História A Filha de Hades (Camila G!P) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mitologia Grega
Tags Camilag!p, Camren
Exibições 36
Palavras 1.954
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Intersexualidade (G!P), Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Capítulo 4 - 3 Camp


Fanfic / Fanfiction A Filha de Hades (Camila G!P) - Capítulo 4 - 3 Camp

[...]

Fomos para o quarto, tinham duas camas de solteiro um lado esquerdo, uma mesinha no meio e a outra ficava do lado direito da mesa. 
Gostaria de dizer que dormir bem, mas tive pesadelos. Estava em um lugar totalmente escura, mas mesmo assim conseguia ver, parece que meus olhos conseguiam se adaptar, era extremamente quente, um calor infernal, era um tipo de caverna, tinha um trono ou algo parecido a um, feito de rocha vermelhas e tinha uma pessoa do lado desse trono, porém não consegui ver, mas me chamava, aquela voz parecia com a de - Camila, Camila

- Camila, acorda garota - Dinah me sacudia 
- Oi, acordei - 
- Finalmente, estou te chamando tem tempo. 
- Tão delicada 
- Hahaha, levanta e vai tomar banho, saímos daqui 1 hora 
- E onde vamos? - disse me sentando na cama 
- Estamos em Orlando, então vamos pa... 
-ORLANDO, COMO ASSIM? - Praticamente pulei da cama, ficando em pé rapidamente 
- Sim, Orlando. Vou te levar para Long Island 
- O que Dinah? Long Island é nos Estados Unidos. 
- Eu sei, é por isso que estamos indo pra lá, onde fica o acampamento meio sangue 
- E como vamos para lá? Não tenho passaporte 
- É, claro que tem, sua mãe fez para você 
- WWWOOO, ISSO EU NÃO SABIA 
- Você não sabe de muitas coisas, agora vai lavar esse seu palmito 
- Grossa 
- Obrigada, agora vai 
Peguei as bolsa de coisas que minha mãe tinha arrumado para mim, abri separei uma calça jeans, meu moletom do Ed Sheeran, e um boné branco com algumas manchas pretas, e meu tênis da adidas. Decidi tomar um banho rápido, gelado mesmo, aquele sonho me deu calor totalmente desconhecido por mim, e a água gelada faria com que eu acordasse rápido. Tomo meu banho rápido, coloco minha roupa, pego minhas coisas e vou atrás de Dinah, quando saia do quarto meu celular toca. 
- Oi amor 
Esqueci de falar pra vocês, eu tenho uma namorada, Sabrina Carpenter 
- Oi amor, é só isso que tem a me dizer? 
- É, uai 
- Karla Camila, você sumiu ontem o dia todo e agora eu te ligo e você só diz "Oi amor" 
- Desculpa, minha loirinha. É que tive que viajar, foi de última hora 
- E para onde está indo? Posso saber? 
- Pode sim, Nova Iorque 
- NOVA IORQUE CAMILA? - Afasto celular do ouvido com o grito - O que você vai fazer lá? 
- É... Eu..Estou indo visitar minha avó ela está muito doente e minha mãe disse que ela queria me ver amor 
- Ok, Karla, Karla, se você estiver me traindo, não respondo por mim. 
- Jamais, amor, jamais 
- Ótimo e quando volta? 
- Não sei, loirinha preciso desligar, a bateria está acabando - menti para acabar logo com essa conversa e com as perguntas, tinha deixado o celular carregando a noite 
- Ok, volta logo, te amo 
- Pode deixar, também, beijos - encerro a ligação coloco o celular no bolso e a mochila nas costas, fecho a porta do quarto, caminho até o estacionamento, olho para os lados a procura de Dinah, mas não a encontro, então encosto no carro a sua espera, alguns minutos depois Dinah aparece em meu campo de visão, com algumas sacolas na mão.

- AJUDA AQUI INFELIZ - corro até Dinah, pegando de sua mão direita e começamos a caminhar até o carro 
- Para que tanto? 
- Você já comprou comida em aeroporto? É um Rim de tão caro, a vamos passar praticamente metade do dia hoje em aviões 
- Ahhh - digo totalmente frustada 
- É, aaahh 
- Pelo menos é vôo direto? 
- Não 
- Empolgante 
- Pois é, vamos. Nosso primeiro vôo sai daqui 50 minutos, o aeroporto é perto de formos de carro. 
Entramos no carro, Dinah da partida enquanto coloco as comidas em nossas bolsas, não demorou muito para chegarmos. 
- Vai para o portão, vou fazer nosso check in 
- OK 
Vou caminhando para o portão, a espera de Dinah, mas sinto alguns olhares para mim, então decido acelerar meus passos, depois de chegar no portão demorou cerca de 15 minutos para Dinah chegar. 
- Vem, temos que passar nossas malas no raio x e passar no detector de metal 
- Uhum - apenas faço movimento positivo com a cabeça 
[...] 
- Vou sentar na cadeira da janela, qual sua cadeira? 
- Do seu lado 
Sentamos e ficamos apenas em silencio, não estava muito afim de conversar, então coloquei meus fones, depois de alguns minutos, a loira ao meu lado me cutuca e tira meu fone 
- Que foi? 
- Ouve 
- Sras e Srs Bom dia Meu nome é Rafaela sou uma das comissários deste vôo. Em nome do Comandante Portely e da Airlines, apresento as boas vindas à bordo do AIRBUS A330 vôo 027 para Jacksonville. Durante a decolagem, o encosto de sua poltrona deve ser mantido na posição vertical, sua mesa fechada e travada. Observem os avisos luminosos de afivelar cintos de segurança. Em caso de despressurização, máscaras cairão automaticamente. Puxe uma delas, coloque-a sobre o nariz e a boca ajustando o elástico em volta da cabeça e depois auxilie os outros, caso necessário. Esta aeronave possui 06 saídas de emergência: 02 portas na parte dianteira, 02 saídas sobre as asas e 02 portas na parte traseira. Cartões com instruções detalhadas de segurança encontram-se na bolsa à sua frente. Como medida preventiva, o cinto de segurança deve estar afivelado durante o vôo. Lembramos que o assento de sua poltrona é flutuante. Obrigada por terem escolhido a Airlines,e tenham todos uma ótima viagem. 
Olhei pela janela e começamos a sair do chão, me veio um frio na barriga ou ver que cada vez ficávamos mais alto a cada segundo, mas logo após a voz da aeromoça soou de novo 
- Informamos que durante o vôo, poderão ser utilizados laptops, jogos eletrônicos e câmeras de vídeo. Os telefones celulares deverão permanecer desligados. Dentro de instantes, daremos início ao nosso serviço de bordo. 
Coloquei meus fones de novo e me permitir relaxar, olhando pela janela, só percebi que tinha dormido quando senti um cutucão em meu braço, tirei meu fones e sentei direito na poltrona e mais uma vez ouvi a voz da mulher 
- Sras. e Srs., solicitamos que afivelem cintos de segurança. À partir deste momento é proibida a utilização de qualquer equipamento eletrônico. Dentro de instantes pousaremos no aeroporto Internacional em Jacksonville, Mantenham o encosto de suas poltronas na posição vertical, sua mesa fechada e travada.

Ao encostarmos no chão o frio na barriga passou, teria que me acostumar com isso, pelo menos hoje

- Bem vindos a Jacksonville. São 11:05. Permaneçam sentados até que os sinais de afivelar cintos sejam apagados. Verifiquem se estão de posse de seus pertences antes do desembarque que poderá ser efetuado pelas portas dianteira ou traseira. Para outras informações, dirijam-se aos nossos funcionários de recepção em terra. Informamos que é proibido fumar e utilizar o telefone celular até a chegada ao saguão do Aeroporto. O Comandante Portely agradece sua escolha pela Airlines e desejam a todos um bom dia.

[...]

E mais uma vez lá vamos nos dessa vez para Charlotte, ficamos uns 40 minutos esperando o nosso vôo. Agora já estamos no avião esperando para decolar. 
- Sras e Srs Bom dia Meu nome é - Blá, blá, blá, será que querem ficar em casa com minha mãe e minha namorada é pedir demais?, sinto aquele frio na barriga de novo. Mas dessa vez não tem com outra pela janela pois estamos na vila do meio- Informamos que durante o vôo, poderão ser utilizados laptops, jogos eletrônicos e câmeras de vídeo. - pego uma revista qualquer que está qualquer e começo a folhear 
Já estamos a alguns minutos no ar e tem uma criança muito chata empurrando a merda da poltrona com o pé e aquilo estava me deixando com muita raiva, apenas soltei meu sinto fiquei em pé olhei para trás no olhos da criança, não sei o que o menino viu em meus olhos, mas em questão de segundos ele começou a chorar e acordou Dinah que dormiu do meu lado. 
- O que você fez? - falou com voz de sono 
- Nada apenas me levantei da poltrona para pedir para a criança parar de chutar a minha poltrona, porque estava me irritando, ele olhou em meus olhos e começou a chorar - disse enquanto arruma meu sinto 
- Mila, você é filha de Hades, então qualquer coisa que te deixe nervosa ou irritada reflete em seus olhos e para os mortais eles podem sentir medo. 
- Entendo - não, eu não entendo 
Volto a folhear a revista, mas me dá uma puta vontade de ir no banheiro me solto do banco e sigo para o banheiro, novamente sinto que estou sendo observada, apenas me apresso e vou para o banheiro e liberto. No caminho de volta sinto a mesma coisa de estar sendo observada, apenas me apresso para chegar em meu lugar, só mais alguns minutos, só mais alguns minutos, chego em minha poltrona e fico em modo de alerta olhando para todos os lados. 
- Sras. e Srs., solicitamos que afivelem cintos de segurança.- Finalmente vamos descer, não aguento mais isso aqui, ainda bem que só falta mais um vôo 
[...] 
Finalmente Nova Iorque, são 14:55 da tarde, estamos no aeroporto esperando uma amiga de Dinah, diz ela eu é do acampamento, filha de Atenas, a deusa da inteligência e da guerra. 
- Oi - Dinah atende meu celular 
- Ok, espera ai que estamos indo - desliga o mesmo e coloca no bolso 
- Vamos Mila, Lauren já está a nossa espera 
- Ok, vamos então 
Chegamos na entrada no aeroporto, tinha várias pessoas e muitos carros mas uma caminhonete laranja dá ford me chamou atenção com uma garota de cabelo escuro apoiada que gritou por Dinah 
- CHINA, AQUI - a loira a minha frente, saiu correndo na direção da garota e lhe deu um abraço de urso, eu apenas fui andando até lá 
- Oi, sou Lauren, filha de Atenas - estende a mão para mim, me cumprimentando 
- Oi, sou Camila, filha d.. - digo lhe cumprimentando 
- De Hades - disse me interrompendo 
- Vamos meninas? Vocês ainda terão muito tempo para se conhecer - Jane já estava dentro do carro 
- Certo 
- Próxima parada, acampamento meio sangue - Lauren fala entrando no carro 
- Quanto tempo daqui, até lá - pergunto 
- Uma hora e meia - entro no carro, fecho a porta e Lauren da a partida - ficamos alguns minutos em silencio até que Lauren liga o som e pelo que identifico parece ser The sound do The 1975, batuco minhas mãos em minha perna e começo a cantarolar baixinho, enquanto Dinah já está desmaiada dormindo ao meu lado 
- Você gosta dessa banda? - Pergunta 
- Sim, eles não muitos bons 
- Realmente, são mesmo 
Ficamos em silencio de novo, apenas a música ecoava no carro 
- Posso fazer uma pergunta, além dessa? 
- Pode 
- Como foi para você, quando descobriu, que era filha de um Deus do Olimpo 
- Uma loucura, não conseguia entender o porquê de ter monstros atrás de mim 
- Eu ainda não entendo 
- Em algum momento você vai entender 
Um tempo de passou, eu e Lauren ficamos conversando sobre coisas aleatória até chegarmos no acampamento, acordar Dinah foi a parte mais difícil, a entrada tinha colunas dos dois lados e uma passagem no meio acima está escrito Acampamento meio sangue em grego antigo, não sei como consegui ler, mas ok.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...