História A fuga de Boruto - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Borusara, Morte De Boruto, Naruto, Romance
Exibições 90
Palavras 2.922
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Mutilação, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - A FUGA DE BORUTO. One-shot


Fanfic / Fanfiction A fuga de Boruto - Capítulo 1 - A FUGA DE BORUTO. One-shot

A fuga de Boruto- chakra descontrolado

 

POV:NARRADOR

Tudo começou no quarto de Sarada

Só tinha aparecido um vulto preto com o formato de Boruto

Que tinha deixado uma carta, mas sem que ele notasse

 Ela começou a acordar e quando leu o bilhete que dizia:

_Sarada vou sair da vila por um tempo, não me procure

Não sei quando e se vou voltar mas não faça nada.

Assinado Boruto

POV: Sarada

Quando  acordei e li o bilhete não acreditava no que vi então

Sai correndo do meu quarto para os portões de konoha

-BORUTO!

Berrei o mais alto que pudi, então ele parou mas ficou calado

-Boruto porque? Porque você está saindo de konoha?

Depois de um tempo quieto, ele me respondeu com arrogância:

-Sarada você não entendeu, não tente me impedir!

-Porque, Boruto?

E comecei a chorar

-Sarada você não vê? É por você que eu estou indo embora!

-Porque, oque eu te fiz pra você?

-Pela ultima vez... Não tente me impedir!

Ele olhou nos meus olhos com os olhos da kyuubi e eu fiquei paralisada

-Me desculpe... Sarada!

Quando ele falou essas palavras, ele me acertou um golpe no estomago e eu desmaiei

POV: BORUTO

 

Acho que no golpe acabei usando o chakra da kyuubi

Isso me deixou com raiva mas logo me controlei e depois deixei a Sarada em seu quarto e segui caminho para longe de konoha, eu tinha que aprender a controlar aquele maldito chakra, mas eu já sabia que meu pai descobriria sedo ou tarde e deixei aproximadamente 1000 kage bushins ou até mais, caso não deixasse eu não teria como o enrola-lo meu pai ou quem ele mandasse para me trazer de volta a konoha, no momento em que eu fiz os kage bushins o chakra da kyuubi pareceu vir a tona, isso fez com que eles aparecessem  com o manto da nove caudas mas mesmo assim acho que poderiam aparecer mais caudas mas acho que isso enrolaria ainda mais e me daria mais tempo para ir o mais longe possível

POV: SAKURA

Achei ter ouvido algo então fui para o quarto da Sarada, vi ela deitada mas algo não parecia certo, então cheguei mais perto, e vi que ela estava suando coloquei a mão na testa dela, que estava quente como em dia de verão, notei que ela estava segurando um bilhete então o tirei da mão dela e o li, entrei em choque e a peguei o mais rápido que pude e gritei:

-Sasuke!

Ele veio correndo, eu o dei o bilhete e pedi que ele o levasse até o Naruto enquanto eu levava a Sarada no hospital, ele estranhou e leu o bilhete se surpreendeu correndo diretamente para a casa do Naruto.

POV: SASUKE

-Nunca imaginei que ele...Bom é melhor eu parar de falar e correr mais rápido.                                                                                          

Em um instante cheguei a casa do Naruto, bati na porta e logo ele abril, estava sonolento, quando eu comecei a contar sobre o ocorrido Hinata chegou acho que ela ouviu algo porque vi ela ficar assustada e ver desesperadamente o quarto do Boruto, logo ela deceu chateada e quis participar do assunto, o Naruto disse:

-Como ele pode ?

-Eu tenho uma hipótese.

-Então diga!

-Eu acho que é melhor você a ouvir em sua sala, afinal se quiser mesmo traze-lo de volta é melhor já ir escolhendo uma equipe,  ou pretende ir pessoalmente busca-lo ?

-Vamos logo então, Hinata fique aqui com a Himawari e a Kitsune faça o que for mas não deixe que elas saibam disso!

-Esta bem.

Então eu e o Naruto fomos até o prédio do Hokage.

POV: NARUTO

Eu ainda estava cansado, mas estava muito mais preocupado. Quando chegamos eu escolhi logo a melhor equipe, e a única que tinha, que era:

Chõchõ, Inojin,  Shikadai e Mitsuki.

Eu os chamei o mais rápido possível, já estava amanhecendo, eles chegaram e eu disse:

-Finalmente, bom com certeza não gostaram da noticia que eu os darei.

Mitsuki -Noticia ?

-O Boruto... Fugiu.

POV: MITSUKI

-Fugiu? Como assim fugiu?

-O Sasuke me contou que a Sarada estava com : febre alta, gemendo e dizendo, quase sussurrando  –Boruto, Boruto. E agora mesmo ela esta internada em um quarto no hospital, não sabemos si e quando ela vai acordar.

Mitsuki – Temos que trazer o Boruto o mais rápido possível.

-Eu sei, por isso que eu escolhi vocês, mas antes de saírem quero que saibam de uma coisa, o Boruto quase morreu uma vez e eu coloquei parte do chakra da kyuubi nele para que ele sobrevivesse, por isso o Sasuke acha que ele esta tendo um serio problema pra controlar o chakra, por essa justa causa vocês têm que traze-lo o mais rápido possível ele de volta para que eu possa suprimi-lo [o chakra] e ajuda-lo [o Boruto] a controla-lo.

-Esta bem nanadaime, adeus.

Eu nunca poderia imaginar nem em teoria que ele faria alguma coisa dessas estou tão surpreso quanto o próprio nanadaime

-Mas aquilo são ...

Inojin – É, são sim. Kage bushins do Boruto.

 

Fim do 1º capitulo

 

O Descontrole De Boruto- o chakra maligno acorda

Inojin- E agora oque faremos ?

Shikadai- Vamos lutar e abrir passagem para o Mitsuki, ele é o único que conseguirá impedir o Boruto.

-Vamos!

POV: BORUTO

-Droga de chakra ! Disse em quanto caia, socando meu estomago para estabilizar meu chakra. Tentei correr, acho que só fico assim quando uso meu chakra, tudo que eu queria evitar era contato com as pessoas que eu conhecia, caso o contrario eu poderia ficar bravo e a droga do chakra me dominar, e isso era a ultima coisa que eu queria no momento, eu sei que isso é errado mas e si eu fica-se em konoha e o meu pai não pude-se me controlar e eu machuca-se todos que eu gosto e amo e volta-se a consciência depois, eu jamais me perdoaria. Mas oque... - Mitsuki ? 

-Boruto eu vou te trazer de volta custe oque custar. Mas antes disso, a Sarada está internada no hospital, com uma febre altíssima, gemendo dizendo quero dizer quase sussurrando o seu nome, me diga você fez algo com ela?

Fiquei assustado comecei a refletir, e lembrei que o chakra da kyuubi veio a tona quando goupeei a Sarada.    

Minha raiva começou a agir e eu não lembro de mais nada.

 

POV: MITSUKI

Eu não sei oque aconteceu, só vi o Boruto ficar em volto no chakra da kyuubi como o nanadaime avia falado, no inicio me assustei mas depois criei coragem e parti para o combate primeiro sacamos kunais e começamos uma luta até a morte, bom para o Boruto, a ultima coisa que eu queria era machuca-lo mas parecia que ele queria era me matar, depois paramos e fizemos trocas de olhares, ele tinha exatamente o olhar da kyuubi enquanto eu, tinha ficado com o olhar do meu pai quase mais perigoso, tudo que eu queria era fazer com que ele desmaiasse mas parecia que a kyuubi era muito mais forte, então eu desisti da troca de olhares parti para o genjutsu que também se recusava a fazer efeito, depois comecei um taijutsu tão rápido que até mesmo o byakugãn teria dificuldade em ver depois que ficamos exaustos comecei com ninjutsus sem fim até uma hora que eu estava praticamente sem chakra fiquei frente a frente com Boruto e ele fez um jutsu totalmente desconhecido e iria me acertar eu não tinha mais nenhuma opsão a não ser ficar parado esperando a minha morte, quando derepente apareceu um vulto que tomou o golpe por mim eu não reconheci na hora, mas... Aquela pessoa era... Não pode ser ...

 

Fim do 2º capítulo

Um Erro Ireparavel – morte de Sarada

-Sarada!

Rapidamente o chakra da kyuubi desapareceu do corpo do Boruto e ele a pegou tirando sua mão do corpo dela [ele tinha a atravessado com aquele jutsu] ele começou a chorar e eu também depois que sai do estado choque.

POV: BORUTO

Sarada não, não pode ser, por que, por que ela fez isso!

-Não... Sarada! Porque, Porque você fez isso?

-Boruto... E... Eu não te perdoaria se você mata-se o Mitsuki.

-Me... Me perdoa.

-Boruto eu, eu quero que você me perdoe, por, por favor.

-Pelo que Sarada ?

-Por não deixar você cumprir sua promessa.  

  

FLASH BACK:

-Sarada eu vou te proteger até o dia em que você se tornar hokage.          

TEMPO ATUAL:

-Me desculpa.

    E então ela fechou os olhos e morreu. Eu achei que já estava na hora de realizar meu jutsu proibido:

Eu trocaria a minha vida pela a dela.

Eu sabia que era arriscado mas eu tinha que tentar era a minha ultima chance de salva-la então eu disse :

-Mitsuki,  segure a Sarada e me de a sua mão direita.

-Tá.

Eu escrevi com meu sangue: curar. Na mão dele.

-Ponha a mão sobre a ferida da Sarada.

-O.K., Boruto oque você pretende com isso?

Eu o respondi.

    -Trazer, a Sarada de volta.

Depois disso ele ficou quieto e não falou mais nada. Eu criei um kage bushin que fez o mesmo jutsu do qual eu matei a Sarada, era o único jeito, se eu fizesse o mesmo jutsu que a matou, o sentisse na minha pele e na hora em que eu fala-se, o Mitsuki concentra-se o chakra na palma da mão, a Sarada reviveria sendo curada na hora. Bom esse era o meu plano. Eu não tinha prova alguma de que isso daria certo mas mesmo se não desse eu ficaria com a Sarada pra sempre.

-Mitsuki se isso não der certo eu, eu sinto muito. Agora!

O Mitsuki fez exatamente o que eu pedi, e o kage bushin fez o que era pra fazer, a Sarada começou a se curar, mas... Mas o que... Pai ?!

POV: NARUTO

Eu sabia que algo daria errado, fiquei desesperado e preocupado, então ativei meu modo senin e fui com o Sasuke ate o Boruto, mas achei estranho que o chakra dele estava diminuindo rapidamente então eu e o Sasuke dobramos a velocidade, mas quando cheguei lá eu... Só estava vendo o Boruto sendo acertado por um bushin dele mesmo e gritei:

-BORUTO!!!

Eu não podia acreditar em meus olhos eu só via o Mitsuki cheio de feridas a Sarada caída em seus braços e o Boruto quase caindo ao lado deles, depois que o kage bushin se desfez eu o peguei e o abracei chorando... Como pode um pai ver o próprio filho cair em sua frente sem ele poder fazer nada? Desde o Neji essa era a ultima coisa que eu queria ver na minha vida: alguém que eu conheço ou amo morrer em minha frente, mas ele se esforçou e tentou me dizer:

-Pai, a Sarada esta bem?

-Esta Boruto, o coração dela esta batendo forte e saldável!

-Que... Que bom. Pai, diz pra Himawari e para a Mamãe que, eu, sinto muito.

-Boruto por favor, aguenta.

-Pai me, me perdoa por favor!

Ele, derramou uma lagrima e seu coração parou, nesse momento eu o abracei, chorei ficando quieto por um tempo.

POV: SARADA

-O... Oque aconteceu? Ã, Boruto?

Tudo do eu me lembro é de levar o golpe pelo Mitsuki, mas oque... O nanadaime, está, chorando?

-Sasuke vamos voltar para a folha, eu não vou perder meu filho, não hoje e nem aqui, eu juro que não terei de fazer minha filha e minha esposa chorarem de novo !

E então partimos o mais rápido possível, eu não ia deixar tudo acabar assim, ha não ia mesmo! No caminho eu encontrei os outros e usei kage bushins para pega-los e leva-los a konoha. Naquela hora, a ultima coisa que eu queria era dar meu filho como morto. Chegamos no hospital e eu gritei :

-Ajudem! Por favor!

E logo a Sakura e a Shizune apareceram e o levaram para a sala de cirurgia. Eu tinha a sensação de que minha cabeça iria explodir, e então eu entrei lá e pedi para que a Sakura me deixa se ajudar, e logo coloquei minha mão direita no ferimento dele e fiz com que a kurama dele tive-se as lembranças da minha para fazer ela querer ajudar a cura-lo porque eu queria evitar de colocar mais chakra da minha kurama para que isso se repiti-se

POV: HIMAWARI

Eu estava com um mal pressentimento, enquanto brincava com a Kitsune a tia Sakura veio até em casa falar com a minha mãe fiquei curiosa e usei meu byakugãn para ver o que estavam falando, eu comecei a chorar pois o que eu ouvi era:

-Hinata, eu não queria te dar essa noticia, mas eu tenho que te falar, o Boruto, esta muito ferido e teve uma parada cardíaca e...

-Como assim ele, ele esta bem? Como aconteceu?

-O Naruto disse que quando ele chegou no local onde o Boruto estava, um kage bushin do Boruto o tinha acertado com um jutsu incomum. E o Mitsuki me disse que ele fez isso por causa de um jutsu de troca de vida que é necessário matar quem assacinou a pessoa de que se quer reviver então ele fez o que quis fazer.

Eu deixei a Kitsune dormindo no berço e sai correndo ate o hospital, estava chovendo e então eu coloquei meu capuz, cheguei no hospital e tudo o que via era meu pai esperando algo na frente da porta em que o oni-chan aparentava estar eu corri ate ele e o abracei chorando, e o perguntei o que aconteceu e ele falou a mesma coisa de antes me devolvendo o abraço.

Fim do 3º capitulo  

 

 

 

 

O Pesadelo Vira Realidade- as lagrimas do byakugãn

Acho que minha mãe ficou em casa, eu não vi ela me seguindo, deve ter ficado com a Kitsune, eu achei melhor a decisão dela, se não ela iria chorar muito. Eu vi pelo byakugãn a sala, tudo oque via nela era o oni-chan com um enorme buraco abaixo do peito e seu coração quase não batia direito, mas parecia que de alguma forma ele,ele estava se curando não pela Shizune-san que estava tentando cura-lo, mais sim um chakra enorme mas a cura não era tão rápida.

- Otou-san, o oni-cha vai ficar bem, não vai?

-Vai, ele vai.

Mas ele estava mentindo, eu consegui ver o coração dele, deu uma breve aceleração quando uma pessoa mente isso acontece.

Depois de horas e horas de espera esperando, eles liberaram e eu pudi ver o oni-chan, no inicio eu só queria chorar por ele, mas me mantive firme e logo a minha mãe apareceu com a kitsune no colo.

Semanas se passaram, que viraram meses e ele ainda não acordava, eu comecei a perder a esperança já que até a Sarada-chan tinha acordado.

POV: SARADA

Passavam-se semanas e o Boruto não acordava toda vez que eu ia visita-lo a Himawari estava lá dizendo para ele acordar, abrir os olhos, mas infelizmente isso não acontecia mas um dia eu cansei disso e logo quando cheguei no hospital sentei ao lado da Himawari e disse:

-Ei eu tenho uma surpresa pra você, me de a sua mão.

Peguei na mão dela e na dele e usei um jutsu de ligação mental

 [dentro da mente do Boruto]

Himawari -Que, que lugar é esse Sarada-chan?

-É a mente do Boruto se tivermos sorte nos... Lá esta!

Olhamos para o lugar de onde eu apontava e vimos alguém...

 

 

 

 

 

 

 

 

Ao Acordar-controle definitivo

POV: BORUTO

-Onde, onde eu estou? Nossa, parece até o dia em que faltou luz em casa e eu e a Himawari nos escondemos de baixo da cama do meu quarto porque ficamos com medo, e depois o papai apareceu com uma lanterna e saímos de casa para olhar as estrelas.

E apareceram as imagens do ocorrido, e então eu comecei a lembrar de coisas da minha infância tipo:

*Quando eu entrei na academia.

*Quando eu e a Sarada ficamos amigos e outras coisas.

E elas começaram a aparecer.

Mas de repente, eu ouvi uma voz berrar alto:

-Boruto!

Eu me virei e não era ninguém mais ninguém menos que a Himawari e a Sarada.

-Oque, mais como?

 

 

-Sarada você sabe me dizer que lugar é esse?

-Esse lugar é a sua mente, Boruto.

-Oque então, vocês são fruto da minha mente.

-Não, não Boruto eu usei um jutsu para nos entrarmos na sua mente.

-Então é por isso.

-O que Boruto?

-É que quando eu lembro de algo no meu passado, a imagem acaba aparecendo aqui.

-Oni-chan eu estava com medo, a mamãe e o papai nunca seriam os mesmos e a Kitsune ia sentir sua falta.

Ela me disse me abraçando e chorando um pouco, eu quis chorar com ela mas de repente eu comecei a desaparecer e...

 

 

POV: HIMAWARI

-Oni-chan!

Eu gritei enquanto acordava ao lado do oni-chan, eu sentia que algo bom iria acontecer então passei a noite no hospital, no meio da madrugada eu ouvi alguma coisa e acordei, era... Não pode ser, oni-chan!

Eu ouvi ele falar algo, então me aproximei e ele dizia:

-Himawari, obrigado.

Eu juro que eu chorei na hora, era uma sensação ótima ver que uma pessoa que chegou tão perto da morte e que eu amava estar bem. Na manhã seguinte a Sarada-chan apareceu e o oni-chan começou a reagir de repente ele acordou e eu o abraçei tão forte que ele ate poderia morrer do quão forte foi o abraço e

 

FIM.

Anotações da autora:

Oi galera se vocês gostaram da fanfic digam nos comentários como eu deveria fazer a próxima.

Valeu e... Fui



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...