História A Garota Do Coma:Jimin - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 15
Palavras 615
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - 002:A Garota Do Coma


Assim que cheguei a Daegu fui recebido por dois amigos virtuais meus que moravam em Daegu. TaeHyung e Hoseok namoravam, ou seja;Eu vou ficar de vela enquanto morar na casa deles.

- Jimin mozão! - TaeHyung grita e pula em mim.

- Que história é essa em Kim TaeHyun? - Hobi fala chateado.

- Desculpa baby.

Fomos rindo o caminho inteiro até chegar na casa deles. Eram uma casa bonita como todas as caaas da região.

Tiramos nossos sapatos e entramos na casa.

          Quebra de tempo             

Já eram por volta de 10:20 da noite, eu não conseguia dormir dr maneira alguma, não sei se por anciedade ou pelo filme de terror que eu havia assistido junto a TaeHyung e Hoseok mais cedo. Hoseok provavelmente também não estaria dormindo, ele foi o oque mais se assustou durante todo o filme.

Um tempo depois escuto alguns gemido abafados, com certeza Hoseok não estava dormindo... E TaeHyung também não...

Me levanto e vou até a cozinha para beber um copo de água.

Assin que subo finalmente consigo dormir.

            Quebra de tempo            

Acordo com a luz do Sol em meus olhos e me amaudisou por não ter feixado aquela cortina ontem a noite.

Me levanto, tomo uma xicara de café que Hoseok fez e pego minhas coisas e vou até meu novo trabalho.

- Senhor Park?

Me viro e vejo uma garota um pouco mais baixa que eu. Ela tinha cabelos pretos e longos com uma franjinha que a deixava com um ar infantil, seus olhos tinham um tom de mel esverdeado, um corpo delicado e uma pele de tom de neve.

- Sim?

- Eu sou a enfermeira Cheng Liang Liang, mas me chame apenas de Liang. Qualquer coisa pode me chamar que euo ajudarei sem falta.

- Obrigado Liang.

- Venha! Tenho que lhe mostrar a garota do coma.

- Me mostrar quem?

- Bom é difícil de esplicar, mas a 5 meses atrás uma ligação anônima ligou para nós e disse que uma garota estava desacordada em um viaduto aqui perto.Fomos o mais rápido que podemos, assim que chegamos lá vimos uma garota no chão ela estava coberta de sangue. Trouxemos ela rápido pra cá e cuidamos dela, mas ela estava em coma. Dentro desses 5 meses ninguém nunca veio atrás dela.

- Nem um familiar ou amigo?

- Ninguém mesmo.

Seguimos até um quarto. Estava deitada na cama uma garota muito jovem, era assustadora a quantidade de fios que estavam ligados a ela para a manter viva.

- Como ela se chama?

- Não sabemos, achamos a carteira dela, mas seu nome estava inlegivel em sua indentidade.

- Entendo...

- A única coisa que sabemos é que ela tem 23 anos.

- Tão nova....

Ela era muito bonita, mas não parecia uma coreana e sim uma garota latina.

Quem não são sabe oque realmente aconteceu acha que ela estava dormindo. 

Seus cabelos estavam meio bagunçados sobre a cama, mas não aparentavam não ter sido penteados a mais de 5 meses.

- Como os cabelos dela parecem está tão arrumados não é?

- Ah! Não conte a ninguém, mas nos apegamos tanto a ela que todps os dias arrumamos seu cabelo e fazemos tudo que ela tem direito.

- Nossa...

Me surpreendi com a boa vontade de Liang Liang e dos outros enfermeiros.

Liang Liang terminou de me mostrar o hospital e me deixou em meu novo consutorio.

Aquela garota não saia de minha cabeça, era tão linda, mesmo em coma.

Uma grande vontade de ajudá-la, fazer a mesma acordar passava por mim. Eu queria ver a cor de seus olhos, escutar o tom de sua voz... Talvez... Sentir o sabor de seu beijo... O que você está pensando Jimin? Por que está pensando nela o chamando de "Jimin oppa"?

Começei a fezer meu trabalho, mas ela não saía de minha.

Uma dia eu ainda vou te conhecer... Garotinha do coma...

                             continua...





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...