História A garota dos Vampiros - Capítulo 86


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Alaric Saltzman, Bonnie Bennett, Caroline Forbes, Damon Salvatore, Elena Gilbert, Elijah Mikaelson, Hayley Marshall, Hope Mikaelson, Jenna Sommers, Jeremy Gilbert, John Gilbert II, Katherine Pierce, Klaus Mikaelson, Matt Donovan, Rebekah Mikaelson, Stefan Salvatore
Visualizações 173
Palavras 615
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Beijoos😗 para: DuddaCarnio❤ ilanarodriques❤ skaylla_Morgan❤ LuOliveiras❤ nathvie_❤
juhliana_1395th😘 andrezam200😘 marigomes00😘 Eriotaku😘 Geovaness😘
FSNCNE💗 Cah_Sg0813💗 pandacorn234💗 _CrazyGirl_

Capítulo 86 - Em chamas


Senti minha pele arder, e rapidamente procurei um lugar para me esconder, uma sombra de uma árvore não era a melhor proteção, mas eu não tive muitas opções naquele momento. Eu tinha que pensar em algo, mas tudo o que vinha a minha mente era "merda! vou morrer assim!" 

Era só o começo da manhã, o que eu poderia fazer? Eu precisava dos meus super-heróis agora, mas duvido que alguém vá aparecer... "Respira fundo!". Eu tinha duas opções, ficar ali como uma idiota fugindo de qualquer fresta de luz ou tentar voltar para "casa"; e bom... Eu não sou uma pessoa paciente.

Me movimentei rápido, e consegui por pouco chegar a outra proteção, em meu corpo cicatrizavam as queimaduras feitas em alguns segundos. "Eu odeio ser uma vampira". Nada mais motivador do que o ódio, não acham?

Demorou, demorou muito, e eu senti cada segundo, cada milésimo, cada vez que o fogo quase me consumiu; mas enfim eu estava em casa. Abri a porta e me joguei no chão, esperando as feridas cicatrizarem mais uma vez, eu desabaria em lágrimas, mas não podia fraquejar, eu consegui, e era só o que importava. 

Não me preocupei em saber se tinha alguém ali, tomei banho e fui para a cama, eu estava triste, e me sentindo culpada também, mas não posso pensar, um segundo pensando em tudo me enlouqueceria.

Algumas horas mais tardes acordei com o som da porta da casa se abrindo, levantei rapidamente, e dei de cara com Elijah, tão surpreso quanto eu; ele me abraça forte e me pergunta se eu estava bem e o que tinha acontecido; tive que contar tudo à ele.

-Por que sair daquele jeito? - ele pergunta enquanto coloca um anel delicado com uma pequena pedra vermelha em meu dedo - Eu já tinha pedido isso a outras bruxas, você está protegida agora... O sol não vai mais te machucar.

Como as coisas haviam mudado, como eu queria passar cada segundo com Elijah, era como se eu voltasse a ser eu quando estava com ele.

-Eu te amo - falei sem pensar

-Eu também pequena. - ele diz sem olhar em meus olhos - Vou te levar para Mystic Falls amanhã, tem muito tempo que você está aqui e precisamos dizer aos outros o que aconteceu.- Sua mudança repentina de assunto até poderia soar estranho, mas eu tinha preocupações maiores.

Eu tinha me esquecido.

-Elena! - eu disse lembrando dela, me levantei subitamente - Ela deve estar arrasada! E-eu... 

-Ei... Calma... 

Ele pede me fazendo ficar melhor.

-Promete que vai ficar comigo? - pedi com receio de que ele me deixasse lá só.

-Prometo.

Acordei me sentindo bem, quase uma humana de novo , um dia ótimo até dar de cara com Klaus no corredor.

-Tudo pronto Nickizinha? - ele diz indiferente 

Olhei para ele, estava com malas

-O que você pensa que está fazendo? - perguntei irritada

Ele só me olhou indiferente 

-Tenho que pedir sua permissão para voltar a Mystic Falls? - ele pergunta irônico

-Klaus eu não quero que você vá! 

Ele só me ignorou, saiu andando rumo à porta

-Está tudo bem por aqui? - Rebekah me assustou surgindo do nada

-Tá sim... - respondi tentando disfarçar

-Eu já arrumei suas coisas - ela diz com um sorriso tímido

-Você o que? Rebekah não precisava...

-Vou sentir sua falta, esses últimos dias foram tão difíceis, a casa estará sempre aberta para você

-Não sei nem como posso te agradecer... Por tudo...

-Não desaparecendo, futura cunhada...

Sorri com a ideia. Mesmo com o pouco tempo que pude passar com Rebekah, já senti um apego a ela, e deixá-la aqui era só uma prova de como as coisas se complicaram ainda mais, e eu não fazia a menor ideia disso.

Mystic Falls e todos os problemas que me esperam ... Estou chegando!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...