História A garota do meu lado - Capítulo 45


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Exibições 266
Palavras 1.012
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Luta, Magia, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Meu povo e minha pova, estou de volta com esse cap
totalmente novo, aproveita minha gente.

Capítulo 45 - A garota do meu lado e eu vamos fazer tatuagens.


Fanfic / Fanfiction A garota do meu lado - Capítulo 45 - A garota do meu lado e eu vamos fazer tatuagens.

Narradora on:

Chat: Hello... My princess.

Ela abriu um sorriso e eles mais uma vez se beijaram, só que ao estilo Ladynoir.

Mestre Fu: Creio que a um bom motivo de vocês estarem transformados e se beijando na cozinha-disse o mestre Fu que brotou do nada junto do seu Kwami que estava de boca aberta.

Eles se separaram.

Ladybug: É que bem, nós...

Mestre Fu: Mas não estou perguntando qual é- põe as compras encima da mesa-.

Chat: Mesmo assim eu vou disse, e que nós nos amamos.

O mestre Fu abre um sorriso que logo desaparece.

Mestre Fu: Agora desativem os seus miraculous, preciso da que o Plagg e a Tikki estejam presentes no treinamento de hoje.

Os dois: Desligar.

Mari: O que ira nós ensinar?

Mestre Fu: Primeiro vamos pra sala aonde eu atendo os meus pacientes.

[...]

Estão todos sentados em almofadas no chão.

Chat: Já pensou em compra sofá?

Mestre Fu: Já, mas prefiro as almofadas.

Mari: Então, o que vamos aprender?

Mestre Fu: O primeiro passo para derrotar o inimigo é conhece-lo, digam tudo que sabem sobre as pessoas akumatizadas.

Chat: Bom a Antibug tem os mesmos poderes que a Ladybug, a Desaparecida, bom ela é invisível e a Volpina tem uma flautar que graças a Antibug pode transforma as ilusões dela em realidade.

Mari: Mas não é só isso...

Todos olham pra ela.

Mari: A Volpina segurou a Clóe pelo pescoço só com uma mão e a jogou contra a parede fazendo com que ela perdesse a consciência, acho que ela também ganhou mais força.

Mestre Fu: Entendo, mas pelo que eu entendi a Volpina que é a mais forte...

Mari: Exato.

Mestre Fu: E ela também se revoltou contra a Antibug...

Adrien: Elas nunca se deram bem.

Mari: Não Adrien, o que o Mestre fu que r nós dizer é que se a Volpina é forte o suficiente pra nós derrotar o Haw Morth não precisa da Antigug e nem da desaparecida.

Mestre: Exato, ele podia simplesmente tirar os poderes delas e deixar só a Volpina Akumatizada, mas porque ele não fez isso, alguma ideia?

Adrien: Acho que ele esta tratando delas como Planos Bs, por que por exemplo, ele acha que nós pretendemos atacar  primeiro a Volpina  por que ela é a mais forte, ai se nesse caso nós conseguirmos vence-la ele ainda terá a Clóe e a Sabrina, em outras palavras ele não tem nada a perder deixando as duas akumatizadas.

Mestre Fu: Muito bem, E aonde estão as akumas?

Mari: O da Volpina esta na Flauta, o da Antibug esta nos brincos e não sabemos aonde esta o da Desaparecida, Desaparecida... Mestre Fu eu tenho uma pergunta!

Mestre Fu: Diga.

Depois que a Clóe, Antibug desmaio a Desaparecida tentou reanima-la mas sem sucesso, eu disse pra ela tira Antibug dali e ela me obedecei, (tá ela estava invisível e por isso só viram o corpo da Clóe flutuando) mas porque ela me obedeceu se o dever dela é de me destruir?.

Mestre Fu: Eu suponho que elas sejam melhores amigas.

Adrien: O senhor está certo.

Mestre Fu: Isso foi apenas a força de vontade da Sabrina querendo proteger a Clóe, em outras palavras ela foi mais forte que o akuma, acaso o contrario ela teria deixado a Cléo lá e iria atrás de vocês dois.

O silencio reinou por alguns segundos todos estavam pensando no assunto.

Mestre Fu: Vocês eram atacar primeiro a Antibug.

Adrien: O que? Porque primeiro ela?

Mari: Porque a Volpina é muito forte pra nós e não sabemos aonde esta o Akuma da Desparecida e talvez depois de termos de rotado a Antibug e ela tenha voltado a ser a Clóe ela dê alguma pista ou sugestão  de onde esta o akuma da Sabrina.

Chat: De qualquer jeito, a Antibug que nós nem sabemos se esta bem ou não a esta desaparecida juntamente com a Sabrina, como vamos encontra-las?

Mari: A desaparecida sai da escola junto com a Clóe, se elas passaram pela frente da padaria dos meus pais podemos ver pelo menos em que direção elas foram pelas câmeras de segurança.

Adrien: Câmeras de segurança?!

A Marinette se aproxima dele e sussurra em seu ouvido.

Mari: Não se preocupe eu exclui a cena do beijo que você me deu naquele dia quando eu te levei até a porta, não ia ariscar meus pais verem-se afasta.

Adrien: Então já temos um plano?

Mestre Fu: Ainda não.

Adrien: Por que não?

Mestre Fu: Escutem, quando entrarem no quarto de vocês iram encontrar encima da cama varias sacolas.

Adrien: E o que tem dentro delas?

Mestre fu: Tinta pra cabelo, piercings de nariz falsos, roupas que não fazem o estilo de vocês, e varias outras coisas.

Mari: Você quer que agente se disfarce?

Adrien: Não ele que estragar o meu cabelo virgem.

Mestre Fu: A tinta sai facilmente com água, e sim quero que se disfarcem, pois seria muito perigoso ir do jeito normal.

Mari: Mas os meus pais não deixariam duas crianças ferem as fitas das câmeras de segurança.

Mestre Fu: É por isso que eu quero que vocês entrem na padaria quando não tiver ninguém lá.

Adrien: e por onde vamos entra, porque duvido que deixem a porta aberta.

Mari: Pela janela do meu quarto.

Adrien: E como vamos subir? Porque não acho seguro usar nossos poderes.

Mari: Pela escada de emergência, eu usei ela uma vez e da pra gente subir e desse tranquilo, só que claro com muito cuidado.

Mestre Fu: Agora sim temos um plano, vão para o quarto é comessem a ser rumar.

[...]

Já disfarçados ...(estão igual a imagem de cima).

Mari: Acho que ninguém vai reconhece agente assim, como eu estou?

Adrien: Você fica linda de qualquer jeito, e eu?

Mari: Um gatinho.

Mestre Fu: Mas falta uma coisa para completar os disfarces de vocês.

Adrien: Que coisa?

Mestre Fu: Tatuagens.

Os dois: O QUE!!

Mestre Fu: São de rena, elas saíram em alguns dias, eu mesmo vou fazer.

Mari: O senhor e tatuador?

Mestre Fu: É só um passa tempo.

 

Continua...


Notas Finais


Figurinista: O que acharam do visual deles?
Autora: O que acharam do plano?
Diretora: O que acharam do cap?
Narradora: E você que leu dez do primeiro cap até agora, valeu a pena?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...