História A Fresh Start - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cameron Dallas, Dua Lipa, Justin Bieber
Personagens Cameron Dallas, Dua Lipa, Justin Bieber
Tags Beliebers, Cameron Dallas, Fama, Justin Bieber, Rudy Mancuso
Visualizações 65
Palavras 1.162
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 32 - A Princesa está salva!


Pov Ella Marcuzzo

Justin viajou para o Brasil, seria seu ultimo show, Henry implorou para que eu o deixasse ir e eu deixei, Justin queria que eu fosse com eles mas percebi que aquele seria o momento ideal para uma aproximação maior entre pai e filho, passar um mês longe de Henry não seria fácil mas acredito que nossos filhos nascem para o mundo entretanto não pertencem a ele, Henry precisa voar e apesar da minha insegurança, Bieber estará para cuidar de meu menino, do nosso menino.

A terceira noite enfim chegou e meu coração já se acalmava após ouvir a voz de Henry, conversamos via FaceTime e ele me mostrou a vista de seu quarto no Hotel, disse que mesmo com tumulto ele e Justin conseguiram conhecer alguns pontos turísticos e que estava animado para ver o pai no palco. Brasil definitivamente é um lugar bonito. Mas algo estava me incomodando, eu sentia falta de Justin, meu coração já estava acostumado a ficar acelerado quando ele ficava ao meu lado.

Meu celular começou a tocar indicando uma uma chamada e assim que o peguei na mão e vi o nome 'Justin' foi como se ele estivesse lendo meus pensamentos, me arrumei sobre a cama e atendi a chamada vendo que o lugar estava um pouco escuro mas lá não era noite.

— Que saudade.— Justin interrompeu meus pensamentos

— Você estava lendo a minha mente? Pois eu estava pensando isso.

— Isso se chama conexão do amor.— Ele sorriu, que sorriso, que homem.

— Porque está tudo escuro?—Pergunto

— Fechei as cortinas para poder dormir, o fuso horário me deixa louco.— Ele explicou

— Então dorme.

— Dorme você, eu gosto de te ver dormir.— Ele disse e eu suspirei, como consegui ficar tantos anos sem ele?

— Você vai ficar comigo?— Perguntei

— Vou.

— A noite toda?— Sorri me lembrando que lá ainda é dia

— Vou! Agora dorme.

Não respondi, apenas fechei meus olhos, conseguia ouvir sua respiração

15 minutos depois

— Drew?— Abri os olhos o vendo me olhar, ele olhava para a câmera fixamente mas parecia que estava me olhando pessoalmente pois um arrepio tomou conta do meu corpo

— Fala.

— E se a ligação cair?— Questionei

— Você já vai estar dormindo.

— E se eu tiver acordada?

— Você me liga de volta. Fecha os olhinhos.

— Tá.— Fechei meus olhos e me aconcheguei entre o edredom deixando o celular apoiado no travesseiro ao meu lado.

10 minutos depois.

— Ei, amor, está aí?— Abri meus olhos vendo que agora o quarto em que ele estava parecia mas escuro

— Tô, Ella, não vou sair daqui.

— E se o seu telefone descarregar?— Eu definitivamente estava com saudade dele

— A bateria tá cheia.

— E se o meu descarregar?— Eu só queria ele ao meu lado

— Perdeu o carregador?

— Não, mas eu tô no escuro.

— Eleanor, só dorme. Tá bom? Dorme.— Ele parecia estar ficando irritado e isso me fez rir

Pov Justin Bieber

Meia hora depois eu ainda ouvia a respiração dela.

— Ella? Está aí?

— Tô.— Suspirou

— Minha nossa senhora, você não vai dormir?— Perguntei, eu estou com saudade da minha mulher, queria que ela tivesse vindo, seria mais fácil dormir com ela ao meu lado.

— Acho que eu tô com medo...— Confessou.

— De ficar sozinha. Eu sei. Te conheço. Vou te ensinar uma coisa. Pega três travesseiros e coloca ao seu redor.

— Tá.— Ela disse e eu pude ouvir o ranger baixo da cama indicando que ela foi fazer o que eu pedi.

— Agora pega um lençol aí e os cubra. Direitinho.

— Ok, e agora?

— Agora fica deitadinha. Você tá no quadrado mágico da proteção. Fecha os olhinhos. Estou do seu lado, te abraçando, ok? Melhor agora?— Expliquei e ouvi seu riso baixinho

— Muito melhor.

— Sabe Eleanor. Eu tenho esse meu jeito marrento, mandão de ser, você sabe, mas eu sou pura manteiga derretida por dentro. Não consigo dormir enquanto você não dorme, Parece que qualquer coisa vai te acontecer e eu não vou estar por perto pra te proteger, sabe assim? E eu não suporto a ideia de alguma coisa atingir a minha pequena. É isso que você é minha pequena, eu te amo, Ella?— Silêncio, conseguia ouvir apenas a respiração lenta, quase inaudível

— Ih, dormiu. — desligo o telefone e continuou falando sozinho. — Missão cumprida. A princesa está salva.

Ainda com o celular em mãos, decido escrever algo para minhas Beliebers, amanhã seria meu último show, seria a despedida e se encerraria. Agora estava na hora de deixar de ser 99% Justin Bieber o Astro internacional e passar a ser apenas o Justin, pai, marido, filho, irmão. Eu estou decidido a pedir Eleanor em casamento e viver minha vida ao lado dela e de Henry, já perdi muito e sinto que não posso perder mais nada.

Pego uma foto na galeria do celular, uma fã tinha tirado essa foto a algum tempo e eu simplesmente gostei, eu estava no palco e sorria enquanto cantava, comecei a digitar a legenda para ela.

Via Instagram: "Eu sou tão grato por essa jornada com todos vocês... Eu sou grato pelas turnês mas mais do que tudo eu sou grato por passar por essa vida COM VOCÊS! Aprender e crescer nem sempre é fácil, mas saber que eu não estou sozinho me fez continuar. — Suspirei segurando o choro.

Eu deixei minhas inseguranças levarem o melhor de mim às vezes, eu deixei minhas relações fracassadas ditarem como eu agiria com as pessoas e como eu as trataria! Eu deixei a amargura, a inveja e o medo comandarem a minha vida! Eu sou extremamente abençoado por ter pessoas nos últimos anos que me ajudaram a recuperar meu caráter, me lembrando quem eu sou e quem eu quero ser! Me lembrando que minhas decisões no passado e meus últimos relacionamentos não ditarão minhas próximas decisões e meu Relacionamento. Eu estou MUITO ciente que eu nunca serei perfeito e eu cometerei erros, mas o que eu não farei é deixar meu passado ditar meu futuro... O que eu não farei é ter vergonha dos meus erros. Eu quero ser um homem que aprende e cresce com eles! Eu quero que todos vocês saibam que essa turnê e toda a minha carreira foi inacreditável, me ensinou muito sobre mim mesmo... Fui lembrado de como eu sou abençoado por ter uma voz nesse mundo. Eu aprendi que quanto mais você aprecia o seu chamado, mais você quer protegê-lo. Eu quero que minha carreira seja sustentável, mas eu também quero que minha mente, coração e alma sejam sustentáveis. Aí então eu poderei ser o homem que quero ser, o marido que eventualmente quero ser e um pai melhor. Essa mensagem é apenas uma oportunidade para vocês conhecerem o meu coração. Eu não espero que ninguém entenda, mas eu quero que as pessoas tenham a oportunidade de saber de onde estou vindo! ESSA MENSAGEM TEM MUITOS ERROS GRAMATICAIS, MAS FOI DE CORAÇÃO. EU ACHO QUE HÁ ALGO DE ESPECIAL NAS IMPERFEIÇÕES! EU AMO VOCÊS MINHAS BELIEBERS. Com amor o Justin de vocês.— Publiquei! 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...