História A fofa e a gótica - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7
Exibições 66
Palavras 2.827
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Festa, Hentai
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OIEE, estou animada com esse cap!

Capítulo 8 - Melhor amigo <3


Capítulo anterior

- É que eu...queria saber se você vai no jantar esse domingo que vai ter entre nossos pais? - pergunta Jackson, a Kim e o Jeon já havia ido para o refeitório e Park me esperava na porta.

- Esse mês vai ser com os seus pais? Ah, sim eu vou, meio que sou obrigada a ir todo mês com eles e conhecer pessoas que  nunca vi antes! - digo num tom irônico. 

- Min, vai bater o sinal e você ainda de papinho com ele! Da para acelerar aí ou não? - Park fala cruzando os braços e olhando para o lado. Tão fofo irritado. O que eu tô pensando?

- Quieto!... hum... tenho que ir professor. - falo olhando para ele. - Até mais.

- Até mais Senhorita.Hee. - eu ia me curvar em forma de despedida, mas ele me ergue pelo queixo e vira meu rosto depositando um selar em minha bochecha. "Oxi, esse povo de Seul é doente né?" pensei. Me direcionei para porta, Park me olha com o semblante não muito legal e pega em minha mão direita me puxando para o corredor. 

- Você tem problema? - eu pergunto me soltando.

- Sim, e esse problema se chama GAROTOS! - ele fala dando ênfase na última palavra. 

- Park vamos logo, estou com muita vontade de me enfiar debaixo de uma árvore, escutar música, esquecer que estou em uma escola e entrar no meu mundinho. - eu falo indo para o refeitório. 

- Min, me espera cacete! - diz ele me alcançando. 

Chego no refeitório e todos me encaram. A primeira coisa que vem na minha cabeça é "Eu estou com bosta na cara para as pessoas ficarem me olhando tanto assim?". Vamos em direção a mesa que sempre ficamos, Seok Jin não estava lá. 

- Finalmente! O que o professor Jackson queria? - pergunta Jeon, que no caso estava a minha frente na mesa, do meu lado estava Yoongi e do meu outro lado estava Park.

- Ele me perguntou se eu iria em um jantar cliche que haveria entre nossos pais. - eu falo me ajeitando no banco. - Yoongi, tem como você ir maislpara o lado? É que eu estou espremida aqui sabe? - eu falo empurrando ele para o lado com a minha cintura. 

- Ata - ri- Claro! - ele diz indo mais para o lado.

- Foi isso mesmo que eu vi? - brota Jin com uma bandeja que continha três latas de Coca Cola e três bolinhos pequenos. - Yoongi sendo gentil? Nossa! - ele fala se aproximando de Park e eu. 

- É para nós? - Park pergunta com um sorriso surpreso. 

- Sim, vocês demoraram então eu peguei para vocês. - diz Jin colocando uma Coca Cola e um bolinho para mim e depois para Praga Park. 

- Valeu Jin! - eu falo olhando para cima, pois ele estava de pé atrás de mim com as mãos em meus ombros. 

- Obrigado hyung! - Park fala abrindo a lata.

- Por nada crianças. - Jin sempre sendo meigo com todos. Abri minha latinha e bebi, olhei para Kim e ela estava séria. Antes de dar uma mordida no meu bolinho eu pergunto a ela:

- Esta tudo bem Kim? Não falou comigo desde da hora que cheguei aqui. - eu falo e todos na mesa nos olha. 

- Unnie, eu tenho que falar com você. - fala ela seria olhando em meus olhos.

- Agora saeng? Quando estou comendo? - pergunto brincando, mas percebo que é um assunto sério e falo:

- Ok, vamos na onde eu sempre fico. - eu falo me levantando e Kim também. 

- Esta tudo bem Kim? - pergunta Jeon segurando o braço dela com delicadeza antes dela sair da mesa.

- Sim. - ela sorri mas eu percebi que foi BEM falso. Ela não sabe disfarçar e nem mentir. 

- Quer que eu vá com vocês? - Jeon e sua preocupação. 

- Não precisa e também eu só quero um tempo com minha amiga. - aham sei!

- Quer que eu vá, Min? - pergunta Park e Yoongi ao mesmo tempo. 

- Acho que não, se a Kim não quer que nem Jeon vá, vocês vão? Vamos Kim. Você está me deixando preocupada! - eu falo saindo de perto deles sendo seguida por ela.

Chegamos debaixo da árvore e nos sentamos, tirei meu fone e encarei ela.

- Desembuxa! - eu digo, já não estava mais aguentando esse mistério todo.

- Ham... lembra que eu fazia curso de informática que terminei a uns 6 meses atrás? - ela pergunta e eu assento. - E lembra  também que eu te disse que estava gostando de um garoto do curso? - novamente uma pergunta e eu novamente assento. - Então, ele era o Jackson. - ela termina e eu fico brava com ela.

- NÃO ACREDITO QUE ERA APENAS ISSO! ACHEI QUE VOCÊ TINHA ENGRAVIDADO DO JEON E FUDEU COM A SUA VIDA POR COMPLETO! - eu grito e ela pula em cima de mim tampando a minha boca. Eu estava deitada na grama e ela em cima de mim. 

- Fumo foi?! Gritando dessa forma as pessoas vão achar que isso aconteceu realmente, idiota! - fala ela saindo de cima de mim.

- Enfim, o que tem isso? Você está com Jungkook agora não é? - eu falo e ela ergue as sobrancelhas e joga a cabeça pro lado em uma forma de concordar. - Então PRA QUE TODA ESSA SERIEDADE?! SABIA QUE VOCÊ ME DEIXOU PREOCUPADA, SUA VACA?! - eu grito novamente e ela ri, fdp, ri da desgraça alheia. Só eu posso fazer isso!

- Desculpa, é que é desconfortável essa situação, tipo, o cara que eu gostava e o que gosto atualmente no mesmo local, é estranho. - fala ela se levantando e estendendo a mão para que eu pudesse me levantar com sua ajuda.

- Eu hein, cada coisa e assunto esquisito que compartilhamos que só por Deus. - de nós risada e ela passa o braço por volta do meu pescoço e eu Abraço sua cintura e seguimos para o refeitório. Chegamos na mesa rindo e eles nos olham confusos. 

- O assunto não era sério? Por que estão rindo afinal? - diz Namjoon. 

- Era a coisa mais idiota do mundo. - eu falo me sentando. 

- Podemos saber o que era? - pergunta Hoseok. 

- Claro que não! - Kim e eu falamos em coro.

- Não vamos começar com isso de ficar falando juntas que nem eles porque aí seria muito besta da nossa parte, Kim! - eu falo finalmente tomando um gole da minha coca. 

- Isso não é besta! - falam todos juntos. 

- É sim! - fala eu e ela, nos olhamos e falamos juntas de novo.

- Ah não! É contagioso! - dizemos e todos na mesa rimos. 

- Taehyung você tá bem? Tá tão quieto. - eu falo olhando para ele, que se encontrava ao lado de Yoongi. 

- Sim, as vezes você tem que escutar ao seu redor e curtir, como estou fazendo agora. - ela fala me olhando, eu confesso que amei essa frase e vou levar ela pra vida!

- Nossa, que profundo! - fala eu e Park. Nos olhamos e rimos. Termino de beber e comer minhas coisas e logo após bate o sinal. 

Depois de duas aulas

Faltava cinco minutos para a terceira aula, que era a minha favorita, EDUCAÇÃO FÍSICA! Aleluia, esperei cinco aulas pra essa maravilha.

- Por que você está tão agitada? - pergunta Jeon dando risada.

- Porque a minha aula predileta vai começar em quatro minutos! - eu falo virando para trás para poder olhar para ele. Jungkook é um ótimo amigo e se ele faz a Kim sorrir, eu o amo! A Kim sofria muito bullyng na infância, mas ela sempre saia por cima, pois seus pais são ricos, tirava/tira nota boa e é super gentil, e como ela mesma disse, "Gentileza gera gentileza", e a frase que eu sempre falava/falo é "Gentileza gera você se fudendo muito". Até porque comigo sempre foi assim, principalmente com as meninas, por isso sempre tive amigOs, a única foi a Kim mesmo. 

BATEU O SINAL!

- Graças a Deus! - eu e Tarhyung falamos ao mesmo tempo, nos olhamos e ele falou:

- Parece que é contagioso de verdade! - rimos. 

- Vamos? - fala Park, acho que todos gostamos de educação física, menos a...

- A não, a pior aula que existe! Qual é a finalidade de acertar uma bola numa cesta?! - reclama Kim, ela nunca gostou de esportes, diz ela não ser boa em nenhum, e realmente não é, mas ela não tentou então...

- Pelo menos fique na arquibancada torcendo pelo time, que não sei qual vou jogar, vencer! - eu falo indo até ela. 

- Você lembra que o uniforme é extremamente curto né? - ela pergunta e eu fico parada, aquele shorts é muito curto, SENHOR! 

- Calma Min, não é o fim do mundo. - fala Jeon apoiando o braço no meu ombro.

- Não sou encosto para você se apoiar em mim, não , querido! - eu falo tirando o braço dele de lá. 

- É que você é baixinha. - ri ele.

- Você quer morrer?! - eu falo olhando pra ele com um olhar mortífero. 

- Não, desculpe. - fala ele rápido,  rimos e saímos da sala indo em direção ao vestiário. Nós iríamos ficar com a sala do Jin, Namjoon, Yoongi e Hoseok. Fui ao meu armário e peguei o uniforme, era um shorts amarelo (pior cor, só perde pro laranja) com as laterais azul escuro, um top preto que ia por debaixo da camisa larga regata também amarela com o seu sobrenome e qualquer número que eram azul escuro também, o meu número era o 9.

Fui para o lugar de trocar de roupa que esqueci o nome e me troquei, coloquei outro tênis e fiz um rabo de cavalo frouxo, quando ia saindo daquele lugar onde várias meninas se encontravam trocando de roupa, a Yuki (ex do Jeon) me para, o que essa desgraça quer comigo agora? 

- Então quer dizer que a sua amiguinha está com o Jungkook-oppa?- ela pergunta com sua voz fina do caramba.

- Eles estão andando juntos? - ela assente - De mãos dadas? - assente - Dando selares toda hora? Que me da vontade de vomitar? - assente - Então eles estão namorando né, sua monga! - falo como se fosse óbvio. Empurro ela pro lado de leve e passo. Vou para a quadra, a arquibancada já está cheia, a quadra estava um pouco mas não tanto. Procuro a Kim com os olhos e a encontro, vou até ela que estava sentada em um dos bancos onde ficam as pessoas que não vão jogar, no degrau da grande escada que estava atrás dela (é onde o povo assiste o jogo) estava os nossos amigos. 

- Não vai jogar Kim? - pergunto parando na frente dela que mexia no celular. 

- Claro que não! Não sei jogar basquete. - ela fala olhando pra mim. Olho para cima e vejo os meninos, Namjoon me chama e eu vou, tomara que seja rápido pois o jogo logo vai começar. Subo as escadas até ele, é desconfortável subir as escadas com um shorts minúsculo mas tá né. 

- Fala rápido Namjoon! - falo e ele me chama pra mais perto, então ele fala no meu ouvido. 

- Min, esse é o maior shorts? - assento - É porque...sabe...Vários olhares estão sendo direcionados a você! - ele fala e nesse momento eu quis enfiar minha cabeça em um buraco, e a dele também. Dou um tapa leve em seu braço, dou risada e desço. 

Dividimos os times, Yuna e suas empregadinhas ficaram no time oposto do meu, vou esfregar na cara dessa troxa que sou melhor do que ela na maioria das vezes. 

As meninas do meu time são realmente ótimas, jogam muito bem, e são legaizinhas também. O jogo acabou e o time vencedor foi o MEU. Quando ganhamos, todas foram se abraçar, como é regra, eu fui, e sorrindo, essas meninas são muito legais. Eu estava morrendo de calor com aquela camisa, como eu estava de top, tirei aquela coisa quente e   uma garota do time, que foi a que eu mais me dei bem entre elas, o nome dela era/é Jung Sun, só que eu chamava ela só de Sun tambem tirou. Eu fui em direção a Kim que comemorava feito loca. 

- Ganhamos porra! - eu e ela gritamos ao mesmo tempo, temos que parar de falarmos juntas, mas é legal. 

- Kim, eu vou tomar um banho ok?  - eu estava indo até o banheiro, só que Yoongi me chama na arquibancada. 

- Fala Yoongi. - fui chegando perto dele. Percebo o olhar dos moleques em mim e tento me concentrar em Yoongi. 

- Quando a Kim falou que você era boa no basquete, não sabia que era tanto assim! Parabéns! - ele se enrola um pouco pra falar, espero que não seja por causa do que estou pensando. 

- Ah, obrigada, agora eu tenho que ir, esta muito calor e essa roupa é mais curta do que a memória da Kim. - eu falo e nós rimos. Desci as escadas, sou parada novamente, mas desta vez, pelo Mark. 

- Min! - ele exclama e eu o olho. 

- Diga logo! - eu falo já perdendo a paciência. 

- Que dia você pode ir em casa, para ir...- morde os lábios - estudar? - fdp, tinha me esquecido. 

- Como hoje é sexta, pode ser amanhã? Umas 14:00? - pergunto a ele que demorou um pouco para responder pois estava encarando meu corpo, apenas ignorei. (Autora: Estavam encarando o corpo da Kim também,ok?)

- É pode ser sim! Até mais! - ele ia se virar só que por alguma coisa, ele virou de volta, correu até mim e me abraçou, fiquei sem reação mas abracei de volta. 

- Isso foi por você me ajudar - me abraçou mais forte - e por vencer o jogo. - ele saiu e eu fui pensando no que caralhos aconteceu, entrei no banheiro e tomei banho. 

Terminei, eu estava com a mesma roupa que eu vim para escola e fui me encontrar com a Kim para irmos para casa. Achei o Hoseok e fui perguntar se ele viu ela.

- Hoseok, viu a Kim por aí? - perguntei a ele que para e me olha.

- Ela pediu para avisar que foi em uma cafeteira com o maknae. - ele falou e me subiu uma vontade de pregar a cara dela e a de Jeon no chão. 

- Nossa, ela vai ver! E eu? Como fico? Eu queria ir na cafeteira também e ela sabia disso, pois eu falei pra ela que estava com vontade de tomar chocolate quente lá! - eu digo já brava e apertando os punhos. 

- Calma Min! - riu- Eu te acompanho até em casa, você mora na rua de cima de casa, e um dia te levo para a cafeteira tá? - ele diz rindo e com as duas mãos no meu ombro. Assenti e caminhamos.

- Você não tira esses fones de ouvido? - ele pergunta, já estávamos perto de casa.

- Estou no meu mundo quando estou com eles. Não achei que seria tão divertido ficar um tempo com você, Hoseok!  - e é verdade, ele é uma ótima companhia. 

- E você consegue ser legal e rude ao mesmo tempo. - ele diz e então paramos  em frente a minha casa.

- Annyo Hobi - eu falo em frente a minha porta. 

- Você me chamou de que? - ele fala sorrindo de orelha a orelha. 

- Não me faça repetir, não gaguejei e saiu sem querer esse seu apelido. - eu falo, ele se aproxima, estende o dedo mindinho e diz:

- Promete ser Minha melhor amiga? - oxi, por que do nada isso? 

- Tá doente? Por que assim, do nada? - eu pergunto e ele continua com o dedinho estendido. 

- Porque eu sei que não vou encontrar uma garota como você, pra mim, você é como uma irmã. - que ser humaninho mais fofo. Coloquei meu dedinho junto ao seu e falei.

- Prometo Hobi. - ele sorri.

- Até amanhã Yumi.  - entrei dentro de casa e com a mochila subi para meu quarto, entrei nele, joguei ela na poltrona preta que tinha no meu quarto e fui tomar banho. Sai do banheiro do meu quarto e coloquei uma camisa vermelha que era do meu amigo de Busan, que dormiu uma vez em casa e acabou esquecendo lá, como ela ficava um vestido em mim, não coloquei shorts, desci e comi Doritos e bebi Coca enquanto assistia Prisão Break (uma seria que não sei como se escreve más amo) .

Umas 16:00 a Kim chegou, ela foi tomar banho e depois ficou assistindo comigo. De janta pedimos pizza. Conversamos muito e demos muita risada, contei a ela que eu e Hoseok somos "irmãos". Quando era 22:31 fomos dormir. 

Continua?


Notas Finais


Oi gente, não sei porque demorou tanto assim pra mim escrever esse cap, mas eu comecei era 00:16, sem brincadeira! E agora são 5:21!
Então foi isso, comentem o que acharam, o que querem que aconteça na fic e é isso.
Bjs.
>.<


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...