História A forbidden love |BTS| - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Agust D, Bts, Hoseok, Jhope, Jin, Kook, Rap Monster, Suga, Tae
Visualizações 19
Palavras 1.183
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi meus bolinhos♥ tudo bem?
Venho com o primeiro capítulo dessa fanfic.
Espero de coração que vocês gostem! Mil desculpas pelos erros.

Capítulo 1 - O garoto do cabelo laranja.


Fanfic / Fanfiction A forbidden love |BTS| - Capítulo 1 - O garoto do cabelo laranja.

Segunda feira| 7 horas da manhã

Nesse exato momento estou com a minha família arrumando a casa que acabando de nos mudar. Ela é muito linda. Toda branca com detalhes delicados pretos. Assim que termino de organizar as coisas no andar de baixo eu subo e vou até meu quarto. Ele já estava todo decorado como havia pedido ao meu pai. Deixo minhas malas em cima da cama e vou direto tomar um banho já que daqui a duas horas eu iria ter aula. 

Minutos depois.

Saio do banho enrolada na toalha. Vou até minha mala, abro ela e pego meu uniforme novo. Coloco minha saia e minha blusa em seguida uma blusa de frio. Sento na cama e coloco minhas meias e por fim meu tênis preto. Seco o cabelo e faço uma maquiagem simples. Arrumo minha mochila, pego meu celular e desço indo para a sala.

-Aí que orgulho! Você está linda minha filha!- Minha mãe fala me olhando com orgulho.

-É sério que eu tenho que ir? Ninguém vai gostar de mim!- Falo colocando minha mochila no sofá e indo para a cozinha. 

-Tem sim! É seu primeiro dia de aula, vai ser legal!... Aliais, eu vou dar uma saidinha mais tarde e se quiser a gente pode ir naquele lugar que você me mostrou na viagem pra falar sobre as aulas de piano.- A mesma fala tomando um pouco de seu café. 

-Você vai ir me buscar na escola?-Pergunto terminando meu café.

-Claro! Daí a gente vai almoçar e depois vamos ver as aulas de piano, pode ser?- A mesma fala me olhando.

-Pode sim- Falo dando um sorriso. Eu amo ter a companhia da minha mãe. Ela é muito ocupada pois a mesma trabalha como modelo então normalmente ela nem sempre me da atenção. 

Assim que eu termino meu café volto para escovar meus dentes, pego a minha mochila e vou direto pro carro. Meu pai já estava a minha espera. Peguei meus fones e fui o caminho todo ouvindo música. Assim que cheguei na escola eu sai do carro com o mmeu pai e fui direto para a sala da diretora. As pessoas me olhavam e cochichavam entre si. 

-Sr. Hwang? É um prazer te ver aqui de novo.- Uma mulher muito bonita fala apertando a mão do meu pai. 

-Vim apenas trazer a minha filha. Eu poderia acompanha-la até sua sala?-Meu pai fala olhando para a diretora. 

-Claro. Me siga.- A mesma nos leva até a minha sala e então eu e meu pai entramos juntos.

-Pessoal! Atenção aqui! Essa é a nova aluna, pelas reações acho que já conhecem ela. Sejam legais com ela. 

Me despedi do meu pai com um beijo e fui a direção a última carteira. Sentei na mesma e a aula continuou normalmente. Durante as aulas eu fiz 3 amigas (Yumi, Kiara e Mind). 

Durante a penúltima aula eu estava muito incomodada, tinha um garoto que não parava de me olhar então decidi perguntar pra Mind que sentava na minha frente. Cutuquei a mesma.

-Porque aquele garoto ali não para de me encarar?- Pergunto falando baixo

-Pode ir se acostumando, afinal você é filha da SooMin.- A mesma fala.

-Sabe o nome dele?

-É Seokjin mas os amigos dele chamam ele de Jin.-Mind fala olhando pra ele.- Ele é tão bonito...

-Uiii, então você gosta dele?- Falo rindo.

-Er... A aula tá bem legal né vamos prestar atenção..- A mesma fala se virando soltando um sorriso de nervoso.

A aula continuou normalmente até tocar o sinal para ir embora. Arrumo minhas coisas e espero as meninas. Saímos da sala indo para o corredor principal. 

-Sabe o que eu descobri hoje gente?-Pergunto e elas negam com a cabeça- Mind já tá gostando de um garoto ai- Falo rindo.

- Ah, ele é bonito eu não tenho culpa.- A mesma fala rindo.

Abro minha mochila para pegar meu celular e então eu entro em desespero.

-Yumi segura aqui eu vou na sala rapidão- Vou correndo até a mesma. Assim que eu entro na sala eu vejo um garoto. Ele estava lá conversando com uma garota sentada na mesa. O mesmo se vira para me olhar e manda a garota sair da sala. Vou ate a minha carteira procurando meu celular que estava dentro do meu estojo. 

-Procurando por isso?- O garoto fala balançando meu estojo. Tento pegar de sua mmão mas ele era mais alto. 

-Me dá agora seu babaca!!- Falo pulando e arranhando ele com as minhas unhas para tentar abaixar o braço dele. Eu finalmente consegui pegar da mão dele.

-Você é tão... 

-Tão o que? 

-Tão ridículo- Falo empurrando o mesmo para que ele saísse da minha frente até que ele me puxa e me coloca na parede olhando em meus olhos. Aquela situação eu já tinha passado anos atrás quando eu tinha apenas 14 anos. 

Eu estava voltando da escola sozinha. Aquele dia tinha sido o melhor de todos. Eu senti alguém me puxar e me prensar contra a parede de um beco escuro. A única coisa que eu pudi ver foi seu cabelo que tinha um tom de laranja. Ele tirou minha virgindade de uma maneira horrível. Um homem completamente estranho. Eu me debatia contra ele tentando empurra-lo para longe. Chorar era a única coisa que eu sabia fazer naquele momento. Assim que eu não tinha mais forças para lutar contra ele o mesmo se ajeitou e pediu desculpas por estar fazendo aquilo comigo e saiu andando. 

Of*

-Não...Por favor não- Falo começando a chorar por lembrar daquela cena.

-Ei!  Se acalma eu não vou fazer nada.- Ele me abraça. O porque dele ter me abraçado eu já não sei mas eu não recusei e o abracei de volta. Eu continuava chorando.- Tá tudo bem? Você tá bem?- O mesmo fala se separando e me olhando.

-Para de me olhar, eu devo estar toda vermelha.- Olho para o mesmo. Ele me lembrava muito o homem que fez aquilo comigo comigo. Ele tinha cabelo laranja igual aquele homem.

-Você tá bem? Eu te machuquei? 

-Não... Eer.... 

-S/N!!- Kiara grita correndo até mim.- Você tá bem? Porque tá chorando? O que fez com ela Hoseok? 

-E-eu tô bem, ele não fez nada. Vamos embora.-Falo pegando minha mochila do ombro da Kiara e antes de virar para voltar para o corredor eu olho para o tal Hoseok e vou direto para a saída. As outras meninas já tinham ido embora. Minha mãe me esperava. Consegui ver o carro dela.

-Tem certeza que ele não fez nada?- Kiara me para e fala me olhando nos olhos. 

-Tenho. Não se preocupa.-Olho para o carro da minha mãe- Eu vou indo, tchauzinho. -Dou um abraço na mesma. Vou na direção do carro, entro no mesmo e então o motorista começa a dirigir. 

-Você estava chorando?- Minha mãe pergunta me olhando.

-Não... É que eu fiquei muito no sol, por isso que eu tô vermelha.- Falo soltando um sorrindo 

-Qualquer coisa você fala pra mim- A mesma sorri.- Jack por favor nos leve até o restaurante que eu tinha te falando.- Ela fala e o Jack concorda.

[......]

Fomos a um restaurante apenas nos duas e logo depois do almoço fomos até o lugar que davam aula de piano. 

[......] CONTINUA...



Notas Finais


Tadinha da S/N desde de pequena já passando por coisas horríveis. E aí o que acharam?
Espero que tenham gostado.
Um beijo e até o próximo capítulo. Tchuzinhooo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...