História A garota dos cabelos de fogo - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Tags April, Grifinória, Harry Potter, Romance, Saga
Exibições 289
Palavras 1.081
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Juro solenemente que não irei fazer nada de bom!!

Aqui estoy! Era para eu postar ontem mas estava com sono e não consegui!!

Feliz dia das crianças, para quem é ou não uma criança!

Boa leitura

Kisses
*3* (Mudei a assinatura, essa cara é fofa demais para não usar)

Capítulo 25 - Cap 11: Vamos ao banheiro!


Fanfic / Fanfiction A garota dos cabelos de fogo - Capítulo 25 - Cap 11: Vamos ao banheiro!

POINT OF VIEW: Harry

- Sigam as aranhas

Foram as últimas palavras de Hagrid para mim e para Rony. Após encontrarem Scott em um dos banheiros resolveram prender Hagrid em Azkaban pois ele havia sido acusado de abrir a câmara na última vez e foi expulso da escola.

Isso era um pesadelo,minha melhor amiga e a garota que eu gosto petrificadas! E o irmão da garota que eu gosto também está! E além disso Hagrid foi considerado culpado! Está indo tudo de mal a pior!

- Calma, Harry - Rony começou - Logo as mandrágoras ficarão prontas e todos voltarão ao normal, ai você diz a April que está afim dela

- Você tá preocupado com ela ou com ela saber? - Perguntei mesmo sabendo a resposta

- Os dois

Olhei pro lado e vi uma fileira de aranhas andando para fora do castelo, puxei o braço de Rony e apontei para aquela direção, ele engoliu um seco e respondeu.

- Por que aranhas?Não podiam ser borboletas? - Revirei os olhos e o puxei na minha direção, começamos a correr na direção das aranhas e paramos num lugar não muito legal: A Floresta Proibida

- Harry...- Olhei para Rony, que estava com uma cara muito esquisita olhando pra frente, olhei na mesma direção que ele e vi uma aranha gigante, literalmente! 

- Quem são vocês? - A encarei, perplexo, ela estava falando com a gente! Eu não pirei, certo? Quer dizer, tudo que aconteceu me deixou bem mal, mas não ao ponto de me fazer pirar!

- Amigos do Hagrid - Respondi ignorando meu pensamento anterior, doía pensar em April 

- Sou Aragogue - Ela respondeu, ou será que é ele?Pela voz parece ele mas eu não sei...- São amigos de Hagrid?

- Sim, meu nome é Harry e o dele é Rony - Respondi - Como...Conheceu ele? - Perguntei, na verdade foi a única coisa que me veio na cabeça 

- Hagrid foi um grande amigo, mas faz muito tempo. Mas não responderam minha pergunta, o que vieram fazer?

- Descobrir quem petrificou nossas amigas - Pela primeira vez Rony resolveu parar de ser frouxo e respondeu a aranha gigante, mesmo que gaguejando muito

- Ah sim...Por isso Hagrid foi expulso da escola, eu sabia o plano de Tom Riddle mas o grandalhão me ignorou - Ele/ela respondeu, fiquei surpreso ao ouvir o nome do dono do diário, ele tinha um plano?

- Que plano? 

-No dia 20 de março de 1972, Hagrid tinha 13 anos, meus pais me abandonaram na floresta e Hagrid me achara e resolvera cuidar de mim; até o meio do ano letivo tudo estava bem, até o dia em que a câmara secreta foi aberta, eu resolvi investigar e vi Tom Riddle de um modo diferente, ele era cruel e ambicioso; o mesmo resolveu abrir a câmara para ser recompensado por seus atos...No dia 19 uma garota morrera no banheiro, iam fechar a escola; mas como a escola era o único lar do mestiço Tom, ele culpou Hagrid por ter feito isso, Hagrid foi expulso e não foi para Azkaban pois era menor de idade...

- Eu disse que aquele cara era do mal!! - Rony exclamou 

- Agora que eu terminei, minhas filhas precisam comer - Arregalei os olhos, além de saber que Tom é o culpado de tudo, não sei de que forma, ela ainda diz que...Vixe. 

- O que elas comem? - Rony perguntou nervoso demais, agora eu entendo perfeitamente o porquê. 

- Carne humana - As aranhas pequenas ficaram em volta de nós dois fazendo um círculo

- SOMOS AMIGOS DE HAGRID - Gritei, mas esse ser não me deu ouvidos, comecei a pisar nas aranhas mas Rony estava com medo demais até para isso - Pisa logo antes que a gente vire comida de aranha

De repente sinto uma luz forte na minha cara, estreito os olhos e vejo o Ford Anglia do pai do Rony, o ruivo sorri e corremos juntos para o carro, o carro estava acabado mas eu realmente espero que funcione ainda.O carro saiu para fora da floresta proibida e nos jogou para fora, por fim voltando a floresta. 

- Pelo menos ele nos salvou - Comentei após Rony murmurar que aquele carro era ingrato 

*

Fui para a enfermaria com Rony, segurei a mão de April esperando que ela se mexesse, e pela primeira vez, eu tive a impressão de que ela realmente se mexeu, se abriu um pouquinho!!

- Rony!! - O ruivo correu até mim - Ela mexeu a mão!! Ela mexeu!! 

-É...- Rony concordou sorrindo - Mas nem os primeiros petrificados fizeram isso! Como ela.... - Rony parou de falar e me encarou com um sorriso malicioso

- Ela te ama tanto que se mexeu por você, que lindo

- Vai te catar, Rony - Respondi olhando para a mão dela - E esse papel? - Perguntei vendo um pequeno pedaço de pergaminho na mão dela...

- Lê em voz alta... - Rony pediu, assenti e comecei a ler 

- Basilisco é um animal que apenas com seu olhar pode matar pessoas, se algo refletir o olhar do basilisco, não matará e sim petrificará. G.W....Rony, eu acho que elas estavam na biblioteca procurando a resposta de tudo. A criatura na câmara é um basilisco!!

- Claro!! Mas...O que refletiu os olhares, Harry? Colin tinha a câmera, Ernesto viu pelo Nick que não morreu pois já morreu. April tinha os espelhos, Scott tinha os espelhos do banheiro, mas e Hermione?E a gata maldita? - Quase ri com o comentário maldoso de Rony sobre Madame Nor-r-ra, mas o assunto era sério demais para isso

- April tinha dois espelhos e Hermione nenhum....Só se ela viu Hermione petrificada e pegou o espelho para ter mais chance de sobreviver! E a gata...

- O Banheiro! Estava cheio d'água naquele dia, a gata viu o basilisco pela água! - Assenti 

- Mas falta mais uma coisa...Tem as letras G e W no final, é o quê? Não é o responsável, se fosse seria T.R 

- Não sei....Isso a gente descobre depois, precisamos ir ao banheiro

- Rony, agora não é hora de ficar com vontade! - Repreendi, estávamos num momento super-sério e ele me vem com essa?Não esperava isso dele

- Não, uma garota morreu na escola por isso...E se ela nunca saiu da escola? - Perguntou ele, imediatamente me lembrei da Murta-Que-Geme, ainda não entendi o porque deste nome, sério

- Pensando bem, vamos ao banheiro!


Notas Finais


O que acharam?Comentem!

No próximo: Os meninos vão ao banheiro e descobrem mais sobre o passado de Murta, os meninos descobrem que Gina foi levada para a câmara e o que significa G.W. Os dois descobrem onde é a câmara secreta.

Até logo!

Kisses
*3*

Malfeito feito!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...