História A garota do meu lado - Capítulo 48


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Exibições 204
Palavras 1.187
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Luta, Magia, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


....
Oi, proveitem e Chau...

Capítulo 48 - Só falta a Volpina.


Fanfic / Fanfiction A garota do meu lado - Capítulo 48 - Só falta a Volpina.

Mari on:

Já se passaram alguns dias os meus ferimentos já se curaram e não temos noticia da Desaparecida. Agora o Mestre fu está fazendo a tatuagens mais uma vez em mim.

Toc-toc

Alguém bateu na porta.

Mestre Fu: Adrien abra a porta, por favor, eu tenho que termina as Tatuagens da Mari.

O Adrien abriu a porta.

Nathan: Bom dia.

Mari: Bom dia.

Adrien: Descobriu alguma coisa?

Nathan: Sim, Eu fiz algumas perguntas pra Clóe e ela me disse que a Sabrina tem um broche que foi ela quem deu, eu acho que o akuma pode esta lá, o boche fica no colete dela.

Adrien: A Clóe não achou estranho acordar na sua casa? E também não perguntou o porque desses perguntas?

Nathan: Eu disse que encontrei ela na rua desmaiada e que levei ela lá pra casa, as perguntas? Bom, agora ela acha que eu gosto da Sabrina.

Não pude evitar dar uma risadinha.

Mestre Fu: Não se mecha Mari, se não terei que fazer tudo de novo.

Nathan: Eu também perguntei só por precaução se ela sabia a identidade da Ladybug e do Chat Noir.

Mari: E?

Nathan: Nada, ela não se lembra de absolutamente nada, mas me disse que é grande fã sua.

Mari: Ainda bem que ela não lembra quem eu sou, mas agora temos que descobrir pra onde a Desparecida foi.

Nathan: A Clóe voltou pra casa, acho que á uma chance da Desaparecida ir atrás dela.

Mestre Fu: Então alimentem os seus Kwamis, pois precisaram deles com bastante energia, porque depois da Sabrina, virá a Volpina.

Mari: Mas como faremos para derrota-la?

Narradora on:

Mestre Fu: Primeiro a Desaparecida, depois pensamos na Volpina, Adrien já que o Nathan nós ajudou, porque não leva ele pra cozinha e prepara alguma coisa pra ele enquanto eu termino a tatuagem da Mari.

Adrien: Tá, vem Nathan.

Plagg e Tikki: Eu também vou!

Eles vão pra cozinha.

Mari: Mestre Fu, já pode falar a verdade, eu sei que o senhor já terminou a tatuagem á muito tempo.

Mestre Fu: Mari, a verdade é que eu queria falar com você a sós- ele fala serio.

Mari: O que foi?

Mestre Fu: É sobre a Volpina, ela é forte demais pra vocês.

Mari: Está dizendo que não podemos vence-la?

Mestre fu: Não, não exatamente.

Mari: Então?

Mestre: Mari você não é a primeira Ladybug e o Adrien não é o primeiro Chat Noir e vocês já sabem que os seus miraculous não são os únicos, mas tem mais uma coisa que você precisa saber.

Mari: Que coisa?

Mestre Fu: De todos os Miraculous, o seu e o do Adrien, são os mais poderosos e juntos eles formam o poder absoluto.

Mari: É o que é esse poder absoluto?

Mestre Fu: A nossa ultima esperança.

Mari: Eu não estou entendo, por favor seja mais claro.

Mestre Fu: Não se sabe ao certo o que é o poder absoluto e não se sabe o que ele é capaz de fazer, quando chegar a hora de lutar contra a Volpina vocês deveram usa-lo contra ela, mas precisamente você devera usa-lo.

Adrien: Porque a eu?

Mestre Fu: Porque eu estive observando vocês, durante todo o tempo em que vocês estiveram com os miraculous, eu estive observando vocês, e eu vi oque aconteceu na luta contra a Reflekta, eu me decepcionei com o Adrien...

Mari: Mas ele se arrependeu.

Mestre Fu: Eu sei, mas não é o bastante, Mari você é a única capaz de lidar com tamanho poder.

Mari: Mas porque está contando isso só pra mim?

Mestre Fu: Porque não sei o que pode acontecer com a pessoa que estiver usando esse poder, a á possibilidade dele ser forte de mais para um ser humano controlar, você pode acabar... Bom acho que não preciso dizer mais nada.

Lágrimas começam a cair dos olhos de Marinette.

Mari: O senhor está contando isso só pra mim porque sabe que ser o Adrien descobrir ele não vai permitir que eu use tamanho poder não é?

Mestre Fu: É, mas a decisão de usa-lo ou não é sua, eu não posso te obrigar a nada.

Mari: O senhor já sabe a minha decisão- ela enxuga as lágrimas.

O Mestre Fu abre um sorriso.

Nathan: Mari eu acho melhor você vim fazer a comida, o Adrien tá fazendo uma bagunça aqui-ele grita dez da cozinha.

Mari: Já vou- ela grita de volta.

[...]

No dia seguinte.

Na Quarto da Clóe.

Clóe: Vocês aqui?! Deveriam estar lá fora lutando contra as Volpinas.

Ladybug: Eu sei, mas Clóe presta atenção, Você sabe alguma coisa sobre a Sabrina?

Clóe: Não, eu não vejo ela dez da nossa discussão na escola.

Chat: Vocês discutirão na escola? Tá isso não vem ao caso, você tem visto objetos flutuado ultimamente?

Clóe: Sabe Chat, agora que você falou vi sim, de vez em quando alguns objetos flutuam e começa a me atacar, mas claro que se eu contasse isso pra alguém diriam que eu estou maluca.

Chat: Porque a desaparecida atacaria a Clóe?

Ladybug: Acho que quando Antibug mandou ela não interferir na nossa luta ela deve ter ficado com raiva da Clóe.

Clóe: Do que vocês estão falando?- perguntou a Clóe sem intender nada já que perdeu suas memorias de quando esteve akumatizda.

Mari: De nada, mas agora me diz, em que horas isso costuma acontecer.

Clóe: Bom, daqui a Três, Dois, Um e...

Um vaso de Flores é arremessado na direção da Clóe.

Chat: Cuidado!- ele a protege usando seu bastão para quebra o vaso.

Desaparecida: Olha a Joaninha voltou e veio junto com o gatinho.

Clóe: Sabrina é você?

Ladybug: Chat, tira a Clóe daqui.

Chat: Tá- ele puxa a Clóe pra fora do quarto.

Desaparecida: Então só sobrou eu e você agora Ladybug.

Ladybug: Não por muito tempo Desaparecida, TALISMÃ!

 Quando a Ladybug terminou de usar o seu talismã aparecei um pote gliter.

Desaparecida: Rá- rá - ela riu- Não me faça rir, vai me vencer com gliter?

Chat: My Lady eu voltei, a Clóe não queria se esconder mas eu dei um jeito.

Ladybug: Chat use as suas orelhas e descubra onde ela está.

Com a sua boa audição Chat conseguiu escuta a respiração da Desaparecida.

Chat: Ela esta a sua direita.

Ladybug: Obrigada-ela abre o pote de gliter o lança encima da Desaparecida.

Desaparecida: Não!- ela esta toda coberta de gliter.

O Chat vai por detrás dela a segura.

Desaparecida: Não! ME Solta!-ela grita.

Chat: Rápido My Lady.

A Ladybug pega o broche dela o quebra e depois faz tudo aquilo de purificar e de “Tchau, tchau borboletinha”, pronto a Sabrina já voltou ao normal.

Ladybug: Miraculous Ladybug!- ela joga o pote pra cima e tudo que vou quebrado volta a normal, na verdade só o vaso foi quebrado.

Nessa hora a Clóe entra no quarto.

Clóe: Nunca mais me tranque no quarto dos empregados!

Sabrina: Clóe? Clóe!-ela corre e abraça a Clóe.

Clóe: Sabrina você esta amaçando a minha roupa!

Chat: É agora só falta a Volpina.

Ladybug: É... só a Volpina- ela fala meio desanimada, pensando no que o Mestre Fu disse.

 

Continua...


Notas Finais


Figurinista: Gente voltei! E... MEU DEUS!- Ela olha o Studio, que estava cheio de cartazes de protesto.
Mensageira: FIGURINISTA- abraça ela.
Narradora: Que bom que voltou, eu pensei que a Mensageira ia passa o resto da vida dela debaixo da mesa.
Figurinista: O que aconteceu aqui?
Diretora: Uma rebelião, a Técnica se juntou com os outros funcionários e eles começaram uma greve.
Figurinista: É o cap de hoje, como foi feito?
Autora: Do mesmo jeito de quando o Studio foi criado, só a Narradora, a Diretora, alguns atores e eu.
Mensageira: E eu não entro nessa estória? Eu não fiz parte da greve.
Diretora: Mas não sai de baixo da mesa.
Figurinista: Eu não posso deixar vocês sozinhas nem por uns dias? Deixa que eu dou um jeito nisso.
Narradora: Maná o que ela vai fazer?
Autora: Não sei, E NÃO ME CHAME DE MANÁ! Eu sou sua chefa!

OQUE ELA VAI FAZER???


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...