História A Garota dos Olhos Azuis I - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Exibições 134
Palavras 402
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ficção, Magia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


NESSE CAPÍTULO À VERDADE É REVELADA

Capítulo 11 - Contando...Toda a Verdade


Fanfic / Fanfiction A Garota dos Olhos Azuis I - Capítulo 11 - Contando...Toda a Verdade

Narrando : Alyson Mendes Black 

Acordei com os flocos de neve caindo nos jardins de Hogwarts.

Hoje era Natal. 

Eu estava feliz,  mas sei lá,  parece que vai acontecer alguma coisa. Me levantei, coloquei uma calça jeans, uma blusa comprida branca , e uma bota cano fino. Soltei meus cabelos e  passei só um gloss brilhante . 

Percebi que Hermione,Gina, e Jessie não estavam no quarto. Sim Eu e Jessie somos grandes amigos, mesmo ela sendo Malfoy, ela é muito querida ,  por isso eu a adoro.

Desci e fui tomar café, estava com fome.

Após alguns longos minutos,  fui para a sala de Dumbledore,  iríamos com uma chave de portal.

Quando cheguei me deparei com Harry,Rony, Hermione, Gina, Fred e Jorge dentro de sua sala.

-Oi -Eu disse

E depois, Dumbledore ,  tirou de sua gaveta, uma régua grande, onde todos colocaram uma mão. Eu fiz o mesmo.

Fechei os olhos quando senti um puxão no meu umbigo. Quando eu abri os olhos percebi que estávamos em umá sala grande e antiga, com vários móveis. Tinha um homem sentado na poltrona. Reconheci -o como Sirius Black. Meu pai.

Eu sabia que elé ia me reconhecer, e eu percebi que uma lágrima rolou solitária pelo meu rosto.

Sirius foi abraçando todos, até chegar em mim . Ele ficou me olhando, parecia estar me reconhecendo

-Alyson Mendes - Eu estendi minha mão á ele ,  mas ele puxou a mão e me abraçou 

Eu fiquei surpresa durante dois segundos, mas depois eu também o abracei, e percebi que tinha várias lágrimas em meu rostô. 

Todos nós olhavam surpresos.

Até que eu falo:

-Ele é meu pai

Todos arregalaram os olhos, juntamente abrindo a boca em um O

Seguimos para a cozinha, onde eu me sentei, Todos da "Ordem da Fênix" Chegaram,  eu contei a história para eles

Depois explicando tudo, que eu morei com meu tio até meus treze anos, contei sobre o homem mascarado, falei sobre a sua ameaça.

Eu acho que era possível os olhos deles caírem do rosto.

Depois, eu dei um abraço de urso em Remus Lupin.

Eu sentia Saudades daqueles Abraços, daquelas conversas, risadas.

Eu fui para o jardim, e me deitei no chão,  olhando abas estrelas que estavam e brilhavam no céu.

-Observando? - Perguntou Sirius, chegando e se sentando ao meu lado

-É...Sempre gostei de observar as estrelas - Eu disse

-O que te preocupa ?  

-Tudo...- Eu respondi sendo vaga

-Esvazie a mente

-Obrigada Pai- Eu respondi, ele me olhou surpreso, mas assentiu.

É, agora... Podem me chamar de Black.




Notas Finais


Gente, vou dar uma adiantada, por quê sinceramente, eu achei que estava demorando. BOM AÍ ESTÁ! DESCOBRIRAM A VERDADE!
COMENTEM
Ps: spoiler rápido: Voltaram no tempo por acidente.

Espero que isso tenha deixado vocês curiosos.
Bye bye


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...