História A filha do chefe (Imagine Jeon Jungkook) - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Chimchim, Hoseok, Jeonguk, Jhope, Jimin, Jin, Jungkook, Kookie, Namjoon, Rap Monster, Seokjin, Suga, Taehyung, Yoongi
Visualizações 282
Palavras 571
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Então gente, como eu tinha escrito essa fic antes e o planejamento dela era ser pequena, esse aqui é o último capítulo.
Muito obrigada a quem leu ❤️❤️❤️❤️e se quiserem mais histórias, eu tenho várias na minha conta e algumas mais para postar!!
Tchauzinho e até a próxima 👋🏻👋🏻❤️❤️🙆🏻

Capítulo 14 - Final


UM MÊS DEPOIS 

 

S/n On 

 

Eu havia ido visitar Jungkook em sua casa como eu já vinha fazendo a um tempo. Eu bati na porta e ele abriu. Estava só de calça moletom, segurando duas taças de vinho vazias 

 

JK: Iai? - ele diz me dando um beijo

S/n: Oi - sorri entrando 

 

Me acomodei no sofá. Na frente dele tinha uma mesinha com petiscos e queijos. Comecei a comer e Jungkook apareceu novamente com as taças, dessa vez, com vinho. Me entregou uma.

 

Começamos a beber vinho, comer e conversar normalmente. Quando ele me deu um beijo calmo. Colocamos as taças na mesinha e focamos no beijo. 

 

Ele pegava na minha cintura com delicadeza, e foi subindo seus dedos pelas minhas costas debaixo da minha blusa. Acaricio sua nuca e lhe dou algumas mordidas em seu lábio. 

 

Ele desabotoou meu sutiã e parou rapidamente o beijo com um sorriso, logo voltando a selar nossos lábios. Passo a mão em seu abs e vou descendo até chegar em sua cueca, onde eu passo os dedos devagar chegando em seu membro. 

 

Ele tira minha blusa e eu tiro seu membro de dentro da calça, masturbando-o. Ele me puxa e eu sento em seu colo ainda o-beijando. Conforme o tempo vai passando, o beijo se intensifica e o membro de Jungkook fica duro

 

JK: Olha o que você fez... - ele diz olhando para o mesmo 

 

Então saio de seu colo apenas para tirar meu short e minha calcinha, voltando ao seu colo e encaixando seu membro na minha intimidade. Vamos nos movimentando em sincronia dando prazer pra os dois. Ele termina de tirar meu sutiã, e pega em meus seios debaixo da minha blusa

 

JK: Ah... - ele geme com a cabeça jogada pra trás no encosto do sofá

 

Nossos corpos se encaixavam tão bem e nossos gemidos aumentavam a cada movimento. Então ele resolveu acelerar, me fazendo pular em seu colo. 

 

Ficamos um tempo daquele jeito até que eu chego em meu ápice e saio de cima de Jungkook. Ele volta a me beijar, e se deita no sofá. Me deito por cima dele beijando seu pescoço. 

 

Ele posiciona seu membro novamente em minha entrada e volta a me penetrar. Pega na minha bunda com força e dá alguns tapas

 

JK: Ugh... S/n...

 

Arranho seu abs e mordo seu pescoço, fazendo ele arrepiar. Depois de algum tempinho, ele chega em seu ápice gozando dentro de mim. Para não me deixar "suja" ele se posiciona entre minhas pernas e lambe tudo

 

JK: Aceita um banho?

S/n: Claro

 

Então tomamos nosso banho. Eu tive a chance de passar o sabonete pelo corpo de Jungkook, foi bem interessante... 

 

Assim que saímos do banheiro, eu me vesti com os moletons dele e me deitei em sua cama. Ele foi até a sala arrumar tudo, e voltou pra mim, se deitando ao meu lado

 

JK: Vai passar a noite aqui?

S/n: Sim. Minha mãe acha que estou dormindo na casa de uma amiga... 

 

Ele me olha sorrindo como se não acreditasse que minha mãe tinha acreditado. Nem eu acreditei mesmo. Então lhe dei um beijo e me virei de costas  fingindo o ignorar 

 

JK: É assim agora? - ele diz nos cobrindo 

 

Apenas fico calada. Mas então sinto seus braços envolverem meu corpo e ele me puxar pra perto, nos encaixando em uma conchinha. Ah... talvez eu fosse dormir na casa da minha "amiga" mais vezes...

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...