História A filha do chefe (Imagine Jeon Jungkook) - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Chimchim, Hoseok, Jeonguk, Jhope, Jimin, Jin, Jungkook, Kookie, Namjoon, Rap Monster, Seokjin, Suga, Taehyung, Yoongi
Visualizações 264
Palavras 779
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - Renda-se


Fanfic / Fanfiction A filha do chefe (Imagine Jeon Jungkook) - Capítulo 11 - Renda-se

J-Hope On  

 

Após Jungkook me explicar sobre seu relacionamento, eu tentei acalma-lo. Falei pra ele o que S/n tinha dito que tinha visto. A coreógrafa e a escada... ela tinha entendido tudo errado

 

JH: Então não tem problema, não passou de um mal entendido 

JK: Mas e se ela nunca mais quiser olhar pra minha cara? Deve estar pensando que eu a-traí na cara dura - ele volta a chorar 

JH: Se acalma, a gente dá um jeito nisso 

 

Conforto ele com meu ombro, até que ele seca as lágrimas e fica um pouco mais calmo

 

JK: Como vou contar isso pra o chefe? Além de S/n me odiar, ele não vai permitir eu chegar perto dela de novo...

 

Realmente a situação dele era difícil. Tentei pensar em alguma coisa pra mentir mas nada chegou na minha cabeça

 

JK: Vou ter que falar a verdade. Nem que isso me doa e que S/n me odeie. Eu não posso mentir pra o chefe...

JH: É... você está certo...

JK: Obrigado Hoseok... você é um bom amigo

 

Gosto de ouvir aquilo, então sorrio compreensivo e positivo pra ele

 

JH: Quer que eu vá com você até o chefe?

JK: Não, eu preciso encara-lo sozinho...

JH: Então... boa sorte 

JK: Obrigado 

 

Então Jungkook respira fundo, chama o elevador, que logo chega, e entra nervoso.

 

J-Hope Off

Jungkook On

 

O elevador abriu e eu respirei pesado. Minha cara estava um pouco inchada, mas eu fiz o maximo pra parecer menos choroso. Bati na porta do chefe, que disse para eu entrar. Ele estava sentado em sua cadeira e disse pra eu me sentar na sua frente 

 

SP: Ok, vai explicar o que aconteceu à pouco?

JK: Antes de qualquer coisa senhor, eu queria dizer que eu me importo demais com a sua filha e a-amo mais que tudo nesse mundo 

 

Ele pareceu surpreso com as minhas palavras, mas eu apenas continuei 

 

JK: Nós estávamos juntos durante esse período de tempo que ela esteve com o senhor, a gente saía escondido e também houve a história da escada que me deixou super preocupado. Nós só mantemos em segredo de todos porque o senhor a proibiu 

SP: *suspira* Você então partiu o coração da minha pequena?

JK: Sim - falo de imediato - mas não foi por querer senhor, eu juro. Eu não tive nada a ver 

SP: Você tem noção da gravidade do problema que criou??

JK: Sim, eu sei. Mas foi tudo culpa daquela coreógrafa que estava dando em cima de mim. S/n achou que eu estava a-traindo, mas eu jamais faria isso com ela. Por favor senhor, acredite em mim, eu amo sua filha 

SP: Jungkook, você escondeu seu amor pela minha filha de mim, levou ela para lugares escondidos e largou tudo que estava fazendo para ir atras dela no hospital...

JK: Sim... eu só queria fazê-la o bem, mas parece que eu falhei... - digo abaixando a cabeça 

 

Fica um silêncio na sala, até que a secretária dele entrou e disse 

 

S: Senhor, vim lembrar que tens uma reunião daqui à 5 minutos no andar 4 

SP: Já vou, já vou, obrigado

S: De nada *sai da sala*

 

Ele me olha sério 

 

SP: O fato de você a amar tanto desse jeito... amolece um pouco o meu coração. E você sabe que eu tenho um coração duro

 

Afirmo com a cabeça 

 

SP: Eu vou lhe dar a chance de concertar tudo

 

Sinto meu coração acelerar ao ouvir aquelas palavras. Fico chocado 

 

SP: Eu não quero ver minha filha triste e enquanto ela estava comigo, parecia bem feliz então... já que você a faz sorrir, concerte o que fez agora 

JK: É sério?

SP: Sim, você tem a minha "benção"

 

Me levanto sorrindo e aperto sua mão que assente com a cabeça 

 

SP: Vá atrás dela, e cuide bem da minha pequena 

JK: Obrigado senhor, prometo não decepcionar 

 

Então saio de sua sala, vou à recepção e encontro Hoseok sentado 

 

JH: Resolveu?

JK: Sim! Ele disse para eu ir atrás dela

JH: Que bom! Mas... cê tem alguma ideia de onde ela pode ter ido...?

JK: Acho que sim...

 

Então me despeço de Hoseok e vou direto ao meu carro. Pra garantir o meu não reconhecimento, coloco uma touca preta e uma máscara. Assim, começo a dirigir.

 

Vou até a praça do nosso primeiro encontro, e sorrio ao vê-la encostada na árvore de folhas rosas, apreciando a paisagem. Estaciono e saio do carro. Eu estava indo em sua direção quando alguém me puxa 

 

Xx: Jeon Jungkook, renda-se!

JK: O que está acontecendo??

 

Então viro e vejo alguém mascarado. Ele coloca um pano no meu rosto e seu cheiro me faz adormecer. 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...