História A forbidden love - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Anna, Emma Swan, Lacey (Belle), Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Regina Mills (Rainha Malvada), Robin Hood, Sr. Gold (Rumplestiltskin)
Tags Outlaw Queen
Visualizações 44
Palavras 1.581
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


voltei, demorei mais do que o normal dessa vez para atualizar,mas ultimamente estou muito ocupada com a escola mas sempre que puder irei tentar atualizar, sempre se precisa de um probleminha para deixar tudo mais emocionante não e mesmo, bom espero que gostem,boa leitura.

Capítulo 6 - Como sairemos dessa?


Fanfic / Fanfiction A forbidden love - Capítulo 6 - Como sairemos dessa?

REGINA POV 

Fui acordando lentamente com um sorriso estampado no rosto quando me deparo com o relógio e então me dou conta que estava atrasada, levanto as pressas para o banheiro e rapidamente faço minha higiene matinal, arrumo meus cabelos,apenas passo uma maquiagem Leve e visto a primeira roupa que vejo pela frente, já estava meia hora atrasada e justo hoje a primeira aula era do senhor gold, pego minha bolsa e saio correndo do quarto em direção a sala.

- licença 

Vou entrando na sala discretamente 

- posso saber por que se atrasou tanto?

Gold se vira para mim lançando um olhar ameaçador 

- o meu despertador acabou não despertando hoje e acordei um pouco mais tarde do que devia.

Me sento na carteira mais proxima que vejo 

- Vejo que você senhorita Mills se atrasará para a próxima aula, porque assim que a minha terminar você ficará aqui para conversar comigo.

- Mas...

Não termino de falar e ele já me interrompe 

- Nada de mas, agora abra seu caderno e livro e comece a fazer as atividades.

Ele grita comigo em frente a todos os alunos e sinto minhas bochechas corarem de vergonha.

Comecei a fazer minha atividade e sinto uma bolinha de papel ser jogada em mim, me viro e vejo que era zelena.

- O que você quer?

- Quero saber como foi a noite de ontem, você sumiu e também o por que do atraso.

- Vai cuidar da sua vida zelena antes que faça a minha ficar ainda mais problemática.

- Ei não precisa falar assim comigo 

- Desculpa, mas se gold ver a gente conversando por mais que seja sussurrando ele irá me dar uma baita de uma bronca.

Quando zelena ia me responder escuto um barulho de cadeira se arrastando e olho em direção a gold e vejo o mesmo se levantando.

- Vocês não gostariam de compartilhar com a sala sobre o que conversavam?

- Não era nada só perguntava a zelena sobre a atividade.

Digo voltando a minha postura anterior 

- Qual a dúvida que você não pode tirar comigo?

- Poxa, já falei que não e nada, desde que entrei nessa sala não me deixa em paz, para de pegar em meu pé e larga de ser intrometido pelo menos uma vez.

Acabo alterando um pouco mais minha voz.

- Alunos vocês estão liberados,saiam agora.

Todos vão saindo rapidamente,olho para zelena e vejo a mesma me desejar boa sorte,afinal eu realmente merecia, mudo meu olhar dela para gold que estava parado em minha frente.

- Como ousa falar assim comigo, isso e desacato senhorita Mills.

- Apenas falei a verdade 

- Saiba que terá que ficar na detenção hoje novamente e fazer trabalho comunitário por uma semana além de que também irei mandar um bilhete ao seus pais.

Arregalo os olhos 

- Isso tudo apenas por que falei assim com você?

- Não isso tudo que ainda e pouco em minha opinião, apenas por você ter se atrasado, ter faltado com respeito a mim e por ter dormido com um professor.

Minha respiração fica falha quando ouço ele tocar no fato de que havia dormido com Robin,mas como será que ele sabia sendo que não contei nem para zelena.

- Dor.. Dormir com um pro... Professor?

Começo a gaguejar involuntariamente

- Isso mesmo que você ouviu, ou você irá negar, saiba que se negar este fato terá grande consequências.

- Sim, mas foi um acidente 

Olho para ele com ódio 

- Melhor assim, não irei entrar em detalhes para isso não se tornar ainda mais constrangedor para você.

- Mas o que você tem a ver com minha vida? Por que não simplesmente contou para o conselho?

- Eu tenho muito mais a ver com sua vida do que você imagina Mills, e não te interessa meus motivos. 

Ele se vira, pegando seus pertences e indo para a porta.

- Não esqueça da detenção e do trabalho comunitário 

Já ia lhe responder mas ele sai fechando a porta.

- Ahhh que ódio, eu vou matar a fofoqueira que contou para ele 

Vou derrubando todas as cadeiras e mesas ao meu redor para descontar minha raiva, deixo a sala uma zona, pego minhas coisas e saio da mesma indo encontrar zelena.

- Zelena 

Vejo a mesma indo em direção ao campo e me aproximo 

- Oi Gina, eai como foi com a vagaranha?

- O que?

- É ue vagaranha velha foi o apelido que coloquei nele.

Dou risada 

- Adorei e irei usar se não se importa.

- não me importo, mas então o que ele falou com você?

- Ah Zel, nem liguei em ele brigar comigo pelo atraso e pela falta de educação naquela hora, mas eu estou preocupada e com outra coisa.

- quero saber o que é, mas me fala ele não te deu nenhum castigo?

- Claro que deu, se não não seria o senhor gold de sempre, você acredita que eu irei ter que fazer serviço comunitário por uma semana e ainda ter que ir a detenção hoje.

- Isso tudo só por um atraso?

- Pois é, ele é louco, várias vezes a belle se atrasa, mas não que eu esteja a dedurando porque gosto muito dela mas acho injusto ser só comigo, parece que ele sempre não gostou de mim.

- Sabe eu te ajudaria com o serviço comunitário mas você sabe que ele não irá deixar.

- Eu sei sim e aliás não precisa se preocupar eu me viro mas mesmo assim obrigada.

- Que isso você sabe que pode sempre contar comigo. Agora me conta o que te deixou preocupada 

- Isso que estranhei ele não me castigou por essa falha,apenas me ameaçou  

- Desde quando ele pode te ameaçar?

- Eu sei que não, mas dessa vez terei que aceitar ou então prejuducarei outra pessoa.

- Regina você está me deixando preocupada.

- Tá vamos lá, assim, eu conheci um professor, você sabe quem é, ele também é seu professor,mas enfim, no mesmo dia em que o conheci,senti algo diferente por ele,mesmo sem nunca ter falado com ele, é a mesma coisa que se sente quando é amor a primeira vista entende...

- Para de enrolação 

- Então, eu fiquei na detenção aquele dia para variar, e ele estava lá tomando conta dos alunos, e apenas estava eu, então ficamos sozinhos mas no começo eu comecei a dar em cima dele sabe, e ele meio que me evitou,tanto que passou quase o horário interio da detenção fora da sala...

- Regina não acredito que você deu em cima de um professor 

- Cala boca e escuta, ai ele passou uma atividade enorme e eu fiz, bem nervosa claro, mas fiz e quando deu o horário e ele voltou para a sala,veio com uma de ter meia hora a mais de detenção, como ordem do diretor,claro que não retruquei para não dar mais problemas para mim e então ficamos nós lá. Ele foi corrigindo minha atividade e pediu para me aproximar e acabei não evitando em dar em cima dele novamente,mas bem na hora a luz acabou...

- Ah verdade, já até imagino onde termina ne 

- Daqui a pouco paro de contar se continuar. Mas então, a luz acabou e ficamos sozinhos no escuro por um tempo,até que não aguentava mais de calor e tirei a blusa, e realmente não foi intencional.

- uhum sei 

Sorrio me lembrando da nossa primeira vez 

- Ai eu sei que ele acabou cedendo ao desejo que era notório, e quase fizemos na sala, mas na mesma hora apareceu alguém e assim foi bla bla bla, ninguém descobriu e então ele resolveu me levar no quarto já que estava escuro e eu podia me perder, então quando chegamos em meu quarto o puxei para dentro e fizemos amor.

Olho para zelena que estava boquiaberta 

- então você transou mesmo com um professor?

- Sim 

- Regina sua sem vergonha 

Vejo a mesma gargalhar 

- Nem vem que você também ta de rolo 

- não com um professor, posso saber quem é?

- Robin 

Falo mais para mim do que para ela 

- Quem?

- Robin zelena, foi o Robin 

Altero um pouco minha voz 

- Não acredito, aquele gato quis você, pelo menos escolheu bem Regina

- Zelena quietinha você fica menos feia 

- Ah sua chata, mas me fala depois disso não rolou mais nada?

- Ah no baile ele fez algo para mim, e agora iremos sair, mas nem sei se ainda irá dar certo,já que gold descobriu.

- você está ferrada, como será que ele descobriu?

- Não sei e espero que você me ajude a descobrir.

- Te ajudo sim, qualquer hora dessas fazemos isso, mas agora tenho que ir, pois hoje tenho um encontro.

- Você e seus mistérios, vai lá e obrigada por ser minha ouvinte.

- Pode sempre contar comigo.

Ela me dá  um beijo na bochecha e sai 

- É Regina você tem que pensar bem no que escolher 

Falo comigo mesma e saio dali indo para meu quarto, estava andando pelos corredores quando meu celular apita dentro da bolsa, reconheço que e o som de mensagem e ignoro, mas continua apitando várias vezes, pego o mesmo e abro a mensagem de um número desconhecido.

- Sentiu minha falta? 

- Você não sabe o que te espera Regina, irei me vingar de você do jeito que você merece, fazendo a você o mesmo que você fez comigo, me aguarde, estou voltando.

Com muito amor M.!!!!


Minhas mãos começam a tremer, não sabia quem era a pessoa daquela mensagem e o que ela faria comigo. Meu desespero vem a tona e não consigo pensar em ninguém que poderia fazer aquilo comigo,que conhece - se, entro em meu quarto desesperada e começo a procurar um jeito de descobrir quem era a pessoa anônima.





Notas Finais


eai?
O que acharam?
Tem muita treta pela frente, vocês gostam de um mistério?
Espero que sim, pois a vida de Regina Mills e um mistério. Até a próxima meus amores espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...