História A garota das areias - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias League Of Legends
Personagens Ekko
Tags Contos De Runeterra, Ekko, Keybits, League Of Legends, Taliyah, Zaun
Exibições 19
Palavras 876
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura
Avisos: Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Um capítulo postado mais cedo do que devia.....aproveitem-se de minha generosidade.

Capítulo 3 - O ditador


Fanfic / Fanfiction A garota das areias - Capítulo 3 - O ditador

 

''Casa'' de Ekko, Fronteira final de Zaun

Ontem eu dormi como não havia a muito tempo.... estava feliz por encontrar abrigo tão cedo, Ekko está sendo bem hospitaleiro....Aprecio essa qualidade dele.

- Ei, hahahahaha, Para com isso !

Era Squiller, estava querendo me acordar.... podia ser de outra maneira não é?

Pois bem, ele conseguiu. Me levanto e me dirijo a ''cozinha'' e em cima de uma bancada se encontrava uma carta de Ekko.

''Olá Taliyah, se estiver lendo isso, Bom dia.

Hoje estou acompanhando o discurso obrigatório de Viktor na praça pública de Zaun,

Desculpe não ter te avisado, mas lembrei apenas ontem a noite enquanto dormia em minha cadeira, hehe.

Você pode pegar o que quiser comer na minha ''geladeira'' se encontrar algo bom claro, eu estarei de volta em algumas horas.''

- Ekko

Bem parece que ele vai voltar apenas na parte da tarde então, me dirijo até a cozinha e procuro o que comer.

Faço uma careta quando percebo que havia apenas gemas de ovo e cereais, não estávamos acostumados com isso em Shurima.

Mas teria que ser assim...eu engulo um seco quando percebo que deveria beber gemas de ovo....mas os cereais eu posso comer sem problemas.

Após comer os cereais coloco as gemas de ovo em uma xíraca, levanto-a com uma mão e com a outra eu tapo meu nariz, o gosto seria bem ruim com certeza, mas não queria que o cheiro fizesse parte também.

Após beber aquilo, me dirijo a pia para tirar aquele gosto horrível, faço alguns gargarejos e cuspo de volta na pia, ufa.

Me pergunto, o que o Ekko deve estar ouvindo de tão importante nessa audiência com o tal ''Viktor''?

Praça pública de Nova Praga

Pelo menos encontrei um lugar bom por aqui, vou apenas me sentar e tentar tirar um cochilo, o que é bem fácil com o Viktor falando

Espero que ele não demore muito quero ver se consigo terminar o Protótipo Revo-Z P46 ainda essa semana, se eu ficar o dia todo aqui bem....vou me atrasar.

Ah ele chegou, vamos agora ouvir o ditador de Zaun.

- Povo zaunita, Homens e mulheres de sorte, Hoje tenho orgulho de anunciar que a Fase Alfa de nossos experimentos finalmente começou, a audiência de hoje será um pouco diferente, vocês farão fila para uma vacinação anual, queremos analisar seus sistemas circulatórios para verificar se não há comprometimentos e aproveitar para testar nosso projeto, não precisam se afligir, a vacinação é indolor e não há efeitos colaterais, eu garanto.

Não gosto disso, um após outro, irão injetar em nossa pele algum tipo de elemento químico....

- Limpo.

Minha vez está quase chegando.

- Limpo.

Quase....

- Limpo.

É a vez do homem a minha frente.

- Rebelde !

- ''Es lebe die....revolte''

Eu olho para a cintura do homem, haviam gramas de explosivos amarrados por todo o seu corpo e em uma fração de segundos, ele detona.... mas eu sou mais rápido e consigo voltar 3,5 e meio no tempo...bem quando ele estava falando.

- ''Es lebe die...

Eu não espero ele terminar, eu o apago com meu ''porrete'' e impeço a explosão que mataria milhares...

- Garoto...

Um dos guardas verifica o corpo do recém apagado.....o desgraçado era um pilte.

- ...como sabia que esse homem estava carregando 30 quilos de explosivos?

- Instinto.

Até que Viktor se pronuncia. Ele põe uma das mãos em meu ombro e diz.

- Como conseguiu forjar esse equipamento tecmatúrgico?

- Eu encontrei no lixo.

- Fascinante, um trabalho impecável com tão poucos componentes utilitários....você é engenhoso garoto. Continuem com a vacinação, irei levar o menino para o Departamento Tecmatúrgico de Zaun, teremos uma longa conversa.

''Que saco...''' Pelo visto o projeto do P46 vai ter que esperar....
 
DTZ - Departamento Tecmatúrgico de Zaun
 
- Vê a cidade por esta janela garoto?
- Sim.
- É linda não é?
- Bem....eu
- Mas pode ficar ainda melhor
- Como?
- Você já deve ter ouvido falar do projeto Gloriosa Evolução não é?
- Não, o que é?
- Irei lhe contar....no tempo certo, mas no momento eu gostaria de recrutá-lo para fazer parte dele, seus conhecimentos seriam de grande valia e poderemos economizar anos de trabalho....
- Então vocês querem que eu trabalhe para algo que eu nem sei o que é?
- Com o tempo você verá.
- Desculpe Viktor, mas eu recuso sua proposta, eu ja tenho meu próprio trabalho
 
Eu então me dirijo a saída.
 
- Obrigado pelo seu tempo garoto.
 
''De nada'' digo em meus pensamentos.
 
Casa do Ekko, Fronteira final de Zaun
 
- Cheguei...
Eu então vejo que Taliyah estava diante de mim, ela estava com uma expressão de sorriso em seu rosto e atrás dela, vejo ao que deveria ser um abrigo mal cheiroso, uma casa completamente arrumada dentro de minhas condições....como não pensei nisso antes?
 
Bem vindo ao lar.
- Vo..Você fez tudo isso? Sozinha?
- Bem eu tive uma ajuda...não é Squiller?
 
''Estou começando a gostar dessa garota...''
''Ela transformou meu dia exaustivo em um dia de paz.''
''Ela removeu todo meu estresse em um único gesto de amizade.''
 
Foram esses pensamentos que vieram na minha cabeça...algo estava errado, um novo sentimento talvez...o que seria isso?
 
Apenas o tempo dirá.

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Uma história sendo lançada as 15:00? what? Espero que tenham curtido, tentarei trazer mais capítulos frequentemente para vocês, tenham uma ótima tarde ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...