História A F€ra. ~Imagine Kim Namjoon - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga
Tags Imagine, Kim Namjoon, Novela, Ramance, Shoujo
Visualizações 69
Palavras 1.530
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Se não está entendendo muito bem sugiro que volte no capítulo anterior ok? Rsrsrs

Boa sorte...

Capítulo 8 - Sem medir esforços.


Fanfic / Fanfiction A F€ra. ~Imagine Kim Namjoon - Capítulo 8 - Sem medir esforços.


.•°°•..•°°•..•°°•..•°°•..•°°•..•°°•.


Os dias se passaram e finalmente eu conseguir entender o "vou dar um jeito em você" , sem ao menos me informar mandou um estilista corôa de óculos estreitos e discretos, um "homem " simpático que passou uma semana toda me levando à compras e me dando broncas, nesses tempo Namjoon dispensou meus serviços, está mais que claro que ele vai usar todos os recursos pra ter um sossego dá parte de sua mãe desconfiada.

 Apesar de morar-mos na mesma casa nos desencontramos a semana toda, só nos juntava-mos para almoçar e jantar, sem conversas paralelas apenas corria a mesa detalhes a ser acertados sobre fazer a mãe de Kim Namjoon, meu chefe, acreditar que sou boa o bastante e que é real esse noivado. Hoje sentada na beira da cama botando os brincos observo o celular no meu colo marcar 19:06, as 19:30 é para todo mundo chegar na casa dos pais do Namjoon, minha barriga se retorce de nervosismo e minhas pernas tremem em cima dos salto agulha pretos reluzentes de tão novos, assim que termino de botar tiro o celular o pondo na cama e me levanto passando as mãos no vestido vermelho extravagante com uma pegada de época, fui ao armário e me olhei no espelho da porta, passei minutos a fio me observando, essa maquiagem, esse vestido, estava me submetendo a várias mentiras para manter um homem vivo. Logo escuto batidas na porta e a mesma se destrancando, ao olhar vejo apenas a cabeça de Yang e seus dedos segurando a porta.

-Posso entrar?

-Pode sim RS.

Ela entra devagar trancando a porta e me observando dos pés a cabeça séria, devagar percebo sua boca abrir um sorriso enorme fazendo eu sentir oxigênio entrar nos pulmões, nem havia notado que parei de respirar preocupada com a seriedade da Yang.

-Está maravilhosa minha filha, tenho certeza que aquela mulher irá morder a língua assim que te ver.

Eu sei que o Namjoon disse que isso ficaria entre nós dois apenas mas... eu precisava contar para Yang do noivado falso.

-Assim espero.>>esboço um leve sorriso tentando esconder o nervosismo.

-Ele já tá te esperando lá embaixo.>>Ela fala se aproximando e botando uma mecha rebelde do meu cabelo pra trás da orelha.

-Yang é necessário um vestido desses mesmo? Não chega a ser exagero?>>sinto linhas de expressões se formarem entre minhas sobrancelhas.

>>ela sorrir divertidamente.       -Acredite em mim, é necessário sim querida.

>>Balanço a cabeça assentindo apenas. -então acho que já podemos ir, não quero deixar ele de mal humor.

Saímos do quarto e andamos pelos corredores conversando, assim que chegamos a escadaria visualizo Namjoon com seu smoking lindo e bem corpado lá embaixo já perto da porta com sua típica posição, uma mão no bolso e a cabeça baixa olhando o celular na outra mão, notei que fez o possível para parecer saudável e bem. Respirei fundo, olhei pros degraus e começei a descer com a minha mão deslizando pelo corrimão e a outra segurando a de Yang, ao chegar no meio da escadaria levantei a cabeça e agora visualizei Namjoon já reto com seus olhos fixos em mim fazendo eu sentir minhas bochechas da face arderem, odiei essa sensação de timidez, mas não sei porque estava amando sentir seus olhos em mim e toda sua atenção voltando à mim também, observei que a respiração dele estava forte e um sorriso de canto se formar junto com uma das sobrancelhas se erguendo, quando já estava perto de terminar os degraus e começou a dar passos cruzando a sala pra vim, suas passadas ecoavam pela sala fazendo meu coração pular no meu peito, é extremamente contraditório, minhas reações corporais não cooperam com o meu juízo, minha cabeça o nega e o meu corpo reage ao Namjoon.

Ao chegar perto estende a mão e eu largo o corrimão a segurando, logo Yang solta a outra e eu finalmente concluo a escadaria, paro de frente pro Namjoon séria e ele me avalia em detalhes.

-Está ótima s/n, minha mãe não vai ter argumentos nessa noite.

-Espero que ela fique sem argumentos durante um bom tempo senhor Namjoon. >>sussurro baixo e ele deixa escapar uma risada baixa e rouca, algo que nunca tinha acontecido e que me surpreendeu.

-Tem razão, vai ter que durar mais que uma noite, agora vamos, ela odeio atraso. 

Assenti com a cabeça e nós dois voltamos a andar rumo a porta, um do lado do outro sem contatos físicos o que dava alívio só no momento, pois sei que  apartir do momento que pisar naquela casa vou ter que virar atriz querendo ou não e mentir descaradamente pra familiares e amigos dele.

Já dentro do carro a caminho da casa dos pais dele observo que parou de nevar do lado de fora, nervosa brinco com os meus dedos.

-Tá nervosa de mais s/n.

Escuto a voz neutra dele e o olho como se não entendesse.

-Vai machucar a boca dessa jeito. >>seus olhos percorrem minha boca e voltam a olhar pra frente.

Foi quando notei que eu estava mordendo a parte inferior da minha boca aflita, tratei de parar e respirar fundo.

-Só é um hábito horroroso, nada mais que isso.

-Não vejo nada de horroroso nesse hábito, na verdade é bem sensual. >>o olho pasma e vejo um sorriso malicioso se forma no rosto dele enquanto dirige.

"algo tá errado." pensei enquanto tentava agir natural ao comentário, afinal Namjoon não dá risadas ou puxa assunto comigo, porque começou a fazer isso?

Fiquei em silencio o resto do percurro até a gente chegar em frente à mansão, portão já estava escancarado com seguranças, Namjoon parou o carro e apenas trocou poucas palavras para ser liberado, assim que o carro cruzou o jardim da frente e parou em frente à mansão abrir o cinto de segurança e já fui abrindo a porta do carro quando sinto a mão dele segurar minha mãe livre, o olhei de imediata e vi seus olhos tão profundos e penetrantes como antes.

-Eu te ajudo a descer do carro.

Apenas assenti e o vi tirar o sinto e descer do carro, em passos rápidos passou na frente do farou acesso e abriu a porta estendendo a mão, a segurei e desci, assim que levaram o carro pro estacionamento ele me ofereceu seu cotuvelo e o aceitei, ao entrar na casa notei que meu vestido não estava nem um pouco exagerado para o ocasião, garçons impecáveis serviam champanhe na sala de visita, podia ser poucas pessoas mas essas pessoas eram visivelmente importantes.

-Lá vem, se prepara. >>ele sussurra na minha orelha enquanto uma senhora baixinha ja bem de idade e sorridente vem na nossa direção.

-Até que fim os noivos chegaram. >>Animada nos comprimento.

-Me desculpe, a culpa foi minha, demorei de mais e acabei atrasando o Namjoon. >>Lhe lanço um largo sorriso que logo foi correspondido pela mesma.

-Não tem problema minha jovem, se sinta a vontade.

-muito obrigada. >>me curvo com gentileza em sinal de respeito.

-Que educada... Meu neto tem um bom gosto sem dúvidas. >>fico levemente corada.

-Um bom gosto e uma linda noiva concorda vó?

-ah sim sim... >>ela dar risos. -Já vou indo, cuide bem dá moça e não a deixe sozinha com nossos parentes, eles são puro tédio meu neto.

-Não a deixarei. >>ele curva pegando a mão da senhora e a beijando.

A idosa Acaricia seu rosto e se afasta devagar.

-Gostei dela.>>falo baixo tentando desfarçar minha tensão.

-Também gosto dela, é a única dessa família que parece me entender.

Antes que eu pudesse pensar em algo fomos totalmente cercados, a ficha demorou para cair afinal de contas os Bts acabavam de nos cercar, algo que eu nunca imaginei que pudesse acontecer comigo.

-Iae cara, até que fim hein? >>com risadas J-Hope o abraça e logo o solta me olhando. -É a tua dama?

-Sim.>>com um meio sorriso.

-Oi, eu sou o Jin.>>Ele sorrir e me dá um abraço rápido.

-Eu acho que ela sabe que você é Jin. >>Suga com um tom divertido se pronuncia causando risos nos outros.

-Sim eu sei, Jin, Suga, Jungkook, Jimin, J-Hope e Tae. >>meus olhos percorreram o rosto de todos e se encontraram com os do Tae por fim, estavam diferentes, faltando algo.

-Então... Qual o seu nome mesmo? >>Jungkook pergunta coçando a nuca com um sorriso largo.

-Sou S/n, é um prazer conhecer vocês. >>risos.

-O prazer é nosso, quem diria que RM se casaria. >>Jimin confessa encarando o amigo com um sorriso de canto divertido.

-É, quando a gente menos espera acontece.

-E pelo visto acontece bem rápido.>>Tae fala meio seco encarando Namjoon sério.

"Ele tambem tá desconfiado." penso e olho para Namjoon que parece ter notado o mesmo.

-licença rapazes. >>A mãe do Namjoon chega e os rapazes abrem espaço tensos. -Pelo visto chegaram e nem se quer vinheram falar comigo.

-Perdão.>>tentei evitar mas eu tinha que parecer realmente envolvida nisso, seguro a mão do Namjoon entrelaçando meus dedos trêmulos nos dedos dedos longos e quentes dele. -a vimos conversando e achamos melhor não atrapalhar.

-Tudo bem... >>os olhos frius me percorreram de ligeiro. -Você está tão...

-Tão linda.>>ele sorrir a provocando e fazendo a mesma estreitar os olhos.

-Sim, está realmente bem arrumada.

-Fico agradecida pelo elogio e aproveito pra dizer que também está linda.

-Obrigada. >>arqueia uma sombrancelha rindo de canto demostrando ter gostado. -A mesa já está pronta, vim apenas para avisar que já podemos ir nos sentar para jantar, até rapazes. >>em segundas ela encara todos e sai.

 


Notas Finais


Até a próxima kkkkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...