História A fotografia - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Monsta X
Personagens Hyung Won, I'M, Joo Heon, Ki Hyun, Min Hyuk, Show Nu, Won Ho
Tags 2won, Hyungwon, Hyungwonho, Monsta X, Wonho, Yaoi
Visualizações 96
Palavras 687
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii 😍
Boa leitura!!

Capítulo 13 - Capítulo 13


Fanfic / Fanfiction A fotografia - Capítulo 13 - Capítulo 13

Naquele quarto, onde apenas alguns raios de luz penetravam, encaravam-se duas pessoas que sempre esperaram encontrar-se. O mais alto olhava para o sorriso que se abriu nos lábios do loiro, não havia percebido o quando as palavras que proferiu haviam tocado no outro, que sempre esperou encontrar o rapaz da fotografia. 

Hoseok havia se sentado direito na cama, mas abaixou os olhos quando percebeu que o outro o encarava intensamente, apesar da sua personalidade ele era tímido, o que deixava-o ainda mais fofo. 

- Tens a certeza do que estás a dizer Hyungwon? - Hoseok disse cada palavra pausadamente, ele não queria que o mais novo se afastasse. 

- Sim, acho que sim, não tou a dizer que seja sempre, mas sempre que quiseres podes me chamar Wonnie, eu ei-de me habituar - disse piscando. 

- Eu quero ser teu amigo Hyungwon, é a sério, eu admito que desde que te mudaste para a mesma escola que eu sempre te achei falso, pela forma que sorrias para os outros, não era verdadeiro, mas sim eu julguei mal, agora eu sei mais coisas sobre ti, confias-te em nós, e espero que isso te tenho feito bem. Eu quero poder ganhar a tua confiança, e eu sei esperar. 

- O-obrigado. E desculpa pelo outro dia - Hyungwon disse meio tímido, ele tinha percebido que havia sido criança. 

- Não tem problema... Wonnie - ambos sorriram com aquilo, adoravam a sensação boa que sentiam.



                             😀


Hoseok havia ido embora tem umas três horas, e Hyungwon sentia-se, quer dizer ele nem sabia como se sentia, era estranho. 

Desceu para ir buscar algo para comer, mas sua campainha tocou. Quando abriu-a, deparou-se com a criatura que mais alegrava seus dias, mas ela chorava e ele já imaginava o porquê. Minhyuk sempre esteve ao seu lado, sem qualquer tipo de interesse, e Hyungwon agradecia imenso ao outro por isso. 

- Hyungwon - disse saltando para os braços do outro, mas logo começou a bater-lhe - achas bem deixar-me no vácuo, eu estava preocupado,  sua bicha desalmada, eu estava preocupado com você sabe. 

- Desculpa, mas você sabe como eu sou, e eu precisava de um tempo para pensar em tudo. - disse. 

- Hoseok nos contou tudo, eu não consigo acreditar, que história viu, porque nunca me contou nada... Ah esquece. E agora como fica, não me vai trocar pois não. 

- Eu nunca te trocaria Minnie, por nada... Agora não sei como vai ser, mas eu com o passar do tempo espero evoluir contigo e com os outros. Tu és muito precioso para mim, nem sabes o quanto. - Hyungwon disse e logo se ouviu um barulho. 

- rsrsrs isso foi sua barriga? Parece um animal a morrer - disse rindo - anda, vem, vou fazer algo gostoso para comeres - Minhyuk disse puxando o amigo rumo à cozinha. 

- Obrigado...meu amigo - Hyungwon disse num sussurro para que o outro não ouvisse, mas mal sabia ele que pelo sorriso de Minnie, qualquer pessoa percebia o quanto aquelas palavras baixinhas significavam para ele. 


                             😀


Depois que Hoseok saiu da casa de Hyungwon, foi direto para sua casa, ele estava tão feliz que queria contar a sua mãe. 

Ele estava tão distraído que nem notou no carro que estava estacionado à frente de sua casa. Ele todos os dias esperava que aquele carro estivesse lá, mas hoje nem deu por ele. Adrentou pela porta, mas ao ouvir aquela voz ele se entristeceu. Tentou subir para seu quarto sem que fosse notado, mas não teve sucesso. 

- Hoseok filho, chegaste - disse sua mãe. 

- Filho, à quanto tempo - disse o outro. 

- Olá mãe, eu vou para o meu quarto e devo dormir daqui a pouco, por isso não precisa chamar para jantar ta bom - disse indo o mais rápido possível para o andar de cima. 

Ele não conseguia demonstrar felicidade ao pé daquele ser. Sim ele amava seu pai, sentia falta dele, mas a tristeza conseguia ser maior  que a saudade. Os olhos do loiro ameaçavam estar prestes a derramar a primeira lágrima, mas ele não deixaria que isso acontecesse, não permitiria. 


Notas Finais


Espero que estejam a gostar do desenvolvimento 😢
Obrigada por quem tem acompanhado, favoritado e comentado... Eu amo ler cada comentário, fazem-me tão feliz 😍
Amo vocês, beijos ❤💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...