História A garota do Nara - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Shikamaru Nara, Temari
Tags Naruto, Shikatema
Visualizações 69
Palavras 1.177
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Ecchi, Escolar, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oii volte💕🎲
Tomara que gostem, aproveitem e em sigam💁 pra saber quando vou lançar capitulo novo🐼😂😂

Capítulo 6 - 02/03 - Cuidado especial


Fanfic / Fanfiction A garota do Nara - Capítulo 6 - 02/03 - Cuidado especial

Entrei correndo, subi as escada, invadindo o quarto do Gaara.

- GAARA - dei um berro, mais ele não ouvi porque estava de fone.

Surdo

Puxei os fones do ouvindo dele

- Mamãe nunca te ensinou que não é bom escutar no volume máximo-  O reepredi

 - Deixa de se chata, Temari - Retrucou, atirado encima da cama, sentei na beirada.

- Você conhece o Shikamaru? - perguntei calmamente.

- Sim, Porque?  - me olhou desconfiado 

-Hmmmm.. Oque você sabe dele? - disviando o olhar do seu eu perguntei.

Ele parou, pensou e depois respondeu 

- Muitas coisas - Serio? Como esse idiota conhece ele.

Soltei um suspiro e disse

- Poderia me contar? - Calma temari, não se revolte, se não não consegue nada.

- Depende-  Depende? Do que capiroto.

- Do que? - Respirei fundo 

- Do porque você quer saber? - Perguntou estreitando os olhos.

- curiosidade - respondi o encarando e ele riu

- Mentira - disse ele

Ahh idiota

- É serio- Respondi o encarando

- você esta afim dele Temari?  - Perguntou 

- eu não-  Respondi corando e emtregam o jogo.

- Aham sei, posso te falar a verdade, se você me falar a verdade. - Disse ele sugestivo

-Ta- Bufei - Eu to afim dele, mas não fala pra ninguém-  revirei os olhos.

caralho acabei de assumir.

- Uiii, ta xonada - ele debochou rindo.

- Pelo menos eu admito neh, Matsuri - debochei da cara dele

- Não gosto da matsuri - Ele corou,  não sabe nen mentir.

- Vai falar?  - Perguntei 

- Vou - bufou - Vou fala oque eu sei - Disse ele.

- Ta, vamo fala- eu disse impaciente 

- Eu conhecia ele, numa mecânica quando fui arrumar a bike, ele mora com a tia e a prima, não sei nada sobre so pais dele, mais sei que ele não gosta de falar disso, é um cara timido e reservado mas também é bem atrevido as vezes. - Suspirou- é isso que eu sei - Terminou ele

Bom, não ajudou muito, mais pelo menos sei algo.

- ta so? Foi pouco mais tabom - Respondi me levantando e indo pro meu quarto. 

- Boa noite - Lhe disse

- boa noite maninha - Ele respondeu, fechei a porta indo a ate a minha.

Entrei e me atirei na cama, não consegui dormir, pensando em

- Como seria se eu tivesse beijado?

Adormeci, com essa ultima frase em mente.

Eram 7:12 da manhã, me levantei, arrumei minhas coisas e desci.

- Bom dia? - Não havia ninguém na cozinha.

Desci a escadas e vi na mesa um bilhete.

  *Bom dia, dormiu bem?                     Bom, fui chamado pra uma reunião e Gaara foi pro treino de futebol.                     Voltarei as 21:00.                    *Kankuro 

Vi que o café estava pronto, então me sentei e tomei, peguei mais umas coisas no meu quarto e sai pela porta.

Eu estava a trancando, quando tive a sensação de ser vigiada. Levantei meu olhar que estava na mochila e vi ele estava escorado no portão.

- Oi - disse ele

- Oi, oque está fazendo aqui Shikamaru? - perguntei meio confusa.

- Bem, eu não sei. - solto um suspiro-  Quando vi ja  estava no seu portão - Desviou o olhar

Eu desci as escadas da varanda sentindo ele se afastar. Então puxei o gatilho da tal atitude.

Segurei seu braço e disse.

- ja que esta aqui, por que não vamos juntos a escola? - Sorri sem jeito, mais ele intendeu.

- E melhor irmos então-  disse ele sorrindo.

Que sorriso 💁💕

Caminhávamos pela rua, ate chegar a sinaleira, que por acaso estava fechada. So que no momento que eu pisei nela, um loucl desgovernado vinha em alta velocidade.

- Temari, cuidado.

Nun piscar de olhos, senti meu braço se puxado com força pra trás, me fazendo cair em algo macio.

- Ai - Disse ele mechendo na cabeça.

Me senti uma tonta.

- Des..cul...pa - Disse gaguejando

- tudo bem? - Ele perguntou, e eu olhei pra cima sentindo sua respiração bater na minha testa.

E depois disso, senti meu pé dor, acho que o torci.

- Acho que torci o pé - resmunguei 

Em menos de cinco segundos, fui levantada do chão, estava no colo dele, mesmo me sentindo constragida, eu em sentia a vontade perto dele.

- Oque... Esta... Fazendo? - perguntei gaga denovo.

Ai que droga, gaguejar é uma bosta.

- Foi por culpa minha que você torceu o pé.  -disse ele andando em direção ao portão da escola.

Ai meu deus.

Quando entramos senti varios olhares, e acabei escondendo o rosto no peito dele.

- pode me largar-  resmuguei

- Oque foi? Esta com vergonha? - Disse ele, debochado.

- Não. .. So não acho necessário-  retruquei, fuzilando com os olhos.

- Não quero - disse ele rindo, eu também não.

- estão nos olhando e cochichando- Resmunguei e ele ouviu

- Você deve algo a eles? - Perguntou ele, respirando fundo - Eu não-  Terminou

- Não, mas.... - disse, mais ele me interrompeu

 Então... Deixa que falem - ele disse entrando nos corredores. E mais olhares voltados ha nós.

Meu deus, olha quem vem la

Era a Shiro, disfilava na escola com se fosse rainha.

- Shikaa - disse ela correndo ate nos e ja me olhou feio.

Quer apanhar vagaba?

- Não me chama assim- Disse ele bufando

- Oque essa dai ta fazendo no seu colo? - Disse ela me olhando com nojo

Eu ia responder, mais ele foi mais rápido. 

- Primeiro o nome dela é Temari, aprende- suspirou - segundo não lhe devos satisfação de nada e terceiro para de agir como se eu fosse seu, não sou hoje e nen nunca. - disse ele, revirando os olhos de raiva, eu acho.

Ele continuou a andar comigo em seu colo, dando lhes as costas pra elas.

- Você ainda vai implorar por mim, me aguarde - Disse Shiro bem brava 

- Nen nos teus sonhos-  debochou, dobrando o corredor.

Chegamos a enfermaria e Shizune me atendeu.

- Pronto, tome esse remedio causo sinta dor.

Ela saiu da sala, nos deixando a sos.

- Ta melhor?- Perguntou ele, preocupado

Ate achava fofo esse jeito dele.

- melhor, obrigado-  respondi com um sorriso

- que bom - disse ele sentando do lado da bancada onde eu estava.

-Eu fiquei meio timida, com aquele silêncio.

- Valeu por me defender da Shiro -Disse a ele

 - aquela garota me irrita - Disse bufando.

- Você fica fofo irritado-  Falei sem querer. 

Opa

Ele me olhou e se aproximou.

Alerta, alerta, nivel de perigo elevado.

Senti sua respiração bater no meu rosto e aquele perfume forte dominar o ar. A boca dele começou a roçar na minha, e em menos de segundos ele deslizou a mão a minha cintura me puxando contra ele.

Passei os braços enroda de seu pescoço, e ele matou a distância entre nossos lábios.

Senti um choque por todo meu corpo, foi um beijo calmo, fui dando espaço aos poucos, sua língua dançava com a minha com tanta excitação.

Que meu corpo esquentou, e nosso beijo intensificou, fui puxando ele pra cima de mim. Nos deitando emcima da bancada.

 - Temari? - ouvi aquela voz insana, virei pro lado e falei.

- Oi Sakura - Com um risinho torto.

- Shikamaru a olhou e saiu decima de mim.

- Justo que tava ficando interessante, saco - - Saindo porta a fora e Sakura ja me puxou.

- pode me explicando oque foi essa cena, dona Temari-  disse ela, o animal curioso.

-ta. Entao é melhor sentar 


Notas Finais


Acabei.💁💕
Espero que gostem 💁🏻🌑


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...