História A filha do técnico - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cara Delevingne, Cesc Fàbregas, Eden Hazard, John Terry, Oscar Emboaba, Thibaut Courtois
Personagens Cesc Fàbregas, Eden Hazard, John Terry, Oscar Emboaba, Personagens Originais, Thibaut Courtois
Tags David De Gea, José Mourinho, Mariana Mourinho, Thibaut Courtois, Triângulo Amoroso
Exibições 47
Palavras 844
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


HSKDKDKS VOLTEI
DEPOIS DE MUITO MUITO MUITO MUITO TEMPO MESMO TA AI MAIS UM CAPITULO!! Beijo

Capítulo 27 - Eu tenho que te dizer uma coisa, David


Esperei ansiosamente pela resposta da médica, que saíram em alguns segundos.

- Está tudo bem com seu pai, ele está reagindo bem aos medicamentos, a cirurgia foi completamente tranquila. Ele já está no quarto faz um tempo, só estava esperando ele acordar e se recuperar da anestesia. Quer visitá-lo?- Perguntou.

- Sim, por favor.

Fui antes de todos, porque sabia que ele queria conversar comigo.

- Oi, pai.- Falei com um pouco de vergonha abrindo a porta do quarto.- Tudo bem?

- Você é louca.- Falou me olhando um pouco estressado.- Eu não te criei pra ser esse tipo de mulher, que beija todos os homens que vê pela frente. 

- Pai, é completamente diferente. Eu não beijei quem eu vi pela frente. Você tem que entender que eu já tenho 23 anos, já tenho meu trabalho, já tenho uma vida. Até quando você vai querer me prender? Até eu completar 70 anos? Me desculpa, mas não, eu vou continuar sendo como eu sou.

- Eu não quero falar com você agora, pede pra sua mãe e pro seu irmão entrarem. Depois eu falo com você.

- Pai...

- Mariana, não força. Você já me disse tudo que tinha pra falar, agora me dê um tempo para digerir tudo isso. Depois eu resolvo o que eu faço com você.

- Como assim o que você vai fazer comigo?

- Modo de falar,  como você disse, você é maior de idade e eu não posso fazer nada. O que eu quis dizer foi que eu resolverei como ficará nossa relação. Preciso de um tempo.

Fui até ele e o abracei, mesmo sabendo que ele estava muito estressado comigo. Deixei algumas lágrimas caírem e ele passou a mão em minhas costas. Dei um beijo em sua bochecha e saí do quarto. Chamei minha mãe e meu irmão e pedi pra eles me ajudarem.

Courtois veio em minha direção e deu um beijo em minha bochecha, em seguida segurou minha mão e me levou para seu carro.

- Onde nós estamos indo?- Perguntei confusa.

- Tomar sorvete.

- O que? Meu pai está no hospital, são 9 horas da manhã e está um frio desgraçado. Você está louco?

- Mariana, você não come nada faz muito tempo, você está mil vezes mais magra do que antes, se você não comer agora, eu vou enfiar um prato de comida na sua boca. Para de se preocupar um pouco!! Eu sei o que eu estou fazendo! Para um pouco, respira, esquece os problemas! Para.

- Tá.- Falei depois de respirar fundo.

Fomos no mesmo parque que fomos quando saímos pela primeira vez. Ele comprou um sorvete para mim, do mesmo sabor e no mesmo lugar. Pelo fato de estar de dia, o lugar estava lotado, então várias pessoas nos olhavam, mas não chegavam a vir pedir para tirar fotos.

Andamos um pouco enquanto tomávamos nossos sorvetes e conversávamos sobre esse tempo que passamos separados. Ele disse que os pais dele tinham vindo passar um final de semana em Londres, mas já estavam na Bélgica novamente.

- Mari.- Chamou e eu o olhei.- Nada, deixa pra lá. 

 

(...)

 

11:32 AM

Meu pai pediu para me chamarem, pois queria conversar comigo. Fui praticamente correndo e quando entrei em seu quarto, ele me deu um sorriso que me confortou e abriu os braços para eu abraçá-lo.

- Filha, não fique assim. Eu preciso aprender a me controlar, me desculpe, o papai é um bobo.- Comecei a chorar.

- Eu estou tão assustada, pai.- Segurei sua roupa mais forte.- Eu nunca tinha passado por isso, eu não sei o que fazer.

- Mari, escute a voz do seu coração, não a voz dos outros.

- Você acha que eu já não tentei fazer isso?

- Você já tentou, mas não conseguiu. Faz o seguinte, vai pra casa, desliga tudo, celular, televisão, tudo. Pensa bem, pensa com carinho, quando decidir, pega o carro, vai atrás de algum deles e conversa. Vou te apoiar em qualquer decisão que você tomar.- Falou e beijou minha cabeça.

- Eu te amo demais, pai.- O abracei mais forte.

- Eu também te amo demais.- Retribuiu o abraço na mesma intensidade.- Vai pra casa, toma um banho e pensa. Quero saber como essa história vai acabar.

- Tá bom.- Sorri e beijei sua bochecha.

Saí do quarto e Courtois me levou em casa, entrei, percebi que não tinha ninguém e agradeci mentalmente. Desliguei o celular e o coloquei dentro da gaveta do criado-mudo. Deixei a banheira enchendo e peguei um pacote de batatas na cozinha.

 

(...)

 

5 PM

Entrei no carro e dirigi até Manchester. Eu estava decidida e não iria voltar atrás. Acelerei mais um pouco, já que as ruas estavam praticamente vazias e cheguei a casa de David. Por sorte seu carro estava na garagem, o que me deu certeza de que ele estava em casa.

Toquei a campainha diversas vezes e ele abriu a porta com uma cara surpresa.

- Mariana, que surpresa boa, entra.- Me abraçou.

- Eu tenho que te dizer uma coisa, David.


Notas Finais


O que será que ela vai contar pra ele???? Ela escolheu ele ou ela não quer mais ele??? Aaaah mds


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...