História A Garota da Capa Vermelha - (Jeon JungKook - Park Jimin) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Agdcv, Cutyeh_fanfics, Drama, Hetero, Lobisomens, Sobrenatural, Triângulo Amoroso, Vampiros
Visualizações 790
Palavras 550
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Cross-dresser, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi meus amores!

Hoje vim trazer mais um triangulo amoroso para vocês. Dessa vez com nosso Chimchim e biscoito.

Ela não é de época, mas teremos varias referencias a esse gênero.

Vou deixar esse pequeno Prólogo no ar para vocês, mas fiquem tranquilas (os), tudo será explicado!

Nos vemos nas notas finais!

Boa leitura~*

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction A Garota da Capa Vermelha - (Jeon JungKook - Park Jimin) - Capítulo 1 - Prólogo

Prólogo.

 

garota acordou, mas não estava em seu quarto. Sua visão estava turva e ela pôde perceber que estava com sua capa vermelha. Com muita dificuldade conseguiu identificar o lugar onde estava.

A rua Dark Moon

Seu coração gelou. Por que diabos ela estava lá? Aquele lugar cheio de horríveis lembranças?

Então ela o viu. Assim como aquela noite. O garoto de preto. Ele dessa vez estava menor que ela — já havia passado 11 anos —, e ele diferente dela parecia não ter crescido. Continuava aquela criança sombria.

— Fica longe de mim! — ela gritou desesperada tentado correr, mas suas pernas não se mexiam — Por que eu estou aqui? Fica longe de mim seu monstro!

O menino começou a andar lentamente em direção a ela, como naquela noite. Então ela viu. Os olhos vermelhos. Vermelhos como sangue, num tom tão vivo, que poderia ser bonito — se ela não estivesse apavorada.

— Por que eu estou aqui? — voltou a perguntar — Não...

Ele parou. Então num silêncio ensurdecedor ele a atacou. Ela pode ver os dentes — alvos e pontudo — se aproximarem dela, que em, puro reflexo fechou os olhos com força e se encolheu para se proteger.

Silêncio

Quando os abril e saiu de sua posição fetal, ele não estava mais na rua , estava no bosque Black Raven.

No mesmo lugar onde outras lembras ruins havia acontecido.


— O quê diabos está acontecendo? — olhava para os lados, mas uma vez sem conseguir sair do lugar, até que sentiu algo atrás de si. Um monstro. Ele estava lá, enorme e imponente.

Lentamente ela se virou e pode ver. Olhos amarelos âmbar hipnotizantes. Então ela viu o dono dos belos olhos. Um lobo negro como o crepúsculo. A observando como se estivesse pronto para atacar. O terror a atingiu, então.

Ela desabou no chão, incapaz de manter o olhar, e se enterrou na profundidade do refúgio da escuridão.

O grito se prendeu na garganta da menina que tremia.

— Criatura maldita. — ela sussurrou para fera tremula — Não se aproxime. — sua fala foi quase um apelo desesperado —  Por favor... fique longe...

Ela sentiu o lobo de movimentar e quando ela menos esperava ele atacou. Suas mandíbulas negras se abriram revelando caninos enormes, que em pouco tempo entrariam em contato com sua pele.

Mas um grito foi abafado pelos braços da menina na tentativa de se proteger.  Depois se seguiu um silêncio assustador, uma calma frenética.

Silêncio

Novamente ela se levantou. Não estava num lugar com lembras ruins. Estava numa sala de vídeo?

— Que diabos esta acontecendo? — ela ainda tremia e sua capa vermelha continuava intacta em seu corpo.

Havia uma TV em sua frente e ela estava sentada numa cadeira escolar, incapaz de mexer um músculo se quer. Seus olhos estavam fixos no aparelho, como se não pudessem se desviar.

A TV ligou sozinha e começou a chiar e chuviscar e de repente seu monitor ficou completamente negro.

—Mas o quê...

Não foi capaz de terminar a frase. Seu corpo paralisado ficou rijo e tenso quando a TV começou passar as imagens.

— Não... — sussurrou apavorada — Não... por favor... — sentia lágrimas quentes molharem seu rosto imóvel. — Eu... EU NÃO QUERO VIVER ISSO DE NOVO!!!

 

 

 

"Pessoas vem e vão; mas as únicas coisa que ficam
são as lembranças, saudade e a certeza
que elas não voltaram...
nunca mais..."

Juh.
 


Notas Finais


Espero do fundo do meu kokoro que vocês tenham gostado!

Sei que foi algo bem... hum... vago e confuso, mas logo tudo se acertara ;)

Conheçam minhas outras fics :

Love The Way You Lie : https://spiritfanfics.com/historia/love-the-way-you-lie--imagine-kim-taehyung-9518096 (Imagine - Kim Taehyung)

Decode : https://spiritfanfics.com/historia/decode--jeon-jungkook--sm-8494981 (One-Shot / Jeon Jungkook)

NÃO SE ESQUEÇAM DE COMENTAR, FAVORITAR E SEGUIR MEU PERFIL!!!

Bjs da Juh '3'


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...