do outro,entao esta decidido quando meu pai chegar eu vou contar pra ele e pro castiel e vou organizar um jantar para eles conhecerem o amdrew,meu deus eu to sentindo que eu to ferrada mais mesmo assim vou enfrentar o meu pai.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...