História A filha do Mestre Pokemon - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pokémon
Personagens Ash Ketchum, Brock, Dawn Hikari, Delia Ketchum, Gary Carvalho, Grace (mãe de Serena), James, Jessie, Max, May, Meowth, Misty, Personagens Originais, Professor Carvalho, Serena
Tags Ash, Filha, Kanto, Misty, Pokémon, Serena
Exibições 38
Palavras 1.485
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Capítulo novo para vocês :)

Leiam as notas finais, tem alguns recados.

Espero que gostem do capítulo e tenham uma boa leitura xD

Capítulo 27 - Entendendo o perigo


[P.O.V. MARIENE]

Após um longo tempo no Centro Pokémon esperando meu Pikachu se recuperar, finalmente tinhamos ido embora e chegado em casa. Ao entrar, vi que Dawn usava um dos vestidos da minha mãe, mas pelo estado que ela chegou, não tinha como continuar com a roupa que ela estava.

Percebi que Klauss não conhecia a Dawn, então falei quem era e que fazia uns 5 anos que não a via. Mas como ele não sabia que aquele vestido era da minha mãe, não falei da forma que ela chegou aqui, até por que eu não sabia o que aconteceu.

Ao me ver, Max fez um sinal para a Dawn, e ela foi para um dos quartos, enquanto Max se aproximava de nós com um olhar muito mais sério que o normal. Ele pediu para a gente se sentar por que o que ele tinha para falar era muito grave. Eu e Klauss trocamos olhares preocupados, e nos sentamos em um dos sofás da sala, enquanto o Max sentou no outro.

[Max] – Mariene, Klauss, o que eu falar agora, o Ash não pode saber de jeito nenhum, tudo bem?

[Klauss] – Tudo bem.

[Mariene] – Por que?

[Max] – Por que ele vai fazer alguma besteira se souber. Prometa que não vai contar.

[Mariene] – Ok.

[Max] – Klauss, você não deve conhecer a Dawn, essa mulher que foi para o quarto agora. Ela é uma das melhores amigas do Ash. Nenhum de vocês sabiam, mas ela estava infiltrada na Equipe Shadow, passando informações para mim e para o Ash.

[Klauss] – Mas ela parece abatida.

[Max] – E está. Ela chegou aqui machucada, muito machucada. Ela foi descoberta, o ex-namorado dela trabalha para a Equipe Shadow e descobriu que ela estava infiltrada, e avisou o Xerosic.

[Klauss] – Então eles podem nos atacar aqui a qualquer momento.

[Max] – Podem. Mas o problema é que a Equipe Shadow não tem piedade. Ao descobrir sobre a Dawn, Xerosic decidiu se vingar. Ela perdeu todos os Pokémon dela, e quase foi morta por ele.

Perdeu os Pokémon? Como assim?

[Mariene] – Perdeu? A Equipe Shadow conseguiu roubar os Pokémon dela?

[Max] – Infelizmente não. Os Pokémon foram eliminados.

[Klauss] – Eles estão...

[Max] – Sim Klauss, estão mortos.

Ao ouvir isso, uma grande raiva se instalou dentro de mim, comecei a ficar possuída pelo ódio, raiva. Eu tentei não demonstrar, mas Klauss percebeu e me abraçou, pedindo para eu me acalmar. De alguma forma, ao sentir o abraço dele, consegui me controlar. Vi que o Max estava com um olhar assustado, como se já tivesse visto aquela cena antes.

[Max] – Mariene, você precisa treinar o uso da Aura urgente. Você quase foi controlada pela Aura Maligna agora.

[Mariene] – Como você sabe? Nem eu sei o que senti.

[Klauss] – Apareceu uma Aura roxa em volta do seu corpo, e sua feição mudou para algo muito assustador.

[Max] – De alguma forma, o Klauss conseguiu te acalmar dessa vez, mas não sei se terá a mesma sorte da próxima.

Olhei para a Espeon e para o Pikachu que estavam no chão, esperando uma confirmação deles. Pikachu apenas concordou com a cabeça, e Espeon falou que viu o mesmo que Max e Klauss. Fiquei com medo do que eu possa fazer caso essa Aura Maligna me controle, eu precisava treinar isso, mas também precisava treinar meu Charmander.

[Max] – Lembrem-se, o Ash não pode saber sobre os pokemon da Dawn. Se ele souber, é capaz de ir sozinho atacar a Equipe Shadow.

[Mariene] – Tudo bem. Klauss, quer ir dar uma volta na praia? Preciso distrair um pouco.

[Klauss] – Vamos. Tudo bem a gente ir Max?

[Max] – Claro. Sei que vocês não esperavam estar enfrentando esse tipo de situação.

[Quebra de tempo]

Eu e Klauss fomos até a praia tentar nos divertir. Fizemos uma corrida de Sharpedo, tomamos um sorvete num dos quiosques, mas diversão mesmo, não teve. A gente não conseguia se divertir com tudo que estava ocorrendo. Agora a gente sabia o verdadeiro perigo que a Equipe Shadow representava. E para ajudar, Klauss percebeu que eu estava pensando em alguma coisa, sempre me perguntava se estava tudo bem ou se eu queria dizer alguma coisa.

Várias vezes tentei disfarçar, mas tenho certeza que ele não acreditou. Já estava de noite e estávamos indo para casa, Max já tinha nos chamado por estar tarde. Eu comecei a andar em direção a casa do meu pai, mas o Klauss me segurou pelo braço.

[Klauss] – Espere. A gente não vai voltar enquanto você não me disser o que está acontecendo.

[Mariene] – Não é nada.

[Klauss] – Eu te conheço Mariene. Sei que está preocupada e pensando em algo, só não sei o que.

[Mariene] – Tá legal, você está certo. Estou realmente pensando em algo.

[Klauss] – E o que é?

[Mariene] – Que devemos seguir caminhos diferentes a partir de agora.

[Klauss] – O QUE? Você tá doida?

[Mariene] – Não Klauss, eu realmente estava pensando nisso. Eu não quero que a Equipe Shadow te machuque para conseguirem o que querem de mim. Mas também não quero que você vá embora.

[Klauss] – Mariene, eu sei de todos os riscos que a Equipe Shadow representa. E vou batalhar contra eles.

[Mariene] – Mas...

Ele me interrompeu colocando o dedo indicador na frente da minha boca, indicando para eu ficar quieta.

[Klauss] - A gente está junto nessa. Vamos treinar, ficar mais fortes e derrotar Xerosic e a Equipe Shadow.

[Mariene] – Como você consegue ser tão calmo numa hora dessas?

[Klauss] – Para falar a verdade, não sei.

Suspirei ao ouvir isso. Será que ele não entende o risco que essa Equipe Shadow representa? Voltamos a caminhar em direção à casa do meu pai, e quando chegamos perto de casa, fomos parados pela Equipe Rocket.

[Klauss] – Vocês de novo não. – Ele disse enquanto já pegava uma pokebola.

[Mariene] – Klauss, não ataque.

[James] – E então pirralhete, pensou no acordo?

[Klauss] – Acordo?

[Mariene] – Klauss, já se esqueceu da proposta que eles fizeram em Celadon? Equipe Rocket, tenho algumas condições para aceitar. Primeiro, só vou defender o ginásio de Viridian, segundo, quero proteção extra para minha família, para o Klauss e para a Dawn e por último, quero que o seu chefe passe para mim ou para o meu pai o poder de dar ordens para vocês três.

[Jessie] – Você não está em posição de colocar condições.

[Mariene] – E vocês não estão em posição para responder pelo seu chefe.

[Meowth] – Ela tem razão. Já falhamos demais com ele. Pirralhete, amanhã voltaremos com a resposta.

A Equipe Rocket foi embora, e percebi que Klauss ficou surpreso por eu ter aceitado uma trégua, mesmo com as condições que coloquei. Mas se meu pai estava confiando em uma trégua, eu também confiaria.

Depois disso finalmente voltamos para casa. Dawn estava na sala, ainda muito abatida. Ela parecia sem vontade de fazer nada. Queria ajudar de alguma forma, e até meus Pokémon perceberam o estado da Dawn. Eles olharam para mim, e apenas assenti, já entendi o que queriam fazer.

Espeon e Pikachu subiram no sofá, Espeon foi para o colo dela e Pikachu foi para o ombro, esfregando seu rosto no dela. Mas não sei se foi uma boa ideia. Ela olhou para o Pikachu e para a Espeon e começou a chorar.

[Mariene] – Desculpa Dawn. Eles só queriam ajudar.

[Dawn] – T... Tá tudo bem. Não precisa se preocupar. É que lembrei do Piplup e do Pachirisu, que sempre ficavam assim comigo. Mas obrigada pessoal, de verdade.

[Klauss] – Dawn, pode ter certeza, eu vou fazer o Xerosic pagar por isso. Ele passou dos limites.

[Mariene] – Você nada. Nós vamos.

[Dawn] – Obrigada. Vocês têm a mesma coragem do Ash.  Mas não sejam irresponsáveis. Já basta eu sofrendo, deixem isso com o Ash.

[Mariene] – Não. Essa batalha é minha. Eles estão atrás de mim por causa da minha Aura, sou eu quem tenho que parar eles.

[Klauss] – E eu vou ajudar.

[Dawn] – Tomem cuidado, a Equipe Shadow é muito pior que qualquer outra. Agora vão dormir, o Max me falou que amanhã vocês vão treinar bastante.

[Mariene] – Está bem. Boa noite Dawn. Boa noite Klauss.

[Klauss] – Boa noite Dawn, boa noite Ma...

Deixei Pikachu e Espeon com a Dawn e fui dormir.

[SONHO ON]

[Mariene] – Calma Klauss, eles vão sair dessa.

[Klauss] – CALMA? COMO VOU TER CALMA? A EQUIPE SHADOW ATACOU MEUS PAIS E AGORA ELES ESTÃO INTERNADOS CORRENDO RISCO DE MORRER!

[Mariene] – Eles estão no melhor hospital de Hoenn...

[Enfermeira] – Klauss?

[Klauss] – Sou eu.

[Enfermeira] – Seus pais estão estáveis, mas ainda não estão fora de risco. Vá descansar. Qualquer novidade nós avisamos.

[Mariene] – Estaremos no Centro Pokémon. Obrigada enfermeira

[SONHO OFF]

Acordei assustada e me dei conta que foi um sonho, ou talvez uma premonição novamente. Olhei no relógio ao lado da cama e vi que eram 4 horas da manhã. Decidi voltar a dormir, mas já sabia que precisaria que o Klauss tirasse os pais dele de onde estivessem. Não sei se era sonho ou premonição, mas precisava evitar o pior.


Notas Finais


Espero que tenham gostado.

Os próximos capítulos terão alguns Time Skips, não irei mostrar TODO o treinamento do Charmander da Mariene e nem o treino da Aura por completo.

Preciso de sugestões para o 6º pokémon da Mariene. Tem que ser do tipo Psíquico ou Água e capaz de Mega Evoluir, além de não poder ser lendário.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...