História A garota do meu lado - Capítulo 43


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Exibições 262
Palavras 1.251
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Luta, Magia, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Narradora :Oi gente tamo de volta.
Publico: Eba! Mas vocês não iriam voltar no domingo?
Pois é, agente ia só que fomos informados de que amanhã o Studio será fechado
para revisões, então nós nos reunimos para postar esse cap hoje, então aproveitem o nossos esforços
e aproveitem o cap.

Capítulo 43 - O kwami da garota do meu lado não gosta muito de mim.


Fanfic / Fanfiction A garota do meu lado - Capítulo 43 - O kwami da garota do meu lado não gosta muito de mim.

Mari: Eu trouce -eu pego ele, ai eu vejo que havia varia mensagens e telefonemas dos meus pais e da Alya-.

Mestre Fu: Me entregue por favor-eu entrego-.

O mestre Fu estava usando aquela bengala dele, bengala essa que não servia pra nada, pelo menos eu ao que eu achava até que ele jogou o meu celular no chão e começou a quebra-lo usado ela (uma bengala quebradora de celulares).

Mestre Fu: Pronto, não corremos mais riscos de sermos rastreados.

Eu nem havia pensado nessa possibilidade, o Mestre Fu pensa em tudo.

Mari: E os nossos kwamis?

Mestre Fu: Estão dormindo- ele vai isso e vai embora deixando o Adrien e eu novamente sozinhos no quarto.

Adrien: O que faremos agora?

Mari: Quer que eu vá na cozinha preparar alguma coisa pra você comer?

Adrien: Não obrigado, estou cheio da comida da sua festa de boas vindas.

Mari: Festas de boas vinda-eu abaixo a cabeça- no final acabou sendo em vão-.

Adrien: Mari me desculpe, isso tudo é culpa minha, eu não devia ter te beijado, mas eu não te resisti.

Mari: Ei, se você não tivesse feito isso, nós nunca teríamos descoberto que a Lila estava akumatizada, e no final eu gostei do beijo- dou um sorriso-.

Adrien: Obrigado Mari, obrigada por tudo.

Mari: De nada, então acho melhor agente dormir-corei em só pensar- amanhã vai ser um dia cheio.

Nós dois escovamos os dentes e voltamos pra a frente da cama.

Adrien: Então... De que lado My Lady dorme?

Mary: Bom, eu, hum... o esquerdo.

Adrien: Então eu fico com o direto.

Nós dois nós deitamos, um de costas pro outro, eu sentia vontade de me virar pra ver se ele já havia dormido, mas ao mesmo tempo sentia um pouco de vergonha, passou certo tempo e eu ainda não consegui dormir, de repente escuto uns gemidos...

Adrien: Não, não...

Eu me virou e fico vendo o Adrien, achai estranho, o Plagg disse que ele sempre sonhava comigo, e agora parece que ele esta tendo um pesadelo, será que devo acorda-lo?

Adrien: Não, não, Marinette!-ele fala ainda dormindo.

Vejo que ele esta começando a suar, eu me aproximo dele e o abraço.

Mari: Adrien. Adrien acorde, você está tendo um pesadelo.

Adrien: M-Mari?!-ele acorda- MARI!- ele me abraça forte.

Mari: Acho que o sonho, digo pesadelo foi mesmo horrível- digo passando a minha mão na cabeça dele em forma de carinho.

Eu me separo dele.

Adrien: O que foi?

Mari: Vou pegar um copo de água pra você, esta muito nervoso-eu me viro.

Adrien: Não!- ele me segura botando o braço envolta da minha cintura- Eu só preciso de você.

Fiquei calada e ele também não disse nada, passou mais um certo tempo e eu acabei dormindo.

No outro dia.

Acordo com o Adrien me olhando com acara de bobo.

Mari: O que você esta olhando?- eu me levanto e fico sentada na cama do lado dele.

Adrien: Um anjo.

Mari: Anjo?

Adrien: Se lembra do dia em que você dormiu dentro da sala de aula?

Mari: Lembro, eu acordei com você me olhando também.

Adrien: Você estava tão linda dormindo naquele dia que parecia um anjo acordado, naquele dia eu desejei ver a mesma cena de novo um dia, e bom eu acabei de vê.

Mari: Porque esta tão feliz?

Adrien: Porque eu tive um sonho lindo.

Mari: Você quer dizer que teve um sonho lindo depois do pesadelo horroroso, mas agora fiquei curiosa, com o que sonhou?

Adrien: Não quero dizer.

Mari: Esta bem, não diga, mas e o sonho bom?

Adrien: Também não quero dizer -ele se aproximou do meu rosto e sussurrou -Esse eu quero que se torne realidade- ele me beija.

Tikki: Beijos logo pela manhã?

Nós dois nós separamos.

Mari: T-Tikki, o que esta fazendo aqui?

Tikki: Vim desejar bom dia pra vocês dois.

Adrien: B-Bom dia, mas cadê o Plagg?

Tikki: Dormindo.

Mari: Falando nisso essa é a primeira vez que você dormiu longe de mim, como passou a noite?

Tikki: Bem.

Adrien: Bem ao lado do Plagg ou bem ou lado do Wayzz? Ou até quem sabe dos dois?

A Tikki olhou com um olhar serio pro Adrien.

Tikki: E isso interessa?

Adrien: Bom o Plagg é o meu kwami então eu acho que interessa sim.

Tikki: Seu kwami, não seu filho, mas respondendo a sua pergunta senhor Chat Noir, eu não dormi ao lado de nem um dos dois, nunca aceitaria isso, não igual á Mari- valeu Tikki- Desculpe Mari, mas eu nunca fui a favor de você ter aceitado aquela proposta do senhor Agreste, pois mesmo sendo a mesma pessoa isso que ele fez foi errado.

Adrien: Pois se você não concordava era só ter dito logo a verdade pra Marinette, sei que você sempre soube quem eu era.

Tikki: Não podia ter feito isso sem a permissão do Mestre Fu.

Adrien: Ele não é seu pai pra te dar ou deixa de dar permissão.

Tikki: ESCUTA AQUI SEU ADRIEN!- A Tikki explodiu- se meta com o seu kwami, por que comigo você está ferrado, tem ideia de quanta dor de cabeça você me deu? Sempre fazendo a Mari chorar, como Adrien, como Chat,  me deixa te perguntar, você é sego? Os mesmos brincos, mesmo cabelo, mesmo tom de voz, como você não notou de cara que era a Mari?

Adrien: A Mari também não percebei que  Chat era eu?

Correção é aqui que a Tikki explodiu.

Tikki: Pelo menos ela não escolheu só o Chat, Que nem você escolheu só a Mari, fique sabendo que a Ladybug também faz parte dela, ter feito isso foi como ter desprezado a Ladybug.

O Adrien ficou mudo, e eu igual, sempre pensei que quando tivessem a chance de conversarem seriam grandes amigos, mas acho que me enganei, será assim comigo e o Plagg?

[...]

Plagg: Mari você é incrível!- abraça o pedaço de queijo camembert.

Mari: Não é pra tanto.

Plagg: Como que não é pra tanto? O chato do senhor Agreste quase nem me alimenta-morde o queijo.

Tikki: Parece que até o seu kwami tem reclamações de você senhor Agreste.

Adrien: Chega de me chama pelo meu sobrenome!

Mari: Seu café da manhã esta pronto senhor Agreste.

Adrien: Marinette!

Eu dei uma risadinha.

Agora estamos todos na cozinha, que dizer todo menos o mestre Fu e o kwami dele que foram fazer compras.

Mari: Desculpa Adrien, mas olha- eu mostro os recém preparados croissants recheados com nutella que ele tanto gosta(Narradora : Eu quero também!)(Diretora: Não interrompa a historia)(Figurinista: Não sei nem por que que veio, hoje não esta fazendo nada.)(Autora: Ela veio comigo.)(Diretora: Um dia espero intender essas duas que só andam encangadas)– então me perdoa?

Adrien: Claro-ele faz uma cara de alegria.

Mari: Toma Tikki eu fiz uns biscoitos pra vocês.

Tikki: Oba! Obrigada Mari!

Todos estava feliz comendo, eu pequei o meu prato com o meu croissants junto com um copo de leite e me sentei na mesa do lado do Adrien.

Eu olho para o Adrien enquanto ele come, e por alguns segundo vejo ele de orelhas de gato.

Mari: kkkk.

Adrien: O que foi My Lady.

Mari: Nada, mas...  Depois que você descobriu que eu sou a Ladybug, você não me chama de My Princess.

Adrien: Está com saudades?

Mari: Adrien eu quero te fazer uma pergunta.

O Plagg e a Tikki param de comer e olham pra mim.

Mari: Por que você me escolheu, digo porque escolheu a Mari no lugar da ladybug?

 

Continua...


Notas Finais


Diretora: Bom como a Narradora(que hoje não vez nada) já avisou, amanhã
o Studio será fechado, mas assim que ele abrir de novo postamos um outro cap e...
Pelo amor de Deus Autora, porque você trouce a Narradora hoje?!
Autora: Eu não posso sair sem ela.
Diretora: E porque?
Autora: Bem é que essa maluca é...(todos do Studio param pra escutar) Ela é minha irmã.
Figurinista: OQUE!? Não pode ser, vocês não se parecem em nada!

[Autora: Orgulhosa] [Narradora: Maluca]
[Autora: Responsável] [Narradora: Tanto faz]

Enfermeira: Eu sempre soube.
Diretora: Como?
Enfermeira: Eu tenho a ficha medica de todos do Studio e elas tem o mesmo sobrenome.
Autora: Tá já chega, Chau todos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...