História A Garota dos Olhos Azuis - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Exibições 57
Palavras 359
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ficção, Magia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Então gente..... vai dar uma merda aqui neste capitulo....

Capítulo 20 - Eu o salvei....



Narrando: Alyson Mendes Black 

Mas antes, antes de Bellatriz lançar a maldição no meu pai, antes dele partir, ou antes de qualquer pessoa daquela sala pudesse dizer algo, eu simplesmente me joguei na frente do meu pai, fazendo assim, a maldição me acertar.

Todos estavam surpresos, principalmente Belatriz e meu pai, acho que eles não imagivam isso. Tonks estava desmaidada. Dumbledore olhava para aquilo com supresa.Harry e meus amigos,olhavam para aquilo boquiabertos e de olhos arregalados. Já Remo, só conseguiu sussurrar um:

-Não

E depois, eu não tinha sentido nenhuma dor, na verdade, eu estava em paz. Eu tinha conseguido. Eu salvei meu pai, meu porto seguro.

E depois, eu simplesmente desmaei, com todos me olhando surpresos, outros em choque. Mas meu pai, meu pai sentia dor. Mas eu precisava fazer aquilo, ele era meu pai, e ninguém ia tirar ele de mim.

E assim, a escuridão inundou a minha visão, causando assim, que meu corpo caísse no chão quebrado.

(...)

Acordei com dores na cabeça, senti uma mão pousada na minha barriga, o que fazia eu sentir cosquinhas.

Abri os olhos, e percebi que estava deitada, com a mesma roupa, e que meu pai dormia na cadeira ao lado da cama e sua mão estava pousada calmamente na minha barriga.

Me levantei e sentei. Com esse movimento, Sirius acordou e assim que me viu acordada me abraçou. E é claro que eu o abracei fortemente e comecei a chorar, eu estava sendo fraca, eu sei, mas eu tinha quase perdido meu pai.

-Nunca mais faça isso - Meu pai murmurava no meu ouvido sem parar, eu sorri, se fosse pelas pessoas que eu amo, eu faria sem pensar duas vezes, mesmo que isso viesse a ocasionar a minha verdadeira morte.

Meu pai me explicou, que eu não morri, pois Bellatriz não queria me acertar, mas sim meu pai. E Tio Voldy deu uma visitinha no ministério da magia depois do meu desmaio. Eu teria que ficar mais dois dias ali, mas eu não me importava. A alegria que imanava no meu peito era bem maior. Eu não havia perdido meu pai. Eu havia inpedido.

É destino, dessa vez você levou a pior. Eu não estou sozinha. Pelo menos, por enquanto.




Notas Finais


Heheheh eu disse que ele não morria

Bye bye
LCP1


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...