História A Garota dos Olhos Azuis - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Exibições 93
Palavras 710
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ficção, Magia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bom gente esse capítulo... Sei lá, só leiam.

Capítulo 14 - DROGA SIRIUS!


Narrando: Alyson Mendes Black 

Já havia se passado dois dias des de que estamos aqui no passado. Muitas vezes, eu percebo que os Marotos ficam nos olhando, acho que eles querem saber se somos parentes deles. Mas sempre conseguimos fugir para evitar que algun de nós faça burrada.

Percebo que James, Pai de Harry,  as vezes fica olhando desconfiado para nós,  principalmente para o Harry. Mas não posso culpa-lo, tipo, o Harry é a cópia dele, só os olhos que não. 

Eu e Harry, estamos nos segurando para não pegar nossa varinha e matar Pettigrew. Se não fosse pela Jessie, ele já teria morrido 4 vezes.

Mas tem uma coisa que está me irritando. Sirius Black. Meu pai. Ele fica me olhando de longe. Isso me irrita. Muitooo. E ele, quando olho-o, ele pisca para mim. Serio, tenho vontade de dar um soco no meu pai.

Rony, na maioria das vezes vejo ele está  jogando xadrez bruxo com a Hermione,mas a mesma prefere ver os livros que tem na biblioteca. Harry, então faz companhia a ele. Jessie passa a maior parte do tempo nos jardins,  sempre foi o seu lugar favorito. Já eu, as vezes fico com ela, mas eu fico mais no salão comunal, fazendo os deveres e trabalhos,  já que Dumbledoe disse que faríamos as aulas normalmente, mesmo que já sabemos metadé do que ele diz.

Agora estou, no salão comunal, terminando os trabalhos de transfiguração, que era sobre animagos, e de poções ,  que era sobre a poção Amortência. Eu simplesmente sabia de tudo, e eu sempre fazia todas os centímetros mandados. Nem mais ,  nem menos.

Eu, Harry,Jessie,Rony e Mione, já tínhamos conversado com os marotos normalmente, mas sempre que eles tocavam no assunto sobre algo do futuro, damos uma desculpa e saímos de perto. Não poderíamos dizer nada sobre o futuro. Era... A Regra.

Mas quem disse que Alyson, seguia as regras? 


Escuto,  alguém descendo as escadas, do dormitório masculino. Mas não me dou o trabalho de olhar para trás e ver quem é. Já tinha terminado tudo. Então fechei tudo e guardei dentro da minha bolsa. Me arrumei no sofá e fiquei observando as faíscas que saíam das chamas do fogo, na lareira.

Sinto alguém sentanto do meu lado, e me olhando. Eu sabia quem era, mas não estava com paciência hoje.

-Alyson? - Perguntou ele.

-Sim? - disse me virando para ele, que me observava

-O que aconteceu no futuro?  - Perguntou Sirius. Eu apenas revirei os Olhos e bufei . 

-Você sabe que não vou dizer,  não adianta - Eu Repondi, sem paciência, ainda olhando para ele.

Ele estava olhando para mim, mas direcionou o olhar para a minha boca.


Ele Foi de aproximando lentamente, eu não ousei me mexer. Eu estava surpresa, eu queria sair dali, mas parecia que meus pés congelaram.

Quando eu senti os lábios dele nos meus, eu me toquei que eu não podia.

Eu me levantei em um pulo, separando-me dele.

-DROGA SIRIUS! NÃO VÊ QUE NÃO POSSO - Eu gritei irritada.

-Por que? 

-POR QUE VOCÊ É MEU PAI - Eu gritei,  mas aí eu percebi a burrada que havia feito. Tampei minha boca com as duas mãos. Sirius me olhava de olhos arregalados.

Eu nem esperei Sirius,  sai correndo pelo quadro da mulher gorda, sem nem olhar para trás 

Narrando: Autora 

Mal sabia eles, que James,Remus e Pedro, olhavam tudo da escada do dormitório, e ficaram paralisados, com a notícia que a garota dará.

Narrando: Jessie Malfoy

Eu estava no dormitório, sozinha,  já que Hermione estava com a sua linda cara enfiada nos livros e Aly está no salão comunal.

Já que não tinha nada para fazer, desci as escadas do salão comunal, e dei de cara com Sirius beijando Alyson.

Alyson se levantou de um pulo e Gritou irritada

-DROGA SIRIUS! NÃO VÊ QUE NÃO POSSO?

-Por que? - Perguntou ele, confuso.

-POR QUE VOCÊ É MEU PAI- Gritou ela. Vendo A burrada que fez, saiu correndo do salão comunal,  deixando Sirius de olhos arregalados.

Tá,  eu to com raiva do Pai da minha melhor amiga.

Caminhei até ele, e ele me olhou, fiz a única coisa que pensei no momento . 

PLAFT 

Dei Um tapa na cara, que ,  ficou a linda marca dos meus cinco dedos. 

Dei as costas a ele,e sai do salão comunal,  a procura da minha melhor amiga, que, provavelmente, agora estava completamente sem rumo.





Notas Finais


Espero que tenham gostado.
Comentem.
Bye bye
LCP1


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...