História A Garota do Dixon - Capítulo 41


Escrita por: ~

Postado
Categorias Andrew Lincoln, Chandler Riggs, Norman Reedus, Steven Yeun, The Walking Dead
Personagens Aaron, Abraham Ford, Beth Greene, Carl Grimes, Carol Peletier, Dale Horvath, Daryl Dixon, Enid, Eugene Porter, Gabriel Stokes, Glenn Rhee, Maggie Greene, Michonne, Negan, Paul "Jesus" Monroe, Personagens Originais, Rick Grimes, Rosita Espinosa, Sasha, Shane Walsh, Tyreese
Tags Daryl Dixon, The Walking Dead, Twd
Exibições 50
Palavras 1.165
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Romance e Novela, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Canibalismo, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey amores sorry a demora para postar...aqui vai mais um cap fresquinho.

Capítulo 41 - Deu Positivo.


P.O.V DARYL
Glenn já havia partido a dois dias atrás,Daniella estava acabada,não comia nada,não sorria,não ria,ela não era mais ela mesma,claro que Eu a entendia,era o irmão dela que havia partido,ela estava sentada ao lado de fora da igreja,encarando o nada sem expressão alguma,peguei a besta e fui até lá,me sentei a seu lado,ela nem se deu o trabalho de me olhar,logo se apoiou em mim e chorou,ela soltava soluços,não falei nada apenas fiquei lá consolando-a,acho que no fim das contas o casamento é assim,um sempre deve estar lá pelo outro e Eu estava lá por Daniella,assim como ela sempre esteve lá por mim,ela chorava,soluçava,apenas acariciava seus cabelos,mas não era só a falta de Glenn que fazia Daniella estar estranha e isso não era comum.

-Obrigado-ela murmurou.

-Pelo Oque?-pergunte.

-Por estar aqui comigo-falou me abraçado mais.

-Sempre vou estar-falei calmo e sereno.-Mas não é só isso que lhe afeta,Danny oque está acontecendo?-questionei.

-Daryl,E-Eu acho que estou grávida-gelei,grávida?,de um filho meu,fruto do nosso amor.

       Então as lembranças me atingiram num baque,a noite no riacho,fomos a um banho,acabamos perdendo o controle e as coisas aconteceram,não me arrependia de nada,a criança que viria não seria um peso,seria meu filho e Eu o protegeria,não tive bons pais,na verdade não tive uma família,mas me esforçaria para ser um bom pai e é isso que Eu vou fazer.

-Daryl-a voz de Daniella me despertou do transe.

-Já tem confirmação sobre a gravidez?-perguntei.

-Eu quero fazer um teste pra confirmar-falou torcendo os dedos na bainha de sua camiseta.

-Vamos a cidade,lá deve ter alguma farmácia-falei me levantando,ela assentiu se levantando também.

       Pegamos armas e fomos a cidade,o caminho foi de pleno silêncio,estávamos andando em passos rápidos,não demorou para que adentremos a cidade,achamos a farmácia,Daniella entrou e pediu para que Eu ficasse ao lado de fora assim o fiz,fiquei uns dez minutos do lado de fora então ela voltou,sua expressão tinha um misto de emoções,ela parou a minha frente,ela tinha um teste nas mãos.

-Então?-perguntei queria que ela estivesse grávida,queria um filho nosso.

-D-Deu Positivo-ela estava feliz e emocionada.

       Sem me conter a ergui em meus braços e a beijei,Daniella estava grávida de um filho nosso,fruto do nosso amor,não conseguia acreditar como Deus havia sido tão bom a ponto de me dar uma família a minha família,Eu,Danny e agora nosso pequeno filho,no que separamos o beijo olhei para a barriga de Danny,lá estava meu filho,guiei minhas mão até sua barriga e acariciei,de algum modo acreditava que meu filho sentiria aquele carinho,Daniella fechou os olhos enquanto lágrimas de emoção dominavam seu rosto,sem um motivo certo as minhas também brotaram,era meu filho que estava ali dentro,nosso momento foi cortado por um errante,matei o mesmo e voltamos,agora que Daniella estava grávida Eu cuidaria dela,ela já começou a reclamar dizendo que  Eu iria mandar e desmandar nela,isso e aquilo,só consegui rir,chegamos a igreja,avistamos um enorme caminhão de bombeiros parado na frente da mesma,nos entreolhamos e entramos,assim que entramos vimos Glenn,Maggie e os outros que partiram,Daniella se jogou nos braços do irmão,que a envolveu emocionado,a roda de abraços e comprimentos começou,Beth e Sam estavam abraçados olhando toda a cena,logo Maggie e Danny estavam abraçadas sorrindo e rindo,Eu tinha a minha Danny de volta,não deixei de sorrir minimamente.

-Então pessoal temos uma noticia-Danny falou vindo a meu lado.

-Falem logo-Beth falou animada.

-Nós vamos ter um filho-falei.

       As expressões de todos ficaram surpresas,Maggie começou a pular animada e abraçou Danny assim como Beth,logo fomos recebidos por abraços e tapinhas nas costas Glenn estava atônito parado no mesmo lugar,ele estava sem reação conhecendo bem o coreano lá vinha um surto e dessa vez um surto bem longo,seu choque inicial passou e logo ele se pronunciou.

-Hum...um bebê...para fazer bebês é preciso de...Estava...estava transando com a minha irmã enquanto Eu estava fora?!Daryl,você e minha irmã estavam se pegando-gritou furioso,Eu sábia se não tivesse escândalo não era o Glenn.

-Glenn-Maggie o repreendeu.

-Glenn já chega-Rick o cortou.

      Ele olhou Daniella e viu a irmã se encolher,ele se aproximou e a puxou para um abraço,então outra bomba nos foi jogada,Eugene não era cientista de porra nenhuma,havia nos enganado por covardia,ele e aquele padre seriam uma ótima dupla de covardes isso sim,Judith tinha mais coragem que aqueles dois,Carl se aproximou de Daniella e tocou levemente sua barriga,enquanto sorria.

-Parece que a Judith arrumou um primo ou prima-Rick apareceu ao meu lado brincando.

-Primo nada,se for menino vai ser pretendente dela-Danny apareceu,o sorriso de Rick sumiu na hora enquanto Daniella gargalhava.

-Por favor Daryl que você tenha feito uma menina-Rick resmungou,enquanto Daniella ria mais ainda.

-Hey Danny-Beth apareceu com Sam.

-Diga loirinha-ela falou.

-Podemos tocar na sua barriga?-perguntou,Daniella sorriu emocionada e assentiu,eles brincaram enquanto Daniella se emocionava.

        Com o decorrer a tarde foi passando,deixamos a igreja e partimos para enfrentar a estrada,Daniella estava a meu lado de mantinha de cabeça erguida,entre uma hora ou outra a minha mão ia para sua barriga,ela sorria,mas nenhum dos dois falava nada,então seguimos nosso caminho.

 P.O.V DANNY
 Um filho,Eu estava esperando um filho,um fruto do meu amor e o amor de Daryl,estava tão feliz que não cabia no meu peito,pai,mãe,de onde vocês estejam observando a mim e Glenn,espero que estejam orgulhosos,de onde quer que estejam nos vendo,Eu achei o homem com quem Eu quero passar o resto da minha vida,Glenn encontrou a mulher que ele ama,estamos felizes,o grupo decidiu parar para descansar,Daryl se sentou e me sentei em seu colo,ele me envolveu e me permiti fechar os olhos dormindo em seguida.

 -Sonho On-
 Narradora...
 
"Danny se encontrava em sua antiga casa,ela usava um vestido longo branco,seus cabelos caiam em cascatas negaras em suas costas,a coreana via as lembranças que lhe decorriam na memória,ela sorria,então duas figuras apareceram em sua frente,a jovem Danny não temeu nada,apenas ficou encarando as figuras a sua frente,eram seus pais.

-Danny-Anna falou enquanto olhava a filha.

-Mamãe-a jovem falou.

-Minha filha-Jeff falou abraçando a mesma.

-Papai-a essa altura a jovem Danny chorava.

-Está casada não é?-Jeff questionou.

-Sim,seu nome é Daryl Dixon ele é um homem maravilhoso e...-Anna interrompe a filha gentilmente.

-E está a esperar dois belos filhos dele-Anna completou,Danny ficou sem entender a parte dos "dois filhos".

-Minha filha se cuide e cuide de suas crianças,certo?-Jeff perguntou vendo a filha assentir.

-Amamos muito você e Glenn-Anna e Jeff falam juntos.

-Mamãe porquê disse dois filho...-Danny é interrompida.

-Hora de acordar meu amor e nós te amamos-Danny sene um breve toque em sua testa então o senho se vai.


    -Sonho Off-
Acordei com respingos em minha cara,Eu havia sonhado com meus pais,a frase de minha mão ainda ficou em minha mente,"E está a esperar dois belos filhos dele",como assim?,dois filhos?,não consigo entender,Daryl olhava o céu que permitia que suas gotas caíssem levemente,assim percebeu que Eu acordei se virou para mim,me deu um beijo rápido,levantamos,Rick  falou para que usemos as nossas garrafas de água para coletar a chuva e assim o fizemos,então Eugene aponta uma coisa,uns galões com água,Rick que estava perto pegou o bilhete e leu em alto e bom som.

-De Um Amigo.

 


Notas Finais


ENTÃO?
COMENTEM,CRITIQUEM,FAVORITEM,EU NÃO MORDO<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...