História A Filha de Hades (Camila G!P) - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mitologia Grega
Tags Camilag!p, Camren
Exibições 48
Palavras 1.527
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Intersexualidade (G!P), Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Capítulo 6 - 5 Disappearance


Fanfic / Fanfiction A Filha de Hades (Camila G!P) - Capítulo 6 - 5 Disappearance

Lauren pov...

Meu nome é Lauren Michele Jauregui Morgado, sou bissexual. Não me venha dizer que sou indecisa porque não sou, eu acho que não. Bom isso não vem ao caso, tenho 17 anos, sou filha de Atenas a deusa da sabedoria e guerra. Meu pai se chama Michael e minha madrasta Clara, tenho meu desentendimento com ela, mas ela é uma boa mãe e tenho dois irmãos o Chris é o do meio e a minha irmã mais nova a Taylor. Vem para o acampamento com 10 anos, foi muito difícil para mim no começo, pois era um mundo completamente diferente do que estou acostumada.
E ver como Camila ficou assustado no começo, me enchendo de perguntas e fez lembrar que quando cheguei aqui, ninguém respondeu as minhas tive que descobrir sozinha. Hoje vou ajudar ela com o treinamento, estou a caminho de seu chalé. Não gostei muito da interação dela com a Ariana, não sei porque mas não gostei.

- Camila, acorda - entro em seu chalé e vejo que ainda está deitada em sua cama
- Não, mãe. Só mais 5 minutos - fala meio sonolenta com voz rouca
- Não sou sua mãe, levanta agora Cabello
- Ah, tá bom acordei - se senta na cama, vejo que ela está apenas de top na parte de cima,
nossa que barriga lisinha e sua tatuagem de lobo ainda meio avermelhada.
- É..é vai se arrumar, vamos ter treinamento hoje, te espero lá fora - saio meio apressada e a espero do lado de fora. Depois de uns 20 minutos ela saí vestindo uma calça jeans clara bem junta, merda, e uma camiseta baby Look com uma frase desconhecida por mim.
- Por que me acordou cedo?
- Todo mundo do acampamento ta acordado já - a olho
- Como minha mãe sempre diz, eu não sou todo mundo - fala rindo e que risada gostosa de ouvir
- A minha também diz isso 
- Mas por que me acordou cedo?
- Vamos treinar hoje, irei te ajudar com algumas coisas.
- Isso não é para mim, não consigo nem andar direito sem cair
- Você vai conseguir, vamos
- Tá, não tem como fugir

Estamos a caminho caminho da Arena de treinamento e já tem semideuses por todo lado.

-Vamos começar com algo bem simples, esgrima.
- Simples? Não sei nem segurar esse troço direito - aponta para a espada
- Por isso vou te ensinar
- Não prometo aprender
- Ok veste isso - lhe entrego os equipamentos de proteção
- O que é isso?
- Máscara de florete, coquilha, protecção de peito feminina, luvas, casaco, calças 
- O que é Coquilha? - Diz ela segurando o objeto em sua mão
- É para proteger bom o seu 
- Aaaaaah entendi - vejo uma coloração avermelhada tomar seu rosto
- Isso mesmo, agora vá se arrumar
- Já vou mãe - dou risada com sua gracinha

Coloco todos os equipamentos, amaro meu cabelo em um rabo de cavalo.
- Isso é desconfortável - vejo Camila andando de forma engraçada
- Isso o que?
- Essa tal que coquilha, está me apertando 
- Você se acostuma
- Tá machucando - faz um bico muito fofo
- Para de moage e vamos começar
- Não é moage, ta doendo 
Olho para ela de forma séria e ela desmancha o  bico na hora
- Vamos
- Você vai segurar dessa forma a espada - mostro a ela
- Está certo?
- Sim
- Quando encostar com a espada no colete, você tem que falar Touché
- Por enquanto tá fácil
- Você deve tentar se defender, sempre
- Ok - coloco a máscara e ela faz o mesmo
Invisto compra ela, e ela dá um passo para trás
- Mas já? - pergunta

Invisto de novo, mas dessa vez  mais rápido e novamente ela recua

- Levante a guarda e só então ataque

Novamente a ataco e ela recua, mas levanta a guarda, invisto contra seu peito, mas ela se defende.

-Isso, tente atacar agora
- Vou tentar

Ficamos treinando mais um pouco, ela estava prestando atenção.

-Touché - ela diz com a ponta da espada em meu equipamento de proteção
- O que? Como assim?
- Você me ensinou bem horas
- É talvez, a propósito seu reflexo é bom
- Obrigada

Camila tira sua máscara, e vejo uma pequena gota se suor escorrer de seu rosto e se perder em seu queixo e reparo em cada em detalhe de seu rosto, seus traços latinos bem marcado, sua boca carnuda perfeitamente desenha

-Lauren - a vejo estralando os dedos em minha frente
- Aah, oi? 
- Onde você está?
- Porque?
- Estou te chamando já tem um tempo
- Estava pensando
- Vamos comer, já tirei meu equipamento e a sirene tocou

Só então reparo que ela já estava com suas roupas normais

- Já vou, espera ai 
- Espero sim

Tiro meu equipamento e guardo as espadas

- Pronto vamos
- Aaaew, comida
- Idiota

A latina ao meu lado, faz uma caretas de dor
- O que foi Camz?
- Nada, é que realmente a coquilha me machucou
- Daqui a pouco passa
- O que vamos fazer depois do almoço?
- Arco e flecha
- Vou me sentir uma Katniss da vida
- Você realmente é uma idiota
- Você gosta
- Iiih, já está convencida assim?

Como já é de rotina, vamos ao refeitório, fazemos nossos pratos caminhamos para nossas mesas separadas. Saio depois do refeitório para esperar Camila no bosque.

- Lolo?
- Sim Dj?
- O Senhor Henry, quem falar com a Camila
- O que o senhor Henry quer comigo? - Camila se aproxima de nós
- Quer te falar sobre a profecia - diz Dinah
- Profecia? O que é isso?
- É como se o seu destino - digo
- Vamos logo, Senhor Henry não gosta de esperar

Caminhamos até a casa central, e Camila estava com uma expressão preocupada. E ela tinha razão, ninguém é chamado para falar de profecia a muito tempo.

- Menina, Camila
- Senhor Henry
- Você sabe por que está aqui?
- Porque sou filha de Hades?
- Isso, e como filha de uns dos três grandes. Você já tem seu destino traçado
- Como assim? 
- O Oráculo irá lhe dizer, suba para o porão

Camila, caminha até as escadas em silêncio até as escadas e começa a subir e a vejo sair de meu campo de visão.

- Senhor Henry?
- Sim, menina Lauren?
- Isso tem a haver com o ataque que ela sofreu?
- Sim, como há foi falado a ela. O pai dela tem muito inimigos e eles querem algo, que não sabemos.
- Isso pode tirar a vida dela?
- Não sabemos quem são, e o que querem.

Ficamos em silêncio até que uma Camila com lágrimas nos olhos r assustada desce das escadas

- Camz - ela corre até mim e me abraça forte, como se tivesse certeza que não iria fugir
- O que ele te disse Camila?
- Ao filho do Submundo, terá dias nas trevas, e dias de luz. Mas antes que isso aconteça perderá coisas importantes e terá que escolher entre o mal e o bem, sua escolha poderá afetar em tua vida dando-lhe mas tempo para viver ou morrerá.

Dito isso Camila se encolhe mais em meus abraços, ver ela desse jeito tão frágil me faz sentir tão fraca e não poder fazer nada.

- Leve a menina Camila ao chalé dela e a deixe descansar
-Vamos Camz

Camila me acompanha até seu chalé, mas nem um nenhum segundo se desgruda de mim.

- Deita e descansa, vai ser bom
- Não quer dormir, quero minha mãe
- Sua mãe não está aqui Camz
- Estou com medo Lolo
- Estou aqui
- Por favor, deita comigo?
- Claro

Caminha até sua cama e se deita, faço o mesmo e deito ao seu lado. Ela se alinha em meu corpo colocando a mão em minha cintura e esconde a cabeça na curva do meu pescoço dou um jeito em sua testa e a vejo fechar os olhos.

[Acabo pegando no sono, quando acordo olho para a porta de chalé e vejo que já está escuro]

Acabo pegando no sono, quando acordo olho para a porta de chalé e vejo que já está escuro. Vago meus olhos pelo quarto e não acho Camila, levando procuro no banheiro não tem ninguém, saio de seu chalé, procuro na arena, no bosque, clareira e nada dela.

- Dinah - corro em sua direção, ela está conversando com alguns campistas
- O que houve Lauren? 
- A Camila - falo meio ofegante, por ter corrido
- O que tem ela? Onde ela está?
- Ela sumiu
- Como assim sumiu?

Explico a história a ela e por onde a procurei.
- Temos que falar para e Senhor H
-Vamos então

Corremos até a casa central a procura do senhor H, que estava ocupando lendo algo

- Senhor?
- Sim Dinah 
- É a Camila
- O que tem ela?
- Ela sumiu...

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...