História A garota do meu lado - Capítulo 42


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Exibições 311
Palavras 1.553
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Luta, Magia, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi todos vocês que estão lendo essa fic, aqui quem fala é a Diretora,
Não sei se perceberam mas a imagem de hoje é diferente, pois ela não tem nada
haver com a historia, pois a Autora dissidiu que estava na hora de vocês conhecerem agente.
Publico: É vocês são assim mesmo?
Diretora: Somos sim, tá claro que a Narradora não veste essas roupas de verdade(roupas feitas
pela figurinista), mais ela disse que essa roupas deixavam ela ainda mais fofa, a Autora concordou claro,
mas voltando a fic, não deixem de ler as notas finais pois tem um aviso importante!

Capítulo 42 - Estarei sempre ao seu lado... mesmo que seja na banheira.


Fanfic / Fanfiction A garota do meu lado - Capítulo 42 - Estarei sempre ao seu lado... mesmo que seja na banheira.

Adrien: Eu não estou falando disso, eu quero saber, voltamos a ficar juntos?

Mari: Claro...

Adrien, Chat eu sempre amei vocês e agora que eu sei que vocês são a mesma pessoa eu posso dizer, eu sempre amei você, sempre amei você por completo, nem mais o Chat, nem mais o Adrien, eu sempre amei os dois, eu sempre amei você, eu te amo Chat, eu te amo Adrien.

Mari: Eu te amo.

Sempre amei, sempre amarei e sempre vou esta do seu lado.

Nos dois nós separamos e ficamos lá parados sem saber o que fazer e nem o que dizer, até que ele deu uma risada.

 Adrien: kkkk.

Mari: O que tem de tão engraçado.

Adrien: Lembra de quando você tinha “sumido” e eu e sua mãe ficamos muito preocupados ?

Mari: Lembro, e?

Adrien: Você disse que tinha saído bem sedo pra ajudar um amigo, eu estava morrendo de ciúmes porque eu não sabia quem ele era, mas agora eu percebi que você estava comigo, só que como Ladybug, você estava lá do meu lado, sempre esteve.

Mari: E o mesmo vale pra você-eu falei me levantando e indo em direção a cômoda- Vou tomar um banho.

Eu pequei umas roupas e uma toalha, entrei no banheiro e enchi a banheira que tinha lá de agua morna. Quando ela encheu eu entrei, não demorou muito e ela ficou cheia de espuma, não conseguia parar de pensar nós meus pais, como eles estão? O que terá acontecido como os meus amigos? E a Alya? E a Clóe, como ela esta?- eu me lembro daquela cena.

{Volpina: Não preciso mais de você-ela joga a Antibug contra a parede fazendo com que ela batesse fortemente a cabeça e caísse no chão desmaia-se.

Desaparecida: Cloé!!-ela corre até onde ela estava-Clóe, Clóe!- ela chamava por ela, mas a mesma não respondia.

Ladybug: Desaparecia ela esta bem?

Desaparecida: Não, ela não responde!}

Eu estava tão mergulhada nós meus pensamentos que eu nem percebi que certo modelo bobo havia entrado no banheiro e estava lá me olhando, mas também quando eu percebi...

Mari: A-A-A-A-A-A-A-A-ANDRIEN!- Ele estava lá me olhando só de cueca boxer, imediatamente eu tento me cobrir com os braços- o que esta fazendo aqui?-tento não olhar pra ele-.

Adrien: Não se preocupa, eu não vi nada graças a espuma-ele falou enquanto se aproximava-.

Mari: O que você esta fazendo aqui?!

Ele entrou na banheira que trasbordou um pouco, e eu fiquei mais vermelha do que o cabelo do Nathaniel.

Adrien: E a minha vez de tomar banho.

Mari: Tomar banho de cueca?

Adrien: Quer que eu a tire, assim ficamos empatados.

Mari: NÃO!-eu meio que gritei-.

Adrien: kkkk.

Eu não disse nada só fiquei calda fazendo um biquinho.

Adrien: Desculpa eu me esqueci, você não gasta que zombem de você.

Ele falou isso e eu me lembrei da primeira vez que o Chat foi me visitar.

{Ele se aproximou de mim, com um olhar sedutor, pois as duas mãos no meu rosto, eu não sabia o que fazer só fechei os olhos e esperei.

Chat: kkkkkk-ele cai na gargalhada.

Abro meus olhos de novo e percebo que aquele gato bobo estava rindo de mim.

Mari: Seu gato bobo- falei fazendo um biquinho.

Chat: O que? Você realmente queria que eu te desse um beijo my princess?-Ele falou novamente se aproximando de mim, mas eu sabia que ele não ira fazer isso se não fez da primeira vez que pode.

Mari: Não é isso eu só não gosto que zombem de mim e eu ...

Antes de eu terminar a frase ele me deu um beijinho na testa que me deixou surpreendida.

Chat: Pronto, já pode para de reclamar, ai esta o seu beijo.}

Adrien: Você achou mesmo que eu ia fazer isso?

Mari: Achei, você invadiu o banheiro, ficou me olhando...

Adrien: Mas eu não vi nada.

Mari: Entra na banheira e continua me olhando-falei isso e jogo um pouco de água encima dele.

Adrien: É assim é?-ele jogou um pouco de água em mim também.

Eu pensei em revidar jogando mais água nele, só que assim a espuma que me protege podia acabar.

Mari: Feixe os olhos que eu vou sair.

Adrien: Tá-ele fala fechando somente um dos olhos e deixando o outro aberto.

Mari: Bobo.

Adrien: Mas você ainda me ama- ele fecha os olhos, convencido-.

Mari: Será? O Nathaniel nunca me espiou enquanto eu tomo banho- ele cruza os braços, eu saiu da banheira e me enrolo na toalha, vi que ele avia trazido sua roupa então não será preciso eu vim aqui trazer.

Eu me viro e vejo ele ainda com os olhos fechados, me aproximo dele e dou um beijinho na testa dele.

Mari: E claro que eu te amo bobo.

Ele abre os olhos ( eu já estava de toalha então não tem problema)e da um leve sorriso.

Eu saiu do banheiro e me visto no quarto mesmo.

 Me sento na cama e penso de que lado será que ele dorme?

Ligo a tv, para ver as ultimas noticias.

Reporter: Paris esta um caos apos o taque de varias Volpinas, foi confirmado que além dela a outra duas pessoas akumatizadas, sendo uma delas a filha do prefeito, Clóe Bourgeois que está desaparecida, até agora não temos sinal dos heróis de Paris, também estão desaprecidos três alunos da escola que foi atacada, sendo eles: Sabrina Raincomprix, Marinette Dupain-Cheng e Adrien Agreste o filho do grande estilista de moda Gabriel Agreste, o estilista não quis gravar entrevista, vejam agora um video que foi postado no Ladyblog por uma das alunas dessa escola.

Video on:

Alya: Oi o meu nome é Alya e eu sou amiga da Marinette uma das meninas que desapareceu, eu estou gravando esse vídeo pra disser que, Marinette, aonde quer que você esteja, se poder me escultar saiba que todos estamos com saudades e também muito preocupados, os seus pais disseram que não vão abrir a padaria enquanto você não voltar, olha esse é um desenho que o Nathaniel vez seu-ela mostra o desenho que era iqualzinho a mim- ele disse que também não vai mais desenhar enquanto você não volta já que você é a inspiração dele, muito fofo né? –ela enxuga as lagrimas que ela deixou cair- Volta logo amiga eu quero te mostrar as fotos que eu tirei do seu beijo com o Adrien, eu acho isso muito triste vocês desaparecerem justo quando estava dando tudo certo pra vocês dois, eu também não sei do motivo da Ladybug e do Chat noir terem abandonado agente nesse momento difícil, mas eu quero que saiba que nós te amamos muito, volta logo tá.

Video off.

Mari: Alya... eu... eu não abandonei vocês, eu só... só...

Adrien: Não devia ver essas coisas elas te deixam triste e eu não gosto disso-ele estava parado na porta do banheiro enchucando a cabelo, ele estava de short e sem blusa.

Mari: O que aconteceu com a blusa que você leveu para o banheiro?

Adrien: Ela acabou se molhando, não me pergunte como.

Mari: Deixa que eu pego outra pra você- eu vou até a cômoda e pego outra blusa, eu pego e entro a ele, mas percebo que ele está me olhando de um jeito estranho- oque eu foi?

Adrien: Será assim?

Mari: Assim o que?

Adrien: Quando agente se casar será que você vai continuar me dando as blusas quando as que eu levo pro banheiro se molharem?

Mari: Não, se eu já fasso isso, quando agente se cassar eu vou te vestir.

Adrien: Isso quer dizer que você aceitar se cassar comigo algum dia no futuro?

Mari: No futuro, agora vamos primeiro derrotar esses akumas.

Ele me segura pela cintura e me puxa pra mais perto dele, fiquei um pouco surpresa, mas quando eu olhei pra aqueles olhos verdes acabei me perdendo na imensidão daquele olhar, aos poucos nossos rostos começaram a se aproximar e quando faltavam alguns centímetros eu levei minha mão até a nuca dele e puxei ele fazendo nossos lábios se selarem, isso incrível, pois sempre era ele, como Chat e como Adrien que me beijava, mas dessa fez fui eu, começou devagar, era um beijo cheio de desejo tanto por parte minha quanto pela dele,  eu explorei mais uma vez o interior daquela boca, estava tudo indo super bem até que...

Toc-toc

Baterão na porta, nós dois nós separamos eu disse...

Mari: Pode entrar.

O mestre fu entrou e disse...

Mestre Fu: Eu vim traze-lhes isso-ele mostra duas escovas de dentes uma vermelha e outra azul.

Adrien: Obrigado-ele disse pegando a Azul.

Mari: Obrigada- eu pego a vermelhar.

Mestre Fu: Como vocês já devem saber, estão sendo considerados desaparecidos, e eu gostaria de saber se alguns de vocês dois trouce o celular.

Mari: Eu trouce -eu pego ele, ai eu vejo que havia varia mensagens e telefonemas dos meus pais e da Alya-.

Mestre Fu: Me entregue por favor-eu entrego-.

O mestre Fu estava usando aquela bengala dele, bengala essa que não servia pra nada, pelo menos eu ao que eu achava até que ele jogou o meu celular no chão e começou a quebra-lo usado ela (uma bengala quebradora de celulares).

Mestre Fu: Pronto, não corremos mais riscos de sermos rastreados.

Eu nem havia pensado nessa possibilidade, o Mestre Fu pensa em tudo.

 

Continua...


Notas Finais


Todas: Oi gente!
Narradora: Estamos qui pra da um aviso super, iper, mega importante!
Autora: Mas primeiro, vc que leu o titulo antes de ler a fic, achou que eu tava brincando?
Diretora:Como vocês devem saber amanhã é o dia das crianças.
Autora: E queremos dez de já parabenizar, as crianças que estão lendo isso(se tiver alguma, claro).
Narradora: Ei eu vou ganhar presente?-ela pergunta fazendo uma carinha de anjinho.
Figurinista: você e só alguns anos mas nova do que agente.
Narradora: E?
Autora: Tá, vou pensar no seu caso, mas agora voltando ao aviso, nós aqui do Studio decidimos que, como é feriado, muitos dos nossos trabalhadores iram viajar, e então por isso não sabemos ao certo quando poderemos voltar a escrever os próximos caps, pois sairemos todos de ferias a parti de amanhã.
Publico: Mas Autora o feriado é só amanhã.
Autora: Eu sei, mas nós decidimos aumenta-lo por um tempo para que possamos passar alguns dias como as nossas familias.
Figurinista: Bom agora já foram avisados por isso nada de reclamação nos comentarios.
Publico: Por que a Mensageira não apareceu na foto?
Diretora: Por que é muito covarde e tem medo do flash da câmera que o Fotografo usou pra tirar.
Narradora:kkkk, ela se escondeu de baixo de uma mesa e disse que não ia sair até a câmera ser tirada pra fora do Studio.
Todas: FELIZ DIA DAS CRIANÇAS!
Mensageira:F-fe-feliz dias das crianças-ela diz tremendo de medo, ainda debaixo da mesa.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...