História A Garota dos Olhos Azuis I - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Emily Rudd, Harry Potter
Personagens Alvo Dumbledore, Bellatrix Lestrange, Dolores Umbridge, Draco Malfoy, Harry Potter, Hermione Granger, Lord Voldemort, Neville Longbottom, Personagens Originais, Ronald Weasley, Severo Snape, Sirius Black
Tags Alyson, Alyson Black, Black, Harry Potter, Jessie, Jessie Malfoy, Remus Lupin, Sirius Black
Exibições 154
Palavras 442
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 18 - Indo para um caminho Incerto....


Fanfic / Fanfiction A Garota dos Olhos Azuis I - Capítulo 18 - Indo para um caminho Incerto....

Eu o amo?

Narrando: Alyson Mendes Black

Hoje, o dia de Voltar para Hogwarts.

Eu não estou tão Alegre, é difícil dizer se você está Alegre ou não, quando você descobre que seu melhor amigo é um comensal da morte.

É difícil saber o que fazer, é difícil saber o que fazer quando você está na escuridão, é difícil saber o que fazer, quando você não tem esperanças....

Bom, vamos mostrar meu sonho:

"Eu caminhava em uma rua, escura, chovia, a chuva era Fria e grossa. 

Eu já estava encharcada, eu sentia a minha pele fria, tudo estava escuro, eu não conseguia ver nada.

Fui caminhando mais a frente,  mas a cena se dissolveu, e invés da rua escura,  eu estava na torre de astronomia, mas eu não estava sozinha...

Draco apontava a varinha para Dumbledore

Mas derrepente chegam mais pessoas, Comensais da Morte. 

Mas Snape está entre eles, e este da um passo a frente,  aponta a varinha para Dumbledore, e esse, cai morto..."

E agora estou tentando descobrir o que significa, mas, simplesmente não consigo...

Poderia ser um sonho idiota?

Ou um sonho do futuro?

Não! Draco nunca mataria Dumbledore ,  a não...  a não ser que esteja sendo obrigado...

Com estes pensamentos, levantei da cama. Peguei meu Malão que já estava pronto e a gaiola da minha coruja.

Desci as escadas correndo e encontrei meu pai comendo.

Comemos juntos, conversamos sobre coisas banais e aleatórias. Me despedi de meu pai e aparatei na plataforma, que estava lotada.

Peguei minha mala e coruja e procurei uma cabine vazia e guardei meus pertences.

Sentei-Me no banco e esperei o trem partir, eu tinha coisas a tratar com um certo loiro.

Depois de 10 minutos, me levantei e fui atrás do Malfoy, e encontrei-o em uma cabine vazia.

Entrei, e fechei a porta quando já estava dentro. E eu me virei e o encarei

-Por que? - Foi o que saiu da minha boca 

-Por que o que? - Peguntou ele confuso

-Por que virou um comensal - Eu disse

Ele me olhou assustado 

-Eu não virei comensal - disse ele

-Pare de mentir, eu vi! - Eu disse um pouco mais alto

-Você não viu nada! 

-ENTÃO ME ESTENDI O SEU BRAÇO - Eu gritei já com lágrimas nos olhos, mas não deixando que elas caíssem 

-POR QUE SE IMPORTA? POR QUE NÃO FICA LÁ COM O POTTER? - Gritou ele de volta 

-POR QUE EU ME IMPORTO COM VOCÊ!  - Eu gritei de volta 

-MAS NÃO PRECISA - GRITOU ele 

-SABE POR QUE EU ME IMPORTO? POR QUE EU TE AMO SEU BABACA- Eu gritei, deixando lágrimas caírem dos meus olhos.

Mas antes que eu pudesse fazer qualquer coisa, Draco Malfoy Me beijou. Me puxou pela cintura e colou nossos lábios, sem deixar eu fazer nada.












Notas Finais


HAHAHHAHAHA HAHAHHA

Bye bye
LCP1


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...