História A garota do bordel - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Adam Lambert
Visualizações 11
Palavras 376
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - Capitulo 9


 Tommy ligou para Rafaela para saber se quarta ela estava livre para se encontrarem para comemorar a notícia dela.
 - Quarta? Pode ser. Eu estou tão feliz! Quero que quarta chegue voando para te ver. Faz dias que não nos vemos. 
 - Que empolgação toda... Tudo isso só para me ver? Eu sei que estou zoando mas também quero muito te dar um abraço para comemorar sua nova fase.
 Tommy também estava começando a gostar de Rafaela e queria muito sentí - la nos braços dele novamente.
 Rafaela estava nervosa porque seria a primeira vez que teria algo com ele longe do profissional e seria mais íntimo. Então usou uma roupa diferente da que usava na boate, que era sempre vestidos curtos e provocantes. 
 Usou uma calça leve mas que marcava o corpo e uma regata elegante, ambos pretas e salto não muito alto. Um brinco de pedra discreto  e um batom marrom muito bonito. Para completar, usou um delicioso perfume daqueles que demora para sair do corpo.
 - Oi - Disse Tommy e deram beijos na bochecha - Está perfumada...
 - Oi. Você também. 
 - Eu conheço um barzinho aconchegante onde podemos jantar. 
 - É bom esse lugar?
 - Sim. Eu já fui com meus amigos lá. Vamos? 
 - Vamos. Estou com fome. Disse Rafaela.
 Eles comeram, conversaram bastante e depois de umas taças de vinho, Tommy criou coragem para pegar na mão dela e dizer umas palavras:
 - Eu sei que já ficamos algumas vezes mas sinto que eu estou gostando muito mais da sua companhia e queria saber se podemos ficar juntos. Rafaela ficou meio tímida mas sorriu de volta.
 - Desde aquela noite que você ficou comigo e cuidou de mim doente, eu também sinto algo diferente e não consigo mais te tirar da cabeça. Sim, eu quero muito ficar com você. Ambos sorriram e cruzaram as mãos 
em cima da mesa.
 Após pagarem a conta e saírem,  eles se encostaram no carro de Tommy e se beijaram. Depois ele abriu a porta e entraram.
 Eles saíram dali e foram para casa dele.
 - Para onde está me levando?
 - Quero que conheça minha casa. Eu já conheço a pensão onde mora e agora é a minha vez que mostrar minha casa.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...